Engenharia genética

3.941 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.941
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
133
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Engenharia genética

  1. 1. Engenharia Genética Prof. Eduardo
  2. 2. <ul><li>Engenharia Genética: Manipulação de Genes paa realizar clonagem de genes importantes, criação de seres geneticamente modificados, produção in vitro de compostos orgânicos derivados de genes. </li></ul><ul><li>Tecnologia do DNA recombinante: reunir genes d seres diferentes em um único organismo. Para isso é necessário o uso de enzimas de restrição ou endonucleases de restrição: </li></ul><ul><li>São enzimas produzidas por bactérias para defendê-las de vírus. Essas enzimas “picotam” o DNA sempre em certos pontos, produzindo fragmentos com  pontas adesivas , que podem se ligar a outras pontas de moléculas de DNA que tenham sido cortadas com a mesma enzima.  </li></ul>
  3. 3. Formação de pontas coesivas ou Palindros
  4. 4. Formação de DNA recombinante: Produção de seres transgênicos (com DNA de dois seres diferentes) como nas bactérias E. coli que produzem insulina humana
  5. 5. Clonagem molecular
  6. 7. <ul><li>Importância da clonagem em bactérias e outro seres transgênicos: </li></ul><ul><li>A) produção de insumos humanos em bactérias (insulina, hormônios, interferons,etc.) </li></ul><ul><li>B) Plantas transgênicas como a soja, o milho e o arroz que necessitam de menos agrotóxicos, barateando os custos e evitando a excessiva contaminação do solo </li></ul><ul><li>C) O problema das plantas transgênicas é falta de conhecimento a longo prazo do impacto na saúde humana e nos ecossistemas. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>Terapia gênica: uso de vírus como vetores para entregar genes saudáveis em células com genes alterados ou inoperantes: </li></ul>
  8. 9. <ul><li>Clonagem: Introdução de um núcleo de uma célula no citoplasma do óvulo de um outro ser de mesma espécie para produzir um ser geneticamente igual ao doador do núcleo. </li></ul>
  9. 10. <ul><li>Clonagem Terapêutica: utilização de células embrionárias clonadas para produção de tecidos com o código genético do doador do núcleo, isento de rejeição. </li></ul>
  10. 11. <ul><li>Clonagem da Ovelha Dolly: </li></ul>
  11. 12. <ul><li>Técnica do DNA figerprint ou: Impressões digitais genéticas  </li></ul><ul><li>Com exceção dos gêmeos idênticos, cada indivíduo possui o seu próprio DNA, que é único </li></ul><ul><li>Em 1984 foi possível desenvolver uma técnica destinada a identificar porções de DNA. Esta técnica designa-se por DNA fingerprint ou impressões digitais genéticas.  </li></ul><ul><li>No DNA encontram-se zonas repetitivas ao longo da molécula – cujo número, tamanho e localização são idênticas e únicas para um indivíduo. </li></ul><ul><li>A comparação destes pedaços de DNA pode ser útil na elucidação de crimes e em paternidades duvidosas </li></ul>
  12. 15. <ul><li>Projeto Genoma Humano: (PGH) </li></ul><ul><li>Megaprojeto que nos anos 2000 visava mapear toso os genes que compõe a raça humana </li></ul><ul><li>Encontrou menos genes do que o esperado (entre 30 e 40 mil) </li></ul><ul><li>Mostrou a semelhança dos humanos com bactérias </li></ul><ul><li>Revisão dos dogmas genéticos: </li></ul><ul><li>Qual a verdadeira função do DNA junk (lixo)? </li></ul><ul><li>Um gene só pode traduzir uma única proteína? </li></ul>

×