SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
Tabela dos Recursos e Modelo
1- Resposta a acusação.........................................................................................................1
2- Memoriais........................................................................................................................2
3- Apelação..........................................................................................................................3
4- Rese ................................................................................................................................5
4- Revisão.........................................................................................................................7
1- Resposta a acusação
Peça Competência Momento
processual
e hipóteses
Teses Pedidos Observações
Resposta a
acusação
(396 e 396 –
A)
Juiz da Vara (ou
Juiz Federal)
Depois da
citação.
 Nulidade (564, CPP,
incompetência, ilegitimidade,
falta de representação/
requisição, inépcia, faltade prova
mínima.)
 Extinção da punibilidade
(107, CP)
 Mérito (fato atípico,
excludente da ilicitude,
excludente da culpabilidade)
 Desclassificação
 Anulação a partir de...
 Declarada a extinçãoda
punibilidade;
 Rejeição tardia da
denúncia (395,CPP);
 Absolvição sumária
(397, CPP);
 Ouça as testemunhas
arroladas;
 A absolvição da
resposta a acusação é
sempre SUMÁRIA do
artigo 397 do CPP.
 Verbo
(apresentar)
 Colocar rol de
testemunhas;
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ..ª VARA
CRIMINAL DA COMARCA DE ...
“...”, já qualificado nos autos do processo número ... (ou já qualificado na
denúncia oferecida pelo representante do Ministério Público), por seu advogado que esta
subscreve (procuração anexa – doc. 1), respeitosamente se faz presente ante Vossa
Excelência para apresentar RESPOSTA À ACUSAÇÃO, com fulcro nos artigos 396 e
396-A, ambos do Código de Processo Penal.
I- DOS FATOS
II- DO DIREITO
III- DO PEDIDO
Diante do exposto, requer... Por fim, não sendo essa a posição adotada, requer sejam
ouvidas em audiência as testemunhas a seguir arroladas.
Nesses termos,
Pede deferimento.
Local, data.
ADVOGADO
OAB
Rol de testemunhas:
1- Nome (qualificação e endereço)
2- Nome (qualificação e endereço)
3- Nome (qualificação e endereço)
2- Memoriais
Peça Competência Momento
processual e
hipóteses
Teses Pedidos Observações
Memoriais
(403, §3º e
404 §único)
Juiz da causa Depois da
instrução
criminal e antes
da sentença.
Hipóteses: 403,
§3º e 404
§único. Duas
hipóteses: a)
prova nova e b)
caso complexo
 Nulidade (564, CPP)
 Extinçãoda punibilidade (107, CP)
 Mérito
 Absolvição (386,CPP)
 Desclassificação
 Subsidiários: pena mínima, regime
inicial mais brando, concessão de
sursi, substituição da pena por
restritiva de direito (44,CP),
suspensão condicional do processo
(77), fixado valor reduzido para
reparaçãode dano (387,IV, CPP) e
direito de recorrer em liberdade.
Anulação a
partir de...
Declarada a
extinção da
punibilidade;
Absolvição
(386, CPP)
 Subsidiários:
todos das teses -
desclassificação
e redução da
pena.
Absolvição
sempre no 386,
CPP
Memoriais no júri:
Teses Pedidos
Nulidade processual Anulação do processo
Extinção da punibilidade Extinção da punibilidade
Teses de mérito Absolvição (415. CPP)
Teses subsidiárias de mérito Desclassificação ou redução da pena ou concessão
de direito subjetivo negado.
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ..ª VARA
CRIMINAL DA COMARCA DE ...
“...”, já qualificado nos autos do processo nº..., por seu advogado
(procuração inclusa), vem, respeitosamente perante Vossa Excelência, apresentar
MEMORIAIS com fulcro no artigo 403, parágrafo 3º, do Código de Processo Penal, pelos
fatos e fundamentos a seguir expostos.
I- DOS FATOS
II- DOS DIREITOS
III- DOS PEDIDOS
Ante o exposto, requer a remessa dos autos ao Ministério Público, para que
