Eduardo carneiro. plano curso. história do brasil (ciencias sociais)

850 visualizações

Publicada em

plano de curso

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Eduardo carneiro. plano curso. história do brasil (ciencias sociais)

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DO ENSINO PLANO DE CURSO Centro: CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS – CFCH Curso: Bacharelado em Ciências Sociais Disciplina: História Econômica, Política e Social do Brasil Código: CFCH139 Carga Horária: 60h Créditos: 4 Pré-requisito: História Econ., Pol. e Social Geral Semestre Letivo/Ano: 1/2014 Professor: Me. Eduardo A. Carneiro E-mail: historiaeconomicadobrasil@gmail.com Blog: http://www.estudandohistoriaeconomica.blogspot.com.br/ 1. Ementa Estudo dos aspectos gerais de História do Brasil, através da análise de documentos e da revisão crítica da historiografia. 2. Objetivo Geral Compreender a formação histórica do Brasil de forma crítica a partir do estudo comparativo de bibliografias. 3. Objetivos Específicos 3.1 Identificar as correntes historiográficas em que os autores estão filiados; 3.2 Estudar a história a partir das diversas escalas de observação; 3.3 Analisar o fato histórico a partir de uma visão multifocal (várias interpretações). 4. Conteúdo Programático e bibliografias Unidades Temáticas C/H Unidade Temática 1 - Introdução aos estudos da História 1.1 Da história “total” à história em “migalhas”. 1.2 O problema da verdade em História.  BURKE, Peter. A Escola dos Annales (1929-1989): a revolução francesa da historiografia. São Paulo: UNESP, 1992. (Cap. 5). Unidade Temática 2 - De trás para frente: aspectos econômicos, políticos e sociais do Brasil atual. 2.1 O endividamento público do Brasil atual e suas consequências econômicas, políticas e sociais.  PEDRAS, Guilherme Villela Pedras. História da dívida pública no Brasil: de 1964 até os dias atuais. In: SILVA, Anderson Caputo Silva (Org.). Dívida Pública: a experiência brasileira. Brasília: Secretaria do Tesouro Nacional: Banco Mundial, 2009.  FATTORRELI, Maria Lúcia. A dívida pública em debate. Brasília: Inove, 2012. 2.2 Os indicadores socioeconômicos do Brasil contemporâneo.  Site: <http://www.ibge.gov.br/home/mapa_site/mapa_site.php#indicadores> LEITURA COMPLEMENTAR FATTORELLI, Maria Lucia. Auditoria cidadã da Dívida dos Estados. Brasília : Inova Editora, 2013. Unidade Temática 3 – O debate sobre o passado colonial brasileiro.
  2. 2. 3.1 Caio Prado Junior  PRADO JÚNIOR, Caio. Formação do Brasil Contemporâneo. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1996. 3.2 Nelson Werneck Sodré  SODRÉ, Nelson Werneck. Formação histórica do Brasil. São Paulo: Editora Bertrand Brasil SA, 1987. (Introdução+colonização+expansão). 3.3 Jacob Gorender  GORENDER, Jacob. O Escravismo Colonial. São Paulo: Editora Ática, 1985. (Cap. 1-3) 3.4 Francisco Varnhagen  VARNHAGEN, Francisco. História Geral do Brasil. Rio de Janeiro: E. e H. Laemmert, 1877, Tomo II. (Discurso Preliminar. Os índios ante a nacionalidade brasileira). 3.5 Gilberto Freire  FREYRE, Gilberto. Casa-Grande & Senzala: Formação Da Família Brasileira sob o Regime Patriarcal. Rio de Janeiro: Record, 1992. (Prefácio + Cap. 1). LEITURA COMPLEMENTAR DABAT, Christine Rufino. A transferência dos conceitos de feudalismo e de Modo de Produção Feudal a regiões não-europeias. Cadernos de Estudos Sociais, Vol. 11, p. 199-228, 1995. NOVAIS, Fernando Antonio. Portugal e Brasil na Crise Do Antigo Sistema Colonial (1777- 1808). São Paulo: Hucitec, 1995. (Introdução e Cap. 2) SIMONSEN, Roberto. História Econômica do Brasil (1500-1820). Brasília: Senado Federal, 2005. (Cap. 1) Unidade Temática 4 – A questão agrária e os conflitos rurais no Brasil. 