Aranhas e escorpiões- Morfologia e Efeitos do Veneno

1.109 visualizações

Publicada em

Parasitologia; Morfologia das Aranhas e Escorpiões, de maior importância medica,e efeitos dos venenos.

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.109
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aranhas e escorpiões- Morfologia e Efeitos do Veneno

  1. 1. ARANHAS e ESCORPIÕES Morfologia e Efeitos do Veneno
  2. 2. ARANHAS • Possuem 2 segmentos corporais: o prosoma e o opistosoma. • Oito pernas • Podem ter 8, 6, 4, 2 ou mesmo nenhum olho • 2 pares de apêndices na cabeça • A boca fica entre os palpos • Fiandeira na porção posterior do abdômen
  3. 3. • Classe Arachnida • Ao filo Arthropoda • Subfilo Chelicerata
  4. 4. As principais espécies de aranhas de interesse médico no Brasil, são as pertencentes ao gênero: Phoneutria, Loxosceles e Latrodectus. EFEITOS DO VENENO
  5. 5. Photoneuria • Aranha armadeira • Hábitos noturnos • Não formam teias • Altamente agressivas e peçonhentas • Veneno é neurotóxico
  6. 6. Efeitos do Veneno • Dor intensa no local • Hipotensão • Dispneia • Espasmos • Tontura • Secreções Glandulares A dor pode ser atenuada com injeção local de lidocaína soroterapia.
  7. 7. Loxosceles • Aranhas marrons • Hábitos noturnos • Podem se adaptar ao ambiente doméstico e se esconder em roupas, móveis e lençóis • Seu veneno tem atividades proteolíticas e hemolíticas
  8. 8. Efeitos do Veneno • Inchaço no local • Dor a partir da 2ª hora da picada • Bolhas • Necrose • Sonolência • Urina escura Tratamento depende da gravidade da situação.
  9. 9. Lactrodectus • Viúva negra • Encontradas em regiões úmidas e escuras • Principais vitimas são os trabalhadores rurais • Suas picadas produzem alterações sensoriais no local da picada
  10. 10. Efeitos do Veneno • O sistema nervoso autônomo é envolvido com liberação de neuromediadores • Contratura Facial • Retenção urinária • A dor ocorre no local da picada, com irradiação para dorso, tórax e região abdominal • Os benzodiazepínicos podem ser utilizados em casos de fasciculações ou espasmos musculares
  11. 11. ESCORPIÃO • Reino: Animalia Filo: Arthropoda Classe: Arachnida MORFOLOGIA
  12. 12. • São alongados • Possuem pedipalpos grandes terminados em pinça • Abdome delgado com 12 segmentos contendo um aguilhão de veneno terminal • O corpo dos escorpiões é dividido em prosomo , mesossomo e metassomo
  13. 13. PROSOMO • É a região anterior, onde se encontram os olhos, quelíceras, pedipalpos , pernas e pentes.
  14. 14. MESOSSOMO • É a região larga do corpo, onde se encontram as cauda, ali se encontram uma estrutura cilíndrica com um espinho na ponta, telson (o ferrão), duas glândulas de veneno e o ânus.
  15. 15. Efeitos do Veneno • O ferrão do escorpião, além de servir para agarrar a presa, se defender, e no acasalamento, inocula na presa um veneno.
  16. 16. • A toxicidade do veneno de um escorpião pode ser comparada com o tamanho de seus pedipalpos
  17. 17. • A ação neurotrópica da peçonha age sobre o bulbo, região do encéfalo que controla os movimentos respiratórios e cardíacos, além dos movimentos peristálticos, sua ação é específica sobre a região do bulbo controladora da respiração, o que faz com que a vítima morra por parada respiratória.
  18. 18. • Dor intensa • Inflamação no local • Febre • Aumento da frequência cardíaca • Sudorese • Vômitos • Dificuldade Respiratória

×