seja formulada proposta de suspensão condicional do processo (art. 89 da Lei 9.099/95).
Caso assim não entenda Vossa Excelência, requer a anulação do processo,
com fulcro no artigo 564, inciso ... do mesmo diploma legal. Em caso de afastamento das
pretendidas nulidades, requer a absolvição do acusado, com base no art. 386, inciso ...,
do CPP.
Para eventualidade de ser o acusado condenado, requer a aplicação da pena
– base no mínimo legal, afastando-se a agravante e reconhecendo-se a atenuante de ...,
com a fixação de regime inicial aberto e a substituição por penas restritivas de direitos,
concedendo-se “sursis” se negada tal substituição.
Requer ainda a não fixação de valor mínimo para reparação de danos (),
tendo em vista a inexistência de prejuízo para o ofendido [ou no valor mínimo] (art. 387,
IV, do CPP), reconhecendo-se o direito de o acusado recorrer em liberdade (art. 387, §1º,
do CPP).
Termos em que,
Pede deferimento.
Local, data.
Advogado
OAB
3- Apelação
Peça Competência Momentoprocessual
e hipóteses
Teses Pedidos Observações
Apelação
(593 e 416
CPP)
Interposição: Juiz
“a quo”.
Razões dirigidas
ao tribunal “ad
quem”
. Anexas à petição
de juntada
endereçada ao juiz
“a quo”. Anexas à
petição de juntada
endereçada ao
relator do recurso
“ad quem”.
Sentenças
condenatória /
absolutória OU
Decisões definitivas
(sem condenar/ sem
absolver – que não
caiba RESE); e no Júri
– 1ª fase quando
houver impronúncia
ou de absolvição
sumária e na segunda
fase do Júri
 Nulidade;
 Extinção da
punibilidade;
 Absolvição (386,
CPP);
 Desclassificação
 Redução de pena;
 Benefício (sursi/
restritiva / regime
aberto)
Anulação a partir de...
Declarada a extinção da
punibilidade;
Absolvição (386, CPP)
Diminuição da pena;
 Subsidiários: todos
das teses -
desclassificação e
redução da pena.
Peça dupla.
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ...VARA
CRIMINAL DA COMARCA DE ....
“...”, já qualificado nos autos do processo crime nº ..., vem respeitosamente
por seu advogado que esta subscreve, não se conformando com a respeitável sentença que
o condenou como incurso nas penas do artigo..., do Código Penal perante Vossa
Excelência, interpor recurso de APELAÇÃO, com fundamento no artigo 593, inciso ...
(ou 416).
Requer seja recebida e processada a presente apelação, e encaminhadas
com as inclusas razões ao Egrégio Tribunal de Justiça.
Termos em que,
Pede deferimento.
Local e data.
Advogado
OAB
Apelante – “...”
Apelada – Justiça Pública
Processo nº ...
Egrégio Tribunal
Colenda Câmara
Douto Procurador de Justiça
Em que pese o indiscutível saber jurídico do MM. Juiz “a quo” impõe-se
a reforma da r. sentença pelas razões de fato e de direito a seguir expostas.
I- DOS FATOS
II- DOS DIREITOS
III- DO PEDIDO
Ante o exposto, requer ... seja conhecido e provido o presente recurso
para que se reforme a r. sentença a fim de que...
Termos em que,
Pede deferimento.
Local e data.
Advogado
OAB
APELAÇÃO DO JÚRI (2ª FASE):
Tese: Pedido:
Nulidade posterior a pronúncia (nulidade do júri,
ex. cerceamento de defesa);
Anulado o júri + seja realizado um novo
júri;
Juiz presidente contrariou a lei ou a decisão dos
jurados;
Retificação da decisão (593, §1º, CPP).
Erro ou injustiça no tocante a pena; Retificação da decisão (593, §2º, CPP).
Decisão dos jurados manifestamente contrária a
prova dos autos
Novo júri (593, §3º)
4- Rese
Peça Competência Momento
processual e
hipóteses
Teses Pedidos Observações
RESE-
pronúncia e
desclassificação
Interposição:
Juiz da Vara do
Júri.
Razões: TJ
Pronúncia As mesmas dos
memoriais, ou seja,
nulidade, extinção da
punibilidade,
impronúncia (414, CPP,
não há prova da
materialidade OU
existência de indícios
suficientes de autoria ou
de participação),
absolvição sumária *
(415, CPP – olhar as
hipóteses) e
desclassificação (419,
CPP) [5 itens].
Relacionados a tese. A
eloquência acusatória pode
ser alegada no RESE da
pronúncia (já houve
sentença).
Cuidado: Deve citar o
