Literatura BrasileiraResumo esquemático dos períodos literários brasileiros e seus principais autores.QUINHENTISMO (1500-1...
Autores Épicos:* Basílio da Gama -O Uraguai (exalta Pombal, glorifica os índios- Lindóia,critica os jesuítas - Balda)* San...
* José de Alencar- As Minas de Prata.* Visconde de Taunay- A Retirada de Laguna.TEATRO- Relato cômico dos costumes rurais ...
=> Arte pela Arte=> Retorno aos Clássicos=> Mitologia=> ARTE PELA ARTE - Tríade Parnasiana (Olavo Bilac, Raimundo Corrêa, ...
* Euclides da Cunha- Os Sertões:       - conflito de Canudos;       - a terra, o homem e a luta;       - obra sociológica ...
- personagens são ítalo-brasileiros      - linguagem simples, coloquial.MODERNISMO-2ª FASE- 1930/1945=> Geração de 30=> Ne...
=> Filosófica=> Mística=> UniversalProsa-Interessa a realidade interior. A literatura não tem compromisso com a "realidade...
* Ferreira Gullar : neoconcretista; poeta social (pós-64), aborda temas comoguerra fria, corrida atômica, neocapitalismo, ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Periodologia lit bras

874 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Periodologia lit bras

  1. 1. Literatura BrasileiraResumo esquemático dos períodos literários brasileiros e seus principais autores.QUINHENTISMO (1500-1601) Séc. XVIPode ser dividido em duas fases:*Literatura informativa: contatos do europeu com o novo mundo, visão idílica deum paraíso perdido, maravilhoso.Destaca-se A Carta do Descobrimento, escrita por Pero Vaz de Caminha*Literatura Jesuítica: mescla informação com estilo religioso que visava adoutrinar os índios. Centrado na cultura barroca dos padres da Cia de Jesus, iniciarigorosamente a literatura no Brasil.Destaque =>Padre José de Anchieta -Teatro e Poesias ReligiosasBARROCO ou SEISCENTISMO (1601-1768) Séc. XVIICultura da Contra-Reforma, Crise Renascentista, Teocentrismo XAntropocentrismo.Homem em conflito => dualismo (corpo: prazer, pecado) X (alma: morte=> céuou inferno)Idéias opostas:Antítese e ParadoxoConceptismo: centrado no pensamento - autores: Quevedo, Pe. VieiraCultismo: centrado na imagem – autores: Gôngora, Gregório de Matos.No Brasil: Ciclo Açucareiro - Bahia - Séc. XVII.Destacaram-se:=> Bento Teixeira Pinto -Prosopopeia, dá início ao Barroco=> Pe. Antônio Vieira- Sermões (políticos, sociais, religiosos).=> Gregório de Matos Guerra (Boca de Inferno) autor de:* Poesia Lírica- ora graciosa, ora erótica* Poesia Satírica- crítica à sociedade baiana (ricos e pobres).* Poesia Religiosa- medo da morte, "ajoelha-se" diante de Deus.ARCADISMO ou NEOCLASSICISMO ou SETECENTISMO Séc. XVIIILigado ao Iluminismo, nega o subjetivismo barroco e propõe uma imitação dos clássicos(Neoclassicismo) a fim de dar tranquilidade ao homem.Fingimento Poético => falsos pastores compõem liras para suas amadas pastoras.No Brasil: Vila Rica, Inconfidência Mineira.Autores Líricos:* Cláudio Manoel da Costa -Obras Poéticas* Tomás Antônio Gonzaga -Marília de Dirceu e Cartas Chilenas* Silva Alvarenga Pastora Glaura.
