SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Elísio Estanque*
Jornal PÚBLICO, 16.09.2012
Manifestações 15 de setembro

                                Passos troikados

    De norte a sul do país, e ilhas, o sobressalto democrático que há muito se
justificava fez-se ouvir em cerca de 40 cidades, num clamor de indignação contra
a austeridade, a obstinação ideológica e as trapalhadas do governo PSD/CDS. As
manifestações de ontem tiveram uma adesão quase generalizada dos
portugueses, a mostrar um “cartão amarelo” à política de austeridade, ao
governo e à troika.

    O caudal de descontentamento popular, a lembrar os tempos do 25 de Abril,
não deixou de ser uma resposta muito veemente a quem, ainda há poucas
semanas, se vangloriava da eterna “paciência” do povo português. Uma resposta
que, aliás, conseguiu juntar numa mesma corrente pessoas com filiações
ideológicas habitualmente rivais: desde eleitores do PSD e do CDS, aos
comunistas e setores da esquerda radical, passando pelos socialistas e sociais-
democratas e incluindo largos milhares de cidadãos que simplesmente quiseram
protestar porque se sentem espoliados e ofendidos. Sindicatos e patrões, jovens e
idosos, funcionários públicos e trabalhadores precários, desempregados,
estudantes e pensionistas juntaram a sua voz num clima grande heterogeneidade,
de irreverência democrática e num exercício de cidadania ativa.

   Colheres de pau e caçarolas, frases mais ou menos imaginativas, nas cerca de
40 manifestações soaram bem alto os gritos de revolta. Mostraram um Portugal
acordado, que desperta do sono indolente que lhe tem sido induzido ao longo de
décadas pelos lenitivos ideológicos do neoliberalismo. “Assim não pode ser, a
gente a trabalhar e a banca a lucrar!”, “saiam do poleiro, devolvam o dinheiro!”,
“só com participação haverá solução!”, “lutemos pela vida!”. A paciência esgotou-
se e os portugueses revelaram uma maturidade democrática que muitos têm
menosprezado, afirmando a sua capacidade de ser livres e desmontando a
insensibilidade social de quem detém o poder.

    Se “a rua”, por si só, não resolve, ela também não é apenas uma catarse para
permitir que tudo continue na mesma. E mal estarão os políticos e governantes
que não percebam isso. Depois da passada “sexta-feira negra”, em que o
Primeiro-ministro anunciou as novas medidas e despoletou este sobressalto, o dia
de ontem – o “M15S”, Manifestações de 15 de setembro – pode ficar na história
como o dia em que o governo e o país “trocaram o passo” (incluindo com o
eleitorado do centro e da direita que há um ano e pouco acreditou em Pedro
Passos Coelho). Como isso aconteceu por via da troika, bem se pode falar de
“Passos troikados”.
__
* Investigador do Centro de Estudos Sociais e professor da
Faculdade de Economia da Univ. Coimbra

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Biografia de salazar sara
Biografia de salazar saraBiografia de salazar sara
Biografia de salazar saraAna Barreiros
 
Comunicado JS - Contestação vs Violência
Comunicado JS - Contestação vs ViolênciaComunicado JS - Contestação vs Violência
Comunicado JS - Contestação vs ViolênciaJSPortalegre
 
Do autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à DemocraciaDo autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à DemocraciaCarlos Vieira
 
António de oliveira salazar
António de oliveira salazarAntónio de oliveira salazar
António de oliveira salazarandreaires
 
Actividade Portugal Um Retrato Social Episodio 5 Luis Costa
Actividade   Portugal Um Retrato Social Episodio 5 Luis CostaActividade   Portugal Um Retrato Social Episodio 5 Luis Costa
Actividade Portugal Um Retrato Social Episodio 5 Luis CostaLuís Costa
 
O papel das mulheres no estado novo
O papel das mulheres no estado novoO papel das mulheres no estado novo
O papel das mulheres no estado novo010693
 
Apresentação Do autoritarismo à democracia
Apresentação Do autoritarismo à democraciaApresentação Do autoritarismo à democracia
Apresentação Do autoritarismo à democraciaLaboratório de História
 