artigo 589 na petição de
interposição (juízo de
retratação).
Cuidado 2 *: Se o sujeito
alega inimputabilidade e
outra tese e não comprova
a segunda tese = pronúncia
(os jurados vão decidir se
ele estava em legitima
defesa ou não), se
reconhece a
inimputabilidade, nãopode
avaliar se houve legítima
defesa.
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ... VARA DO
JÚRI DA COMARCA ...
“...”, já qualificado nos autos do processo nº ..., por seu advogado que esta
subscreve, inconformado com a respeitável decisão que o pronunciou pelo crime de ...
Código Penal, respeitosamente se faz presente ante Vossa Excelência para interpor
RECURSOS EM SENTIDO ESTRITO, com fulcro no artigo 581, IV, do Código de
Processo Penal.
Caso Vossa Excelência mantenha a respeitável decisão (artigo 589,
Código de Processo Penal). Requer seja o presente recurso recebido e processado com as
inclusas razões, a serem encaminhadas ao Egrégio Tribunal.
Nestes termos, pede deferimento.
Local, Data.
Advogado
OAB
RAZÕES DE RECURSO EM SENTIDO ESTRITO
Recorrente: “...”
Recorrida: Justiça Pública
Processo nº ...
Egrégio Tribunal de Justiça do Estado ...
Colenda câmara,
Douta procuradoria.
Em que pese o indiscutível saber jurídico do douto magistrado “a quo”,
merece ser reformada sua decisão, pelas razões de fato e de Direito, a segui expostas.
I- DOS FATOS
II- DO DIREITO
III- DO PEDIDO
Diante do exposto, requer seja o presente recurso conhecido e provido, a
fim de que seja o recorrente absolvido sumariamente, nos termos do artigo 415, inciso ...,
do CPP ou, não sendo esse o entendimento de Vossas Excelências, seja ele
impronunciado, nos termos do artigo 414, do CPP, como medida de Justiça.
Local, data.
Advogado
OAB
4- Revisão
REVISÃO CRIMINAL CONTRA A DECISÃO DA SEGUNDA FASE DO
JÚRI (621, inciso ...):
 Pedidos:
 Nulidade;
 Extinção da punibilidade;
 Absolvição do 386, CPP;
 Desclassificação;
 Benefícios da pena
 Reconhecimento de indenização;
 OU realização de novo júri, em respeito ao princípio
constitucional da soberania dos veredictos (não é absoluto).
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE
DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE...
“...”, nacionalidade, estado civil, profissão, endereço, filiação, RG ...,
CPF..., por seu advogado que esta subscreve (procuração anexa – doc ...), inconformado
com a respeitável decisão do juiz de Direito da ... Vara Criminal da Comarca de ..., que
condenou pela prática do crime previsto no artigo .. CP, para propor REVISÃO
CRIMINAL com fulcro no artigo 621, ..., do CPP.
I- DOS FATOS
O revisionando ...
II- DOS DIREITOS
DO PEDIDO
Diante do exposto, requer seja julgado procedente o presente pedido, a
fim de que, nos termos do artigo 626 do CPP, seja desclassificado o crime para...
Peça Competência Momento
processual
e hipóteses
Teses Pedidos Observações
REVISÃO
(621, CPP)
Peça única -
Regra
Tribunal de
Segunda
Instâncai
Processo
transitou
em julgado.
Art. 621 do
CPP.
Nulidade
processual;
Extinguir a
punibilidade
Tese de mérito;
Subsidiária de
mérito;
Desclassificar
Absolver
Diminuir a pena
Anular o processo;
Extinçãoda punibilidade;
Absolvição;
Desclassificação ouredução de
pena;
- Pedido – ARTIGO 626 DO
CPP;
- Direito de recorrer em
liberdade;
- Pode ser requerido o direito a
justa indenização.
- Atenção o
tribunal fixará o
direito à
indenização,
mas, não fixará
o valor da
indenização, o
valor será
arbitrado em
liquidação de
sentença na
Vara da
Fazenda
Pública.
- Qualificar.
- Peça única
Em decorrência dessa desclassificação, requer seja declara nulidade “ab
initio” do processo, nos termos do artigo ... do CPP.
Requer sejam os autos remetidos ao Juizado Especial Criminal, para que a
vítima ofereça a representação se ainda houver o prazo decadencial de 6 meses.
Requer seja reconhecido o direito a indenização, nos termos do artigo 630
do CPP.
Nestes termos, Pede deferimento.
Local, data.
Advogado
OAB

