Os carrosséis de Paris

122 visualizações

Publicada em

Imagens de uma expedição urbana à procura dos principais carrosséis de Paris

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
122
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os carrosséis de Paris

  1. 1. Os Carrosséis de Paris Fotos e Textos: Eduardo Von AtzingenContato: eduvon1@gmail.com
  2. 2. Expedição Em 2014 e após alguns meses de planejamento, consegui realizar uma “expedição urbana” para o registro fotográfico dos principais carrosséis da cidade de Paris, bem como colher informações pertinentes a cada um, como sua história, características, localização e funcionamento. O principal objetivo é ajudar a divulgar e preservar a memória artística e cultural dos carrosséis inseridos na paisagem local, onde se encontram estes veículos da imaginação, que levam as crianças a lugares mágicos, mas sem sair do lugar. Acredito que os carrosséis são obras icônicas e fazem parte da paisagem de Paris, alguns estão em funcionamento desde 1913 (em Champ de Mars) e são verdadeiras obras de arte. Já foram identificados diversos carrosséis em operação na cidade, cerca de 38, e 25 seguramente fizeram parte deste projeto, pois muitos são itinerantes, montados quando existe alguma feira especial nos bairros durante o ano. Um prazer para as crianças e uma tranquilidade para os pais: encantamento e diversão por toda a parte. Aproveitem aqui um aperitivo da viagem.
  3. 3. Resumo da expedição Eduardo Von Atzingen Contato: eduvon1@gmail.com • 4 meses de planejamento, identificados inicialmente 38 carrosséis. • 2 semanas de trabalho consecutivo em Paris (Julho de 2014). • Encontrados 25 carrosséis em 23 locais diferentes na cidade e arredores, entre praças, ruas, parques e museus. • Mais de 80 viagens de metro e uns 100 km de caminhadas. • Registro fotográfico em mais de 2.000 fotos em alta resolução.
  4. 4. Mapa do Metro 1 JardinduTrocadero 2 Torre Eiffel 3 Champde Mars 4 Sacré Coeur 5 Place LinoVentura 6 Place de Torcy 7 SaintPaul 8 Villiers 9 Parc Monceau 10 Jardindes Tuileries 11 JardinduLuxembourg 12 Jardindes Plantes 13 Parc de la Villette 14 Parc des Buttes-Chaumont 15 Parc de (Bois de) Vincennes 16 Place d’Italie 17 Parc Montsouris 18 Jardinde Ranelagh 19 Jardind'Acclimatation 20 La defense 21 Parc de Bercy 22 Square des Batignolles 23 Musée des Arts Forains/ Bercy
  5. 5. O carrossel moderno surgiu a partir de tradições das disputas chamadas de ‘justas” na Europa e no Oriente Médio. Cavaleiros que galopavam em um círculo enquanto atiravam bolas de um para outro; uma atividade que exigia grande habilidade e equitação. Este jogo foi introduzido na Europa na época das Cruzadas das tradições bizantinas e árabes anteriores. A palavra originou-se do carrossel “garosello” em italiano e espanhol Carosella ("pequena batalha", usado pelos cruzados para descrever um exercício de preparação de combate e jogo de cavaleiros turcos e árabes do século 12). Este dispositivo inicialmente era essencialmente um mecanismo de formação da cavalaria; preparou e fortaleceu os cavaleiros para o combate real à medida que exercitavam as suas espadas contra os inimigos simulados. Até o século 17, as bolas haviam sido dispensadas, e em vez disso os cavaleiros tiveram que usar uma lança para pegar pequenos anéis que eram pendurados em postes e tirá-los para fora. Breve histórico
  6. 6. Espetáculos da Cavalaria que substituíram as justas medievais, como o anel de alvo, eram populares na Itália e na França. O jogo começou a ser visto por pessoas comuns, e carrosséis logo surgiram em feiras em toda a Europa. Os carrosséis do início do século 18 foram construídos e operados em várias feiras e encontros na Europa Central e Inglaterra. Animais e mecanismos eram trabalhados durante os meses de inverno, levados em vagões, operando os carrosséis ambulantes em vários locais. Construtores incluíam Heyn na Alemanha e Bayol na França. Esses carrosséis primordiais não tinham plataformas; os animais eram pendurados a partir de um mastro e giravam para fora com a força centrífuga do mecanismo. Eram muitas vezes movidos por animais que andam em um círculo ou pessoas que puxam uma corda para pôr em marcha. Breve histórico
