SLIDESPROPRIEDADESO almeirão possui um baixo teor calórico, da mesma forma que todos os folhosos. Além disso,possui cálcio...
Classificação científicaReino: PlantaeDivisão: MagnoliophytaClasse: MagnoliopsidaOrdem: AsteralesFamília: Asteraceae Gêner...
O almeirão é uma hortaliça do tipo folha, caracterizada pelo seu sabor amargo. Em algumasregiões do Brasil, cresce natural...
preparado na ocasião do plantio. Os canteiros devem ser calados, adubados e elevadoscerca de 15 cm nas variedades "de folh...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slides

928 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Slides

  1. 1. SLIDESPROPRIEDADESO almeirão possui um baixo teor calórico, da mesma forma que todos os folhosos. Além disso,possui cálcio, fósforo, ferro, vitaminas A, do complexo B (B2 e Niacina) e vitamina C em menorquantidade. É um alimento muito nutritivo e saudável. Por ser rico em vitamina A, tem açãoantioxidante, prevenindo assim o envelhecimento precoce. Porém as folhas de almeirãodevem ser consumidas frescas e devidamente limpas, pois podem conter alguns parasitas quese ingeridos causam algumas verminoses intestinais causando diarréia, cólica, náuseas eoutros sintomas.Conhecida também por ser uma planta com propriedades medicinais o almeirão já vemsendo usado há muito tempo com este propósito. Desde a época dos antigos romanos eleera utilizado para tratar distúrbios do fígado. Além disto, é um poderoso diurético,laxativo, anti-helmíntico e bastante indicado para combater a gastroenterite, icterícia,para limpar os rins e serve também como um estimulador de apetite.Informações Nutricionais100 g contêm, em média:Macrocomponentes Glicídios (g) 4Proteínas (g) 1Lipídios (g) 0Fibras alimentares (g)Vitaminas Vitamina A1 (mg) 263Vitamina B1 (mg) 213Vitamina B2 (mg) 120Vitamina B3 (mg) 0Vitamina C (mg) 11Minerais Sódio (mg) 82Potássio (mg) 371Cálcio (mg) 70Fósforo (mg) 23Ferro (mg) 1Conteúdo energético (kcal) 25HISTORICOAlmeirão
  2. 2. Classificação científicaReino: PlantaeDivisão: MagnoliophytaClasse: MagnoliopsidaOrdem: AsteralesFamília: Asteraceae Gênero: CichoriumNome Científico: Cichorium intybusNome Popular: Almeirão, radiche, almeirão-selvagem, almeirão-de-raiz, chicória,chicória-amarga, chicória-do-café, almeirão-silvestre, chicoria-brava, radice-selvagemOrigem: Ásia, Europa e ÁfricaCiclo de Vida: PereneUSOA hortaliça é consumida no preparo de saladas e pratos quentes, podendo substituir a couve, oespinafre e a chicória. As folhas inteiras ou rasgadas são refogadas em óleo de cozinha ouazeite, e temperadas com sal, alho e pimenta a gosto. Também pode ser preparado comfeijão, arroz, grão-de-bico, soja, lentilha e como recheio de bolinhos, tortas e sanduíches.As folhas podem ser consumidas cruas em saladas, picadas bem fininhas e temperadas agosto. Neste caso, lave-as antes em água corrente, deixe-as de molho por 20 minutos em 1litro de água filtrada misturada à uma colher (sopa) de água sanitária, em seguida enxágüeem água filtrada. No lugar da água sanitária, também pode-se usar produtos específicos parahigienização de hortaliças, vendidos nos supermercados na forma de pastilhas.Mesmo comtodo seu valor nutritivo, o almeirão ainda não é muito comum na mesa do brasileiro.O almeirão, como a maioria das hortaliças de folha, estraga-se rapidamente, murchando eamarelecendo depois de colhido. Por isto, compre somente o necessário para consumoimediato, e tenha sempre o produto fresco para consumo. O almeirão pode ser mantido poraté três dias na geladeira.VARIEDADES
