SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E
           INCONFUNDÍVEIS


 “Quão formosos são sobre os montes os
pés do que anuncia as boas novas, que faz
ouvir a paz, que anuncia coisas boas, que
 faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu
           Deus reina!” (Is 52.7).
DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS


  Deixamos nossas marcas, quando os
            nossos pés...
São dedicados aos testemunhos de Deus!
              (Sl 119.59).
                 Quem?
          Uma mulher jovem.
     A escrava da mulher de Naamã
               (2 Rs 5.1-4).
DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS

  Deixamos nossas marcas, quando os nossos
                   pés...
São dirigidos pela Palavra de Deus! (Sl 119.105).
                   Quem?
 Maria, irmã de Marta – Era uma apaixonada
 pela Palavra de Deus. Quando Jesus estava
 hospedado em sua casa, enquanto sua irmã
Marta cuidava do jantar, ela se colocou aos pés
       de Jesus para ouvi-lo (Lc 10.38
DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS

  Deixamos nossas marcas, quando os nossos
                   pés...
São guiados pela sabedoria e pela discrição! (Pv
                3.21, 23 e 26).
                   Quem?
 Maria, mãe de Jesus – Ela via o crescimento do
  menino, cheio de sabedoria e graça; Maria,
guardava todas estas coisas no coração (Lc 2. 40
                     e 51)
DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS


  Deixamos nossas marcas, quando os nossos
                   pés...
São guardados ao entrarem na casa de Deus! (Ec
                     5.1).
                     Quem?
 Ana, a profetisa – Ela tinha prazer em estar na
            casa de Deus (Lc 2. 37b)
DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS
 Deixamos nossas marcas, quando os nossos
                  pés...
   São refreados do mal! (Pv 1.5; Hb 12.13).
                     Quem?
    Raabe – Podia escolher entre a ação e a
omissão; agiu e foi salva com toda a sua família
  (Js 6.22-25). A sua ação de fé colocou-a na
         genealogia de Jesus (Mt 1.5).
DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS

   Deixamos nossas marcas, quando os nossos
                    pés...
       Têm a sua vereda ponderada! (Pv 4.26).
                                Quem?
  Abigail - mulher sensata e temente a Deus. Com muita humildade ela se
prostrou com o rosto em terra diante de Davi, lançou-se aos seus pés e pediu
  que não se importasse com Nabal, que era louco, nem se vingasse com as
            suas próprias mãos pelo insulto que havia sofrido dele.
  Pediu perdão pela transgressão dela (tomando para si a culpa do marido),
para que ele não carregasse um peso em sua consciência quando chegasse ao
 trono de Israel, por ter se vingado com suas próprias mãos (1 Sm 25.2-42).
                           Tornou-se mulher de Davi.
DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS

  Deixamos nossas marcas, quando os nossos
                   pés...

                              Quem?
    M.C.A – Mulheres Cristãs em Ação – Igreja Batista em Jd. Helena

   A pergunta: Que marcas nós, mulheres cristãs, estamos deixando?

A resposta: Que nossas marcas sejam visíveis e inconfundíveis na vida das
   pessoas que nos cercam e que o nosso Senhor Jesus seja honrado e
               glorificado através dessas marcas! Amém.


                              Pr. Eli da Rocha Silva
                                Visão Misionária

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (9)

Puro
PuroPuro
Puro
 
Desejo Melhor
Desejo MelhorDesejo Melhor
Desejo Melhor
 
131 de valor em valor
131   de valor em valor131   de valor em valor
131 de valor em valor
 
A1304 uma virgem_concebera
A1304 uma virgem_conceberaA1304 uma virgem_concebera
A1304 uma virgem_concebera
 
A santidade de deus.
A santidade de deus.A santidade de deus.
A santidade de deus.
 