  7. 7. Os carrosséis de Paris nasceram da tragédia: um acidente em uma justa matou o rei Henrique II, marido de Catherine de Médici, em 1559, cavaleiros partiram para a prática de uma alternativa mais segura para estes torneios, com anéis de metal coletados com suas lanças. Para o nascimento do Dauphin (herdeiro do trono, príncipe), Louis XVI realizou um festival de carrossel em 1662 na frente das Tuileries. Na forma verdadeira do Rei Sol, era toda a pompa e fanfarra: 15.000 convidados assistiram cavaleiros em seus cavalos participam de “jeu de Bagues”, as competições. A celebração, que levou três meses para organizar durou apenas três dias, mas o Rei Sol fez-se orgulhoso porque a memória deste grandioso festival ainda vive: o local onde foi realizada hoje é conhecida como Place du Carrousel. Em outra versão, menos trágica, acredita-se que um carrossel foi criado com cavalos de madeira para as crianças. Mais uma versão é que a praça deve seu nome a um tipo de espetáculo militar equestre curto onde os cavaleiros executam figuras com fundo musical. Breve histórico
  8. 8. Em meados do século 19, o carrossel tipo plataforma foi desenvolvido; os animais e carros foram fixados a um piso circular que era suspenso a partir de um centro e giravam em seu redor. Estes foram chamados carrosséis “dobbies” e eram operados manualmente pelo operador ou por pôneis. Em meados do século 19 na Inglaterra, o carrossel se tornou uma figura popular em feiras. A primeira roda mecânica movida a vapor, inventada por Thomas Bradshaw, apareceu na Feira Aylsham perto de 1861, e foi descrito por um jornalista do Halifax Courier.: “- Uma roda de grandes proporções, impulsionado por um motor a vapor que se virou com tal impetuosidade, que a maravilha levou usuários arrojados a parecem disparados como bala de canhão”. Logo em seguida, o engenheiro Frederick Savage começou a ramificar-se da produção de máquinas agrícolas para a construção de máquinas e feiras, rapidamente se tornando o principal inovador no campo. Em 1870, ele criou carrosséis com a fabricação de “Velocípedes” (um tipo primitivo de bicicleta) e ele logo começou a experimentar outras possibilidades, incluindo a roda com barcos de pedalar de manivelas com um movimento circular, um passeio ele chamou de "Sea-on-Land". Breve histórico
  9. 9. Savage logo aplicou uma inovação semelhante à montagem mais tradicional do cavalo; ele instalou engrenagens e colocou manivelas nos carrosséis plataforma, dando aos animais o seu movimento bem conhecido para cima e para baixo, pois giravam ao redor do eixo central. A plataforma servia de apoio ao eixo e de suporte para os brinquedos de animais estacionários ou carros . Ele chamou isso de passeio dos “Plataforma Galopante”. Ele também desenvolveu a "plataforma de escorregar", que permitiu que as montagens para balançar para fora de forma concêntrica. Órgãos em feiras (órgãos da banda) foram muitas vezes presentes (se não integrados), aos carrosséis da época. Eventualmente motores elétricos foram instalados e luzes elétricas acrescentadas, dando o carrossel sua aparência clássica. Essas inovações mecânicas vieram em um momento crucial, quando o aumento da prosperidade fez com que mais pessoas tiveram tempo para o lazer e dinheiro sobrando para gastar com entretenimento. Breve histórico