  3. 3. O almeirão é uma hortaliça do tipo folha, caracterizada pelo seu sabor amargo. Em algumasregiões do Brasil, cresce naturalmente uma variedade chamada de almeirão do mato, muitoapreciado por ter sabor menos amargo. Seu sabor amargo característico é apreciado emdiversos pratos na culinária de diferentes culturas. As principais variedades são "Catalonha","Pão-de-açúcar", "Radiche (Folha larga)", "Palla Rossa", "Madnesburgo (de raiz)" e "Spadona".ColheitaA colheita inicia-se em 80 dias no verão e 100 dias no inverno. Apesar de perene é cultivadacomo anual. Nesta fase, as folhas já estão desenvolvidas, sendo que as externas devemser cortadas rente ao solo. Após o corte, em um mês ou quarenta dias depois, podemosrealizar outra colheita. Se os tratos culturais forem bem realizados, podemos ter até seiscolheitas, ou mais. Depois do primeiro corte, devemos repetir a adubação, para garantira qualidade e a quantidade das próximas colheitas. Sempre que realizarmos umacolheita, o solo deverá receber uma nova adubação, para repormos os nutrientesnecessários.Doenças e pragasAs doenças mais comuns, a atacar os canteiros de almeirão, são causadas por fungos,como a podridão basal, por exemplo. As pragas que mais provocam prejuízos aoalmeirão são os pulgões, os tripes, as lesmas e a lagarta rosa.Para evitarmos maiores problemas com pragas e doenças, devemos realizar asadubações necessárias, mantendo sempre o terreno suprido dos nutrientes necessários àessa cultura. Devemos, também, realizar regas diárias e evitar a utilização dedefensivos, sempre que possível.CLIMA E ÉPOCA DE PLANTIOÉ uma planta de climas mais amenos, desenvolvendo-se melhor em regiões comtemperaturas entre 12 e 25ºC. Desta forma, o seu plantio deve ser feito, na maior partedo Brasil, entre março e junho. Na região Sul e parte do Sudeste, devido às temperaturasmédias e verão mais ameno, o plantio pode ser realizado durante todo o ano.A raleação deve ser feita quando as plantas atingem cerca de 5cm de altura. Devemosretirar as plantas menores, deixando um espaçamento de 15cm entre as remanescentes.As mudas retiradas podem ser transplantadas para outro local, formando um novocanteiro.Antes do plantio, devemos adubar o canteiro com esterco de curral, superfosfatosimples e cloreto de potássio, nas quantidades indicadas ou necessárias, de acordo comuma análise prévia do solo.SEMEAÇÃODeve ser cultivado sob sol pleno, em solo fértil, bem drenável, enriquecido com matériaorgânica e irrigado regularmente. Tolera o frio e o calor. O solo deve estar bem
  4. 4. preparado na ocasião do plantio. Os canteiros devem ser calados, adubados e elevadoscerca de 15 cm nas variedades "de folha" e 22 cm nas variedades "de raiz".O plantio é feito com sementes, diretamente no local definitivo, em sulcos comespaçamento de 25cm e 1cm de profundidade. Utilizamos cerca de 1g de semente paracada m². Não necessita a preparação de mudas em bandejas. O desbaste deve serrealizado quando as plantas atingirem 10 cm, deixando uma planta a cada 15 cm.ROTAÇÃORepolho-de-verão sabaúna, feijão-vagem e adubos verdes.Áreas de maior cultivoSegundo esses autores, as áreas cultivadas com almeirão e com Catalonha, no estado deSão Paulo, para o ano de 1998, foram respectivamente, de 960 e 546 hectares.O que é consorciação de culturas? é o aproveitamento do mesmo terreno, por duasou mais culturas diferentes, na mesma época. Muitas espécies podem ser associadasentre si, pois se favorecem mutuamente. Com objetivo de aproveitar ao máximo o terreno,recomenda-se, especialmente, nos primeiros anos de implantação de um pomar aconsorciação com outras culturas. Além de aproveitar bem o terreno, evita-se a erosão dosolo e a disseminação de plantas espontâneas e, o mais importante, especialmentequando utiliza-se adubos verdes, obtém-se a melhoria da fertilidade do solo. O consórcioque pode ser feito na linha, nas entrelinhas e em faixas, garante renda extra ao agricultor eproporciona menor impacto ambiental em relação à monocultura.Transplantes – é a passagem da muda da sementeira para o canteiro esó pode ser realizada quando a planta já tem folhas definitivas e raizdesenvolvida. Não confundir as folhas definitivas com as primeirasfolhas que surgem. A época de transplante varia para cada cultura, mas8pode-se tomar como regra que a muda tenha entre 4 e 8 folhasdefinitivas.Rotação de culturas – ao planejar um canteiro, deve-se evitar o plantiosucessivo de uma mesma cultura, assim como plantas da mesmafamília. A rotação reduz a chance de aparecerem doenças e pragas epossibilita um melhor aproveitamento dos nutrientes disponíveis.

×