SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
DILATAÇÃO TÉRMICA
DILATAÇÃO LINEAR
01- Uma barra de ferro tem comprimento 10 m a 0ºC. Sabendo que o coeficiente de dilatação linear do ferro
é igual a 12 . 10 -6
ºC-1
;
a) o comprimento final da barra a 20ºC;
b) o comprimento final da barra a -30ºC.
02- Uma barra de alumínio passando de 15ºC a 100ºC alonga-se 1,224 mm. Calcule o comprimento inicial
dessa barra.
Dado: αAr = 24 . 10 -6
ºC -1
.
03 – A que temperatura deve encontra-se uma trena de aço para que seu comprimento seja 0,5 mm maior do
que o comprimento de 2000 mm que ele possui à temperatura de 0ºC? O coeficiente de dilatação linear do
aço vale 1,0 . 10 -5
ºC-1
.
DILATAÇÃO SUPERFICIAL
04 – Uma placa retangular de alumínio tem a área de 40 cm2
a 0ºC. Sabendo que o coeficiente de dilatação
superficial do alumínio é 48 . 10 -6
ºC-1
, calcule:
a) a área final da placa a 50ºC;
b) a área final da placa a -20ºC.
05- Uma chapa tem área 2 m2
a 0ºC. Aquecendo-a até 80ºC, sua área aumenta de 0,4 cm2
. Calcule o
coeficiente de dilatação superficial do material que possui a placa.
06- Um circulo de aço homogêneo de raio 10 cm e coeficiente de dilatação linear 1,2 . 10-5
ºC-1
, tem sua
temperatura alterada de 10ºC para 110ºC. Calcule a dilatação superficial sofrida.
07- Uma peça de zinco é constituída a partir de uma chapa de zinco com lados 30cm, da qual foi retirado um
pedaço de área 500cm². Elevando-se de 50°C a temperatura da peça restante, qual será sua área final em
centímetros quadrados? (Dado ).
DILATAÇÃO VOLUMÉTRICA
08- Um recipiente de cobre tem 1000 cm3
de capacidade a 0ºC. Sabendo que o coeficiente de dilatação
linear o cobre é igual a 17 . 10-6
ºC-1
, calcule a capacidade do recipiente a 100ºC.
09- Um bloco de ferro tem volume de 50 cm3
a 0ºC. Determine até qual temperatura devemos aquecê-lo a
fim de que seu volume seja igual a 50,425 cm3
. Dado: coeficiente de dilatação linear do ferro = 12 . 10-6
ºC-1
.
10- Aumentando-se a temperatura de um corpo de 100ºC, seu volume aumenta 0,06%. Calcule o coeficiente
de dilatação volumétrica desse corpo.
11- Um paralelepípedo de uma liga de alumínio ( ) tem arestas que, à 0°C, medem 5cm,
40cm e 30cm. De quanto aumenta seu volume ao ser aquecido à temperatura de 100°C?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º anoExercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º anoV
 
MATERIAL - ESTUDO DOS GASES - 2 ANO
MATERIAL - ESTUDO DOS GASES - 2 ANOMATERIAL - ESTUDO DOS GASES - 2 ANO
MATERIAL - ESTUDO DOS GASES - 2 ANOTaciano Santos
 
Gabarito calor e temperatura
Gabarito   calor e temperaturaGabarito   calor e temperatura
Gabarito calor e temperaturaprofessoraludmila
 
1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)
1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)
1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)carlos josé gomes
 
avaliação 9 ano química
avaliação 9 ano químicaavaliação 9 ano química
avaliação 9 ano químicadaianafrs
 
Exercícios de paralelepípedo e cubo
Exercícios de paralelepípedo e cuboExercícios de paralelepípedo e cubo
Exercícios de paralelepípedo e cuboFabiana Gonçalves
 
Exercícios de dilatação
Exercícios de dilataçãoExercícios de dilatação
Exercícios de dilataçãotiowans
 
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestreFísica   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestreMarcelo Andrade
 
Mat utfrs 18. semelhanca de triangulos exercicios
Mat utfrs 18. semelhanca de triangulos exerciciosMat utfrs 18. semelhanca de triangulos exercicios
Mat utfrs 18. semelhanca de triangulos exerciciostrigono_metria
 