Biografia de antónio salazar
Biografia de antónio salazarBiografia de antónio salazar
Biografia de antónio salazarAnabela Sobral
 
Marcelo caetano
Marcelo caetanoMarcelo caetano
Marcelo caetanoberenvaz
 

Mais procurados (16)

Biografia de salazar sara
Biografia de salazar saraBiografia de salazar sara
Biografia de salazar sara
 
Comunicado JS - Contestação vs Violência
Comunicado JS - Contestação vs ViolênciaComunicado JS - Contestação vs Violência
Comunicado JS - Contestação vs Violência
 
Salazar
SalazarSalazar
Salazar
 
Do autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à DemocraciaDo autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à Democracia
 
António de oliveira salazar
António de oliveira salazarAntónio de oliveira salazar
António de oliveira salazar
 
Actividade Portugal Um Retrato Social Episodio 5 Luis Costa
Actividade   Portugal Um Retrato Social Episodio 5 Luis CostaActividade   Portugal Um Retrato Social Episodio 5 Luis Costa
Actividade Portugal Um Retrato Social Episodio 5 Luis Costa
 
O papel das mulheres no estado novo
O papel das mulheres no estado novoO papel das mulheres no estado novo
O papel das mulheres no estado novo
 
Apresentação Do autoritarismo à democracia
Apresentação Do autoritarismo à democraciaApresentação Do autoritarismo à democracia
Apresentação Do autoritarismo à democracia
 
Biografia de antónio salazar
Biografia de antónio salazarBiografia de antónio salazar
Biografia de antónio salazar
 
Salazar
SalazarSalazar
Salazar
 
Marcelismo
MarcelismoMarcelismo
Marcelismo
 
Biografia De Salazar
Biografia De SalazarBiografia De Salazar
Biografia De Salazar
 
PS? Jamais!
PS? Jamais!PS? Jamais!
PS? Jamais!
 
Ps, Jamais!
Ps, Jamais!Ps, Jamais!
Ps, Jamais!
 
Marcelo caetano
Marcelo caetanoMarcelo caetano
Marcelo caetano
 
Reporter capixaba 84
Reporter capixaba 84Reporter capixaba 84
Reporter capixaba 84
 

Destaque

Os direitos de uma criança elsa, clau, bea
Os direitos de uma criança  elsa, clau, beaOs direitos de uma criança  elsa, clau, bea
Os direitos de uma criança elsa, clau, beabeatriz1616
 
Resultados das Semi-finais
Resultados das Semi-finaisResultados das Semi-finais
Resultados das Semi-finaisAntônio César
 
Azeite de oliva conquistou o paladar do brasileiro
Azeite de oliva conquistou o paladar do brasileiroAzeite de oliva conquistou o paladar do brasileiro
Azeite de oliva conquistou o paladar do brasileiroAgricultura Sao Paulo
 
Produção mecânica
Produção mecânicaProdução mecânica
Produção mecânicadenis84
 
AVISO DE PAUTA: Coletiva Balanço 2013
AVISO DE PAUTA: Coletiva Balanço 2013AVISO DE PAUTA: Coletiva Balanço 2013
AVISO DE PAUTA: Coletiva Balanço 2013CAIXA Notícias
 
Aquele que vende seu voto, amarelô
Aquele que vende seu voto, amarelôAquele que vende seu voto, amarelô
Aquele que vende seu voto, amarelôRubens Navarro
 
Recomendação Martins e Irmão
Recomendação Martins e IrmãoRecomendação Martins e Irmão
Recomendação Martins e IrmãoNuno Ramalho
 
Anabolizantes- beleza e força enganosas
Anabolizantes- beleza e força enganosasAnabolizantes- beleza e força enganosas
Anabolizantes- beleza e força enganosaselydef
 
Uma amizade sem distinção 10ºh
Uma amizade sem distinção  10ºhUma amizade sem distinção  10ºh
Uma amizade sem distinção 10ºhCarlaalmeidaa
 