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ações possessórias
Ações possessóriasAções possessórias
Ações possessóriasJunior Mendes
 
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.Dinarte Mariz
 
71170 aulão grátis rodrigo menezes
71170 aulão grátis   rodrigo menezes71170 aulão grátis   rodrigo menezes
71170 aulão grátis rodrigo menezesSandra Dória
 
Litisconsórcio, Assistência, Intervenção De Terceiros
Litisconsórcio, Assistência, Intervenção De TerceirosLitisconsórcio, Assistência, Intervenção De Terceiros
Litisconsórcio, Assistência, Intervenção De TerceirosAntonio Pereira
 
Recursos no processo civil
Recursos no processo civilRecursos no processo civil
Recursos no processo civilRamires Martins
 
Processo civil | Execução 1
Processo civil | Execução 1Processo civil | Execução 1
Processo civil | Execução 1Elder Leite
 
Apostila resumo - pc-df (direito penal)
Apostila   resumo - pc-df (direito penal)Apostila   resumo - pc-df (direito penal)
Apostila resumo - pc-df (direito penal)profrenanaraujo
 
Medidas cautelares, prisão cautelar e liberdade provisória
Medidas cautelares, prisão cautelar e liberdade provisóriaMedidas cautelares, prisão cautelar e liberdade provisória
Medidas cautelares, prisão cautelar e liberdade provisóriaOzéas Lopes
 
108606969 mapas-mentais-direito-civil
108606969 mapas-mentais-direito-civil108606969 mapas-mentais-direito-civil
108606969 mapas-mentais-direito-civilmarinhokel
 
ENJ-100 Taller Recién Designado Juez de la Instrucción
ENJ-100 Taller Recién Designado Juez de la InstrucciónENJ-100 Taller Recién Designado Juez de la Instrucción
ENJ-100 Taller Recién Designado Juez de la InstrucciónENJ
 
Como elaborar agravo de instrumento
Como elaborar agravo de instrumentoComo elaborar agravo de instrumento
Como elaborar agravo de instrumentoConsultor JRSantana
 

Mais procurados (20)

02. memoriais
02. memoriais02. memoriais
02. memoriais
 
Ações possessórias
Ações possessóriasAções possessórias
Ações possessórias
 
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.
O novo cpc e o cumprimento de sentença com Prof. Dijosete Veríssimo.
 
Lei de Drogas para Concursos
Lei de Drogas para ConcursosLei de Drogas para Concursos
Lei de Drogas para Concursos
 
71170 aulão grátis rodrigo menezes
71170 aulão grátis   rodrigo menezes71170 aulão grátis   rodrigo menezes
71170 aulão grátis rodrigo menezes
 
Recurso em sentido apresentacao
Recurso em sentido apresentacaoRecurso em sentido apresentacao
Recurso em sentido apresentacao
 
Litisconsórcio, Assistência, Intervenção De Terceiros
Litisconsórcio, Assistência, Intervenção De TerceirosLitisconsórcio, Assistência, Intervenção De Terceiros
Litisconsórcio, Assistência, Intervenção De Terceiros
 
Teoria dos recursos novo cpc
Teoria dos recursos   novo cpcTeoria dos recursos   novo cpc
Teoria dos recursos novo cpc
 
Nulidades no processo penal
Nulidades no processo penalNulidades no processo penal
Nulidades no processo penal
 
Recursos no processo civil
Recursos no processo civilRecursos no processo civil
Recursos no processo civil
 
Processo civil | Execução 1
Processo civil | Execução 1Processo civil | Execução 1
Processo civil | Execução 1
 
Inquérito Policial
Inquérito PolicialInquérito Policial
Inquérito Policial
 
Apostila resumo - pc-df (direito penal)
Apostila   resumo - pc-df (direito penal)Apostila   resumo - pc-df (direito penal)
Apostila resumo - pc-df (direito penal)
 
Medidas cautelares, prisão cautelar e liberdade provisória
Medidas cautelares, prisão cautelar e liberdade provisóriaMedidas cautelares, prisão cautelar e liberdade provisória
Medidas cautelares, prisão cautelar e liberdade provisória
 
108606969 mapas-mentais-direito-civil
108606969 mapas-mentais-direito-civil108606969 mapas-mentais-direito-civil
108606969 mapas-mentais-direito-civil
 
Modelo de apelacao
Modelo de apelacaoModelo de apelacao
Modelo de apelacao
 
Caderno de fluxogramas processo civil
Caderno de fluxogramas processo civilCaderno de fluxogramas processo civil
Caderno de fluxogramas processo civil
 
ENJ-100 Taller Recién Designado Juez de la Instrucción
ENJ-100 Taller Recién Designado Juez de la InstrucciónENJ-100 Taller Recién Designado Juez de la Instrucción
ENJ-100 Taller Recién Designado Juez de la Instrucción
 
Direito Processual do Trabalho
Direito Processual do TrabalhoDireito Processual do Trabalho
Direito Processual do Trabalho
 
Como elaborar agravo de instrumento
Como elaborar agravo de instrumentoComo elaborar agravo de instrumento
Como elaborar agravo de instrumento
 

Semelhante a Modelo de Recursos e Peças Processuais

STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...
STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...
STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...Luís Carlos Nunes
 
Decisão denegatório do r esp
Decisão denegatório do r espDecisão denegatório do r esp
Decisão denegatório do r espConversa Afiada
 
