O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridas

1.760 visualizações

Publicada em

A importância de falarmos sobre o diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridas resulta dum conjunto de razões, todas elas óbvias. Contudo, por serem óbvias não são alvo frequente de reflexão nos nossos intensos, e por vezes tensos, contextos profissionais.
A primeira razão deve-se à forma holística com que se pretende olhar a Pessoa com feridas. Entendendo que esta forma defende uma visão integral e um entendimento geral dos fenómenos, e portanto da Pessoa, cremos que não existe nenhuma profissão que, pelo seu conjunto de saberes, competências e funções, possa chamar a si esta responsabilidade inteira. É portanto fundamental assumir a necessidade de OLHAR e ENTENDER a Pessoa com feridas sob vários e diferentes pontos de vista.
A segunda razão resulta do reconhecimento da necessidade do contributo das várias profissões para esta visão integral e entendimento geral da Pessoa. Para que este contributo seja efetivo é necessário transitar de uma prática multidisciplinar ou pluridisciplinar (que diz respeito simultaneamente a várias disciplinas...) para uma prática interdisciplinar (que implica relações entre várias disciplinas ou áreas de conhecimento). A diferença não é subtil, é estrutural.
A terceira razão prende-se com o facto de ser absolutamente necessário, para uma prática que implique relações entre várias disciplinas ou áreas do conhecimento ou profissões, não apenas comunicar (passar ou transmitir de informação...), não apenas informar (esclarecer dados sobre o estado de outrem...), mas sobretudo é necessário DIALOGAR (criar através da comunicação a possibilidade de se perceber a si e aos outros).
Destas três razões, que justificam a importância de refletirmos sobre o diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridas, emerge o conceito de Comunidade de Práticas ou (...) grupo de pessoas que partilham um interesse comum, um problema, ou uma paixão por determinado assunto, e que aprofundam os seus conhecimentos sobre o mesmo interagindo entre si ao longo do tempo (Wenger, McDermott e Snyder, 2002).
Cremos que só a interdisciplinaridade de um conjunto de profissões, que tenha a capacidade para dialogar entre si, permitirá uma visão integral e um entendimento geral da Pessoa com feridas, condição sem a qual muito dificilmente se alcançará a excelência dos cuidados de saúde.
Congratulamo-nos por verificar que este IV Fórum Ibérico de Ulceras e Feridas organizado pela ELCOS mantem e reforça esta tendência, observada desde 2010 aquando da organização do I Fórum em Arronches, de ser um catalisador do Diálogo entre as profissões, um catalisador da constituição de uma efetiva comunidade de práticas centrada no interesse comum que é a excelência dos cuidados à Pessoa com feridas.

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.760
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridas

  1. 1. O diálogo das profissões naprevenção e tratamento de feridas Pedro Gaspar
  2. 2. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasVisão Holística Interdisciplinaridade Comunidades de Prática … Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  3. 3. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasVisão Holística Interdisciplinaridade Comunidades de Prática … Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  4. 4. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasHolístico(do grego holos que significa inteiro ou todo)… visão integral e um entendimento geral dos fenómenos… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  5. 5. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasHolístico(do grego holos que significa inteiro ou todo) … as propriedades de um sistema, quer se trate de seres humanos ou outros organismos, não podem ser explicadas apenas pela soma dos seus componentes. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  6. 6. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasHolístico Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  7. 7. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasHolístico Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  8. 8. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasHolístico Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  9. 9. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasHolístico Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  10. 10. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasHolístico Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  11. 11. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasHolístico … qualquer "todo" é maior do que a soma de suas partes… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  12. 12. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasHolístico … fundamental assumir a necessidade de OLHAR e ENTENDER a Pessoa com feridas sob vários e diferentes pontos de vista. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  13. 13. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasHolístico … quando o foco é a “Pessoa” com risco de…ou ferida… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  14. 14. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasHolístico … que profissão, pelo seu conjunto de saberes, competências e funções, pode chamar a si, individualmente, esta responsabilidade inteira?… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  15. 15. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridas … OLHAR e ENTENDER a Pessoa com feridas sobVisão Holística vários e diferentes pontos de vista. Interdisciplinaridade Comunidade de Práticas … Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  16. 16. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridas … OLHAR e ENTENDER a Pessoa com feridas sobVisão Holística vários e diferentes pontos de vista. Interdisciplinaridade Comunidade de Práticas … Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  17. 17. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinaridade ≠ Interdisciplinaridade Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  18. 18. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinar… Que diz respeito simultaneamente a váriasdisciplinas ou áreas do conhecimento Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  19. 19. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinaridade… é um conjunto de disciplinas que trabalhamsimultaneamente, sem fazer aparecer asrelações que possam existir entre elas…… recorre-se a informações de várias “matérias”para estudar/atuar sobre um determinadoelemento….sem a preocupação de interligar as disciplinasentre si… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  20. 20. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinaridade… é um conjunto de disciplinas que trabalhamsimultaneamente, sem fazer aparecer asrelações que possam existir entre elas…… recorre-se a informações de várias “matérias”para estudar/atuar sobre um determinadoelemento….sem a preocupação de interligar as disciplinasentre si… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  21. 21. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinaridade… é um conjunto de disciplinas que trabalhamsimultaneamente, sem fazer aparecer asrelações que possam existir entre elas…… recorre-se a informações de várias “matérias”para estudar/atuar sobre um determinadoelemento….sem a preocupação de interligar as disciplinasentre si… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  22. 22. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinaridade… é um conjunto de disciplinas que trabalhamsimultaneamente, sem fazer aparecer asrelações que possam existir entre elas…… recorre-se a informações de várias “matérias”para estudar/atuar sobre um determinadoelemento….sem a preocupação de interligar as disciplinasentre si… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  23. 23. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinaridade… é um conjunto de disciplinas que trabalhamsimultaneamente, sem fazer aparecer asrelações que possam existir entre elas…… recorre-se a informações de várias “matérias”para estudar/atuar sobre um determinadoelemento….sem a preocupação de interligar as disciplinasentre si… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  24. 24. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinaridade… é um conjunto de disciplinas que trabalhamsimultaneamente, sem fazer aparecer asrelações que possam existir entre elas…… recorre-se a informações de várias “matérias”para estudar/atuar sobre um determinadoelemento….sem a preocupação de interligar as disciplinasentre si… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  25. 25. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinaridade… é um conjunto de disciplinas que trabalhamsimultaneamente, sem fazer aparecer asrelações que possam existir entre elas…… recorre-se a informações de várias “matérias”para estudar/atuar sobre um determinadoelemento….sem a preocupação de interligar as disciplinasentre si… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  26. 26. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinaridade… é um conjunto de disciplinas que trabalhamsimultaneamente, sem fazer aparecer asrelações que possam existir entre elas…… recorre-se a informações de várias “matérias”para estudar/atuar sobre um determinadoelemento….sem a preocupação de interligar as disciplinasentre si… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  27. 27. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinaridade… é um conjunto de disciplinas que trabalhamsimultaneamente, sem fazer aparecer asrelações que possam existir entre elas…… recorre-se a informações de várias “matérias”para estudar/atuar sobre um determinadoelemento….sem a preocupação de interligar as disciplinasentre si… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  28. 28. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinaridade… é um conjunto de disciplinas que trabalhamsimultaneamente, sem fazer aparecer asrelações que possam existir entre elas…… recorre-se a informações de várias “matérias”para estudar/atuar sobre um determinadoelemento….sem a preocupação de interligar as disciplinasentre si… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  29. 29. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinaridadeQuando a solução de um problema tornanecessário obter informação de várias ciênciasou setores do conhecimento …… sem que as “disciplinas” envolvidas noprocesso sejam elas mesmas modificadasou enriquecidas… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  30. 30. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasMultidisciplinaridade… cada uma coopera dentro do seu saber parao estudo do elemento em questão… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  31. 31. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinar… Que implica relações entre várias disciplinasou áreas de conhecimento.… Que é comum a várias disciplinas. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  32. 32. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinar… Que implica relações entre várias disciplinasou áreas de conhecimento.… Que é comum a várias disciplinas. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  33. 33. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinar… Que implica relações entre várias disciplinasou áreas de conhecimento.… Que é comum a várias disciplinas. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  34. 34. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinar… Que implica relações entre várias disciplinasou áreas de conhecimento.