Fresadora

16.844 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.844
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
90
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
880
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fresadora

  1. 1. Prof. Elton Ricardo FRESADORA
  2. 2. Introdução O fresamento é um processo para a obtenção superfícies usinadas pela remoção progressiva de uma quantidade pré-determinada de material da peça de trabalho a uma taxa de movimento ou avanço relativamente baixa mediante a uma ferramenta multicortante, a fresa, que gira a uma alta velocidade. A característica principal do processo de fresamento é que cada aresta de corte da fresa remove a sua parcela do material na forma de cavacos individuais pequenos.
  3. 3. Fresadora As fresadoras são máquinas de movimento contínuo, destinadas a usinagem de materiais, onde se removem os cavacos por meio de uma ferramenta de corte chamada fresa, a operação de retirada de cavacos é chamada de fresameto.
  4. 4. Tipos de Fresadoras As fresadoras se distinguem pela disposição do eixo árvore e pelas possibilidades de movimento da peça. A fresadora horizontal, utiliza a fresa montada sobre em eixo horizontal. É utilizada para trabalho de faceamento na horizontal e para efetuar ranhuras e perfis retilíneos. A ferramenta mais empregada é a fresa cilíndrica.
  5. 5. Fresadora Universal
  6. 6. A fresadora universal é uma derivada da fresadora horizontal. Pode utilizar as fresas tanto em árvores horizontais como em verticais, podendo inclinar horizontalmente a mesa. Além dos serviços normais da fresadora horizontal, também pode efetuar ranhuras helicoidais sobre superfícies cilíndricas e setores circulares perfilados. Fresadora Universal
  7. 7. Fresadora Universal
  8. 8. Fresadora Vertical A fresadora Vertical dispõe somente do eixo árvore vertical. São máquinas muito robustas e empregadas em serviços com necessidade de grandes potenciais. Isto tudo devido à grande rigidez permitida pela forma da coluna e pela disposição da cadeia cinemática (engrenagens, eixos e rolamentos). Servem para facear e efetuar ranhuras e perfilados retilíneos ou circulares
  9. 9. Fresadora Vertical
  10. 10. • As fresadoras especiais enquadram-se na classe das fresadoras que se destinam a trabalhos específicos. Por exemplo, fresadora copiadora, cortadora de rodas dentadas, ferramenteira, etc. • A fresadora Ferramenteira é uma máquina muito versátil, com movimentos no cabeçote vertical e horizontal na mesa. É aplicada para trabalho em peças pequenas e com formato complicado. A mesa oferece também inclinação na vertical. Fresadora Especial
  11. 11. Fresadora Ferramenteira
  12. 12. As fresadoras Faceadoras são usadas no faceamento de peças em grandes lotes. São máquinas muito robustas e de poucos recursos gerais. Fresadora Faceadora
  13. 13. Fresadora Faceadora
  14. 14. A fresadora Duplicadora ou Copiadora é também chamada de máquina fresadora com copiador automático. Ela possibilita o terceiro movimento, que é à operação executada pela contornadora. O gabarito usado nesta máquina deve ser uma réplica em três dimensões da peça a ser executada. Fresadora Copiadora
  15. 15. Fresadora Copiadora
  16. 16. São máquinas bem parecidas com fresadoras convencionais, equipadas com comando numérico. Podem realizar todas as operações possíveis de fresamento e com recurso programado. Além destas capacidades as fresadora possuem grande precisão e repetibilidade. São aplicadas na usinagem de peças seriadas ou não, sendo que não são utilizadas para altas produções devido suas ferramentas serem colocadas individualmente. Fresadora CNC
  17. 17. Fresadora CNC