Direito Sao Bernardo InventáRio Julgado Stj 090828 Julgado 05
Direito Sao Bernardo   InventáRio   Julgado Stj   090828   Julgado 05Direito Sao Bernardo   InventáRio   Julgado Stj   090828   Julgado 05
Direito Sao Bernardo InventáRio Julgado Stj 090828 Julgado 05Pedro Kurbhi
 
Apelação cível. ação anulatória. processo
Apelação cível. ação anulatória. processoApelação cível. ação anulatória. processo
Apelação cível. ação anulatória. processoInforma Jurídico
 
Dano moral presumido - Overbooking
Dano moral presumido - OverbookingDano moral presumido - Overbooking
Dano moral presumido - OverbookingLuiz F T Siqueira
 
Toffoli anula decisão que absolveu promotor acusado de homicídio
Toffoli anula decisão que absolveu promotor acusado de homicídioToffoli anula decisão que absolveu promotor acusado de homicídio
Toffoli anula decisão que absolveu promotor acusado de homicídioR7dados
 
159445774 embargos-de-declaracao-genoino
159445774 embargos-de-declaracao-genoino159445774 embargos-de-declaracao-genoino
159445774 embargos-de-declaracao-genoinoCaren Azevedo
 
Materia de trabalho
Materia de trabalhoMateria de trabalho
Materia de trabalhomarlylucena
 
Materia de trabalho
Materia de trabalhoMateria de trabalho
Materia de trabalhomarlylucena
 
Justiça do Trabalho - Honorários advocatícios - Indenização - TRT/MG
Justiça do Trabalho - Honorários advocatícios - Indenização - TRT/MGJustiça do Trabalho - Honorários advocatícios - Indenização - TRT/MG
Justiça do Trabalho - Honorários advocatícios - Indenização - TRT/MGLuiz F T Siqueira
 
Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...
Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...
Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...Luís Carlos Nunes
 
Informativo 865 - Informativo Estratégico
Informativo 865 - Informativo EstratégicoInformativo 865 - Informativo Estratégico
Informativo 865 - Informativo EstratégicoRicardo Torques
 
Os embargos de declaração
Os embargos de declaração Os embargos de declaração
Os embargos de declaração Jamildo Melo
 
Acórdão rejeita Embargos de Declaração da defesa da DPF Érika
Acórdão rejeita Embargos de Declaração da defesa da DPF ÉrikaAcórdão rejeita Embargos de Declaração da defesa da DPF Érika
Acórdão rejeita Embargos de Declaração da defesa da DPF ÉrikaMarcelo Auler
 
Decisão STF no caso dos RPVPrecatório
Decisão STF no caso dos RPVPrecatórioDecisão STF no caso dos RPVPrecatório
Decisão STF no caso dos RPVPrecatórioFabio Motta
 
04 efeitos
04   efeitos04   efeitos
04 efeitosCrisTosh
 

Semelhante a Modelo de Recursos e Peças Processuais (20)

STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...
STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...
STF incia julgamento de recurso de Kiko. Decisão pode anulação os 19.273 voto...
 
Júri
JúriJúri
Júri
 
Acordao
AcordaoAcordao
Acordao
 
Decisão denegatório do r esp
Decisão denegatório do r espDecisão denegatório do r esp
Decisão denegatório do r esp
 
Direito Sao Bernardo InventáRio Julgado Stj 090828 Julgado 05
Direito Sao Bernardo   InventáRio   Julgado Stj   090828   Julgado 05Direito Sao Bernardo   InventáRio   Julgado Stj   090828   Julgado 05
Direito Sao Bernardo InventáRio Julgado Stj 090828 Julgado 05
 
Apelação cível. ação anulatória. processo
Apelação cível. ação anulatória. processoApelação cível. ação anulatória. processo
Apelação cível. ação anulatória. processo
 
Acórdão regimental
Acórdão regimentalAcórdão regimental
Acórdão regimental
 
Dano moral presumido - Overbooking
Dano moral presumido - OverbookingDano moral presumido - Overbooking
Dano moral presumido - Overbooking
 
Toffoli anula decisão que absolveu promotor acusado de homicídio
Toffoli anula decisão que absolveu promotor acusado de homicídioToffoli anula decisão que absolveu promotor acusado de homicídio
Toffoli anula decisão que absolveu promotor acusado de homicídio
 
Improbidade Administrativa - 2014.031181-0
Improbidade Administrativa - 2014.031181-0Improbidade Administrativa - 2014.031181-0
Improbidade Administrativa - 2014.031181-0
 
159445774 embargos-de-declaracao-genoino
159445774 embargos-de-declaracao-genoino159445774 embargos-de-declaracao-genoino
159445774 embargos-de-declaracao-genoino
 