Grupo S.O.S. Animais - Resposta às solicitações - Pref. Maria Antonieta de Brito
Grupo S.O.S. Animais - Resposta às solicitações - Pref. Maria Antonieta de BritoGrupo S.O.S. Animais - Resposta às solicitações - Pref. Maria Antonieta de Brito
Grupo S.O.S. Animais - Resposta às solicitações - Pref. Maria Antonieta de Britogrupososanimais
 

Destaque (20)

Os direitos de uma criança elsa, clau, bea
Os direitos de uma criança  elsa, clau, beaOs direitos de uma criança  elsa, clau, bea
Os direitos de uma criança elsa, clau, bea
 
Resultados das Semi-finais
Resultados das Semi-finaisResultados das Semi-finais
Resultados das Semi-finais
 
Azeite de oliva conquistou o paladar do brasileiro
Azeite de oliva conquistou o paladar do brasileiroAzeite de oliva conquistou o paladar do brasileiro
Azeite de oliva conquistou o paladar do brasileiro
 
Sanchez bastidas luis a
Sanchez bastidas luis aSanchez bastidas luis a
Sanchez bastidas luis a
 
Figado Gordo
Figado GordoFigado Gordo
Figado Gordo
 
Plano
PlanoPlano
Plano
 
Produção mecânica
Produção mecânicaProdução mecânica
Produção mecânica
 
AVISO DE PAUTA: Coletiva Balanço 2013
AVISO DE PAUTA: Coletiva Balanço 2013AVISO DE PAUTA: Coletiva Balanço 2013
AVISO DE PAUTA: Coletiva Balanço 2013
 
Case de sucesso: Sanven Metalúrgica - SAP Business One
Case de sucesso: Sanven Metalúrgica - SAP Business OneCase de sucesso: Sanven Metalúrgica - SAP Business One
Case de sucesso: Sanven Metalúrgica - SAP Business One
 
JUEGO DE LA OCA
JUEGO DE LA OCAJUEGO DE LA OCA
JUEGO DE LA OCA
 
A importância do brincar na escola
A importância do brincar na escolaA importância do brincar na escola
A importância do brincar na escola
 
Marco power 001
Marco power 001Marco power 001
Marco power 001
 
Minhasfraseslindas2
Minhasfraseslindas2Minhasfraseslindas2
Minhasfraseslindas2
 
Tópico1 1º ano
Tópico1 1º anoTópico1 1º ano
Tópico1 1º ano
 
Aquele que vende seu voto, amarelô
Aquele que vende seu voto, amarelôAquele que vende seu voto, amarelô
Aquele que vende seu voto, amarelô
 
Recomendação Martins e Irmão
Recomendação Martins e IrmãoRecomendação Martins e Irmão
Recomendação Martins e Irmão
 
Anabolizantes- beleza e força enganosas
Anabolizantes- beleza e força enganosasAnabolizantes- beleza e força enganosas
Anabolizantes- beleza e força enganosas
 
Uma amizade sem distinção 10ºh
Uma amizade sem distinção  10ºhUma amizade sem distinção  10ºh
Uma amizade sem distinção 10ºh
 
Grupo S.O.S. Animais - Resposta às solicitações - Pref. Maria Antonieta de Brito
Grupo S.O.S. Animais - Resposta às solicitações - Pref. Maria Antonieta de BritoGrupo S.O.S. Animais - Resposta às solicitações - Pref. Maria Antonieta de Brito
Grupo S.O.S. Animais - Resposta às solicitações - Pref. Maria Antonieta de Brito
 
Minhas frases lindas 10
Minhas frases lindas 10Minhas frases lindas 10
Minhas frases lindas 10
 

Semelhante a Manifestações 15 de setembro: Passos troikados

Juventude e rebelioes s 2013 31dez
Juventude e rebelioes s 2013 31dezJuventude e rebelioes s 2013 31dez
Juventude e rebelioes s 2013 31dezElisio Estanque
 
O Porto Nas Lutas Pela Liberdade
O Porto Nas Lutas Pela LiberdadeO Porto Nas Lutas Pela Liberdade
O Porto Nas Lutas Pela LiberdadeLuisa Lamas
 
