SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
ABORDAGENS PEDAGÓGICAS E INFLUENCIAS METODOLOGICAS. 
Elicio Gomes Lima 
Resumo: 
Dentre as muitas abordagens pedagógicas (Tradicional, Tecnicista, humanista, Crítico-Social etc.), meu intuito é estabelecer de forma sintetizada relações, comparações e confrontações entre a abordagem pedagógica tradicional e humanista, concepções compreendidas como tendências utilizadas no processo de ensino-aprendizagem que influenciam as situações concretas na sala de aula e nesse cenário educativo a relação professor aluno. 
Summary: 
Among the many pedagogical approaches (Traditional, Technicist, humanist, etc. Critical- Social), my intention is to establish relationships, comparisons and confrontations between traditional and humanistic pedagogical approach, concepts understood as trends used in the teaching-learning process that influences the concrete situations in the classroom and educational setting that the student teacher relationship. 
ABORDAGENS PEDAGÓGICAS: TRADICIONAL E HUMANISTA 
1. Introdução: 
Abordagens e proposições educacionais ou, tendências pedagógicas são correntes pedagógicas que vinculam-se ao processo de ensino e aprendizagem em seu contexto histórico, para explicar e fundamentar as relações que sustentam o processo de ensino-aprendizagem. Portanto, as teorias, as concepções e as tendências pedagógicas, são valores e instrumentos que definem as situações concretas de ensino e aprendizagem que são construídas no interior da sala de aula. Consequentemente cada forma de abordagem com seus diferentes aspectos sócio-político e ideológicos, procuram desenvolver uma metodologia própria, para o processo ensino aprendizagem, numa dimensão em que acredita ser a melhor forma de educação para a formação e/ou conformação humana. 
Dentre as muitas abordagens pedagógicas (Tradicional, Tecnicista, humanista, Crítico-Social etc.), meu intuito é estabelecer de forma sintetizada
relações, comparações e confrontações entre a abordagem pedagógica tradicional e humanista, concepções compreendidas como tendências utilizadas no processo de ensino-aprendizagem que influencia as situações concretas na sala de aula e nesse cenário educativo a relação professor aluno. 
2. RELAÇÕES, COMPARAÇÕES E CONFRONTAÇÕES ENTRE AS ABORDAGENS: TRADICIONAL E HUMANISTA. Na abordagem tradicional: Ensino é centrado nos professores, que atuam como agentes imprescindíveis para transmissão de conhecimentos, e os mesmos são considerado detentores dos saberes. Os educandos são concebidos como receptores (tabula rasa) com função de executarem as determinações impostas, são vazios, não emitem ideias, não interroga, nem não há dialoga entre educadores educando. Os alunos devem obedecer à autoridade constituída no processo de ensino-aprendizagem. 
Abordagem Humanista: 
O ensino é centrado no educando. Ou seja, na subjetividade da pessoa humana, valoriza-se as experiências dos sujeitos e estimula a autonomia dos mesmos para atuação na vida social. Professor estabelece dialogo com aluno, e o reconhece como um sujeito com potencialidades capaz de produzir conhecimentos. A aprendizagem torna-se significativa e transformadora, os sujeitos (educador/educando) são protagonistas de sua historia. 
Enfim, ao estudarmos as relações, comparações e confrontações entre a abordagem denominada de tradicional e humanista, as características de cada uma delas evidencia e nos levam a perceber que há uma dissociação entre essas duas tendências pedagógicas. O humanismo prioriza as descobertas, a criação e as experiências dos sujeitos, bem como valoriza a razão humana na produção dos conhecimentos historicamente constituídos.
Na abordagem Tradicional o professor ocupava o centro do processo de ensino-aprendizagem do processo educativo. No entanto, a abordagem humanista e a tradicional constituem-se nas duas tendências que ainda se “conformam” ( ou atuam ao mesmo tempo) na educação brasileira, porque suas concepções de mundo, embora contrastem entre si, estão ainda, profundamente enraizada em todo o sistema educacional, nas formas como desenvolvem o processo de ensino-aprendizagem em relação aos conteúdos, a formação dos professores e a relação professor-aluno. 
3. CONCLUINDO: 
Em síntese, concluindo nesse estudo, apresento uma atividade que pôde ser aplicada em sala de aula tendo como base a perspectivas humanista: A realização de trabalhos em grupos, como uma oportunidade dos educandos construírem coletivamente o conhecimento, colaboração e socialização compartilhando informações. 
Essa linha teórico-metodológica enquadra-se na abordagem humanista uma vez que o processo de ensino-aprendizagem favorecer a autonomia dos alunos de forma crítica em relação ao próprio processo de ensino e aprendizagem ao qual estão submetidos, ou seja, são sujeitos que construí o conhecimento na relação dialógica com o outro (pares) e com o professor enquanto mediador desse processo. Nesse sentido, creio que a abordagem humanista é muito mais adequada por privilegiar os aspectos da personalidade do sujeito que aprende, com um ensino centrado no aluno como protagonista. Assim, o trabalho em grupo possibilita no âmbito da percepção individual e coletiva, que os sujeitos construam conhecimentos de forma interacionista e com autonomia. Portanto, a abordagem humanista é preferencial ao processo de ensino- aprendizagem nessa perspectiva. 
AULA 4: ABORDAGENS PEDAGÓGICAS E INFLUENCIAS METODOLOGICAS.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Arivaldom
 
Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio Giselle Coutinho
 
Planejamento e política educacional
Planejamento e política educacionalPlanejamento e política educacional
Planejamento e política educacionalJose Arnaldo Silva
 
Fundamentos da Didática
Fundamentos da DidáticaFundamentos da Didática
Fundamentos da DidáticaUNICEP
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Magda Marques
 
Aprender e ensinar Matemática no Ensino Fundamental
Aprender e  ensinar Matemática no Ensino FundamentalAprender e  ensinar Matemática no Ensino Fundamental
Aprender e ensinar Matemática no Ensino Fundamentalvaldivina
 
Plano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência Visual
Plano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência VisualPlano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência Visual
Plano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência VisualCarla Cristina Alves
 
Relatório de estágio
Relatório de estágioRelatório de estágio
Relatório de estágioLeilany Campos
 
O processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoO processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoRosemary Batista
 
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
 resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmannIvanylde Santos
 
Plano de curso de matemática ensino médio
Plano de curso de matemática ensino médioPlano de curso de matemática ensino médio
Plano de curso de matemática ensino médioTammi Kirk
 
O pedagogo e a educação não-formal
O pedagogo e a educação não-formalO pedagogo e a educação não-formal
O pedagogo e a educação não-formalprofamiriamnavarro
 

Mais procurados (20)

ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
 
O que era a humanitas
O que era a humanitasO que era a humanitas
O que era a humanitas
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
 
Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio
 
Construtivismo
ConstrutivismoConstrutivismo
Construtivismo
 
Planejamento e política educacional
Planejamento e política educacionalPlanejamento e política educacional
Planejamento e política educacional
 
Conhecendo a didática
Conhecendo a didáticaConhecendo a didática
Conhecendo a didática
 
Fundamentos da Didática
Fundamentos da DidáticaFundamentos da Didática
Fundamentos da Didática
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.
 
SAEB_Prova brasil
SAEB_Prova brasilSAEB_Prova brasil
SAEB_Prova brasil
 
Aprender e ensinar Matemática no Ensino Fundamental
Aprender e  ensinar Matemática no Ensino FundamentalAprender e  ensinar Matemática no Ensino Fundamental
Aprender e ensinar Matemática no Ensino Fundamental
 
Plano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência Visual
Plano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência VisualPlano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência Visual
Plano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência Visual
 
Relatório de estágio
Relatório de estágioRelatório de estágio
Relatório de estágio
 
Didática geral aula 1
Didática geral aula 1Didática geral aula 1
Didática geral aula 1
 
Textos expositivos explicativos
Textos expositivos explicativosTextos expositivos explicativos
Textos expositivos explicativos
 