  10. 10. Em 1902 Savage fornecia Carrosséis em seu catálogo e afirmava ter patenteada e colocada sobre o mercado todas as principais novidades que encantavam os muitos milhares de requerentes de prazer em casa e no exterior. Nos Estados Unidos, conhecidos como “merry-go-round”, a indústria do carrossel foi desenvolvida por imigrantes, especialmente Gustav Dentzel da Alemanha, e da Inglaterra a partir do final do século 19. Vários centros e estilos para a construção de carrosséis surgiram nos Estados Unidos: o estilo Coney Island - caracteriza-se pela elaborada com Charles ID Looff; o estilo Philadelphia - conhecido por selas mais realisticamente pintadas - com Dentzel e o Philadelphia Tobogã Companhy; e estilo Country Fair com Allan Herschell e Edward Spillman do oeste de Nova York, e Charles W. Parker de Kansas. A idade de ouro do carrossel na América foi o início do século 20, com grandes máquinas e animais elaborados, carros e decorações. Breve histórico
  11. 11. Os Carrosséis de Paris por Eduardo Von Atzingen Les carrousels de Paris
  12. 12. Índice Os Lugares e seus Carrosséis 1 Jardin du Trocadero 2 Torre Eiffel 3 Champ de Mars 4 Sacré Coeur 5 Place Lino Ventura 6 Place de Torcy 7 Saint Paul 8 Villiers 9 Parc Monceau 10 Jardin des Tuileries 11 Jardin du Luxembourg 12 Jardin des Plantes 13 Parc de la Villette – tradicional e moderno 14 Parc des Buttes-Chaumont 15 Parc de (Bois de) Vincennes 16 Place d’Italie 17 Parc Montsouris 18 Jardin de Ranelagh 19 Jardin d'Acclimatation – Típico, Cirquito e Moderno 20 La defense 21 Parc de Bercy 22 Praça des Batignolles 23 Musée des Arts Forains/ Bercy Village
  13. 13. Carrossel do Trocadero • Na parte de baixo do Trocadero outro grande carrossel duplo da cidade, com dois andares e duas escadas. • No exterior pinturas dos principais pontos turísticos da cidade, e também uma inscrição onde se lê “Carrousel de Paris”. • Cavalos, gôndola, balão e avião compõe os brinquedos deste tradicional carrossel. • Os cavalos como que flutuam para cima e para baixo, girando para a felicidade dos pequenos.
  14. 14. Carrossel do Trocadero
  15. 15. Carrossel do Trocadero
  16. 16. Carrossel da Torre Eiffel • Em frente ao monumento mais famoso da França, temos mais um tradicional carrossel. • Um lindo carrossel de dois andares com uma escada lateral. • Ele recebeu uma atualização em alguns dos cavalos onde se incorporou parte de bicicleta. • Brinquedos bem diversificados, com zebra, cavalos, tigre, leão, trem, calhambeque e carruagem atendem a todos os gostos das crianças.
  17. 17. Carrossel da Torre Eiffel
  18. 18. Carrossel da Torre Eiffel
  19. 19. Carrossel do Campo de Marte (Champs de Mars) • Operando desde 1913 este carrossel manual se destaca pela originalidade e pela cobertura de vidro, com os brinquedos suspensos no ar por tirantes de metal e correntes. • Como parecido com o carrossel do Jardim de Ranelagh, funciona manualmente com engrenagens e manivela operada pelo funcionário. • Este também mantém a brincadeira onde as crianças recebem um palito de madeira para pegar argolas durante as voltas. Chamado de “jogo do anel” ("jeu de bague”). • Os cavalos sorridentes também levam seus nomes pintados na lateral, cada um com suas cores e motivos personalizados. • Existe uma placa de bronze comemorativa dos 100 anos do carrossel, e no topo do carrossel também tem um desenho em metal indicando “100 ans” e uma pequena bandeira ao lado.
  20. 20. Carrossel do Campo de Marte (Champs de Mars)
  21. 21. Carrossel do Campo de Marte (Champs de Mars)
  22. 22. Carrossel da Sacré Coeur • Um grande carrossel de dois andares com motivos tradicionais venezianos e está tudo lá, as gôndolas, cavalos subindo e descendo, luzes e cores. • Localizado na base da colina da famosa basílica branca, na praça em Montmartre chamada “Square Louise Michel”, o carrossel é recente, mas com design do séc. XVIII. • Bem ornamentado com pinturas e luzes, o carrossel tem no topo de seu dossel um cavalinho branco, que gira juntamente com o carrossel e pode ser visto lá de coima da plataforma em frente à igreja.
