Não se nasce
mulher, torna-se.
Simone de Beauvoir
CRIANÇA
eliane@entrerodas.org
CONTOS DE FADAS
eliane@entrerodas.org
ADOLESCENTE
eliane@entrerodas.org
PADRÃO DA SOCIEDADE
eliane@entrerodas.org
ANEOREXIA
eliane@entrerodas.org
BULIMIA
eliane@entrerodas.org
MULHER
eliane@entrerodas.org
VIOLÊNCIA
eliane@entrerodas.org
A PIADA PODE PARECER BOA, MAS NÃO É!
eliane@entrerodas.org
NÃO BASTA SER MULHER....
DEFICIENTE
DIFERENTE
eliane@entrerodas.org
INSTITUTO ENTRE RODAS
A deficiência é uma questão de
entrerodas.org
eliane@entrerodas.org
Facebook.com/entrerodasebatom
Generos e deficiencia
Generos e deficiencia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Generos e deficiencia

506 visualizações

Publicada em

No dia 12/04, na Reatech 2014, o Instituto Entre Rodas & Batom, representado por sua fundadora Eliane Lemos, participou da mesa redonda “GÊNEROS E DEFICIÊNCIA”
Coordenação da mesa: Lia Crespo (Memorial da Inclusão/SEDPcD)
Debatedores:
Ronílson Silva (Presidente do CEAPcD), Viviane Ferreira (Secretaria de Gênero da ONCB), Eliane Lemos (Instituto Entre Rodas e Batom), Anahi Guedes (UFSC) E Ana Rita de Paula (IP/USP) e Cássio Rodrigo (Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias da Secretaria de Estado da Cultura). A mesa-redonda “Gêneros e Deficiência” justifica-se no contexto dos projetos que, atualmente, a equipe do Memorial da Inclusão vem se dedicando. Esses têm como foco o incentivo e a valorização dos Estudos sobre a Deficiência. Os chamados Estudos sobre a Deficiência (Disability Studies no original em inglês) estão ligados à própria origem do movimento de pessoas com deficiência em países como Estados Unidos e Inglaterra, e lá se consolidaram como campos disciplinares bem estabelecidos e pujantes. Os Disability Studies têm, como prioridade, uma abordagem que entende a deficiência para além da dimensão puramente biológica e orgânica. Procura entende-la como fruto de interações sociais, ou seja, como uma construção histórica que tem sido valorizada de diferentes formas no decorrer do tempo e, por extensão, pensada e abordada de maneiras igualmente diversas pelos poderes públicos e pela sociedade. Entende-se, a partir dessas reflexões, a deficiência como uma manifestação da diversidade e da condição humanas, e não mais como desvio de um utópico padrão de normalidade. Considerada essa questão, vale lembrar que a condição da deficiência, na realidade social, nunca se restringe a ela mesma. Ou seja, ao mesmo tempo em que uma pessoa tem alguma deficiência, ela pode ser rica ou pobre, negra ou branca, homem, mulher ou transgênero, heterossexual, homossexual ou bissexual etc. Nesse sentido, os Estudos sobre a Deficiência sempre tiveram a preocupação de pensar as várias implicações recorrentes da interação entre diferentes e complexas categorias da vida social, bem como os reflexos disso na construção das políticas públicas relacionadas ao segmento.
Essa mesa-redonda faz parte de uma série de atividades voltadas para a articulação da Rede Nacional de Estudos sobre a Deficiência, que começou a ser debatida no I Simpósio Internacional de Estudo sobre a Deficiência, realizado em junho de 2013 Estão sendo planejadas uma série de ações que visam incentivar a aproximação entre os pesquisadores interessados, bem como fomentar diretamente pesquisas na área. A primeira dessas mesas visa, justamente, pensar a imbricação “Gêneros” X “Deficiência”. Quais são as questões levantadas ao pensarmos nessa ‘transversalidade’? Como se dá a construção social da noção de corpo? O queO que dizem as feministas o os debatedores da Teoria QuEer frente à questão da deficiência? Como pensar em políticas públicas para “minorias dentro de minorias”?

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
506
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Generos e deficiencia

  1. 1. Não se nasce mulher, torna-se. Simone de Beauvoir
  2. 2. CRIANÇA eliane@entrerodas.org
  3. 3. CONTOS DE FADAS eliane@entrerodas.org
  4. 4. ADOLESCENTE eliane@entrerodas.org
  5. 5. PADRÃO DA SOCIEDADE eliane@entrerodas.org
  6. 6. ANEOREXIA eliane@entrerodas.org
  7. 7. BULIMIA eliane@entrerodas.org
  8. 8. MULHER eliane@entrerodas.org
  9. 9. VIOLÊNCIA eliane@entrerodas.org
  10. 10. A PIADA PODE PARECER BOA, MAS NÃO É! eliane@entrerodas.org
  11. 11. NÃO BASTA SER MULHER.... DEFICIENTE DIFERENTE eliane@entrerodas.org
  12. 12. INSTITUTO ENTRE RODAS A deficiência é uma questão de
  13. 13. entrerodas.org eliane@entrerodas.org Facebook.com/entrerodasebatom

×