  2. 2. Autores Épicos:* Basílio da Gama -O Uraguai (exalta Pombal, glorifica os índios- Lindóia,critica os jesuítas - Balda)* Santa Rita Durão -Caramuru (Diogo A. Correia, Paraguaçu e Moema)ROMANTISMO - 1836Expressão artística da sociedade burguesa, valoriza o subjetivismo, osentimentalismo.=>Imaginação e fantasia.=>Retorno ao passado.=>Liberdade artística.POESIA1ª GERAÇÃO (Nacionalista, Indianista)* Gonçalves Dias* Gonçalves de Magalhães2ª GERAÇÃO (Mal-do-século, Byroniana, Ultra romântica)* Álvares de Azevedo* Casimiro de Abreu* Fagundes VarelaTemas:tédio, morte, pessimismo, amor e mulher idealizados.3ª GERAÇÃO (Condoreira, Social)* Castro AlvesTemas: lutas sociais (abolição), lutas políticas (república), amor erótico.PROSA=>URBANA-Idealização da burguesia* Joaquim Manuel de Macedo -A Moreninha* José de Alencar - Senhora, Lucíola, Diva (conflito: amor x dinheiro/moral)=>INDIANISTA- Idealização da natureza e do índio.-Nacionalismo- Cunho histórico- Fusão de raças* José de Alencar- O Guarani, Iracema=> REGIONALISTA-- Valorização do pitoresco e dos costumes regionais.- Utilização de uma linguagem oral.* Bernardo Guimarães- A Escrava Isaura* Visconde de Taunay- Inocência* Franklin Távora- O Cabeleira.* José de Alencar- Til=> HISTÓRICA-- Intenção de relatar fatos e resgatar nossas origens.
  3. 3. * José de Alencar- As Minas de Prata.* Visconde de Taunay- A Retirada de Laguna.TEATRO- Relato cômico dos costumes rurais e urbanos.* Martins Pena-O Juiz de Paz na Roça, O Noviço, Os Dois ou o MaquinistaInglês.REALISMO -1881=> Verossimilhança.=> Objetivismo.=> Materialismo.=> Teorias Científicas - Positivismo(Comte) - Evolucionismo(Darwin) - Determinismo (Taine)=>Análise Psicológica.=> Pessimismo/ Ironia.* Machado de AssisFase Romântica =>A Mão e a Luva, Helena, Iaiá GarciaFase Realista =>Memórias Póstumas de Brás Cubas, Quincas Borda, Dom Casmurro, Esaú e Jacó, Memorial de Aires.IMPRESSIONISMO -1881O conhecimento racional ocorre precedido de uma impressão sobre a realidade.* Raul Pompéia- O Ateneu = crítica ao sistema educacional e à corrupção da sociedade. (*obra também realista, naturalista e expressionista)NATURALISMO -1881Mantém as características do Realismo, mas a análise é patológica ("doenças"comportamentais).=> Visão Coletiva: o meio determina o comportamento dos indivíduos.* Aluísio de Azevedo- Casa de Pensão, O Cortiço* Adolfo de Caminha- A Normalista, Bom CriouloPARNASIANISMO -1882=> "Belle Époque"=> Vocabulário escolhido=> Rimas Ricas=> Metrificação perfeita
  4. 4. => Arte pela Arte=> Retorno aos Clássicos=> Mitologia=> ARTE PELA ARTE - Tríade Parnasiana (Olavo Bilac, Raimundo Corrêa, Alberto de Oliveira)* Olavo BilacTemas: natureza, morte, velhice, história do Brasil, lirismo amoroso (poesiaerótica)* Raimundo CorrêaTemas: pessimismo, dimensão filosófica, explicação para angústia, desilusão, dor.* Alberto de OliveiraTemas: natureza»Foi o mais característico dos parnasianosSIMBOLISMO -1893=> Reação aos valores ideológicos burgueses=> Universo etéreo e brumoso=> Subjetividade: eu profundo (busca da essência do ser: a alma)=> Poesia Hermética e Mística=> MusicalidadePOETAS* Cruz e Souza1ª Fase: rebeldia contra as discriminações às classes marginalizadas.2ª Fase:Sublimação - aceita o sofrimento - obsessão pela cor branca.Obras: Broquéis, Faróis e Missal* Alphonsus de Guimarães- tema da amada morta- religiosidadeObra marcante: poema "A Catedral"............................................................................................................................ Literatura BrasileiraPRÉ-MODERNISMO=> Período eclético.=> Conservação e renovação da forma e do conteúdo literário.=> Reinterpretação social do atraso e da miséria.