4.1 Caio Prado Júnior  PRADO JÚNIOR, Caio. A questão agrária. São Paulo: Brasilense, 1979. (Cap. 1-3). 4.2 Alberto Passos Guimarães  GUIMARÃES, Alberto Passos. Quatro séculos de latifúndio. São Paulo: Editora Fulgor, 1964. (livro todo) 4.3 José de Souza Martins  MARTINS, José de Souza. Os camponeses e a política no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1981.  MARTINS, José de Souza. O cativeiro da terra. São. Paulo: Editora Contexto, 2010. LEITURA COMPLEMENTAR LINHARES, Maria Yedda. SILVA, Francisco Carlos Teixeira. Terra prometida: uma história da questão agrária no Brasil. Rio de Janeiro: Campus, 1998. (Cap. V). OLIVEIRA, Ariovaldo. Modo de Produção Capitalista, agricultura e reforma agrária. São Paulo: FFLCHUSP, 2007. Unidade Temática 5 – Guerras, revoluções, insurreições, conjurações e revoltas no Brasil. Introdução  DANTAS, Mônica Duarte (org.). Revoltas, motins e revoluções: homens livrem pobres e libertos no Brasil do século XIX. (Introdução e Epílogo) 5.1 Internos 5.1.1 Quilombolas  MACHADO, Maria Helena P. O Plano e o pânico. Os movimentos sociais na década da abolição. São Paulo, EDUSP, 1994. (Cap. “Com dois te vejo, com cinco te prendo: os
  3. 3. escravos e suas estratégias de libertação”). 5.1.2 Cabanagem  DANTAS, Mônica Duarte (org.). Revoltas, motins e revoluções: homens livrem pobres e libertos no Brasil do século XIX. (Cap. IV e V). 5.1.3 Farroupilha  DANTAS, Mônica Duarte (org.). Revoltas, motins e revoluções: homens livrem pobres e libertos no Brasil do século XIX. (Cap. VI). 5.1.3 Sabinada  DANTAS, Mônica Duarte (org.). Revoltas, motins e revoluções: homens livrem pobres e libertos no Brasil do século XIX. (Cap. VII). 5.2 Externos 5.2.1- Guerra do Paraguai CHIAVENATTO, Júlio José. Genocídio Americano: a Guerra do Paraguai. São Paulo: Brasiliense, 1983. 5.2.2 - Revolução Acreana CARNEIRO, Eduardo Araújo. “A fundação do Acre”: entre as comemorações cívicas e o abuso da história. São Paulo: USP, 2014, Tese. (Cap. IV). Unidade Temática 6 – A questão da identidade brasileira 6.1 Stuart Hall  HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2004. (livro todo) 6.2 Sérgio Buarque de Holanda  HOLANDA, Sérgio Buarque. Raízes do Brasil. SP: Cia das Letras, 1999. (Cap. 1-5). 6.3 Affonso Celso  CELSO, Affonso. Por que me ufano do meu país. Rio de Janeiro: Livreiro Editor, 1900. (livro todo) 6.4 Paulo Prado  PRADO, Paulo da Silva. Retrato do Brasil: Ensaio sobre a tristeza brasileira. Livraria José Olympio: Rio de Janeiro. 1962. (livro todo) 6.5 Darcy Ribeira  RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro: a formação e o sentido do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 2006. (Introdução + Os Brasil na história). LEITURA COMPLEMENTAR ORLANDI, Eni Puccinelli (org.) Discurso Fundador: A formação do país e a construção da identidade nacional. São Paulo: Pontes, 1993. (Introd. + Cap.1). CARVALHO, José Murilo. A formação das almas: o imaginário da república no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1990. Unidade Temática 6 – Da monarquia à república: a “evolução” política do Brasil 6.1 A monarquia  PRADO JÚNIOR, Caio. A evolução política do Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1977. (Cap. 3).  FAORO, Raymundo. Os donos do poder: formação do patronato político no brasileiro. São Paulo: Globo, 2001. (Cap. VIII – X)  SAES, Décio. Formação do Estado Burguês no Brasil. São Paulo: UNICAMP, 1982. Tese de Livre-Docência. (Cap. II).