Materia de trabalho
Materia de trabalhoMateria de trabalho
Materia de trabalho
 
Materia de trabalho
Materia de trabalhoMateria de trabalho
Materia de trabalho
 
Justiça do Trabalho - Honorários advocatícios - Indenização - TRT/MG
Justiça do Trabalho - Honorários advocatícios - Indenização - TRT/MGJustiça do Trabalho - Honorários advocatícios - Indenização - TRT/MG
Justiça do Trabalho - Honorários advocatícios - Indenização - TRT/MG
 
Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...
Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...
Gilmar Mendes pauta julgamento de suspeição de Sergio Moro na 2ª Turma para e...
 
Informativo 865 - Informativo Estratégico
Informativo 865 - Informativo EstratégicoInformativo 865 - Informativo Estratégico
Informativo 865 - Informativo Estratégico
 
Os embargos de declaração
Os embargos de declaração Os embargos de declaração
Os embargos de declaração
 
Acórdão rejeita Embargos de Declaração da defesa da DPF Érika
Acórdão rejeita Embargos de Declaração da defesa da DPF ÉrikaAcórdão rejeita Embargos de Declaração da defesa da DPF Érika
Acórdão rejeita Embargos de Declaração da defesa da DPF Érika
 
Decisão STF no caso dos RPVPrecatório
Decisão STF no caso dos RPVPrecatórioDecisão STF no caso dos RPVPrecatório
Decisão STF no caso dos RPVPrecatório
 