Relatório estágio
Relatório  estágioRelatório  estágio
Relatório estágio
 
O processo de alfabetização
O processo de alfabetizaçãoO processo de alfabetização
O processo de alfabetização
 
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
 resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
 
Plano de curso de matemática ensino médio
Plano de curso de matemática ensino médioPlano de curso de matemática ensino médio
Plano de curso de matemática ensino médio
 
O pedagogo e a educação não-formal
O pedagogo e a educação não-formalO pedagogo e a educação não-formal
O pedagogo e a educação não-formal
 

Destaque

Abordagens pedagógicas e atividades
Abordagens pedagógicas e atividadesAbordagens pedagógicas e atividades
Abordagens pedagógicas e atividadesAdelaide Dias
 
ABORDAGENS PEDAGOGICAS
ABORDAGENS PEDAGOGICASABORDAGENS PEDAGOGICAS
ABORDAGENS PEDAGOGICASpacobr
 
1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagemAlba Mate Mate
 
Abordagens do processo ensino aprendizagem
Abordagens do processo ensino aprendizagemAbordagens do processo ensino aprendizagem
Abordagens do processo ensino aprendizagemKáttia Gonçalves
 
Ensino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoEnsino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoNayra Carneiro
 
Abordagem critico superadora
Abordagem critico superadora Abordagem critico superadora
Abordagem critico superadora pauloaltizani
 
Abordagem cognitivista
Abordagem cognitivistaAbordagem cognitivista
Abordagem cognitivistaLílian Reis
 
Educação e suas tendências
Educação e suas tendênciasEducação e suas tendências
Educação e suas tendênciasMara Salvucci
 
Resumo educação humanista
Resumo   educação humanistaResumo   educação humanista
Resumo educação humanistaJoyce Mourão
 
90429836 abordagens-pedagogicas-maria-da-graca-nicoletti-mizukami
90429836 abordagens-pedagogicas-maria-da-graca-nicoletti-mizukami90429836 abordagens-pedagogicas-maria-da-graca-nicoletti-mizukami
90429836 abordagens-pedagogicas-maria-da-graca-nicoletti-mizukamicavcap
 
A aprendizagem na perspectiva humanista: Carl R. Rogers - Ferreira.
A aprendizagem na perspectiva humanista: Carl R. Rogers - Ferreira.A aprendizagem na perspectiva humanista: Carl R. Rogers - Ferreira.
A aprendizagem na perspectiva humanista: Carl R. Rogers - Ferreira.Gabriel De Oliveira Soares
 
Trabalho Humanismo (1° ano do Ensino Médio) Normas ABNT
Trabalho Humanismo (1° ano do Ensino Médio) Normas ABNTTrabalho Humanismo (1° ano do Ensino Médio) Normas ABNT
Trabalho Humanismo (1° ano do Ensino Médio) Normas ABNTCamila Roberta Silva
 
Abordagem desenvolvimentista
Abordagem desenvolvimentistaAbordagem desenvolvimentista
Abordagem desenvolvimentistaMayra Henrique
 
Abordagem Humanista na Educação
Abordagem Humanista na EducaçãoAbordagem Humanista na Educação
Abordagem Humanista na EducaçãoCarol Messias
 
Pedagogia humanista e renascimento
Pedagogia humanista e renascimentoPedagogia humanista e renascimento
Pedagogia humanista e renascimentoLucas Bernardo
 
Ativ3 1soci marcio
Ativ3 1soci marcioAtiv3 1soci marcio
Ativ3 1soci marcioescola2011jr
 
O que é conhecimento?
O que é conhecimento?O que é conhecimento?
O que é conhecimento?Elicio Lima
 
PROGRAMMING OF THE 16th WEEK OF BREASTFEEDING IN THE CITY OF RIO CLARO – 2014
PROGRAMMING OF THE 16th WEEK OF BREASTFEEDING IN THE CITY OF  RIO CLARO – 2014PROGRAMMING OF THE 16th WEEK OF BREASTFEEDING IN THE CITY OF  RIO CLARO – 2014
PROGRAMMING OF THE 16th WEEK OF BREASTFEEDING IN THE CITY OF RIO CLARO – 2014Silvia Marina Anaruma
 

