Efectividade de uma ferramenta informática para desenvolver competências em feridas crónicas<br />18 de março 2011<br />
Competências<br />Ensino Tradicional<br />Web Based Learning<br />Escolas de Saúde<br />
	Em que medida as Tecnologias de Informação e Comunicação podem promover de forma efectiva o desenvolvimento de conhecimen...
	Em que medida as Tecnologias de Informação e Comunicação podem promover de forma efectiva o desenvolvimento de conhecimen...
Ferramenta  e-fer <br />	Desenhar, desenvolver e avaliar o sistema<br />Feridas Crónicas <br />Determinar os parâmetros de...
Sujeitos<br />Objectivo<br />Método<br />
Estudo 1<br /><ul><li>Modelo conceptual do sistema</li></ul>Sistema e-fer<br />Construção de Casos<br />Especialistas<br /...
Estudo 1 - Implementação<br /><ul><li>Modelo de resolução de casos</li></li></ul><li>Estudo 2 - Desenvolvimento de Competê...
Escola Superior de SaúdeInstituto Politécnico de Leiria
98 estudantes</li></li></ul><li>Estudo 2 – Desenvolvimento de competências<br /><ul><li>Estudo Longitudinal.
Investigação pré-experimental.
10 casos virtuais.</li></ul>12 semanas<br />3 semanas<br />
Estudo 3 - Aceitação do sistema<br /><ul><li>Estudo descritivo
Adequação dos planos curriculares.
Métodos e procedimentos utilizados nas aulas.
Utilização das TIC para o desenvolvimento de competências.
Participantes
19 professores a nível nacional.
12 Instituições de Ensino Superior. </li></li></ul><li>Sistema e-fer<br />
Sistema e-fer<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Efectividade de uma ferramenta informática para desenvolver competências em feridas crónicas

814 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
814
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
90
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Efectividade de uma ferramenta informática para desenvolver competências em feridas crónicas

  1. 1. Efectividade de uma ferramenta informática para desenvolver competências em feridas crónicas<br />18 de março 2011<br />
  2. 2. Competências<br />Ensino Tradicional<br />Web Based Learning<br />Escolas de Saúde<br />
  3. 3. Em que medida as Tecnologias de Informação e Comunicação podem promover de forma efectiva o desenvolvimento de conhecimento em estudantes de enfermagem ?<br />
  4. 4. Em que medida as Tecnologias de Informação e Comunicação podem promover de forma efectiva o desenvolvimento de conhecimento em estudantes de enfermagem ?<br />Medir a efectividade de uma ferramenta baseada na Internet que recria casos reais, para desenvolver competências em feridas crónicas.<br />
  5. 5. Ferramenta e-fer <br /> Desenhar, desenvolver e avaliar o sistema<br />Feridas Crónicas <br />Determinar os parâmetros de diagnóstico e tratamento onde o sistema é efectivo<br /> Análise do comportamento e aceitação<br />
  6. 6. Sujeitos<br />Objectivo<br />Método<br />
  7. 7. Estudo 1<br /><ul><li>Modelo conceptual do sistema</li></ul>Sistema e-fer<br />Construção de Casos<br />Especialistas<br />Resolução de Casos<br />Base de Dados <br />Estudantes <br />Gestão dos Utilizadores<br />Administradores<br />
  8. 8. Estudo 1 - Implementação<br /><ul><li>Modelo de resolução de casos</li></li></ul><li>Estudo 2 - Desenvolvimento de Competências<br />Participantes <br /><ul><li>Escola Superior de SaúdeInstituto Politécnico da Guarda
  9. 9. Escola Superior de SaúdeInstituto Politécnico de Leiria
  10. 10. 98 estudantes</li></li></ul><li>Estudo 2 – Desenvolvimento de competências<br /><ul><li>Estudo Longitudinal.
  11. 11. Investigação pré-experimental.
  12. 12. 10 casos virtuais.</li></ul>12 semanas<br />3 semanas<br />
  13. 13. Estudo 3 - Aceitação do sistema<br /><ul><li>Estudo descritivo
  14. 14. Adequação dos planos curriculares.
  15. 15. Métodos e procedimentos utilizados nas aulas.
  16. 16. Utilização das TIC para o desenvolvimento de competências.
  17. 17. Participantes
  18. 18. 19 professores a nível nacional.
  19. 19. 12 Instituições de Ensino Superior. </li></li></ul><li>Sistema e-fer<br />
  20. 20. Sistema e-fer<br />
  21. 21. Sistema e-fer<br /><ul><li>Utilização e avaliação do sistema.
  22. 22. Utilização
  23. 23. Simples e fácil de utilizar.
  24. 24. Regista de forma eficaz as interações.
  25. 25. Índice de participação muito elevado (16 casos).
  26. 26. Utilizadores
  27. 27. Bem recebido pelos estudantes.
  28. 28. Alto nível de satisfação.
  29. 29. Estimula a aprendizagem colaborativa.</li></li></ul><li>Estudo 1 - Sistema<br /><ul><li>Utilização e avaliação do sistema.
  30. 30. Utilizadores
  31. 31. Conscientes das suas debilidades.
  32. 32. Impulsiona a capacidade de analisar e interpretar o conteúdo exposto.
  33. 33. Proximidade com a realidade.</li></li></ul><li>Estudo 2 – Desenvolvimento de Competências<br /><ul><li>Infecção
  34. 34. Tipo de ferida
  35. 35. Tipo de tecido
  36. 36. Profundidade</li></ul>Diagnóstico<br /><ul><li>Limpeza da ferida
  37. 37. Material de penso
  38. 38. Procedimento a complementar</li></ul>Tratamento<br />
  39. 39. Desenvolvimento de Competências<br />
  40. 40. Estudo 3 - Aceitação do sistema<br /><ul><li>Poucas oportunidades para simulação de práticas.
  41. 41. Não se utilizam WBL para desenvolver competências.
  42. 42. É viável e inovador a utilização de ambientes virtuais de aprendizagem no âmbito das feridas crónicas.</li></li></ul><li>Contributos<br /><ul><li>Sistema e-fer
  43. 43. Permite simular o diagnóstico e tratamento de pacientes.
  44. 44. Permite reutilizar casos virtuais.
  45. 45. Aceita utilizadores com perfis diferentes.
  46. 46. Construção de casos. </li></li></ul><li>Obrigado !<br />

×