  23. 23. Carrossel da Sacré Coeur
  24. 24. Carrossel da Sacré Coeur
  25. 25. Carrossel da Praça Lino Ventura • Um moderno carrossel, muito colorido e divertido. • Funciona em uma plataforma fixa giratória e alguns brinquedos se movimentam para frente e para trás. • Pintado na parte externa com motivos de desenhos animados atuais. • O som é ligado com música enquanto o carrossel gira.
  26. 26. Carrossel da Praça Lino Ventura
  27. 27. Carrossel da Praça Lino Ventura
  28. 28. Carrossel Torcy • Carrossel dos anos de 1960 e atualizado com brinquedos mais modernos. • Muito colorido e com base giratória tem conhecidos personagens como o Capitão Gancho, Pernalonga, Batman e outros em meio aos tradicionais cavalinhos. • Da cabine do caixa sai música para compor o ambiente festivo do carrossel.
  29. 29. Carrossel Torcy
  30. 30. Carrossel Torcy
  31. 31. Carrossel Saint Paul • Colorido e moderno carrossel de plataforma giratória. • Em meio à cidade, personagens modernos pintados nos brinquedos. • Externamente figuras de crianças com roupas acompanhando temas dos principais bairros da cidade. • Alguns dos brinquedos tem o movimento de vai-e-vem para frente e para trás e outros ligados ao centro da plataforma sobem e descem através de braços hidráulicos. • Ônibus, cavalos, helicóptero e motos bem coloridos compõe um ambiente festivo que as crianças amam.
  32. 32. Carrossel Saint Paul
  33. 33. Carrossel Saint Paul
  34. 34. Carrossel Villiers • Moderno e colorido carrossel. • Os brinquedos sobem e descem ligados por tirantes hidráulicos ligados à plataforma giratória. • Muitos personagens de desenhos animados.
  35. 35. Carrossel Villiers
  36. 36. Carrossel Villiers
  37. 37. Carrossel do Parc Monceau • Próximo ao Arco do Triunfo, criado em 1769 pelo duque de Chartres, Philippe d’Orleans, que queria ter seu próprio jardim no estilo inglês. • Carrossel tradicional com desenhos em homenagem a Júlio Verne. • Alguns brinquedos como referência aos livros como o submarino Náutilus. • Existe no carrossel som de crianças cantando músicas típicas francesas. • Alguns brinquedos com efeito de sobe-e-desce como os aviões, os cavalos e uma vaca. • Uma tradicional gôndola, carrinho, girafa, moto, um burrico e um bonde completam os brinquedos. • A cabine do caixa ao lado do carrossel é pintada com desenhos de cavalos.
  38. 38. Carrossel do Parc Monceau
  39. 39. Carrossel do Parc Monceau
  40. 40. Carrossel das Tulherias (Tuileries) • Em meio a um parque de diversões montado nas Tulherias, existe um moderno e bem colorido carrossel. • Bem ornamentado e pintado em cores vivas, tem uma tenda de tecido sobre a plataforma giratória. • Mesmo do lado externo existem diversas pinturas com motivos circenses. • Existe uma inscrição “ Fiori Giancarlo – Giostra per bambini dal 1954”. • O carrossel não é antigo e tem muitos brinquedos como motos, helicóptero, caminhão, trenó com renas, navio pirata e muito mais, além dos sempre presentes cavalos de carrossel. • Os brinquedos estão montados fixos sobre uma plataforma giratória.