Destaque (20)

Abordagens pedagógicas e atividades
Abordagens pedagógicas e atividadesAbordagens pedagógicas e atividades
Abordagens pedagógicas e atividades
 
ABORDAGENS PEDAGOGICAS
ABORDAGENS PEDAGOGICASABORDAGENS PEDAGOGICAS
ABORDAGENS PEDAGOGICAS
 
1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem
 
Abordagens do processo ensino aprendizagem
Abordagens do processo ensino aprendizagemAbordagens do processo ensino aprendizagem
Abordagens do processo ensino aprendizagem
 
Ensino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoEnsino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processo
 
Abordagem critico superadora
Abordagem critico superadora Abordagem critico superadora
Abordagem critico superadora
 
Abordagem cognitivista
Abordagem cognitivistaAbordagem cognitivista
Abordagem cognitivista
 
Educação e suas tendências
Educação e suas tendênciasEducação e suas tendências
Educação e suas tendências
 
Resumo educação humanista
Resumo   educação humanistaResumo   educação humanista
Resumo educação humanista
 
90429836 abordagens-pedagogicas-maria-da-graca-nicoletti-mizukami
90429836 abordagens-pedagogicas-maria-da-graca-nicoletti-mizukami90429836 abordagens-pedagogicas-maria-da-graca-nicoletti-mizukami
90429836 abordagens-pedagogicas-maria-da-graca-nicoletti-mizukami
 
Pedagogia tecnicista
Pedagogia tecnicistaPedagogia tecnicista
Pedagogia tecnicista
 
A aprendizagem na perspectiva humanista: Carl R. Rogers - Ferreira.
A aprendizagem na perspectiva humanista: Carl R. Rogers - Ferreira.A aprendizagem na perspectiva humanista: Carl R. Rogers - Ferreira.
A aprendizagem na perspectiva humanista: Carl R. Rogers - Ferreira.
 
Trabalho Humanismo (1° ano do Ensino Médio) Normas ABNT
Trabalho Humanismo (1° ano do Ensino Médio) Normas ABNTTrabalho Humanismo (1° ano do Ensino Médio) Normas ABNT
Trabalho Humanismo (1° ano do Ensino Médio) Normas ABNT
 
Abordagem desenvolvimentista
Abordagem desenvolvimentistaAbordagem desenvolvimentista
Abordagem desenvolvimentista
 
Abordagem Humanista na Educação
Abordagem Humanista na EducaçãoAbordagem Humanista na Educação
Abordagem Humanista na Educação
 
Pedagogia humanista e renascimento
Pedagogia humanista e renascimentoPedagogia humanista e renascimento
Pedagogia humanista e renascimento
 
Abordagem comportamentalista
Abordagem comportamentalistaAbordagem comportamentalista
Abordagem comportamentalista
 
Ativ3 1soci marcio
Ativ3 1soci marcioAtiv3 1soci marcio
Ativ3 1soci marcio
 
O que é conhecimento?
O que é conhecimento?O que é conhecimento?
O que é conhecimento?
 
PROGRAMMING OF THE 16th WEEK OF BREASTFEEDING IN THE CITY OF RIO CLARO – 2014
PROGRAMMING OF THE 16th WEEK OF BREASTFEEDING IN THE CITY OF  RIO CLARO – 2014PROGRAMMING OF THE 16th WEEK OF BREASTFEEDING IN THE CITY OF  RIO CLARO – 2014
PROGRAMMING OF THE 16th WEEK OF BREASTFEEDING IN THE CITY OF RIO CLARO – 2014
 

Semelhante a Abordagens pedagógicas

Aula didática, tendências pedagógicas e a práxis docente
Aula didática, tendências pedagógicas e a práxis docenteAula didática, tendências pedagógicas e a práxis docente
Aula didática, tendências pedagógicas e a práxis docenteKelly da Silva
 
