Marcia Padilha

2.038 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Amei seus slides... Parabéns.... Sou professora do Estado de Mnas Gerais,do 2º ao 5º ano das séries iniciais e tenho lutado muito para a implementação das Tic´s na minha escola. A resistência é grande perante as novas tecnologias. O laboratório de Informática existe mas pouco usado. Falta mais direcionamento da SEE em termos de manutenção técnica. Fica muito difícil , mas sou brasileira e gosto de inovar não desisto nunca. Um abraço. Jussara
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.038
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
851
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Marcia Padilha

  1. 1. Indicadores qualitativos: o que queremos da TIC na escola? 28 de agosto – São Paulo
  2. 2. O QUE QUEREMOS DAS TICs NA ESCOLA? Escola onde Escola para quê Escola para quem Escola como ?
  3. 3. ESCOLA ONDE? NA SOCINFO ENIAC, 1946 o primeiro computador com eletrônica digital Prensa de tipos móveis, 1450 <ul><li>Inclusão digital e brecha digital </li></ul><ul><li>Produção/circulação conhecimento </li></ul><ul><li>Acesso a bens e serviços públicos </li></ul><ul><li>Processos cognitivos </li></ul><ul><li>Identidades, diversidades, globlização </li></ul><ul><li>Alteração no tempo, no espaço </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de redes </li></ul>
  4. 4. ESCOLA PARA QUÊ? O INDIVÍDUO / CIDADÃO / PROFISSIONAL
  5. 5. ESCOLA PARA QUEM? O EDUCADOR E O ALUNO As tecnologias podem ajudar a escola a ser um espaço instigante, afetivo e desafiador para o desenvolvimento humano e profissional de alunos e, especialmente, de educadores. Os recursos de comunicação, criação coletiva e compartilhamento da Internet ou de redes internas podem favorecer muito novas atitudes e práticas, em um ambiente de relações mais fluidas, onde é possível inovar procedimentos de trabalho de forma bastante significativa.
  6. 6. ESCOLA COMO? Os fazeres do diretor, do coordenador, do professor, do aluno
  7. 7. CONDIÇÕES PARA A INTEGRAÇÃO DAS TICs NA EDUCAÇÃO INFRAESTRUTURA RECURSOS FORMAÇÃO PROJETOS GESTÃO PRÁTICAS
  8. 8. COMO EU SEI SE A MINHA ESCOLA ESTÁ PROMOVENDO ESSA INTEGRAÇÃO? QUE TAL AVALIAR? Avaliação não é exposição de erros Avaliação não é um julgamento Avaliação não é difícil de ser feita Avaliação não resulta em punição
  9. 9. A AVALIAÇÃO COMO FERRAMENTA DE TRABALHO Instrumento de gestão administrativa e pedagógica da escola e de indução para as mudanças que se quer realizar
  10. 10. PAPÉIS DA AVALIAÇÃO Coerência interna Objetivos  Diretrizes  Metas  Planos de ação Acompanhamento e redirecionamento das ações Levantamento de informações Organização de subsídios Diretriz/objetivo Planos de ações Verificação de resultados e impactos DIAGNÓSTICO CHECAGEM RETRO INFORMAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO
  11. 11. <ul><li>Porque eles são as pistas, dicas, sinais que permitem saber </li></ul><ul><li>sobre o que fazemos </li></ul><ul><li>os resultados que conseguimos </li></ul><ul><li>o que precisamos para melhorar nossos resultados </li></ul><ul><li>Estes sinais devem ser: </li></ul><ul><ul><li>Fáceis de captar e registrar </li></ul></ul><ul><ul><li>Possíveis de serem verificados de tempos em tempos </li></ul></ul><ul><ul><li>Ser compreensíveis para todos </li></ul></ul><ul><ul><li>Ter sentido individualmente, poder da fotografia </li></ul></ul><ul><ul><li>Em conjunto, dar conta da complexidade, revelar uma “cena” </li></ul></ul>POR QUE USAR INDICADORES?
  12. 12. FINALMENTE… IDÉIAS PARA AVALIAR AS TICs NA SUA ESCOLA PRÁTICAS GESTÃO
  13. 13. AVALIAR A GESTÃO ESCOLAR: A PROPOSTA DO IDIE Disponibilidade de equipamentos Manutenção de equipamentos Organização do uso Integração no Projeto Pedagógico Planejamento e avaliação Formação docente Uso de apoios disponíveis (formação e materiais) Acesso comunitário
  14. 14. <ul><li>INDICADORES SOBRE APROPRIAÇÃO SIMBÓLICA DA TIC </li></ul><ul><li> Aspectos sociais e culturais do uso de TIC </li></ul><ul><ul><li>Inclusão digital e brecha digital </li></ul></ul><ul><ul><li>Identidade e diversidades e a possibilidade do “glocal” </li></ul></ul><ul><ul><li>Juventude, isolamento e redes sociais </li></ul></ul><ul><ul><li>Produção e criatividade </li></ul></ul>AVANÇOS NECESSÁRIOS SOBRE PRÁTICAS
  15. 15. <ul><li>WWW.OEI-IDIETICS.ORG </li></ul><ul><ul><li>WWW.OEI.ES/TICS.HTM </li></ul></ul><ul><li>WWW.OEI.ES/EVALUACIONEDUCATIVA.HTM </li></ul><ul><li>WWW.EDUCAREDE.ORG.BR </li></ul>PARA LER E NAVEGAR

×