  41. 41. Carrossel das Tulherias (Tuileries)
  42. 42. Carrossel das Tulherias (Tuileries)
  43. 43. Carrossel de Luxemburgo (Parc du Luxemburg) • Localizado em meio ao parque de Luxemburgo, um dos principais da cidade de Paris, onde inclusive, se localiza a sede do senado francês. • A respeito dos carrosséis de Ranelagh e Campo de Marte, este também é manual e deve remontar ao período de construção entre 1910 e 1920. • Neste carrossel os cavalos são maiores e existe uma tenda verde cobrindo o carrossel. • Aqui tem brinquedos diferentes como girafa, elefante e camelo, mas não deixam de existir os cavalos, a carruagem e o sistema de palitos para as crianças pegarem as argolas enquanto giram pelo ar. • Existe uma figura de dragão em metal junto a umas antigas polias, que deveriam servir para girar o suporte das argolas e dificultar as crianças pegarem facilmente as argolas de metal.
  44. 44. Carrossel de Luxemburgo (Parc du Luxemburg)
  45. 45. Carrossel de Luxemburgo (Parc du Luxemburg)
  46. 46. Carrossel do Jardin des Plants • O carrossel mais exótico de todos. • Os personagens são únicos e divertidos. No dorsel e laterais com lindas pinturas da paisagem africana e animais da região. • Feito sob medida por encomenda do proprietário no anos 90, mas com design dos anos 30. • Um dos poucos carrosséis com música. • Conta com brinquedos diferentes como o pássaro Dodo (que dá nome ao carrossel de “Dodo manége”), girafas, urso panda, gorila, elefante e leão representando a selva africana. • Também tem personagens pré-históricos como dinossauro tricerátopes, um tatu e outros personagens. • Carrossel com movimento de sobe-e-desce em alguns animais.
  47. 47. Carrossel do Jardin des Plants
  48. 48. Carrossel do Jardin des Plants
  49. 49. Carrossel Parc de la Villette 1 • Existe um carrossel com estilo antigo e um moderno, situados na rua lateral direita do museu de ciência da Villette, logo após a ponte sobre o canal. • Este clássico carrossel duplo com inscrição externa “Carrousel Jules Verne” em homenagem ao escritor e suas obras e diversos ornamentos onde aparecem as iniciais “JV”. • Montagem em dois andares, com suas escadas. • Existe música clássica de fundo quando o carrossel funciona. • O balão, um foguete vermelho e o submarino Náutilus, junto com brinquedos nas formas de leão, tigre , macaco e girafa compõe parte do imaginários das aventuras dos livros de Verne. • Não faltam os cavalos, avião, bondinho, gôndola e outros mais no deck superior.
  50. 50. Carrossel Parc de la Villette 1
  51. 51. Carrossel Parc de la Villette 1
  52. 52. Carrossel Parc de la Villette 2 • Carrossel com características dos anos 1970, de plataforma giratória e brinquedos fixos. • Aqui existem alguns brinquedos únicos para um carrossel, como um tanque de guerra, jipes, lambretas e carros antigos. • Uma moto com design de foguete e diversos personagens que lembram desenhos animados e histórias em quadrinhos completam o cenário.
  53. 53. Carrossel Parc de la Villette 2
  54. 54. Carrossel Parc de la Villette 2
  55. 55. Carrossel do Parque Buttes-Chaumont • A leste de Montmartre, o parque foi projetado pelo Barão Haussmann na metade do séc. XlX e tem penhascos escarpados e pontes suspensas. • Com grutas, lagos e playground para as crianças seu carrossel é pequeno, moderno e muito colorido. • Com brinquedos em forma de pato, carro, moto, nave espacial, foca, pinguim, jacaré e até barco pirata, tem muita diversão e arte para os pequenos. • O carrossel é giratório com os brinquedos fixos na plataforma. É coberto com tecido que é pintado com estrelas, foguetes e pássaros.
  56. 56. Carrossel do Parque Buttes-Chaumont
  57. 57. Carrossel do Parque Buttes-Chaumont
  58. 58. Carrossel Parc de Vincennes (Bois de Vincennes) • Atrás do Chateau de Vincennes (um lindo castelo-fortaleza) e ao lado do Parque Floral de Paris está o parque de Vincennes. • Existe um pequeno e tradicional carrossel, com seus cavalos, balão com cesto e carros antigos como brinquedos que giram flutuantes no ar, suspensos por tirantes presos ao teto. • No topo do dorsel da cobertura encontra-se um cavalinho branco, que gira com o carrossel, muito semelhante ao existente sobre o carrossel da Sacré Coeur.