Onde pára o socialismo ee publico_02.06.14
Onde pára o socialismo ee publico_02.06.14Onde pára o socialismo ee publico_02.06.14
Onde pára o socialismo ee publico_02.06.14Elisio Estanque
 
Visto do brasil greves, manifs e passeatas ee
Visto do brasil greves, manifs e passeatas eeVisto do brasil greves, manifs e passeatas ee
Visto do brasil greves, manifs e passeatas eeElisio Estanque
 
Quem te enfia as luvas? Blockupy 2013 – Apontamentos sobre as jornadas de pro...
Quem te enfia as luvas? Blockupy 2013 – Apontamentos sobre as jornadas de pro...Quem te enfia as luvas? Blockupy 2013 – Apontamentos sobre as jornadas de pro...
Quem te enfia as luvas? Blockupy 2013 – Apontamentos sobre as jornadas de pro...GRAZIA TANTA
 
Portugal 2020, um povo pobre e aprisionado
Portugal 2020, um povo pobre e aprisionadoPortugal 2020, um povo pobre e aprisionado
Portugal 2020, um povo pobre e aprisionadoGRAZIA TANTA
 
C.L.C. 7 - Portugal antes e depois do 25 de Abril
C.L.C. 7 - Portugal antes e depois do 25 de AbrilC.L.C. 7 - Portugal antes e depois do 25 de Abril
C.L.C. 7 - Portugal antes e depois do 25 de AbrilI.Braz Slideshares
 
1ª república
1ª república1ª república
1ª repúblicaesa9b
 
Queda da monarquia
Queda da monarquiaQueda da monarquia
Queda da monarquiaMaria Gomes
 
A miséria da esquerda que anda por aí. um “case study”, a cimeira da nato
A miséria da esquerda que anda por aí.  um “case study”, a cimeira da natoA miséria da esquerda que anda por aí.  um “case study”, a cimeira da nato
A miséria da esquerda que anda por aí. um “case study”, a cimeira da natoGRAZIA TANTA
 
Um olhar sobre Abril (André Santos, 12º A)
Um olhar sobre Abril (André Santos, 12º A)Um olhar sobre Abril (André Santos, 12º A)
Um olhar sobre Abril (André Santos, 12º A)João Camacho
 
Público 4 o 1 de maio e mercadorizaçao
Público 4 o 1 de maio e mercadorizaçaoPúblico 4 o 1 de maio e mercadorizaçao
Público 4 o 1 de maio e mercadorizaçaoElisio Estanque
 
Salazar e o Estado- Novo
Salazar e o Estado- NovoSalazar e o Estado- Novo
Salazar e o Estado- Novobandeirolas
 
O 25 de abril
O 25 de abrilO 25 de abril
O 25 de abrilnani
 

Semelhante a Manifestações 15 de setembro: Passos troikados (20)

Juventude e rebelioes s 2013 31dez
Juventude e rebelioes s 2013 31dezJuventude e rebelioes s 2013 31dez
Juventude e rebelioes s 2013 31dez
 
O Porto Nas Lutas Pela Liberdade
O Porto Nas Lutas Pela LiberdadeO Porto Nas Lutas Pela Liberdade
O Porto Nas Lutas Pela Liberdade
 
Onde pára o socialismo ee publico_02.06.14
Onde pára o socialismo ee publico_02.06.14Onde pára o socialismo ee publico_02.06.14
Onde pára o socialismo ee publico_02.06.14
 
Visto do brasil greves, manifs e passeatas ee
Visto do brasil greves, manifs e passeatas eeVisto do brasil greves, manifs e passeatas ee
Visto do brasil greves, manifs e passeatas ee
 
Quem te enfia as luvas? Blockupy 2013 – Apontamentos sobre as jornadas de pro...
Quem te enfia as luvas? Blockupy 2013 – Apontamentos sobre as jornadas de pro...Quem te enfia as luvas? Blockupy 2013 – Apontamentos sobre as jornadas de pro...
Quem te enfia as luvas? Blockupy 2013 – Apontamentos sobre as jornadas de pro...
 