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - cópia
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - cópiaTendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - cópia
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - cópiaAlzirene Santos Almeida
 
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)Ilvanete Rosa Costa
 
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)Ilvanete Rosa Costa
 
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)Ilvanete Rosa Costa
 
Teoria s curriculares curso vitória
Teoria s curriculares curso vitóriaTeoria s curriculares curso vitória
Teoria s curriculares curso vitóriaThaty Araujo
 
Teoria e crítica literária
Teoria e crítica literáriaTeoria e crítica literária
Teoria e crítica literáriaEdilene Jadao
 
Profissão especialista da educacao 2
Profissão especialista da educacao 2Profissão especialista da educacao 2
Profissão especialista da educacao 2Francismar Lopes
 
Reconstruindo a didática
Reconstruindo a didáticaReconstruindo a didática
Reconstruindo a didáticaTalita Flávia
 
Abordagem de ensino
Abordagem de ensinoAbordagem de ensino
Abordagem de ensinoJoão Araujo
 
TÍTULO DO TRABALHO: A PESQUISA-AÇÃO COMO PRÁTICA COLETIVA REFLEXIVA NA FORMAÇ...
TÍTULO DO TRABALHO: A PESQUISA-AÇÃO COMO PRÁTICA COLETIVA REFLEXIVA NA FORMAÇ...TÍTULO DO TRABALHO: A PESQUISA-AÇÃO COMO PRÁTICA COLETIVA REFLEXIVA NA FORMAÇ...
TÍTULO DO TRABALHO: A PESQUISA-AÇÃO COMO PRÁTICA COLETIVA REFLEXIVA NA FORMAÇ...ProfessorPrincipiante
 
Texto capaciação 1
Texto capaciação 1Texto capaciação 1
Texto capaciação 1elannialins
 
Abordagens do-processo
Abordagens do-processoAbordagens do-processo
Abordagens do-processoafermartins
 

Semelhante a Abordagens pedagógicas (20)

Aula didática, tendências pedagógicas e a práxis docente
Aula didática, tendências pedagógicas e a práxis docenteAula didática, tendências pedagógicas e a práxis docente
Aula didática, tendências pedagógicas e a práxis docente
 
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - cópia
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - cópiaTendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - cópia
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - cópia
 
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
 
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
 
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
Tendnciaspedaggicas 130210234115-phpapp01 - c ópia (1)
 
A Aula Universitária
A Aula UniversitáriaA Aula Universitária
A Aula Universitária
 
Teoria s curriculares curso vitória
Teoria s curriculares curso vitóriaTeoria s curriculares curso vitória
Teoria s curriculares curso vitória
 
Teoria e crítica literária
Teoria e crítica literáriaTeoria e crítica literária
Teoria e crítica literária
 
Profissão especialista da educacao 2
Profissão especialista da educacao 2Profissão especialista da educacao 2
Profissão especialista da educacao 2
 
Reconstruindo a didática
Reconstruindo a didáticaReconstruindo a didática
Reconstruindo a didática
 
Abordagem de ensino
Abordagem de ensinoAbordagem de ensino
Abordagem de ensino
 
19 40
19 4019 40
19 40
 
12 ensino e aprendizagem
12 ensino e aprendizagem12 ensino e aprendizagem
12 ensino e aprendizagem
 
TÍTULO DO TRABALHO: A PESQUISA-AÇÃO COMO PRÁTICA COLETIVA REFLEXIVA NA FORMAÇ...
TÍTULO DO TRABALHO: A PESQUISA-AÇÃO COMO PRÁTICA COLETIVA REFLEXIVA NA FORMAÇ...TÍTULO DO TRABALHO: A PESQUISA-AÇÃO COMO PRÁTICA COLETIVA REFLEXIVA NA FORMAÇ...
TÍTULO DO TRABALHO: A PESQUISA-AÇÃO COMO PRÁTICA COLETIVA REFLEXIVA NA FORMAÇ...
 