  59. 59. Carrossel Parc de Vincennes (Bois de Vincennes)
  60. 60. Carrossel Parc de Vincennes (Bois de Vincennes)
  61. 61. Carrossel da Praça de Itália • Carrossel com brinquedos estilo dos anos 1970, com plataforma central giratória. • Os brinquedos sobem e descem apoiados por braços apoiados na plataforma central. • Naves espaciais, motos, carros de corrida, ônibus, helicóptero e outros brinquedos encantam as crianças que passam por lá.
  62. 62. Carrossel da Praça de Itália
  63. 63. Carrossel da Praça de Itália
  64. 64. Carrossel do Parc Montsouris • Na metade do séc. XlX o Barão Haussmann também criou este parque. • O parque é lindo, tem lago com patos e esculturas por diversos lugares. • O carrossel é pequeno e moderno, com os brinquedos fixados à plataforma giratória. • Muito colorido e com brinquedos atuais as crianças pequenas adoram. • Brinquedos como carruagem, ônibus e até o simpático Matt (personagem do desenho Carros da Disney) estão por lá esperando as crianças.
  65. 65. Carrossel do Parc Montsouris
  66. 66. Carrossel do Parc Montsouris
  67. 67. Carrossel do Jardim Ranelagh • Um dos mais belos e antigos da cidade, provavelmente do início do século XX (entre 1900 e 1910). • Totalmente manual, com engrenagens e manivela para o movimento, e mantém a tradição de sua origem das justas medievais, as crianças empunhas palitos de madeira para coletar argolas de metal durante o percurso. • Todos os dias é montado pela manhã, colocados os tirantes, os cavalos, carruagem e acessórios, e guardado à tarde em compartimentos de madeira ao lado do carrossel. Os cavalos e carruagem ficam suspensos por tirantes. • Muito parecido com o carrossel das Tulherias de 1913, mas este não tem cobertura nenhuma. • Os cavalos foram refeitos em resina a partir dos originais de madeira, que não resistiram ao tempo. O único brinquedo original que permanece é o cesto tipo carruagem. • Cada cavalo tem seu nome pintado e cada um é único.
  68. 68. Carrossel do Jardim Ranelagh
  69. 69. Carrossel do Jardim Ranelagh
  70. 70. Carrossel do Jardin d'Acclimatation - 1 • Napoleão III inaugurou este parque em 1860. Ainda existe um grande aviário da mesma época em funcionamento (La Grande Voliére). • Existem inúmeros brinquedos para as crianças, incluindo passeio de barco, shows, música, teatro e um trenzinho. • Existem também 3 carrosséis, o primeiro é na verdade um passeio a cavalo uma circuito fechado de trilhos, como um trenzinho. Os cavalos balançam para frente e para rás, mas é bem seguro e divertido para toda família. • Os outros 2 carrosséis são mais típicos, um antigo e um moderno.
  71. 71. Carrossel do Jardin d'Acclimatation - 1
  72. 72. Carrossel do Jardin d'Acclimatation - 1
  73. 73. Carrossel do Jardin d'Acclimatation - 2 • Um carrossel em estilo antigo, decorado com motivos gregos-romanos. • Muitos cavalos e tipicamente em movimento de sobe-e-desce, para cima e para baixo na plataforma giratória. • Este carrossel é único em sua decoração, com brinquedos no formato de vasos, uma biga, leão e outros personagens.
  74. 74. Carrossel do Jardin d'Acclimatation - 2
  75. 75. Carrossel do Jardin d'Acclimatation - 2
  76. 76. Carrossel do Jardin d'Acclimatation - 3 • Um carrossel moderno e colorido. • Brinquedos com desenhos de motivos modernos e atuais para as crianças. • Carrossel do tipo plataforma giratória com os brinquedos fixos. • Pinturas de desenhos animados mais recentes e que os pequenos reconhecem.