  5. 5. * Euclides da Cunha- Os Sertões: - conflito de Canudos; - a terra, o homem e a luta; - obra sociológica e panfletaria.* Graça Aranha- Canaã - imigração alemã no ES.* Lima Barreto- Triste Fim de Policarpo Quaresma -subúrbios; - crítica ao nacionalismo ufanista.* Monteiro Lobato- "Urupês", Sítio do Pica-Pau Amarelo - literatura infanto- juvenil; - interiorde São Paulo* Augusto dos Anjos- Eu - poesia cientificista; - linguagem da química e da biologia; - podridão da carne (verme); - fusão da beleza(poeticidade) com o asco (podridão existencial)....................................................................................................................................................MODERNISMO-1ª FASE 1922/1930=> Valorização do cotidiano.=> Liberdade de forma e conteúdo.=> Destruição do passado.=> Paródia.=> Fluxo da consciência.Semana da Arte Moderna:* Objetivo artístico: pôr a sociedade à par das vanguardas européias.* Objetivo político: resgatar a dignidade e mostrar a realidade nacional.Movimentos Pós-semana da 22:Pau-Brasil, Verde-Amarelismo, Desvairista, Antropofágico.* Oswald de Andrade -Memórias Sentimentais de João Miramar (prosa) -paródias e poemas-piada.* Mário de Andrade - líder teórico do movimento - inovação estética - realidade paulista Narrativas: Macunaíma (rapsódia do heróisem nenhum caráter) e Amar, Verbo Intransitivo Poesia: Paulicéia Desvairada* Manuel Bandeira – “Vou-me embora pra Pasárgada” - eu-poético doente (tuberculoso) - cotidiano - libertação* Antônio de Alcântara Machado- Brás, Bexiga e Barra Funda - bairros operários de São Paulo
  6. 6. - personagens são ítalo-brasileiros - linguagem simples, coloquial.MODERNISMO-2ª FASE- 1930/1945=> Geração de 30=> Neorrealista=> Era de Getúlio Vargas=> Romance regionalista e urbano=> Consciência de nosso subdesenvolvimentoPROSA* José Américo de Almeida - A Bagaceira* José Lins do Rego- Fogo Morto - ciclo da cana-de- açúcar* Raquel de Queiroz - O Quinze* Jorge Amado: - Capitães da Areia= zona urbana de salvador - Terras do Sem Fim= zona rural do cacau - Dona Flor e seus dois maridos e Gabriela cravo e canela = costumbrismo* Graciliano Ramos: - Vidas Secas = Fabiano e sua família fugindo da seca pelo sertão nordestino. - Infância e Memórias do Cárcere = autobiográficos* Érico Veríssimo: Clarissa, Caminhos Cruzados, Incidente em Antares, O Tempo e oVento(O Continente, O Retrato, O Arquipélago: 200 anos de história do RS), OPrisioneiro, O Senhor Embaixador.POESIA* Cecília Meireles - Viagem, Vaga Música, Mar Absoluto - Inutilidade da existência - Fugacidade do tempo - Musicalidade(neo-simbolista) - Poesia do sensível e do imaginário* Mário Quintana -Sapato Florido, Canções, O Aprediz de Feiticeiro - Poemas curtos em prosa(Quintanares) - Cotidiano, infância, morte - Sua musa poética é POA* Vinícios de Moraes - Poeta do Amor - 1ª fase= idealismo e religiosidade (amor sublimado) - 2ª fase= materialismo (amor sensual)* Carlos Drummond de Andrade - Alguma Poesia, José, A Rosa do Povo, Sentimento do mundo- crítico, social, gauche, metafórico, tempo presenteMODERNISMO-3ª FASE 1945/1960