Uma virgem_concebera
Uma virgem_conceberaUma virgem_concebera
Uma virgem_concebera
 
ordem de culto congregação batista boas novas - 01. 04.2012
ordem de culto congregação batista boas novas - 01. 04.2012ordem de culto congregação batista boas novas - 01. 04.2012
ordem de culto congregação batista boas novas - 01. 04.2012
 
Décimo segundo passo
Décimo segundo passoDécimo segundo passo
Décimo segundo passo
 
Marcas divinas na história humana
Marcas divinas na história humanaMarcas divinas na história humana
Marcas divinas na história humana
 

Destaque

Dia internacional da mulher 2012
Dia internacional da mulher 2012Dia internacional da mulher 2012
Dia internacional da mulher 2012Luzia Gabriele
 
O homem e a mulher
O homem e a mulher  O homem e a mulher
O homem e a mulher Amadeu Wolff
 
NECESSIDADE DA EXISTÊNCIA DO DIA DA MULHER E DA DECLARAÇÃO DOS SEUS DIREITOS
NECESSIDADE DA EXISTÊNCIA DO DIA DA MULHER E DA DECLARAÇÃO DOS SEUS DIREITOSNECESSIDADE DA EXISTÊNCIA DO DIA DA MULHER E DA DECLARAÇÃO DOS SEUS DIREITOS
NECESSIDADE DA EXISTÊNCIA DO DIA DA MULHER E DA DECLARAÇÃO DOS SEUS DIREITOSbejr
 
Homenagem especial ao dia internacional da mulher 2012
Homenagem especial ao dia internacional da mulher 2012Homenagem especial ao dia internacional da mulher 2012
Homenagem especial ao dia internacional da mulher 2012marlenesandri
 
Ensaio argumentativo sobre a Importância do Dia da Mulher
Ensaio argumentativo sobre a Importância do Dia da MulherEnsaio argumentativo sobre a Importância do Dia da Mulher
Ensaio argumentativo sobre a Importância do Dia da Mulherbejr
 
Dia da mulher por elciene alves
Dia da mulher por elciene alvesDia da mulher por elciene alves
Dia da mulher por elciene alvesElciene Oliveira
 
Alterações benignas da mama
Alterações benignas da mamaAlterações benignas da mama
Alterações benignas da mamachirlei ferreira
 
Homenagem à mulher
Homenagem à mulherHomenagem à mulher
Homenagem à mulherfefelira
 
Apresentação dia da mulher
Apresentação dia da mulherApresentação dia da mulher
Apresentação dia da mulherGlayson Sombra
 
Auto estima da Mulher
Auto estima da MulherAuto estima da Mulher
Auto estima da Mulherizabelfonseca
 
Dia Internacional da Mulher
Dia Internacional da MulherDia Internacional da Mulher
Dia Internacional da Mulherunivsenior
 

Destaque (20)

Mensagem Mulher
Mensagem MulherMensagem Mulher
Mensagem Mulher
 
Dia internacional da mulher 2012
Dia internacional da mulher 2012Dia internacional da mulher 2012
Dia internacional da mulher 2012
 
O homem e a mulher
O homem e a mulher  O homem e a mulher
O homem e a mulher
 
Dia da mulher
Dia da mulherDia da mulher
Dia da mulher
 
O Homem e a Mulher by Victor Hugo
O Homem e a Mulher by Victor HugoO Homem e a Mulher by Victor Hugo
O Homem e a Mulher by Victor Hugo
 
NECESSIDADE DA EXISTÊNCIA DO DIA DA MULHER E DA DECLARAÇÃO DOS SEUS DIREITOS
NECESSIDADE DA EXISTÊNCIA DO DIA DA MULHER E DA DECLARAÇÃO DOS SEUS DIREITOSNECESSIDADE DA EXISTÊNCIA DO DIA DA MULHER E DA DECLARAÇÃO DOS SEUS DIREITOS
NECESSIDADE DA EXISTÊNCIA DO DIA DA MULHER E DA DECLARAÇÃO DOS SEUS DIREITOS
 
Por que dia da mulher
Por que dia da mulherPor que dia da mulher
Por que dia da mulher
 
REFLEXOES - Mulheres*
REFLEXOES - Mulheres*REFLEXOES - Mulheres*
REFLEXOES - Mulheres*
 