Portugal 2020, um povo pobre e aprisionado
Portugal 2020, um povo pobre e aprisionadoPortugal 2020, um povo pobre e aprisionado
Portugal 2020, um povo pobre e aprisionado
 
C.L.C. 7 - Portugal antes e depois do 25 de Abril
C.L.C. 7 - Portugal antes e depois do 25 de AbrilC.L.C. 7 - Portugal antes e depois do 25 de Abril
C.L.C. 7 - Portugal antes e depois do 25 de Abril
 
1ª república
1ª república1ª república
1ª república
 
Queda da monarquia
Queda da monarquiaQueda da monarquia
Queda da monarquia
 
Mihaela e bernardo
Mihaela e bernardoMihaela e bernardo
Mihaela e bernardo
 
A miséria da esquerda que anda por aí. um “case study”, a cimeira da nato
A miséria da esquerda que anda por aí.  um “case study”, a cimeira da natoA miséria da esquerda que anda por aí.  um “case study”, a cimeira da nato
A miséria da esquerda que anda por aí. um “case study”, a cimeira da nato
 
25 De Abril
25 De Abril25 De Abril
25 De Abril
 
Um olhar sobre Abril (André Santos, 12º A)
Um olhar sobre Abril (André Santos, 12º A)Um olhar sobre Abril (André Santos, 12º A)
Um olhar sobre Abril (André Santos, 12º A)
 
O fim da monarquia em portugal
O fim da monarquia em portugalO fim da monarquia em portugal
O fim da monarquia em portugal
 
Caderno Diário 1ª República
Caderno Diário 1ª RepúblicaCaderno Diário 1ª República
Caderno Diário 1ª República
 
Público 4 o 1 de maio e mercadorizaçao
Público 4 o 1 de maio e mercadorizaçaoPúblico 4 o 1 de maio e mercadorizaçao
Público 4 o 1 de maio e mercadorizaçao
 
Xerfa sn12
Xerfa sn12Xerfa sn12
Xerfa sn12
 
Salazar e o Estado- Novo
Salazar e o Estado- NovoSalazar e o Estado- Novo
Salazar e o Estado- Novo
 
O 25 de abril
O 25 de abrilO 25 de abril
O 25 de abril
 
Reporter capixaba 56
Reporter capixaba 56Reporter capixaba 56
Reporter capixaba 56
 

Mais de Elisio Estanque

O outro lado da revol (ii) publico20180215
O outro lado da revol (ii) publico20180215O outro lado da revol (ii) publico20180215
O outro lado da revol (ii) publico20180215Elisio Estanque
 
O outro lado da reovol (i) publico 20180214
O outro lado da reovol (i) publico 20180214O outro lado da reovol (i) publico 20180214
O outro lado da reovol (i) publico 20180214Elisio Estanque
 
Entre o populismo e o euroceticismo
Entre o populismo e o euroceticismo Entre o populismo e o euroceticismo
Entre o populismo e o euroceticismo Elisio Estanque
 
Ee juventude bloqueada (ii) publico_2017.05
Ee juventude bloqueada (ii) publico_2017.05Ee juventude bloqueada (ii) publico_2017.05
Ee juventude bloqueada (ii) publico_2017.05Elisio Estanque
 
Ee juventude bloqueada (i) publico_18.05.17
Ee juventude bloqueada (i) publico_18.05.17Ee juventude bloqueada (i) publico_18.05.17
Ee juventude bloqueada (i) publico_18.05.17Elisio Estanque
 
Passado e futuro do trabalho (II)
Passado e futuro do trabalho (II)Passado e futuro do trabalho (II)
Passado e futuro do trabalho (II)Elisio Estanque
 
Passado e futuro do trabalho (I)
Passado e futuro do trabalho (I)Passado e futuro do trabalho (I)
Passado e futuro do trabalho (I)Elisio Estanque
 
Os 'lambe cus', público_27.10.2016
Os 'lambe cus', público_27.10.2016Os 'lambe cus', público_27.10.2016
Os 'lambe cus', público_27.10.2016Elisio Estanque
 
Ee_publico_entrevista-1
  Ee_publico_entrevista-1  Ee_publico_entrevista-1
Ee_publico_entrevista-1Elisio Estanque
 