  77. 77. Carrossel do Jardin d'Acclimatation - 3
  78. 78. Carrossel do Jardin d'Acclimatation - 3
  79. 79. Carrossel de La Defense • Um grande carrossel duplo, com escada central, todo iluminado e com todos os elementos clássicos em sua estrutura. • Ficava na parte central do bulevar, mas nos anos 2010 foi deslocado uns 100 metros para a lateral. • Típico carrossel de “Júlio Verne”, homenagem ao famoso escritor e suas obras como “20 mil éguas submarinas”, “Volta ao mundo em 80 dias”, dentre outros. Lá estão o submarino Náutilus, naves espaciais e balões. • As laterais contam com portas de metal que se abrem com motorização elétrica. • Também conta com os tradicionais cavalos, motos, carros, velocípede e até um burrico. • Carrossel moderno mas com ares de “art deco”, lindamente decorado e com pinturas referentes a Julio Verne e suas obras mais famosas.
  80. 80. Carrossel de La Defense
  81. 81. Carrossel de La Defense
  82. 82. Carrossel do Parque de Bercy • Em um lado do parque está a estação de Metro Bercy e as lojas da rua Bercy Village, do outro lado estão o carrossel e o prédio do museu do cinema. • Mistura de um carrossel estilo veneziano, com a típica gôndola estilizada na forma de brinquedo, tem inusitados componentes onde porcos, vacas, elefante, bode e até um coelho flutuam para cima e para baixo, levado as crianças a girar sob os olhares felizes dos pais. • Barco que balança e brinquedos que sobem e descem fazem dele um típico carrossel, muito ornamentado e com pinturas clássicas por toda a estrutura. • Existe uma inscrição em alusão aos irmãos Limonaire, famosos construtores de máquinas sonoras e automáticas no final do séc. XlX e que influenciaram o estilo e música dos carrosséis pelo mundo.
  83. 83. Carrossel do Parque de Bercy
  84. 84. Carrossel do Parque de Bercy
  85. 85. Carrossel de Batignolles • Ainda existem vestígios da obra de Henri Devos (sucessor de Gustave Bayol, o mestre “carrousell” francês ) no carrossel de Batignolles. • Devo era originalmente um fabricante de luvas da Bélgica e trabalhou no atelier de Bayol, mas foi também influenciada pela cultura popular do século 20, particularmente no início filmes de animação da Disney. • O carrossel Batignolles é uma mistura estranha, mas encantadora, com um dossel pintado à mão com rosas e retratos de crianças no estilo “Belle Epoque” e uma mistura variada de Plutos e Mickey Mouses dos anos 20. • Vários brinquedos tem movimento, como um barquinho que se mexe, e os patos, cavalos e vacas sobem e descem para felicidade dos pequenos. Existem dois aviões com escadas para as crianças subirem e se divertirem. • No topo tem a figura de um personagem tocando banjo. • Foram incorporados carros , bicicletas e motos com estilo dos anos 50.
  86. 86. Carrossel de Batignolles
  87. 87. Carrossel de Batignolles
  88. 88. Museu de Arts e Foreins • Perto da estação de metro Bercy, do parque e do Bercy Village existe um museu particular voltado aos equipamentos circenses dos últimos 150 anos. • O chamado “Les pavillions de Bercy” eram estruturas de tijolo no formarto de galpões que abrigavam barris de vinho e tiveram diversas serventias ao longo dos anos. Transformado em museu, tem mais de 8 mil m2 de área, piso com mais de 12 mil pedras. • O carrossel de lá é original estilo veneziano e ainda funciona. • Existem diversas estruturas, órgãos de feiras, brinquedos , carrosséis e bonecos mecânicos. • Um dos pontos altos é um carrossel formado por pesadas bicicletas datado de 1897. A origem é belga, o mecanismo inglês e a pintura italiana e francesa. Acredite, ainda funciona como um trem bala desgovernado e os visitantes pedalam para valer. Atenção que as visitas são guiadas e somente com agendamento anterior.
  89. 89. Museu de Arts e Foreins
  90. 90. Museu de Arts e Foreins
  91. 91. Fotos e Textos: Eduardo Von AtzingenContato: eduvon1@gmail.com Os Carrosséis de Paris

×