Homenagem especial ao dia internacional da mulher 2012
Homenagem especial ao dia internacional da mulher 2012Homenagem especial ao dia internacional da mulher 2012
Homenagem especial ao dia internacional da mulher 2012
 
Ensaio argumentativo sobre a Importância do Dia da Mulher
Ensaio argumentativo sobre a Importância do Dia da MulherEnsaio argumentativo sobre a Importância do Dia da Mulher
Ensaio argumentativo sobre a Importância do Dia da Mulher
 
Dia da mulher por elciene alves
Dia da mulher por elciene alvesDia da mulher por elciene alves
Dia da mulher por elciene alves
 
Dia da mulher
Dia da mulherDia da mulher
Dia da mulher
 
Dia da mulher 1
Dia da mulher 1Dia da mulher 1
Dia da mulher 1
 
Alterações benignas da mama
Alterações benignas da mamaAlterações benignas da mama
Alterações benignas da mama
 
Homenagem à mulher
Homenagem à mulherHomenagem à mulher
Homenagem à mulher
 
Apresentação dia da mulher
Apresentação dia da mulherApresentação dia da mulher
Apresentação dia da mulher
 
Dia Internacional da Mulher
Dia Internacional da MulherDia Internacional da Mulher
Dia Internacional da Mulher
 
Auto estima da Mulher
Auto estima da MulherAuto estima da Mulher
Auto estima da Mulher
 
Dia das mulheres
Dia das mulheresDia das mulheres
Dia das mulheres
 
Dia Internacional da Mulher
Dia Internacional da MulherDia Internacional da Mulher
Dia Internacional da Mulher
 

Mais de Eli Rocha Silva

Reflexões na primeira carta de joão cap. 1 a 3
Reflexões na primeira carta de joão cap. 1 a 3Reflexões na primeira carta de joão cap. 1 a 3
Reflexões na primeira carta de joão cap. 1 a 3Eli Rocha Silva
 
Quanto vale o seu casamento?
Quanto vale o seu casamento?Quanto vale o seu casamento?
Quanto vale o seu casamento?Eli Rocha Silva
 
Fatores que contribuem para que o casamento resista ao tempo
Fatores que contribuem para que o casamento resista ao tempoFatores que contribuem para que o casamento resista ao tempo
Fatores que contribuem para que o casamento resista ao tempoEli Rocha Silva
 
Deuteronômio 6.4 7 responsabilidade intransferível
Deuteronômio 6.4 7 responsabilidade intransferívelDeuteronômio 6.4 7 responsabilidade intransferível
Deuteronômio 6.4 7 responsabilidade intransferívelEli Rocha Silva
 
EBD - Curso para professores e oficiais
EBD - Curso para professores e oficiaisEBD - Curso para professores e oficiais
EBD - Curso para professores e oficiaisEli Rocha Silva
 
Lucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDO
Lucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDOLucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDO
Lucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDOEli Rocha Silva
 
Mateus 7.1-5 sermao na montanha
Mateus 7.1-5 sermao na montanhaMateus 7.1-5 sermao na montanha
Mateus 7.1-5 sermao na montanhaEli Rocha Silva
 

Mais de Eli Rocha Silva (12)

Reflexões na primeira carta de joão cap. 1 a 3
Reflexões na primeira carta de joão cap. 1 a 3Reflexões na primeira carta de joão cap. 1 a 3
Reflexões na primeira carta de joão cap. 1 a 3
 
Quanto vale o seu casamento?
Quanto vale o seu casamento?Quanto vale o seu casamento?
Quanto vale o seu casamento?
 
