Hiperonimo

740 visualizações

Publicada em

Hipônimo e hiperônimo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
740
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hiperonimo

  1. 1. Hiperônimo e Hipônimo
  2. 2. Hiperônimo é uma palavra que apresenta um significado mais abrangente do que o do seu hipônimo (vocabulário de sentido mais específico). É o que acontece com as palavras doença e gripe – doença é hiperônimo de gripe porque em seu significado contém o significado de gripe e o significado de mais uma série de palavras como dengue, malária, câncer. Então se conclui que gripe é hipônimo de doença. A relação existente entre hiperônimo e hipônimo é fundamental para a coesão textual. Ex: Grupos de refugiados chegam diariamente do sertão castigado pela seca. São pessoas famintas, maltrapilhas, destruídas. Note que a palavra “pessoas” é um hiperônimo da palavra “refugiados”, uma vez que “pessoas” apresenta um significado mais abrangente que seu hipônimo “refugiados”.
  3. 3. Paronímia, Homonímia, Sinonímia e Polissemia
  4. 4. Parônimos  São palavras que apresentam significados diferentes embora sejam parecidas na grafia ou na pronúncia.
  5. 5. Exemplos  Flagrante (evidente) / fragrante (perfumado)  Mandado (ordem judicial) / mandato (procuração)  Inflação (alta dos preços) / infração (violação)  Eminente (elevado) / iminente (prestes a ocorrer)  Arrear (pôr arreios) / arriar (descer, cair)  Comprimento (extensão, grandeza e tamanho) / Cumprimento (saudação)  Descrição (falar sobre, ato de descrever) / Discrição (ser discreto)  Emergir (mostrar-se) / Imergir (mergulhar)
  6. 6. Homônimos  São palavras diferentes no sentido, mas que têm a mesma pronúncia.  Dividem-se em homônimos perfeitos e homônimos imperfeitos.
  7. 7. Homônimos perfeitos  São palavras diferentes no sentido, mas idênticas na escrita e na pronúncia.
  8. 8. Exemplos  Homem são. São João São várias as causas.  Como vais? Eu como feijão.  Vou pegar dinheiro no banco. O banco da praça quebrou.
  9. 9. Homônimos imperfeitos  Dividem-se em: 1. Homônimos homógrafos 2. Homônimos homófonos
  10. 10. Homônimos homógrafos  Quando têm a mesma escrita e a mesma pronúncia, exceto a abertura da vogal tônica.  Exemplos: Almoço (verbo) Almoço (substantivo) Eu começo a trabalhar em breve. O começo do filme foi ótimo.
  11. 11. Homônimos homófonos  Quando têm a mesma pronúncia, mas escrita diferente.  Exemplos: Apreçar / apressar Sessão / seção / cessão A cela do presídio está lotada. A sela do cavalo está velha.
  12. 12. Sinonímia  É a divisão na Semântica que estuda as palavras sinônimas, ou aquelas que possuem significado ou sentido semelhante. Vejamos: 1. A garota renunciou veementemente ao pedido para que comesse. 2. A menina recusou energeticamente ao pedido para que comesse. 3. A mocinha rejeitou impetuosamente ao pedido para que comesse. Vemos que os substantivos “garota”, “menina” e “mocinha” têm um mesmo significado, sentido, todos correspondem e nos remete à figura de uma jovem. Assim também são os verbos “renunciou”, “recusou” e “rejeitou”, que nos transmitem idéia de repulsa, de “não querer algo” e também os advérbios que nos falam da maneira como a ação foi cometida: “veementemente”, “energeticamente” e “impetuosamente”, ou seja, de modo intenso. Podemos concluir, a partir dessa análise, que sinonímia é a relação das palavras que possuem sentido, significados comuns. O objeto possuidor da maior quantidade de sinonímias ou sinônimos que existe é, com certeza, o dicionário.
  13. 13. Polissemia  A palavra polissemia compreende dois radicais: [poli = muito] e [semia = significado]. Portanto, uma palavra pode apresentar diferentes significados, dependendo dos usos lingüísticos em que possa aparecer. Vejamos os diferentes significados de abater:  Abater a árvore = derrubar  Abater a fera = matar  Abater o inimigo = derrotar  Abater-se com a derrota = sentir  Abater a dívida = descontar Ao consultar o dicionário, verificamos que a maioria das palavras são polissêmicas. O significado da palavra deve, portanto, ser considerado na frase, e não isoladamente.
  14. 14. Vícios de linguagem  http://www.youtube.com/watch?v=8Ajr XMkExTw&feature=share  http://www.youtube.com/watch?v=JjM R_231DGk&feature=related

×