Roberto Carneiro

1.608 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.608
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
511
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Roberto Carneiro

  1. 1. O FUTURO DAS TIC O O S C Roberto Carneiro R b t C i Universidade Católica Portuguesa SEMINÁRIO INTERNACIONAL  AS TIC NA EDUCAÇÃO  Organização dos Estados Ibero‐Americanos, Fundação  Santillana e Fundação Telefônica São Paulo, 28 de Agosto de 2009
  2. 2. A Visão de Carlota Perez, Cambridge and Sussex Universities, UK
  3. 3. A Visão de Carlota Perez, Cambridge and Sussex Universities, UK
  4. 4. A Visão de Carlota Perez, Cambridge and Sussex Universities, UK
  5. 5. A Visão de Carlota Perez, Cambridge and Sussex Universities, UK
  6. 6. 50% penetração da internet em 2015? 50% penetração da internet em 2015? http://www.50x15.com/en‐us/internet_usage.aspx
  7. 7. As TIC e o sonho de uma “Learning  Utility” no futuro l ” f “Even as we repair bricks and mortar, we have an opportunity to  build a new virtual infrastructure to complement the education and  training community colleges can offer. So we're going to support  the creation of a new online, open source  the creation of a new online, open‐source clearinghouse of courses so that community colleges  across the country can offer more classes without building more  y g classrooms. We don't know where this kind of experiment will lead,  but that's exactly why we ought to try it because I think there's a  possibility that online education can provide especially for people  possibility that online education can provide especially for people who are already in the workforce and want to retrain the chance to  upgrade their skills without having to quit their job.” (Presidente Obama, 14 julho 2009, American Graduation Initiative, Macomb Community  College Warren, Michigan) – Iniciativa para qualificar 5 milhões de americanos
  8. 8. NOVOS MODOS DE APRENDER NOVOS MODOS DE APRENDER
  9. 9. APRENDER DIFERENTEMENTE APRENDER DIFERENTEMENTE DE UMA APRENDIZAGEM TOTALMENTE ENSINADA A ALGUMA APRENDIZAGEM ENSINADA MUITA APRENDIZAGEM SOCIAL BASTANTE AUTO‐APRENDIZAGEM BASTANTE AUTO APRENDIZAGEM CRESCENTE APRENDIZAGEM ASSISTIDA OS MODOS DE APRENDER E DE ENSINAR ESTÃO EM ACELERADA  TRANSFORMAÇÃO. AS NOVAS TECNOLOGIAS SÃO FORTES  INDUTORAS DE TRANSFORMAÇÕES NA RELAÇÃO PEDAGÓGICA Õ Ã Ó
  10. 10. Aprendizagens Informais Aprendizagens Informais • As aprendizagens informais – agenda p p g g prioritária do futuro das TIC – constituem o fulcro sobre que assentará a relação entre aprendizagem e inovação. • O Brasil e a América Latina deverão afirmar-se como líder na aprendizagem informal e não formal, investindo na teoria e prática da conversão de experiência de vida (e profissional) em saberes e competências reconhecidos. • O Brasil e a América Latina precisarão seguramente de melhor compreender e dominar este complexo processo de geração e partilha de "saberes sociais", com multiplicidade de percursos alternativos saberes sociais alternativos, que atinge "em cheio" o centro da agenda da Aprendizagem ao Longo da Vida.
  11. 11. APRENDER – UM  NOVO DESAFIO PARA  A WEB 3.0 Aprender a Ser Aprender a  Conhecer Saberes  Saberes  cognitivos interpretativos p Aprender a Fazer Aprender a Fa er Aprender a Viver  Aprender a Viver Juntos Saberes resolutivos Saberes resolutivos Saberes relacionais
  12. 12. UMA SINFONIA, QUATRO MOVIMENTOS INFORMAÇÃO CONHECIMENTO APRENDIZAGEM SENTIDO META META META META DADOS INFORMAÇÃO CONHECIMENTO APRENDIZAGEM Complexo Qualitativo Simples Comunidade Quantitativo Indivíduo
  13. 13. A ESCOLA ENSINA A OLHAR PARA  DERIVAR SENTIDO DO MUNDO ... • olhar da razão (conceptual, intelectivo,  sujeito a aperfeiçoamento) sujeito a aperfeiçoamento) • olhar dos sentidos (sensorial, empírico,  sujeito a expansão) • olhar da contemplação (intuitivo olhar da contemplação (intuitivo,  emocional, sujeito a aprofundamento) ... PARA CULTIVAR A HUMANIDADE
  14. 14. CULTIVAR A HUMANIDADE UM IDEÁRIO DE AFECTO E DE LIBERDADE PARA EDUCADORES Côncavas de ter Cô d Longas de desejo Frescas de abandono Consumidas de espanto Inquietas de tocar e não prender Sophia, Mãos

×