Livro de tiago
Livro de tiagoLivro de tiago
Livro de tiago
 
Salmo 128
Salmo 128Salmo 128
Salmo 128
 
Fatores que contribuem para que o casamento resista ao tempo
Fatores que contribuem para que o casamento resista ao tempoFatores que contribuem para que o casamento resista ao tempo
Fatores que contribuem para que o casamento resista ao tempo
 
Salmo 127
Salmo 127Salmo 127
Salmo 127
 
Deuteronômio 6.4 7 responsabilidade intransferível
Deuteronômio 6.4 7 responsabilidade intransferívelDeuteronômio 6.4 7 responsabilidade intransferível
Deuteronômio 6.4 7 responsabilidade intransferível
 
Salmo 71
Salmo 71Salmo 71
Salmo 71
 
EBD - Curso para professores e oficiais
EBD - Curso para professores e oficiaisEBD - Curso para professores e oficiais
EBD - Curso para professores e oficiais
 
Lucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDO
Lucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDOLucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDO
Lucas 12.1-12- CUIDADOS ENQUANTO ESTAMOS NO MUNDO
 
Palestra casais
Palestra casaisPalestra casais
Palestra casais
 
Mateus 7.1-5 sermao na montanha
Mateus 7.1-5 sermao na montanhaMateus 7.1-5 sermao na montanha
Mateus 7.1-5 sermao na montanha
 

Deixando Marcas com os Pés

  • 1. DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS “Quão formosos são sobre os montes os pés do que anuncia as boas novas, que faz ouvir a paz, que anuncia coisas boas, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu Deus reina!” (Is 52.7).
  • 2. DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS Deixamos nossas marcas, quando os nossos pés... São dedicados aos testemunhos de Deus! (Sl 119.59). Quem? Uma mulher jovem. A escrava da mulher de Naamã (2 Rs 5.1-4).
  • 3. DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS Deixamos nossas marcas, quando os nossos pés... São dirigidos pela Palavra de Deus! (Sl 119.105). Quem? Maria, irmã de Marta – Era uma apaixonada pela Palavra de Deus. Quando Jesus estava hospedado em sua casa, enquanto sua irmã Marta cuidava do jantar, ela se colocou aos pés de Jesus para ouvi-lo (Lc 10.38
  • 4. DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS Deixamos nossas marcas, quando os nossos pés... São guiados pela sabedoria e pela discrição! (Pv 3.21, 23 e 26). Quem? Maria, mãe de Jesus – Ela via o crescimento do menino, cheio de sabedoria e graça; Maria, guardava todas estas coisas no coração (Lc 2. 40 e 51)
  • 5. DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS Deixamos nossas marcas, quando os nossos pés... São guardados ao entrarem na casa de Deus! (Ec 5.1). Quem? Ana, a profetisa – Ela tinha prazer em estar na casa de Deus (Lc 2. 37b)
  • 6. DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS Deixamos nossas marcas, quando os nossos pés... São refreados do mal! (Pv 1.5; Hb 12.13). Quem? Raabe – Podia escolher entre a ação e a omissão; agiu e foi salva com toda a sua família (Js 6.22-25). A sua ação de fé colocou-a na genealogia de Jesus (Mt 1.5).
  • 7. DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS Deixamos nossas marcas, quando os nossos pés... Têm a sua vereda ponderada! (Pv 4.26). Quem? Abigail - mulher sensata e temente a Deus. Com muita humildade ela se prostrou com o rosto em terra diante de Davi, lançou-se aos seus pés e pediu que não se importasse com Nabal, que era louco, nem se vingasse com as suas próprias mãos pelo insulto que havia sofrido dele. Pediu perdão pela transgressão dela (tomando para si a culpa do marido), para que ele não carregasse um peso em sua consciência quando chegasse ao trono de Israel, por ter se vingado com suas próprias mãos (1 Sm 25.2-42). Tornou-se mulher de Davi.
  • 8. DEIXANDO MARCAS VISÍVEIS E INCONFUNDÍVEIS Deixamos nossas marcas, quando os nossos pés... Quem? M.C.A – Mulheres Cristãs em Ação – Igreja Batista em Jd. Helena A pergunta: Que marcas nós, mulheres cristãs, estamos deixando? A resposta: Que nossas marcas sejam visíveis e inconfundíveis na vida das pessoas que nos cercam e que o nosso Senhor Jesus seja honrado e glorificado através dessas marcas! Amém. Pr. Eli da Rocha Silva Visão Misionária