… Que é comum a várias disciplinas. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  35. 35. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinar… Que implica relações entre várias disciplinasou áreas de conhecimento.… Que é comum a várias disciplinas. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  36. 36. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinar… Que implica relações entre várias disciplinasou áreas de conhecimento.… Que é comum a várias disciplinas. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  37. 37. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinar… Que implica relações entre várias disciplinasou áreas de conhecimento.… Que é comum a várias disciplinas. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  38. 38. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinar… Que implica relações entre várias disciplinasou áreas de conhecimento.… Que é comum a várias disciplinas. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  39. 39. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinar… Que implica relações entre várias disciplinasou áreas de conhecimento.… Que é comum a várias disciplinas. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  40. 40. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinar… Que implica relações entre várias disciplinasou áreas de conhecimento.… Que é comum a várias disciplinas. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  41. 41. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinaridade… ocorrem interações recíprocas entre asdisciplinas…… troca de dados, resultados, informações emétodos… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  42. 42. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinaridade… conhecimento passa de algo setorizado paraum conhecimento integrado onde asdisciplinas científicas interagem entre si…… é a forma correta de se superar afragmentação do saber instituída no currículoformal… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  43. 43. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinaridade… transcende a justaposição das disciplinas (…)… é um Processo de co-participação, reciprocidade, mutualidade, diálogo que caracterizam não somente asprofissões/disciplina/áreas do conhecimento, mastodos os envolvidos no processo… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  44. 44. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInterdisciplinaridade… em que as “disciplinas” envolvidas no processosão elas mesmas modificadas ou enriquecidas…… respeita a Identidade Profissional, osRegulamentos de Exercício Profissional, osConteúdos Funcionais das Profissões… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  45. 45. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridas … OLHAR e ENTENDER a Pessoa com feridas sob Visão Holística vários e diferentes pontos de vista. Interdisciplinaridade… as disciplinas científicas interagem entre si…comco-participação, reciprocidade, mutualidade, ediálogo criando conhecimento integrado … Comunidades de Prática … Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  46. 46. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridas … OLHAR e ENTENDER a Pessoa com feridas sob Visão Holística vários e diferentes pontos de vista. Interdisciplinaridade… as disciplinas científicas interagem entre si…comco-participação, reciprocidade, mutualidade, ediálogo criando conhecimento integrado … Comunidades de Prática … Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  47. 47. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasComunidades de Prática … grupo de pessoas que se unem em torno de um mesmo tópico ou interesse… trabalham juntas para achar meios de melhorar o que fazem… através da interação regular. (Wenger & Lave, 1991) Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  48. 48. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasComunidades de Prática O domínio - identidade definida pelo interesse compartilhado. A comunidade - aprender é um ato social e as pessoas procuram, juntas, formas de superar um problema. A prática - os membros desenvolvem um repertório de experiências, histórias e ferramentas que os qualificam para enfrentar as situações. (Wenger & Lave, 1991) Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  49. 49. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasComunidades de Prática Requerem Presença Social A comunicação com outras pessoas numa comunidade de prática envolve a criação momentos de “presença social”… …onde os membros da comunidade sintam a sua importância e relevância através das relações interpessoais… Tu (2002) Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  50. 50. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasComunidades de Prática Requerem Motivação A Motivação para compartilhar conhecimento é fundamental para o sucesso em comunidades de prática. …a motivação para a partilha resulta da interiorização de que o conhecimento é um bem comum…com interesse para a comunidade de prática e para a comunidade em geral… (Ardichvilli, Page & Wentling, 2003) Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  51. 51. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasComunidades de Prática Requerem Colaboração A colaboração entre os seus elementos é essencial para garantir que as comunidades de prática prosperem... (Sveiby & Simon 2002) Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  52. 52. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasComunidades de Prática Prevenção e Tratamento de feridas Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  53. 53. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  54. 54. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo Diálogo ≠ Comunicação ≠ Informação Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  55. 55. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasInformação(latim informatio, -onis)s. f.1. Notícia (dada ou recebida).2. Esclarecimento dado sobre os méritos ouestado de outrem… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  56. 56. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasComunicação(latim communicatio, -onis)1. Informação; participação; aviso.2. Transmissão.3. Notícia.4. Passagem. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  57. 57. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo(do grego diálogos [διά = através e λογόι =palavra, conhecimento]… entendimento através da palavra… discussão ou troca de http://www.hhmi.org/bulletin/dec2005/chronicle/crosstalk.htmlideias, conceitos, opiniões, objetivando a solução deproblemas e a harmonia. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  58. 58. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo(do grego diálogos [διά = através e λογόι =palavra, conhecimento]… entendimento através da palavra… discussão ou troca deideias, conceitos, opiniões, objetivando a solução deproblemas e a harmonia. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  59. 59. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo(do grego diálogos [διά = através e λογόι =palavra, conhecimento]… entendimento através da palavra… discussão ou troca deideias, conceitos, opiniões, objetivando a solução de http://3.bp.blogspot.com/-3Q7d0P9s8tI/UMS0u9_KF8I/AAAAAAAAGNY/sKZsQhU- epQ/s1600/7.pngproblemas e a harmonia. Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  60. 60. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo(do grego diálogos [διά = através e λογόι =palavra, conhecimento]… entendimento através da palavra… discussão ou troca deideias, conceitos, opiniões, objetivando a solução deproblemas e a harmonia. http://www.trignanoconsulting.com/images/WordsPile_iStock_000010676885Large.JPG Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  61. 61. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo Apresentar o Explicar problema ASSERTIVIDADE no DIÁLOGO Fundamentar Falar Ouvir e respeitar Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  62. 62. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo http://marisafernandes.wikispaces.com/file/view/0704.pdf Indecisões Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  63. 63. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo http://marisafernandes.wikispaces.com/file/view/0704.pdf Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  64. 64. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo http://marisafernandes.wikispaces.com/file/view/0704.pdf Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  65. 65. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo http://marisafernandes.wikispaces.com/file/view/0704.pdf Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  66. 66. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridas Diálogo Ouvir o que os outros têm a dizer ... tão importante quanto "saber falar" é "saber ouvir“… ...saber ouvir transcende o ato de escutar ...http://1.bp.blogspot.com/-DxfbtJrjxLE/UQxkzeXGayI/AAAAAAAADYg/YHOIqmWPuHU/s1600/OuvirFalarDialogar.jpg Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  67. 67. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo Ouvir o que os outros têm a dizer Saber ouvir é desenvolver a escuta ativa, dar toda a atenção e ajuda para que a outra pessoa http://customerrespect.com/blog/tag/dialogue/ comunique… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  68. 68. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo Dar e receber feedback … realimenta a comunicação, a uma pessoa ou grupo, ao fornecer informações sobre como sua atuação afeta outras pessoas ou situações... Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  69. 69. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo Dar e receber feedback ... a falta de feedback torna as comunicações deficientes e geradoras de conflitos e impasses... ... o feedback promove mudanças de atitudes, comportamentos e pensamentos…que podem ser benéficos à manutenção do diálogo… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  70. 70. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo Agir com reflexão e não apenas reagir ... somos induzidos a agir de forma reativa para alcançar os melhores resultados… … a predominância do ativismo, em que ninguém tem tempo para pensar, dificulta o diálogo ... Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  71. 71. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo Conviver produtivamente com as diferenças O diálogo bem-sucedido assenta num estado de espírito favorável à convivência da diversidade humana. ... Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  72. 72. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo Conviver produtivamente com as diferenças A cultura do diálogo e o ato de refletir em grupo, respeitando as competências, saberes, diversidades culturais e ideológicas de cada pessoa proporcionam os contextos mais férteis de Construção & Partilha de conhecimento… Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  73. 73. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridasDiálogo Validação das mensagens ….dedicar atenção não apenas ao que se diz…mas também ao que foi ouvido e sobretudo à forma como a mensagem foi percebida… Percebido Revelado Escutado Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  74. 74. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridas Pedro Gaspar Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei
  75. 75. O diálogo das profissões na prevenção e tratamento de feridas Obrigado Pedro Gaspar Pedro Gaspar 2013 – IPL/ESSlei

×