Exercicios resolvidos movimento retilíneo uniforme
Exercicios resolvidos movimento retilíneo uniformeExercicios resolvidos movimento retilíneo uniforme
Exercicios resolvidos movimento retilíneo uniformerazonetecontabil
 
Aula 02 polígonos - exercicios
Aula 02   polígonos - exerciciosAula 02   polígonos - exercicios
Aula 02 polígonos - exerciciosJeane Carvalho
 
Lista de exercícios - conjuntos - 6º ano
Lista de exercícios  - conjuntos - 6º anoLista de exercícios  - conjuntos - 6º ano
Lista de exercícios - conjuntos - 6º anoAnderson C. Rosa
 
Slide sobre termometria
Slide sobre termometriaSlide sobre termometria
Slide sobre termometriajoaberb
 

Mais procurados (20)

Exercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º anoExercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º ano
 
MATERIAL - ESTUDO DOS GASES - 2 ANO
MATERIAL - ESTUDO DOS GASES - 2 ANOMATERIAL - ESTUDO DOS GASES - 2 ANO
MATERIAL - ESTUDO DOS GASES - 2 ANO
 
Calorimetria
CalorimetriaCalorimetria
Calorimetria
 
Gabarito calor e temperatura
Gabarito   calor e temperaturaGabarito   calor e temperatura
Gabarito calor e temperatura
 
1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)
1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)
1ª LISTA DE EXERCÍCIOS( PIRÂMIDES)
 
avaliação 9 ano química
avaliação 9 ano químicaavaliação 9 ano química
avaliação 9 ano química
 
Exercícios átomos
Exercícios átomosExercícios átomos
Exercícios átomos
 
Exercícios de paralelepípedo e cubo
Exercícios de paralelepípedo e cuboExercícios de paralelepípedo e cubo
Exercícios de paralelepípedo e cubo
 
Atividade 1º ano do ensino médio átomo
Atividade 1º ano do ensino médio átomoAtividade 1º ano do ensino médio átomo
Atividade 1º ano do ensino médio átomo
 
Atividade tabela periódica
Atividade   tabela periódicaAtividade   tabela periódica
Atividade tabela periódica
 
TERMOLOGIA
TERMOLOGIATERMOLOGIA
TERMOLOGIA
 
Exercícios de dilatação
Exercícios de dilataçãoExercícios de dilatação
Exercícios de dilatação
 
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestreFísica   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
 
Mat utfrs 18. semelhanca de triangulos exercicios
Mat utfrs 18. semelhanca de triangulos exerciciosMat utfrs 18. semelhanca de triangulos exercicios
Mat utfrs 18. semelhanca de triangulos exercicios
 
Exercicios resolvidos movimento retilíneo uniforme
Exercicios resolvidos movimento retilíneo uniformeExercicios resolvidos movimento retilíneo uniforme
Exercicios resolvidos movimento retilíneo uniforme
 
Aula 02 polígonos - exercicios
Aula 02   polígonos - exerciciosAula 02   polígonos - exercicios
Aula 02 polígonos - exercicios
 
Lista de exercícios - conjuntos - 6º ano
Lista de exercícios  - conjuntos - 6º anoLista de exercícios  - conjuntos - 6º ano
Lista de exercícios - conjuntos - 6º ano
 
Slide sobre termometria
Slide sobre termometriaSlide sobre termometria
Slide sobre termometria
 
Revisão geral-de-termologia
Revisão geral-de-termologiaRevisão geral-de-termologia
Revisão geral-de-termologia
 
Termometria
TermometriaTermometria
Termometria
 

Destaque

Matrizes e determinantes exercícios
Matrizes e determinantes   exercícios Matrizes e determinantes   exercícios
Matrizes e determinantes exercícios Edson Marcos Silva
 
Cotangente, cossecante e secante
Cotangente, cossecante e secante Cotangente, cossecante e secante
Cotangente, cossecante e secante Edson Marcos Silva
 
Fórmulário de área e volume
Fórmulário de área e volumeFórmulário de área e volume
Fórmulário de área e volumeEdson Marcos Silva
 