  4. 4. 6.2 A República  LEAL, Victor Nunes. Coronelismo, enxada e voto. O município e o regime representativo no Brasil. São Paulo: Alfo-Ômega, 1975. (Cap. 1 e Considerações Finais).  CARVALHO, José Murilo. Os bestializados: o Rio de Janeiro e a República que não foi. São Paulo: Companhia das Letras, 1987. (Cap. 1-3)  FAORO, Raymundo. Os donos do poder: formação do patronato político no brasileiro. São Paulo: Globo, 2001. (XIV e capítulo final).  SAES, Décio. Formação do Estado Burguês no Brasil. São Paulo: UNICAMP, 1982. Tese de Livre-Docência. (Cap. III).  FERNANDES, Florestan. A Revolução Burguesa no Brasil. São Paulo: Zahar, 1974. (Cap. 3 e 5). LEITURA COMPLEMENTAR CARVALHO, José Murilo. Cidadania no Brasil: o longo caminho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileiro, 2002. SODRÉ, Nelson Werneck. História da Burguesia Brasileira. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, Rio de Janeiro, 1976. CARONE, Edgard. As Revoluções do Brasil Contemporâneo. São Paulo: Difel, 1975, segunda edição. FAUSTO, Boris. A revolução de 1930. Historiografia e história. São Paulo: Brasiliense, 1979. Unidade Temática 7 – Pobreza e desenvolvimento: o debate da industrialização no Brasil (1930-1985). 7.1 João Manuel Cardoso de Melo  MELLO, Joao M. C. Capitalismo Tardio. São Paulo: Brasiliense, 1986. (Cap. 2) 7.2 Celso Furtado  FURTADO, Celso. Formação Econômica do Brasil. São Paulo: Editora Nacional, 2005. (Quinta Parte). 7.3 Ladislau Dowbor  DOWBOR, L. A formação do capitalismo dependente do Brasil. São Paulo: Editora Brasiliense, 1982. (Cap. 4 e 5). LEITURA COMPLEMENTAR IGLESIAS, Francisco. A Industrialização Brasileira. Editora Brasileira, São Paulo, 1985. MANTEGA, Guido. A economia política brasileira. Petrópolis: Vozes, 1984. 5. Procedimentos Metodológicos: Aulas expositivas dialogadas com slides; leitura dirigida extraclasse; debates; seminários; análise de mapas, gráficos e imagens; exame comparativo de bibliografias. 6. Recursos Didáticos Projetor Multimídia, lousa, giz, vídeo, textos digitalizados, livros, etc. 7. Avaliação PARA N1 ATIVIDADE 1: Participação do grupo nas discussões de cada unidade temática. ATIVIDADE 2: Fichamento de citação de algum livro sobre História do Brasil, de preferência os indicados nesse plano de curso (outros também serão aceitos, desde que a escolha da obra tenha recebido a aprovação previa do professor). ATIVIDADE 3: Apresentação de um dos textos da Unidade Temática 5.
  5. 5. PARA N2 ATIVIDADE 1: Participação do grupo nas discussões de cada unidade temática. ATIVIDADE 2: Apresentação de seminários em grupo e com feitura de slides sobre qualquer assunto vinculado ao tema “Ditadura Militar no Brasil”. A pesquisa para o seminário deverá priorizar o acervo da Hemeroteca da Biblioteca Nacional. Outros acervos, no entanto, também serão aceitas, a saber: http://hemerotecadigital.bn.br/ http://www.veja.abril.com.br/acervodigital/ http://acervo.oglobo.globo.com/ http://acervo.estadao.com.br/ http://www.jb.com.br/paginas/news-archive/ Jornais locais. OBS: a maioria das bibliografias indicadas poderão ser acessadas através do blog http://www.estudandohistoriaeconomica.blogspot.com.br/ Aprovação no Colegiado de Curso Data: / maio/2014.

×