Praxe vs comandos_publico_2016.09.20
  Praxe vs comandos_publico_2016.09.20  Praxe vs comandos_publico_2016.09.20
Praxe vs comandos_publico_2016.09.20Elisio Estanque
 
Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016
Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016
Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016Elisio Estanque
 
Des globalização do trabalho ee
Des globalização do trabalho eeDes globalização do trabalho ee
Des globalização do trabalho eeElisio Estanque
 
Alentejo ee público_11.03.2016
Alentejo ee público_11.03.2016Alentejo ee público_11.03.2016
Alentejo ee público_11.03.2016Elisio Estanque
 
03_english_rccs annual review_e_estanque_rev2
  03_english_rccs annual review_e_estanque_rev2  03_english_rccs annual review_e_estanque_rev2
03_english_rccs annual review_e_estanque_rev2Elisio Estanque
 
(Des)globalização do trabalho publico 2016.07.14
(Des)globalização do trabalho publico 2016.07.14(Des)globalização do trabalho publico 2016.07.14
(Des)globalização do trabalho publico 2016.07.14Elisio Estanque
 
Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016
Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016
Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016Elisio Estanque
 
Alentejo ee público_11.03.2016
Alentejo ee público_11.03.2016Alentejo ee público_11.03.2016
Alentejo ee público_11.03.2016Elisio Estanque
 
Uma critica construtiva ao sindicalismo
Uma critica construtiva ao sindicalismoUma critica construtiva ao sindicalismo
Uma critica construtiva ao sindicalismoElisio Estanque
 
Rebeliao de classe media_precariedade de movimentos sociais
Rebeliao de classe media_precariedade de movimentos sociaisRebeliao de classe media_precariedade de movimentos sociais
Rebeliao de classe media_precariedade de movimentos sociaisElisio Estanque
 
Middle class rebellions_2015
Middle class rebellions_2015Middle class rebellions_2015
Middle class rebellions_2015Elisio Estanque
 

Mais de Elisio Estanque (20)

O outro lado da revol (ii) publico20180215
O outro lado da revol (ii) publico20180215O outro lado da revol (ii) publico20180215
O outro lado da revol (ii) publico20180215
 
O outro lado da reovol (i) publico 20180214
O outro lado da reovol (i) publico 20180214O outro lado da reovol (i) publico 20180214
O outro lado da reovol (i) publico 20180214
 
Entre o populismo e o euroceticismo
Entre o populismo e o euroceticismo Entre o populismo e o euroceticismo
Entre o populismo e o euroceticismo
 
Ee juventude bloqueada (ii) publico_2017.05
Ee juventude bloqueada (ii) publico_2017.05Ee juventude bloqueada (ii) publico_2017.05
Ee juventude bloqueada (ii) publico_2017.05
 
Ee juventude bloqueada (i) publico_18.05.17
Ee juventude bloqueada (i) publico_18.05.17Ee juventude bloqueada (i) publico_18.05.17
Ee juventude bloqueada (i) publico_18.05.17
 
Passado e futuro do trabalho (II)
Passado e futuro do trabalho (II)Passado e futuro do trabalho (II)
Passado e futuro do trabalho (II)
 
Passado e futuro do trabalho (I)
Passado e futuro do trabalho (I)Passado e futuro do trabalho (I)
Passado e futuro do trabalho (I)
 
Os 'lambe cus', público_27.10.2016
Os 'lambe cus', público_27.10.2016Os 'lambe cus', público_27.10.2016
Os 'lambe cus', público_27.10.2016
 
Ee_publico_entrevista-1
  Ee_publico_entrevista-1  Ee_publico_entrevista-1
Ee_publico_entrevista-1
 
Praxe vs comandos_publico_2016.09.20
  Praxe vs comandos_publico_2016.09.20  Praxe vs comandos_publico_2016.09.20
Praxe vs comandos_publico_2016.09.20
 
Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016
Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016
Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016
 
Des globalização do trabalho ee
Des globalização do trabalho eeDes globalização do trabalho ee
Des globalização do trabalho ee
 
Alentejo ee público_11.03.2016
Alentejo ee público_11.03.2016Alentejo ee público_11.03.2016
Alentejo ee público_11.03.2016
 