04 efeitos
04   efeitos04   efeitos
04 efeitos
 

Modelo de Recursos e Peças Processuais

  • 1. Tabela dos Recursos e Modelo 1- Resposta a acusação.........................................................................................................1 2- Memoriais........................................................................................................................2 3- Apelação..........................................................................................................................3 4- Rese ................................................................................................................................5 4- Revisão.........................................................................................................................7 1- Resposta a acusação Peça Competência Momento processual e hipóteses Teses Pedidos Observações Resposta a acusação (396 e 396 – A) Juiz da Vara (ou Juiz Federal) Depois da citação.  Nulidade (564, CPP, incompetência, ilegitimidade, falta de representação/ requisição, inépcia, faltade prova mínima.)  Extinção da punibilidade (107, CP)  Mérito (fato atípico, excludente da ilicitude, excludente da culpabilidade)  Desclassificação  Anulação a partir de...  Declarada a extinçãoda punibilidade;  Rejeição tardia da denúncia (395,CPP);  Absolvição sumária (397, CPP);  Ouça as testemunhas arroladas;  A absolvição da resposta a acusação é sempre SUMÁRIA do artigo 397 do CPP.  Verbo (apresentar)  Colocar rol de testemunhas; EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ..ª VARA CRIMINAL DA COMARCA DE ... “...”, já qualificado nos autos do processo número ... (ou já qualificado na denúncia oferecida pelo representante do Ministério Público), por seu advogado que esta subscreve (procuração anexa – doc. 1), respeitosamente se faz presente ante Vossa Excelência para apresentar RESPOSTA À ACUSAÇÃO, com fulcro nos artigos 396 e 396-A, ambos do Código de Processo Penal. I- DOS FATOS II- DO DIREITO III- DO PEDIDO Diante do exposto, requer... Por fim, não sendo essa a posição adotada, requer sejam ouvidas em audiência as testemunhas a seguir arroladas. Nesses termos, Pede deferimento. Local, data.
  • 2. ADVOGADO OAB Rol de testemunhas: 1- Nome (qualificação e endereço) 2- Nome (qualificação e endereço) 3- Nome (qualificação e endereço) 2- Memoriais Peça Competência Momento processual e hipóteses Teses Pedidos Observações Memoriais (403, §3º e 404 §único) Juiz da causa Depois da instrução criminal e antes da sentença. Hipóteses: 403, §3º e 404 §único. Duas hipóteses: a) prova nova e b) caso complexo  Nulidade (564, CPP)  Extinçãoda punibilidade (107, CP)  Mérito  Absolvição (386,CPP)  Desclassificação  Subsidiários: pena mínima, regime inicial mais brando, concessão de sursi, substituição da pena por restritiva de direito (44,CP), suspensão condicional do processo (77), fixado valor reduzido para reparaçãode dano (387,IV, CPP) e direito de recorrer em liberdade. Anulação a partir de... Declarada a extinção da punibilidade; Absolvição (386, CPP)  Subsidiários: todos das teses - desclassificação e redução da pena. Absolvição sempre no 386, CPP Memoriais no júri: Teses Pedidos Nulidade processual Anulação do processo Extinção da punibilidade Extinção da punibilidade Teses de mérito Absolvição (415. CPP) Teses subsidiárias de mérito Desclassificação ou redução da pena ou concessão de direito subjetivo negado. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ..ª VARA CRIMINAL DA COMARCA DE ... “...”, já qualificado nos autos do processo nº..., por seu advogado (procuração inclusa), vem, respeitosamente perante Vossa Excelência, apresentar MEMORIAIS com fulcro no artigo 403, parágrafo 3º, do Código de Processo Penal, pelos fatos e fundamentos a seguir expostos. I- DOS FATOS II- DOS DIREITOS III- DOS PEDIDOS
  • 3. Ante o exposto, requer a remessa dos autos ao Ministério Público, para que seja formulada proposta de suspensão condicional do processo (art. 89 da Lei 9.099/95). Caso assim não entenda Vossa Excelência, requer a anulação do processo, com fulcro no artigo 564, inciso ... do mesmo diploma legal. Em caso de afastamento das pretendidas nulidades, requer a absolvição do acusado, com base no art. 386, inciso ..., do CPP. Para eventualidade de ser o acusado condenado, requer a aplicação da pena – base no mínimo legal, afastando-se a agravante e reconhecendo-se a atenuante de ..., com a fixação de regime inicial aberto e a substituição por penas restritivas de direitos, concedendo-se “sursis” se negada tal substituição. Requer ainda a não fixação de valor mínimo para reparação de danos (), tendo em vista a inexistência de prejuízo para o ofendido [ou no valor mínimo] (art. 387, IV, do CPP), reconhecendo-se o direito de o acusado recorrer em liberdade (art. 387, §1º, do CPP). Termos em que, Pede deferimento. Local, data. Advogado OAB 3- Apelação Peça Competência Momentoprocessual e hipóteses Teses Pedidos Observações Apelação (593 e 416 CPP) Interposição: Juiz “a quo”. Razões dirigidas ao tribunal “ad quem” . Anexas à petição de juntada endereçada ao juiz “a quo”. Anexas à petição de juntada endereçada ao relator do recurso “ad quem”. Sentenças condenatória / absolutória OU Decisões definitivas (sem condenar/ sem absolver – que não caiba RESE); e no Júri – 1ª fase quando houver impronúncia ou de absolvição sumária e na segunda fase do Júri  Nulidade;  Extinção da punibilidade;  Absolvição (386, CPP);  Desclassificação  Redução de pena;  Benefício (sursi/ restritiva / regime aberto) Anulação a partir de... Declarada a extinção da punibilidade; Absolvição (386, CPP) Diminuição da pena;  Subsidiários: todos das teses - desclassificação e redução da pena. Peça dupla. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ...VARA CRIMINAL DA COMARCA DE .... “...”, já qualificado nos autos do processo crime nº ..., vem respeitosamente por seu advogado que esta subscreve, não se conformando com a respeitável sentença que o condenou como incurso nas penas do artigo..., do Código Penal perante Vossa Excelência, interpor recurso de APELAÇÃO, com fundamento no artigo 593, inciso ... (ou 416).
