Zoo introdução

1.365 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.365
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Zoo introdução

  1. 1. REINO ANIMAL OU METAZOA Módulo 1: Grupos animais
  2. 2. • Dois sub reinos:• a) Parazoários: Poríferos• b) Eumetazoários:• Cnidários• Platelmintos• Nematelmintos• Anelídeos• Moluscos• Artrópodes• Equinodermos• Cordados
  3. 3. • Sub Reino parazoa (parazoários): Animais sem tecidos verdadeiros.• Poríferos ou esponjas (poros pelo corpo).• Embora bem adaptados os ambiente são considerados um “fundo cego” evolutivo.
  4. 4. • As esponjas não possuem tecidos ou órgãos.• São aquáticas e vivem fixas nos substratos (sésseis).• São filtradoras, com simetria radial ou sem simetria.
  5. 5. • Cnidários (que “queimam”) ou Celenterados
  6. 6. Água viva anêmonascorais caravela
  7. 7. • Primeiros eumetazoários (com tecidos verdadeiros, apresentam o primeiro sistema digestório incompleto e primeiro sistema nervoso difuso)• Todos aquáticos (medusas, natantes e pólipos sésseis).
  8. 8. • Possuem cinócitos ou cnidoblástos que lançam um líquido venenoso que provoca a sensação de quieimadura. Serve para captura do alimento e para defesa do animal.
  9. 9. • Platelmintos – vermes achatados• Planárias (turbelários)• Tênias (cestódeos)• Schintosomas (trematódeos)
  10. 10. • vivem livre na água doce, salgada ou em terra úmida. Também. são parasitas do homem.• 1ºs com simetrial bilateral e cefalização. (sistema nervoso central, ou “cabeça”).
  11. 11. • Apresentam o 1º. Sistema excretor (amônia): protonefrídios com solenócitos ou células-flama.
  12. 12. Nematelmintos ou Asquelmintos: (nemato =fio; elminto =verme ) vermes de corpoarredondado e simetria bilateral.
  13. 13. • 1º. A apresentarem sistema digestório completo (boca e ânus) e digestão totalmente extracelular.• São importantes parasitas humanos (ascaridíase, amarelão, elefentíase,etc.)
  14. 14. • ANELÍDEOS:• Corpo segmentado ou metamerizado, dividido em anéis ou metâmeros.
  15. 15. • Vivem em solo úmido, na água doce e salgada.• Sanguessuga, sem cerdas (hirudíneos), Nereis e Eunices com muitas cerdas (poliquetas) e minhoca, com poucas cerdas (oligoquetas).
  16. 16. • 1ºs. Com sangue vermelho: Sistema circulatório fechado com hemoglobina dissolvida no plasma.
  17. 17. MOLUSCOS• Possuem o corpo mole protegido por uma concha calcária, ou valva. (exceto a lesma e o polvo).
  18. 18. • Vivem no mar, na terra e em água doce.• Três grupos principais: bivalves, gastrópodes e cefalópodes.
  19. 19. • São formados por 3 partes principais: Cabeça, (com tentáculos), Massa visceral (região do manto e onde estão os órgãos) e o Pé (lubrificado). A massa visceral é recoberta por uma fina epiderme chamada manto que fabrica a concha.• Apresentam sistema circulatório aberto, exceto cefalópodes, que possui sistema fechado
  20. 20. ARTRÓPODES: (patas articuladas)crustáceos aracnídeos insetos miriápodes
  21. 21. • Características Gerais:• Possuem patas articuladas e o corpo segmentado.• Possuem um exoesqueleto de quitina que impermeabiliza o corpo, dá sustentação, proteção e possibilita movimentos.
  22. 22. Equinodermos(echinos = espinho, derme = pele)
  23. 23. • Equinodermos: possuem endoesqueleto calcário que emite espinhos (echinos = espinho) e pedicelárias.• São pentaradiais, porém as larvas são bilaterais .• Exclusivamente marinhos. Vivem no fundo (bentônicos)•
  24. 24. • Não possuem sist. circulatório verdadeiro (pseudo-hemal)• Possuem pés ambulacrários, pelos quais o animal se locomove. Ssão projeções de um complexo sistema interno de canais que formam o chamado sistema ambulacrário (hidrovascular).
  25. 25. • 1) Crinóides: Lírios do mar• 2) Equinóides: Ouriços e bolachas do mar• 3) Asteróides: estrelas do mar• 4) Ofiuróides: Serpentes do mar• 5) Holoturióides: pepino do mar
  26. 26. CORDADOSPresença de notocorda (sustentação do embrião)
  27. 27. • CORDADOS: Nocorda, Tubo neural, Fendas branquiais e cauda. Dividem-se em Protocordados, com as ascídias (tunicado filtrador):
  28. 28. • E os anfioxos (cefalocordados filtradores):
  29. 29. • E os Vertebrados: Ciclostomados, peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos:
  30. 30. • 1) Agnatos ou ciclostomados (sem mandíbula)filtradores, parasitas ou detritivoros. Esqueleto cartilaginoso e linha lateral (“tato” submarino:) Lampreias e peixes bruxas
  31. 31. • 2) Peixes Cartilaginosos ou codríctes: (tubarões e raias)• Boca ventral, escamas placóides (epidérmicas), fendas branquiais, Ausência de bexiga natatória e boca ventral.
  32. 32. • 3) Peixes ósseos (osteíctes): Primeiro esqueleto ósseo (crânio /coluna vertebral), boca anterior, escamas dérmicas• Bexiga natatória e opérculo
  33. 33. • 4) Anfíbios (vida dupla): sapos rãs e salamandras• - girino (larva): aquático, branquial e ápoda• - adulto: terrestre (mal adaptado), pele fina (permeável) respiração pulmonar e cutânea, ovo sem casca, fecundação externa (dependência da água)
  34. 34. • Classes: ápodas, anuros e urodelos
  35. 35. • 5) Répteis: cobras, lagartos tartarugas e jacarés.• 1os. Vertebrados a conquistarem o meio terrestre:: fecundação interna, ovo com casca e anexos embrionários, pele queratinizada e pulmões com alvéolos
  36. 36. • Escamados (cobras e lagartos) falsa verdadeira
  37. 37. • Crocodilianos:
  38. 38. • Quelônios:• Tartaruga: marinhas de água doce. Elas têm o casco mais alto que o dos cágados.
  39. 39. • 6) Aves: Penas queratinizadas (manutenção do calor e vôo) Ossos pneumáticos, músculos peitorais desenvolvidos, quilha, sacos aéreos, bico córneo, ausência de bexiga urinária. Endotérmicos.
  40. 40. • G) Mamíferos: Pelos queratinizados, glândulas mamarias, diafragma e dentes diferneciados.
  41. 41. Monotremados ou (ornitorrinco e équidinas): ovíparos (sem palcenta)
  42. 42. • b) marsupiais (bolsa ou marsúpio) Placenta primitiva: cangurus, gambás e koalas.
  43. 43. • c) placentários (maioria) desenvolvimento intra- uterino completo:

×