03_english_rccs annual review_e_estanque_rev2
  03_english_rccs annual review_e_estanque_rev2  03_english_rccs annual review_e_estanque_rev2
03_english_rccs annual review_e_estanque_rev2
 
(Des)globalização do trabalho publico 2016.07.14
(Des)globalização do trabalho publico 2016.07.14(Des)globalização do trabalho publico 2016.07.14
(Des)globalização do trabalho publico 2016.07.14
 
Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016
Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016
Queima das fitas alcoolizada publico 14.05.2016
 
Alentejo ee público_11.03.2016
Alentejo ee público_11.03.2016Alentejo ee público_11.03.2016
Alentejo ee público_11.03.2016
 
Uma critica construtiva ao sindicalismo
Uma critica construtiva ao sindicalismoUma critica construtiva ao sindicalismo
Uma critica construtiva ao sindicalismo
 
Rebeliao de classe media_precariedade de movimentos sociais
Rebeliao de classe media_precariedade de movimentos sociaisRebeliao de classe media_precariedade de movimentos sociais
Rebeliao de classe media_precariedade de movimentos sociais
 
Middle class rebellions_2015
Middle class rebellions_2015Middle class rebellions_2015
Middle class rebellions_2015
 

Manifestações 15 de setembro: Passos troikados

  • 1. Elísio Estanque* Jornal PÚBLICO, 16.09.2012 Manifestações 15 de setembro Passos troikados De norte a sul do país, e ilhas, o sobressalto democrático que há muito se justificava fez-se ouvir em cerca de 40 cidades, num clamor de indignação contra a austeridade, a obstinação ideológica e as trapalhadas do governo PSD/CDS. As manifestações de ontem tiveram uma adesão quase generalizada dos portugueses, a mostrar um “cartão amarelo” à política de austeridade, ao governo e à troika. O caudal de descontentamento popular, a lembrar os tempos do 25 de Abril, não deixou de ser uma resposta muito veemente a quem, ainda há poucas semanas, se vangloriava da eterna “paciência” do povo português. Uma resposta que, aliás, conseguiu juntar numa mesma corrente pessoas com filiações ideológicas habitualmente rivais: desde eleitores do PSD e do CDS, aos comunistas e setores da esquerda radical, passando pelos socialistas e sociais- democratas e incluindo largos milhares de cidadãos que simplesmente quiseram protestar porque se sentem espoliados e ofendidos. Sindicatos e patrões, jovens e idosos, funcionários públicos e trabalhadores precários, desempregados, estudantes e pensionistas juntaram a sua voz num clima grande heterogeneidade, de irreverência democrática e num exercício de cidadania ativa. Colheres de pau e caçarolas, frases mais ou menos imaginativas, nas cerca de 40 manifestações soaram bem alto os gritos de revolta. Mostraram um Portugal acordado, que desperta do sono indolente que lhe tem sido induzido ao longo de décadas pelos lenitivos ideológicos do neoliberalismo. “Assim não pode ser, a
  • 2. gente a trabalhar e a banca a lucrar!”, “saiam do poleiro, devolvam o dinheiro!”, “só com participação haverá solução!”, “lutemos pela vida!”. A paciência esgotou- se e os portugueses revelaram uma maturidade democrática que muitos têm menosprezado, afirmando a sua capacidade de ser livres e desmontando a insensibilidade social de quem detém o poder. Se “a rua”, por si só, não resolve, ela também não é apenas uma catarse para permitir que tudo continue na mesma. E mal estarão os políticos e governantes que não percebam isso. Depois da passada “sexta-feira negra”, em que o Primeiro-ministro anunciou as novas medidas e despoletou este sobressalto, o dia de ontem – o “M15S”, Manifestações de 15 de setembro – pode ficar na história como o dia em que o governo e o país “trocaram o passo” (incluindo com o eleitorado do centro e da direita que há um ano e pouco acreditou em Pedro Passos Coelho). Como isso aconteceu por via da troika, bem se pode falar de “Passos troikados”. __ * Investigador do Centro de Estudos Sociais e professor da Faculdade de Economia da Univ. Coimbra