  • 4. Requer seja recebida e processada a presente apelação, e encaminhadas com as inclusas razões ao Egrégio Tribunal de Justiça. Termos em que, Pede deferimento. Local e data. Advogado OAB Apelante – “...” Apelada – Justiça Pública Processo nº ... Egrégio Tribunal Colenda Câmara Douto Procurador de Justiça Em que pese o indiscutível saber jurídico do MM. Juiz “a quo” impõe-se a reforma da r. sentença pelas razões de fato e de direito a seguir expostas. I- DOS FATOS II- DOS DIREITOS III- DO PEDIDO Ante o exposto, requer ... seja conhecido e provido o presente recurso para que se reforme a r. sentença a fim de que... Termos em que, Pede deferimento. Local e data. Advogado OAB APELAÇÃO DO JÚRI (2ª FASE): Tese: Pedido: Nulidade posterior a pronúncia (nulidade do júri, ex. cerceamento de defesa); Anulado o júri + seja realizado um novo júri; Juiz presidente contrariou a lei ou a decisão dos jurados; Retificação da decisão (593, §1º, CPP). Erro ou injustiça no tocante a pena; Retificação da decisão (593, §2º, CPP). Decisão dos jurados manifestamente contrária a prova dos autos Novo júri (593, §3º)
  • 5. 4- Rese Peça Competência Momento processual e hipóteses Teses Pedidos Observações RESE- pronúncia e desclassificação Interposição: Juiz da Vara do Júri. Razões: TJ Pronúncia As mesmas dos memoriais, ou seja, nulidade, extinção da punibilidade, impronúncia (414, CPP, não há prova da materialidade OU existência de indícios suficientes de autoria ou de participação), absolvição sumária * (415, CPP – olhar as hipóteses) e desclassificação (419, CPP) [5 itens]. Relacionados a tese. A eloquência acusatória pode ser alegada no RESE da pronúncia (já houve sentença). Cuidado: Deve citar o artigo 589 na petição de interposição (juízo de retratação). Cuidado 2 *: Se o sujeito alega inimputabilidade e outra tese e não comprova a segunda tese = pronúncia (os jurados vão decidir se ele estava em legitima defesa ou não), se reconhece a inimputabilidade, nãopode avaliar se houve legítima defesa. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ... VARA DO JÚRI DA COMARCA ... “...”, já qualificado nos autos do processo nº ..., por seu advogado que esta subscreve, inconformado com a respeitável decisão que o pronunciou pelo crime de ... Código Penal, respeitosamente se faz presente ante Vossa Excelência para interpor RECURSOS EM SENTIDO ESTRITO, com fulcro no artigo 581, IV, do Código de Processo Penal. Caso Vossa Excelência mantenha a respeitável decisão (artigo 589, Código de Processo Penal). Requer seja o presente recurso recebido e processado com as inclusas razões, a serem encaminhadas ao Egrégio Tribunal. Nestes termos, pede deferimento. Local, Data. Advogado OAB RAZÕES DE RECURSO EM SENTIDO ESTRITO Recorrente: “...” Recorrida: Justiça Pública Processo nº ... Egrégio Tribunal de Justiça do Estado ... Colenda câmara, Douta procuradoria. Em que pese o indiscutível saber jurídico do douto magistrado “a quo”, merece ser reformada sua decisão, pelas razões de fato e de Direito, a segui expostas.
  • 6. I- DOS FATOS II- DO DIREITO III- DO PEDIDO Diante do exposto, requer seja o presente recurso conhecido e provido, a fim de que seja o recorrente absolvido sumariamente, nos termos do artigo 415, inciso ..., do CPP ou, não sendo esse o entendimento de Vossas Excelências, seja ele impronunciado, nos termos do artigo 414, do CPP, como medida de Justiça. Local, data. Advogado OAB
  • 7. 4- Revisão REVISÃO CRIMINAL CONTRA A DECISÃO DA SEGUNDA FASE DO JÚRI (621, inciso ...):  Pedidos:  Nulidade;  Extinção da punibilidade;  Absolvição do 386, CPP;  Desclassificação;  Benefícios da pena  Reconhecimento de indenização;  OU realização de novo júri, em respeito ao princípio constitucional da soberania dos veredictos (não é absoluto). EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE... “...”, nacionalidade, estado civil, profissão, endereço, filiação, RG ..., CPF..., por seu advogado que esta subscreve (procuração anexa – doc ...), inconformado com a respeitável decisão do juiz de Direito da ... Vara Criminal da Comarca de ..., que condenou pela prática do crime previsto no artigo .. CP, para propor REVISÃO CRIMINAL com fulcro no artigo 621, ..., do CPP. I- DOS FATOS O revisionando ... II- DOS DIREITOS DO PEDIDO Diante do exposto, requer seja julgado procedente o presente pedido, a fim de que, nos termos do artigo 626 do CPP, seja desclassificado o crime para... Peça Competência Momento processual e hipóteses Teses Pedidos Observações REVISÃO (621, CPP) Peça única - Regra Tribunal de Segunda Instâncai Processo transitou em julgado. Art. 621 do CPP. Nulidade processual; Extinguir a punibilidade Tese de mérito; Subsidiária de mérito; Desclassificar Absolver Diminuir a pena Anular o processo; Extinçãoda punibilidade; Absolvição; Desclassificação ouredução de pena; - Pedido – ARTIGO 626 DO CPP; - Direito de recorrer em liberdade; - Pode ser requerido o direito a justa indenização. - Atenção o tribunal fixará o direito à indenização, mas, não fixará o valor da indenização, o valor será arbitrado em liquidação de sentença na Vara da Fazenda Pública. - Qualificar. - Peça única
  • 8. Em decorrência dessa desclassificação, requer seja declara nulidade “ab initio” do processo, nos termos do artigo ... do CPP. Requer sejam os autos remetidos ao Juizado Especial Criminal, para que a vítima ofereça a representação se ainda houver o prazo decadencial de 6 meses. Requer seja reconhecido o direito a indenização, nos termos do artigo 630 do CPP. Nestes termos, Pede deferimento. Local, data. Advogado OAB