  18. 18. Acessórios para Fresadoras Parafusos e grampos de fixação.
  19. 19. Calços. Acessórios para Fresadoras
  20. 20. Cantoneiras de ângulo fixo ou ajustável. Acessórios para Fresadoras
  21. 21. Morsas. Acessórios para Fresadoras
  22. 22. Divisor universal e contraponto. Acessórios para Fresadoras
  23. 23. São ferramentas rotativas para usinagem de materiais, constituídas por uma série de dentes e gumes, geralmente dispostos simetricamente em torno de um eixo. Os dentes e gumes removem o material da peça bruta de modo intermitente, transformando-a numa peça acabada, isto é, com a forma e dimensões desejadas. FRESA
  24. 24. No fresamento periférico, a superfície usinada, gerada por dentes e gumes localizados na periferia do corpo da ferramenta, situa-se, de modo geral, num plano paralelo ao eixo da fresa. O fresamento periférico ou tangencial usualmente é realizado em fresadoras com eixo árvore na posição horizontal. Fresa Cilíndrica
  25. 25. No fresamento frontal, a superfície usinada resulta da ação combinada dos gumes localizados na periferia e na face frontal da fresa, esta geralmente em ângulo reto ao eixo da ferramenta. A superfície fresada é plana, sem qualquer relação com o contorno dos dentes, salvo na fresagem contra um ressalto. O fresamento frontal, pela sua alta produtividade, deve ser preferido sempre que possível. Fresamento Frontal
  26. 26. Fresa Frontal
  27. 27. As fresas inteiriças são feitas de uma só peça, usualmente de aço rápido, na qual são executadas, por usinagem, a forma e o número de dentes, sendo os ângulos de saída e de incidência construídos por retificação após a têmpera. Dependendo das dimensões, as fresas inteiriças tem um menor custo inicial, razão pela qual são ideais para produções pequenas e para uso geral nas ferramentarias. Fresa Inteiriças
  28. 28. Fresa Inteiriças
  29. 29. São fresas constituídas de um corpo (cabeçote) de aço cujos dentes são fixados por processos de soldagem . Os dentes são de aço rápido ou metal duro. A vantagem é que o corpo da fresa é feito de material mais barato, porém menos resistente ao desgaste. Fresa Calçadas
  30. 30. Fresa Calçadas
  31. 31. São fresas constituídas de um corpo de aço, no qual são montados dentes constituídos de um mesmo material ou de uma combinação de materiais. A fixação dos dentes normalmente se dá com auxílio de parafusos, sendo que estes dentes podem ser reposicionados sobre o corpo. Fresa com Dentes Substituíveis
  32. 32. Fresa com Dentes Substituíveis
  33. 33. Fresa tipo W
  34. 34. Fresa de Disco
  35. 35. Fresa de Serra
  36. 36. Fresa Haste Cilíndrica
  37. 37. Fresa Haste Cônica
  38. 38. Fresa ranhura T
  39. 39. Fresa Angular
  40. 40. Fresa Prismática
  41. 41. Fresa para ferramentaria
  42. 42. Fresa Convexa
  43. 43. Fresa Côncava
  44. 44. Fresa para arredondamento
  45. 45. Fresa Bi-helicoidal
  46. 46. Fresa cilíndrica montada sobre o eixo auxiliar
  47. 47. Montagem de fresa com haste cônica diretamente na máquina
  48. 48. Fresas de disco acopladas executando contorno (rebaixo) em peça prismática.
  49. 49. Fresa de topo executando fresamento de canto a 90°.
  50. 50. Fresa cilíndrico-frontal executando fresamento de canal em cheio.
  51. 51. Fresa dentada executando uma superfície semicircular convexa.
  52. 52. Fresa executando ranhura para chaveta tipo Woodruff.
  53. 53. Fresas executando ranhura em forma de T para guia de máquina-ferramenta.
  54. 54. Fresa frontal angular executando a usinagem de ranhura em forma de cauda de andorinha
  55. 55. Fresa prismática executando guia de máquina.
  56. 56. Fresa de módulo executando a usinagem de uma engrenagem
  57. 57. Fresa executando abertura de rosca em um parafuso

×