Exercicio 7.3 - Eduardo Cavenaghi Mattei - 147

171 visualizações

Publicada em

Exercício 7.3 do curso GEPIT realizado pelos alunos Eduardo Cavenaghi Mattei – 147
José Luiz Tomiato Gonçalves - 285

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
171
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Exercicio 7.3 - Eduardo Cavenaghi Mattei - 147

  1. 1. Eduardo Cavenaghi Mattei – 147 José Luiz Tomiato Gonçalves - 285 Gerenciamento e Execução de Projetos de Inovação Tecnológica (USP) ME 7.3 – Realização do diagnóstico de PDEI
  2. 2. 1. Observação:  O Grupo Saint-Gobain além de ter presença mundial e poder contar com esta variedade de culturas e experiências, é composto de empresas que atuam nos mais diferentes mercados, oferecendo produtos para distribuição, indústrias de portes variados, venda direta ao público (home centers) e mantem a liderança em seus diferentes negócios. Isso possibilita convivermos em um ambiente diferenciado, com grandes exemplos e oportunidades, fomentando pesquisas, desenvolvimentos e inovações.  O único fato ainda a ser mais explorados são os centros de pesquisa e desenvolvimento que ainda não existem em muitos países e está sendo implementada a equipe de inovação.
  3. 3. 2. Opiniões individuais sobre a inovação  Identificar os preconceitos existentes no ambiente da empresa:  Os preconceitos na verdade estão no retorno do capital investido para se formar uma equipe dedicada exclusivamente a PDEI, sem estarem vinculadas à “máquina”. Já contamos com uma consultoria para auxiliar na implantação, mas até o momento a equipe é composta por funcionários que dividem seu tempo com outras atividades, que de fato acabam deixando inovação em segundo plano.
  4. 4. 3. Entraves à inovação  O entrave, conforme dito anteriormente, está em disponibilizar capital para se ter uma equipe destinada à inovação.
  5. 5. 4. Oportunidades a inovar  Pela gama de produtos que temos a oferecer e pela imagem que temos no mercado, temos um grande espaço, ou podemos dizer “portas abertas” dentro dos clientes, nos diferentes mercados que atendemos, para levar produtos diferenciados e arriscar sem perdas significativas.  Nossos clientes buscam por soluções novas e produtos diferenciadas e, com grande frequência, nos procuram antes da concorrência.
  6. 6. 5. Sugestões para ampliação de ideias anteriores  Formar a equipe de inovação com pessoas dedicadas somente à inovação  Dedicar um capital inicial pequeno no primeiro ano, apenas para fomentar as ideias e capturar as existentes na equipe.  A equipe no primeiro ano terá objetivos de desenhar processos e buscar recursos e parcerias com universidades.
  7. 7. 6. Conclusões  Concluímos que o grupo possui fortes vantagens para investir na inovação, com grandes chances de sucesso, precisando corrigir esta forma como se esta se iniciando na inovação, por poder trazer descrenças por falta de priorização dos integrantes, ou mesmo atrasos significativos, nos levando a perdermos o “time to market”.
  8. 8. Plano 1° Ano Formar equipe dedicada à inovação, dispondo de capital mínimo ,com objetivo de estruturar processos e buscar parcerias e recursos 2° Ano Filtrar as ideias captadas internamente e iniciar pelas simples para sentir as dificuldades, buscando resultados para “auto sustentação” da equipe 3° Ano Desenvolver projetos mais complexos através de parcerias com universidades com políticas, processos de patentes, royalties, contratos já amadurecidos 4° Ano Mapear universidades dentro e fora do país de forma a agilizar o uso de recursos de pesquisa de ponta, ter funcionários da equipe de inovação lecionando nas principais universidades 5° Ano Estender a empresa para dentro de universidade(s), compartilhando recursos, formando funcionários para as diversas áreas e instruindo clientes para buscar cada vez mais soluções inovadoras com foco do cliente.

×