Apostila 2ano presao e atividade sensivel
Apostila 2ano  presao e atividade sensivelApostila 2ano  presao e atividade sensivel
Apostila 2ano presao e atividade sensivelEmerson Assis
 
Questões Corrigidas, em Word: Calorimetria - Conteúdo vinculado ao blog ...
Questões Corrigidas, em Word: Calorimetria   - Conteúdo vinculado ao blog    ...Questões Corrigidas, em Word: Calorimetria   - Conteúdo vinculado ao blog    ...
Questões Corrigidas, em Word: Calorimetria - Conteúdo vinculado ao blog ...Rodrigo Penna
 
Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação - Conteúdo vinculado ...
Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação   - Conteúdo vinculado ...Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação   - Conteúdo vinculado ...
Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação - Conteúdo vinculado ...Rodrigo Penna
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Lurdes Augusto
 

Destaque (12)

Dilatação superficial
Dilatação superficialDilatação superficial
Dilatação superficial
 
Dilatação
DilataçãoDilatação
Dilatação
 
Matrizes e determinantes exercícios
Matrizes e determinantes   exercícios Matrizes e determinantes   exercícios
Matrizes e determinantes exercícios
 
Cotangente, cossecante e secante
Cotangente, cossecante e secante Cotangente, cossecante e secante
Cotangente, cossecante e secante
 
Matrizes e determinantes
Matrizes e determinantesMatrizes e determinantes
Matrizes e determinantes
 
Fórmulário de área e volume
Fórmulário de área e volumeFórmulário de área e volume
Fórmulário de área e volume
 
Instituto fisica 2º ano
Instituto  fisica 2º anoInstituto  fisica 2º ano
Instituto fisica 2º ano
 
Apostila 2ano presao e atividade sensivel
Apostila 2ano  presao e atividade sensivelApostila 2ano  presao e atividade sensivel
Apostila 2ano presao e atividade sensivel
 
Questões Corrigidas, em Word: Calorimetria - Conteúdo vinculado ao blog ...
Questões Corrigidas, em Word: Calorimetria   - Conteúdo vinculado ao blog    ...Questões Corrigidas, em Word: Calorimetria   - Conteúdo vinculado ao blog    ...
Questões Corrigidas, em Word: Calorimetria - Conteúdo vinculado ao blog ...
 
Os Lusíadas - Canto III
Os Lusíadas - Canto IIIOs Lusíadas - Canto III
Os Lusíadas - Canto III
 
Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação - Conteúdo vinculado ...
Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação   - Conteúdo vinculado ...Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação   - Conteúdo vinculado ...
Questões Corrigidas, em Word: Temperatura e Dilatação - Conteúdo vinculado ...
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas
 

Semelhante a Dilatação Térmica (exercícios)

Semelhante a Dilatação Térmica (exercícios) (20)

Amanda
AmandaAmanda
Amanda
 
Roz04
Roz04Roz04
Roz04
 
Dilatacao
DilatacaoDilatacao
Dilatacao
 
Dilatacao
DilatacaoDilatacao
Dilatacao
 
Lista de-dilatação-termica
Lista de-dilatação-termicaLista de-dilatação-termica
Lista de-dilatação-termica
 
2ª Lista de Exercícios de Física - 9ºs Anos
2ª Lista de Exercícios de Física - 9ºs Anos2ª Lista de Exercícios de Física - 9ºs Anos
2ª Lista de Exercícios de Física - 9ºs Anos
 
Cap5
Cap5Cap5
Cap5
 
Dicas rec sem 1 2o.ano
Dicas rec sem 1 2o.anoDicas rec sem 1 2o.ano
Dicas rec sem 1 2o.ano
 
Lista de exercícios de física
Lista de exercícios de físicaLista de exercícios de física
Lista de exercícios de física
 
Dilatação linear - Blog www.ComoCalcular.com.br
Dilatação linear - Blog www.ComoCalcular.com.brDilatação linear - Blog www.ComoCalcular.com.br
Dilatação linear - Blog www.ComoCalcular.com.br
 
Exercícios extras_Revisão dilatação térmica de sólidos
Exercícios extras_Revisão dilatação térmica de sólidosExercícios extras_Revisão dilatação térmica de sólidos
Exercícios extras_Revisão dilatação térmica de sólidos
 
Atividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º anoAtividade extraclasse 2º ano
Atividade extraclasse 2º ano
 
Exerciciosresolvidosdilatacaotermica 100805150101-phpapp02
Exerciciosresolvidosdilatacaotermica 100805150101-phpapp02Exerciciosresolvidosdilatacaotermica 100805150101-phpapp02
Exerciciosresolvidosdilatacaotermica 100805150101-phpapp02
 
Lista exercicios 2_trans_cal
Lista exercicios 2_trans_calLista exercicios 2_trans_cal
Lista exercicios 2_trans_cal
 
Dilatação térmica dos sólidos
Dilatação térmica dos sólidosDilatação térmica dos sólidos
Dilatação térmica dos sólidos
 
Revisão do bimestre
Revisão do bimestre Revisão do bimestre
Revisão do bimestre
 
Questõesdetermologia1
Questõesdetermologia1Questõesdetermologia1
Questõesdetermologia1
 
expansao termica
expansao termicaexpansao termica
expansao termica
 
Dilatação Térmica
Dilatação TérmicaDilatação Térmica
Dilatação Térmica
 
172023544 vigas
172023544 vigas172023544 vigas
172023544 vigas
 

Último

o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdfLindinhaSilva1
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 

Último (20)

o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 

Dilatação Térmica (exercícios)

  • 1. DILATAÇÃO TÉRMICA DILATAÇÃO LINEAR 01- Uma barra de ferro tem comprimento 10 m a 0ºC. Sabendo que o coeficiente de dilatação linear do ferro é igual a 12 . 10 -6 ºC-1 ; a) o comprimento final da barra a 20ºC; b) o comprimento final da barra a -30ºC. 02- Uma barra de alumínio passando de 15ºC a 100ºC alonga-se 1,224 mm. Calcule o comprimento inicial dessa barra. Dado: αAr = 24 . 10 -6 ºC -1 . 03 – A que temperatura deve encontra-se uma trena de aço para que seu comprimento seja 0,5 mm maior do que o comprimento de 2000 mm que ele possui à temperatura de 0ºC? O coeficiente de dilatação linear do aço vale 1,0 . 10 -5 ºC-1 . DILATAÇÃO SUPERFICIAL 04 – Uma placa retangular de alumínio tem a área de 40 cm2 a 0ºC. Sabendo que o coeficiente de dilatação superficial do alumínio é 48 . 10 -6 ºC-1 , calcule: a) a área final da placa a 50ºC; b) a área final da placa a -20ºC. 05- Uma chapa tem área 2 m2 a 0ºC. Aquecendo-a até 80ºC, sua área aumenta de 0,4 cm2 . Calcule o coeficiente de dilatação superficial do material que possui a placa. 06- Um circulo de aço homogêneo de raio 10 cm e coeficiente de dilatação linear 1,2 . 10-5 ºC-1 , tem sua temperatura alterada de 10ºC para 110ºC. Calcule a dilatação superficial sofrida. 07- Uma peça de zinco é constituída a partir de uma chapa de zinco com lados 30cm, da qual foi retirado um pedaço de área 500cm². Elevando-se de 50°C a temperatura da peça restante, qual será sua área final em centímetros quadrados? (Dado ). DILATAÇÃO VOLUMÉTRICA 08- Um recipiente de cobre tem 1000 cm3 de capacidade a 0ºC. Sabendo que o coeficiente de dilatação linear o cobre é igual a 17 . 10-6 ºC-1 , calcule a capacidade do recipiente a 100ºC. 09- Um bloco de ferro tem volume de 50 cm3 a 0ºC. Determine até qual temperatura devemos aquecê-lo a fim de que seu volume seja igual a 50,425 cm3 . Dado: coeficiente de dilatação linear do ferro = 12 . 10-6 ºC-1 . 10- Aumentando-se a temperatura de um corpo de 100ºC, seu volume aumenta 0,06%. Calcule o coeficiente de dilatação volumétrica desse corpo. 11- Um paralelepípedo de uma liga de alumínio ( ) tem arestas que, à 0°C, medem 5cm, 40cm e 30cm. De quanto aumenta seu volume ao ser aquecido à temperatura de 100°C?