O Movimento da Escola Moderna em Portugal <ul><li>Freinet e a escola </li></ul><ul><li>Como nasceu em Portugal </li></ul><...
<ul><li>1. Celestin Freinet (1896 – 1966) </li></ul><ul><li>(professor francês) </li></ul><ul><li>a imprensa escolar, o te...
<ul><li>A palavra a TODOS os alunos  </li></ul><ul><li>Produzir conhecimento na Escola </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>A val...
2. Como nasceu (em Portugal) - 1966 – Sérgio Niza, Rosalina Gomes de Almeida e Isabel Pereira – Congresso do MEM francês -...
<ul><li>3. Princípios e Orientações </li></ul><ul><li>- uma estrutura de trabalho cooperativo </li></ul><ul><li>- o grupo ...
- Um contexto democrático e activo de educação - essencial para a vida democrática realiza-se através da participação demo...
<ul><li>- A construção social dos saberes em circuitos dialógicos de educação </li></ul><ul><ul><li>Tal como na sociedade ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Modelo MEM

5.990 visualizações

Publicada em

Princípios gerais do modelo pedagógico do Movimento da Escola Moderna.

Publicada em: Educação, Turismo
  • Seja o primeiro a comentar

Modelo MEM

  1. 1. O Movimento da Escola Moderna em Portugal <ul><li>Freinet e a escola </li></ul><ul><li>Como nasceu em Portugal </li></ul><ul><li>Princípios e Orientações </li></ul><ul><li>Para saber mais: </li></ul><ul><li>http://www.movimentoescolamoderna.pt/ </li></ul>
  2. 2. <ul><li>1. Celestin Freinet (1896 – 1966) </li></ul><ul><li>(professor francês) </li></ul><ul><li>a imprensa escolar, o texto livre, o desenho livre, </li></ul><ul><li>a democracia </li></ul><ul><li>A mudança da Escola, passa pela mudança da sua organização, tornando-a mais democrática, mais participada </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>A organização participada e democrática do trabalho de aprendizagem (o trabalho de grupo e participação no quotidiano do trabalho da turma) </li></ul></ul></ul></ul>
  3. 3. <ul><li>A palavra a TODOS os alunos </li></ul><ul><li>Produzir conhecimento na Escola </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>A valorização social do que se faz na escola, através do Jornal Escolar, da expressão livre, do texto livre, do desenho livre </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Relação com a comunidade </li></ul><ul><ul><ul><li>A escola não está isolada da comunidade; a comunidade pode dar importantes contributos </li></ul></ul></ul><ul><li>Associativismo dos professores </li></ul><ul><ul><ul><li>Partilham experiências, materiais, trabalham em cooperação uns com os outros </li></ul></ul></ul>
  4. 4. 2. Como nasceu (em Portugal) - 1966 – Sérgio Niza, Rosalina Gomes de Almeida e Isabel Pereira – Congresso do MEM francês - grupo de professores ligado ao sindicato dos professores (Prof. Rui Grácio) - 1974 – constitui-se como associação
  5. 5. <ul><li>3. Princípios e Orientações </li></ul><ul><li>- uma estrutura de trabalho cooperativo </li></ul><ul><li>- o grupo é corresponsável pelo sucesso de todos; existem momentos e instrumentos de apoio à regulação do trabalho (avaliação) </li></ul>
  6. 6. - Um contexto democrático e activo de educação - essencial para a vida democrática realiza-se através da participação democrática directa na organização e gestão do currículo e da Escola
  7. 7. <ul><li>- A construção social dos saberes em circuitos dialógicos de educação </li></ul><ul><ul><li>Tal como na sociedade os produtos culturais e científicos circulam através de redes de distribuição e de comunicação </li></ul></ul>

×