  7. 7. => Filosófica=> Mística=> UniversalProsa-Interessa a realidade interior. A literatura não tem compromisso com a "realidade real";-A prosa urbana enfoca o conflito do indivíduo perante a sociedade.* João Guimarães Rosa - Grande Sertão: Veredas, Sagarana, Primeiras Histórias - infância - natureza - místico - sertão=mundo - neologismos* Clarice Lispector - A Paixão Segundo G.H., Laços de Família, A Hora da Estrela. - personagens (geralmente femininos) em conflito(eu X mundo), passam por um processo epifânico (transformação).* Lygia Fagundes Telles - As Meninas, Verão no Aquário, Antes do Baile Verde - intimista - mulher atingida por preconceitos e contradiçõesPoesia* João Cabral de Melo Neto - Morte e Vida Severina, O Engenheiro - poesia pétrea, despojada e seca.LITERATURA CONTEMPORÂNEA- 1960 ATÉ OS DIAS DE HOJE=> Grande desenvolvimento do conto, do romance, da crônica=> Recriação da linguagem=> Carnavalização=> Regionalismo universalista, mágicoPoesia Contemporânea* Adélia Prado : poesia extraída do cotidiano, simples, religiosa(mística), n saudosista.* Carlos Nejar : poeta da transcedência – complexo, profundo, religioso, místico.Obras: A Árvore do Mundo, Os Viventes, O Campeador e o Vento...* Chico Buarque de Holanda : poeta social, seu poder de lidar com as palavrasfaz delas instrumentos de desvendar a realidade, de romper o silêncio.Algumas Obras: A Banda, Gota dágua, Ópera do Malandro, ChapeuzinhoAmarelo* Caetano Veloso : suas músicas procuram significar sobretudo o momentopresente (Tropicália), quase sempre em 1ª pessoa.
  8. 8. * Ferreira Gullar : neoconcretista; poeta social (pós-64), aborda temas comoguerra fria, corrida atômica, neocapitalismo, 3º mundo...Algumas Obras: João-Boa Morte, Cabra marcado para morrer, Quem matouAparecida.Prosa Contemporânea* Luis Antônio de Assis Brasil : tematiza a história e a política do RS.Obras: Manhã Transfigurada, Cães da Província, Videiras de Cristal* Moacyr Scliar : tematiza a condição judaica no RS e a problemática da classemédia brasileira. Usa o realismo fantástico para fazer críticas à sociedade epolítica.Obras: O Ciclo das Águas, O Centauro no Jardim, A Guerra do Bom Fim.* Josué Guimarães : colonização alemã, mulherObras: A Ferro e Fogo(trilogia inacabada), Tambores Silencios.* Lya Luft : A Asa Esquerda do Anjo, Reunião de Família, Exílio - intimismo - realismo mágico, fantástico - mulher em busca dela mesma* Caio Fernando Abreu : tematiza a fuga do real, a inadaptação aos padrõesvigentes, angústia, busca de espaço na sociedade.Obras: Morangos Mofados, O Ovo Apunhalado, Onde Andará Dulce Veiga?* Luís Fernando Veríssimo : humoristaObras:- O Analista de Bagé = combinação entre a rude sinceridade e a franqueza dohomen do interior gaúcho. Textos paródicos que desmistificam o regional e apsicanálise.- Comédias da Vida Privada = satiriza com humor os costumes da classe médiabrasileira.* José C. Pozenato :O QuatrilhoTeatro Contemporâneo* Nelson Rodrigues : Vestido de Noiva* Ariano Suassuna : O Auto da Compadecida* Plínio Marcos : Narvalha na Carne* Oduvaldo Viana Filho : Rasga Coração

×