G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05
 
Texto capaciação 1
Texto capaciação 1Texto capaciação 1
Texto capaciação 1
 
A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social
 
A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social
 
A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social
 
Abordagens do-processo
Abordagens do-processoAbordagens do-processo
Abordagens do-processo
 

Mais de Elicio Lima

Conceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridadeConceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridadeElicio Lima
 
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionaisElicio Lima
 
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e TerminologiasTENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e TerminologiasElicio Lima
 
Geografia regional
Geografia regional Geografia regional
Geografia regional Elicio Lima
 
Conceito de projetos
Conceito de projetosConceito de projetos
Conceito de projetosElicio Lima
 
Avaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicioAvaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicioElicio Lima
 
Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Elicio Lima
 
Formação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentaçãoFormação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentaçãoElicio Lima
 
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileiraEducação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileiraElicio Lima
 
Revolta estrutural
Revolta estruturalRevolta estrutural
Revolta estruturalElicio Lima
 
Mobilização social 2013
Mobilização social 2013Mobilização social 2013
Mobilização social 2013Elicio Lima
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opiniãoElicio Lima
 
Alfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologicaAlfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologicaElicio Lima
 
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformarPara que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformarElicio Lima
 
Entre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o sloganEntre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o sloganElicio Lima
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoElicio Lima
 
Modelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoModelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoElicio Lima
 
Diretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educaçãoDiretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educaçãoElicio Lima
 
Poder e desvelo na sala de aula
Poder e desvelo na sala de aulaPoder e desvelo na sala de aula
Poder e desvelo na sala de aulaElicio Lima
 

Mais de Elicio Lima (20)

Conceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridadeConceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridade
 
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e TerminologiasTENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
 
Geografia regional
Geografia regional Geografia regional
Geografia regional
 
Conceito de projetos
Conceito de projetosConceito de projetos
Conceito de projetos
 
Avaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicioAvaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicio
 
Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?
 
Formação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentaçãoFormação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentação
 
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileiraEducação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
 
Revolta estrutural
Revolta estruturalRevolta estrutural
Revolta estrutural
 
Mobilização social 2013
Mobilização social 2013Mobilização social 2013
Mobilização social 2013
 
Palco da vida
Palco da vidaPalco da vida
Palco da vida
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
 
Alfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologicaAlfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologica
 
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformarPara que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
 
Entre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o sloganEntre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o slogan
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
 
Modelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoModelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivo
 
Diretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educaçãoDiretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educação
 
Poder e desvelo na sala de aula
Poder e desvelo na sala de aulaPoder e desvelo na sala de aula
Poder e desvelo na sala de aula
 

Último

EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 

Último (20)

EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 

Abordagens pedagógicas

  • 1. ABORDAGENS PEDAGÓGICAS E INFLUENCIAS METODOLOGICAS. Elicio Gomes Lima Resumo: Dentre as muitas abordagens pedagógicas (Tradicional, Tecnicista, humanista, Crítico-Social etc.), meu intuito é estabelecer de forma sintetizada relações, comparações e confrontações entre a abordagem pedagógica tradicional e humanista, concepções compreendidas como tendências utilizadas no processo de ensino-aprendizagem que influenciam as situações concretas na sala de aula e nesse cenário educativo a relação professor aluno. Summary: Among the many pedagogical approaches (Traditional, Technicist, humanist, etc. Critical- Social), my intention is to establish relationships, comparisons and confrontations between traditional and humanistic pedagogical approach, concepts understood as trends used in the teaching-learning process that influences the concrete situations in the classroom and educational setting that the student teacher relationship. ABORDAGENS PEDAGÓGICAS: TRADICIONAL E HUMANISTA 1. Introdução: Abordagens e proposições educacionais ou, tendências pedagógicas são correntes pedagógicas que vinculam-se ao processo de ensino e aprendizagem em seu contexto histórico, para explicar e fundamentar as relações que sustentam o processo de ensino-aprendizagem. Portanto, as teorias, as concepções e as tendências pedagógicas, são valores e instrumentos que definem as situações concretas de ensino e aprendizagem que são construídas no interior da sala de aula. Consequentemente cada forma de abordagem com seus diferentes aspectos sócio-político e ideológicos, procuram desenvolver uma metodologia própria, para o processo ensino aprendizagem, numa dimensão em que acredita ser a melhor forma de educação para a formação e/ou conformação humana. Dentre as muitas abordagens pedagógicas (Tradicional, Tecnicista, humanista, Crítico-Social etc.), meu intuito é estabelecer de forma sintetizada
  • 2. relações, comparações e confrontações entre a abordagem pedagógica tradicional e humanista, concepções compreendidas como tendências utilizadas no processo de ensino-aprendizagem que influencia as situações concretas na sala de aula e nesse cenário educativo a relação professor aluno. 2. RELAÇÕES, COMPARAÇÕES E CONFRONTAÇÕES ENTRE AS ABORDAGENS: TRADICIONAL E HUMANISTA. Na abordagem tradicional: Ensino é centrado nos professores, que atuam como agentes imprescindíveis para transmissão de conhecimentos, e os mesmos são considerado detentores dos saberes. Os educandos são concebidos como receptores (tabula rasa) com função de executarem as determinações impostas, são vazios, não emitem ideias, não interroga, nem não há dialoga entre educadores educando. Os alunos devem obedecer à autoridade constituída no processo de ensino-aprendizagem. Abordagem Humanista: O ensino é centrado no educando. Ou seja, na subjetividade da pessoa humana, valoriza-se as experiências dos sujeitos e estimula a autonomia dos mesmos para atuação na vida social. Professor estabelece dialogo com aluno, e o reconhece como um sujeito com potencialidades capaz de produzir conhecimentos. A aprendizagem torna-se significativa e transformadora, os sujeitos (educador/educando) são protagonistas de sua historia. Enfim, ao estudarmos as relações, comparações e confrontações entre a abordagem denominada de tradicional e humanista, as características de cada uma delas evidencia e nos levam a perceber que há uma dissociação entre essas duas tendências pedagógicas. O humanismo prioriza as descobertas, a criação e as experiências dos sujeitos, bem como valoriza a razão humana na produção dos conhecimentos historicamente constituídos.
  • 3. Na abordagem Tradicional o professor ocupava o centro do processo de ensino-aprendizagem do processo educativo. No entanto, a abordagem humanista e a tradicional constituem-se nas duas tendências que ainda se “conformam” ( ou atuam ao mesmo tempo) na educação brasileira, porque suas concepções de mundo, embora contrastem entre si, estão ainda, profundamente enraizada em todo o sistema educacional, nas formas como desenvolvem o processo de ensino-aprendizagem em relação aos conteúdos, a formação dos professores e a relação professor-aluno. 3. CONCLUINDO: Em síntese, concluindo nesse estudo, apresento uma atividade que pôde ser aplicada em sala de aula tendo como base a perspectivas humanista: A realização de trabalhos em grupos, como uma oportunidade dos educandos construírem coletivamente o conhecimento, colaboração e socialização compartilhando informações. Essa linha teórico-metodológica enquadra-se na abordagem humanista uma vez que o processo de ensino-aprendizagem favorecer a autonomia dos alunos de forma crítica em relação ao próprio processo de ensino e aprendizagem ao qual estão submetidos, ou seja, são sujeitos que construí o conhecimento na relação dialógica com o outro (pares) e com o professor enquanto mediador desse processo. Nesse sentido, creio que a abordagem humanista é muito mais adequada por privilegiar os aspectos da personalidade do sujeito que aprende, com um ensino centrado no aluno como protagonista. Assim, o trabalho em grupo possibilita no âmbito da percepção individual e coletiva, que os sujeitos construam conhecimentos de forma interacionista e com autonomia. Portanto, a abordagem humanista é preferencial ao processo de ensino- aprendizagem nessa perspectiva. AULA 4: ABORDAGENS PEDAGÓGICAS E INFLUENCIAS METODOLOGICAS.