Permuta de Ativos - Enersul e Rede Lajeado




                                             1
Aviso Importante

Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados
futu...
Sumário da Transação

A transação contempla uma troca de ativos sem pagamento adicional

                 Energias do Bras...
Lajeado – Descrição Preliminar do Consórcio


Descrição da Companhia
 A Usina Hidrelétrica Luis Eduardo Magalhães (“UHE La...
Estrutura Societária Atual de Rede Lajeado / Investco

Após o fechamento da transação, a ENBR passará a deter (i) as parti...
Participações Alvo da Transação

 A ENBR passará a deter participação econômica de (i) 45,1% em Rede Lajeado S.A. e (ii) 1...
Estrutura Societária Pós-Transação
A ENBR passará a consolidar 100% de Rede Lajeado S.A. e da Investco

Rede Lajeado / Inv...
Impacto nas Operações da Energias do Brasil
A operação resultará em maior peso de geração no portfolio da ENBR em termos
o...
Relações com Investidores
    Tel.: 55 11 2185-5907
       ri@enbr.com.br
www.energiasdobrasil.com.br




                ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Permuta de Ativos - Enersul e Rede Lajeado

722 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre a permuta de um lado pela EDP Energias do Brasil, da totalidade da participação societária detida na Enersul, e do outro pelo Grupo Rede, das participações societárias na Rede Lajeado Energia S.A., Investco S.A., e Tocantins Energia S.A.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
722
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Permuta de Ativos - Enersul e Rede Lajeado

  1. 1. Permuta de Ativos - Enersul e Rede Lajeado 1
  2. 2. Aviso Importante Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e internacional. Essas declarações estão baseadas em certas suposições e análises feitas pela Companhia de acordo com a sua experiência e o ambiente econômico e nas condições de mercado e nos eventos futuros esperados, muitos dos quais estão fora do controle da Companhia. Fatores importantes que podem levar a diferenças significativas entre os resultados reais e as declarações de expectativas sobre eventos ou resultados futuros incluem a estratégia de negócios da Companhia, as condições econômicas brasileira e internacional, tecnologia, estratégia financeira, desenvolvimentos da indústria de serviços públicos, condições hidrológicas, condições do mercado financeiro, incerteza a respeito dos resultados de suas operações futuras, planos, objetivos, expectativas e intenções, entre outros. Em razão desses fatores, os resultados reais da Companhia podem diferir significativamente daqueles indicados ou implícitos nas declarações de expectativas sobre eventos ou resultados futuros. As informações e opiniões aqui contidas não devem ser entendidas como recomendação a potenciais investidores e nenhuma decisão de investimento deve se basear na veracidade, atualidade ou completude dessas informações ou opiniões. Nenhum dos assessores da Companhia ou partes a eles relacionadas ou seus representantes terá qualquer responsabilidade por quaisquer perdas que possam decorrer da utilização ou do conteúdo desta apresentação. Este material inclui declarações sobre eventos futuros sujeitas a riscos e incertezas, as quais baseiam-se nas atuais expectativas e projeções sobre eventos futuros e tendências que podem afetar os negócios da Companhia. Essas declarações incluem projeções de crescimento econômico e demanda e fornecimento de energia, além de informações sobre posição competitiva, ambiente regulatório, potenciais oportunidades de crescimento e outros assuntos. Inúmeros fatores podem afetar adversamente as estimativas e suposições nas quais essas declarações se baseiam. 2
  3. 3. Sumário da Transação A transação contempla uma troca de ativos sem pagamento adicional Energias do Brasil Grupo Rede Permuta de Ativos – Participação detida pelo Grupo Rede nas seguintes empresas: • Rede Lajeado S/A (“Rede Lajeado”) • Investco S/A (“Investco”) – Alinhamento com o Equity Story da Energias do Brasil • Balanceamento do portfolio da Energias do Brasil com ampliação da presença em geração Racional para – Elevado interesse estratégico do ativo a Energias do • A Energias do Brasil participa de sua operação desde a Brasil inauguração • Possibilidade de consolidação integral de ativo no qual o grupo atualmente detém participação minoritária • Inexistência do risco de construção 3
  4. 4. Lajeado – Descrição Preliminar do Consórcio Descrição da Companhia A Usina Hidrelétrica Luis Eduardo Magalhães (“UHE Lajeado”), localizada no estado de Tocantins, é detida e operada pela Investco, tendo iniciado suas operações em 2001 Seu contrato de concessão tem prazo de 35 anos (vencimento em dezembro de 2032) Rede Lajeado, EDP Lajeado, CEB Lajeado e Paulista Lajeado (em conjunto “Lajeados”) comercializam a energia gerada pela UHE - A divisão do montante de energia elétrica comercializada se dá em proporção à participação no capital votante - Cada uma das “Lajeados” possui PPAs independentes com distribuidoras e/ou comercializadoras de energia No âmbito do consórcio, a Investco tem função de operador da UHE Lajeado, sendo responsável, por exemplo, por despesas operacionais, serviço e amortização da dívida e realização de investimentos Para cobrir suas necessidades de caixa, a Investco recebe receita de arrendamento das “Lajeados”, baseada em contrato estabelecido entre as partes em 2001 Este pagamento é calculado da seguinte forma: (Despesas Operacionais) + (12% do Ativo Imobilizado Líquido) Fluxos Financeiros na Operação da UHE Lajeado Distribuidoras/ Distribuidoras/ Distribuidoras/ Distribuidoras/ Comercializadoras Comercializadoras Comercializadoras Comercializadoras Paulista Lajeado Rede Lajeado EDP Lajeado CEB Lajeado (CPFL) Investco PPAs Arrendamento 4
  5. 5. Estrutura Societária Atual de Rede Lajeado / Investco Após o fechamento da transação, a ENBR passará a deter (i) as participações diretas de Rede S/A e Rede Power em Rede Lajeado (aprox. 47,2%), (ii) aprox. 50,9% de Tocantins Energia, e (iii) ações PN representando 2,2% do capital total de Investco Governo de Rede S/A Tocantins ON: 49,4% T: 29,6% ON: 100% T: 100% ON: 30,0% T: 49,1% Rede Power ON: 29,4% T: 17,6% ON: 70,0% T: 50,9% Energias do Brasil Eletrobrás Eletrobrás Tocantins Energia ON: 100,0% T: 59,9% PN: 100,0% T: 40,1% ON: 21,2% T: 12,7% EDP Lajeado CEB Lajeado Paulista Lajeado Rede Lajeado Outros ON: 20,0% ON: 27,7% T: 23,4% ON: 20,0% T: 17,0% ON: 7,0% T: 5,9% ON: 45,3% T: 38,9% ON: 0% T: 12,6% ON: 0% T: 2,2% Investco UHE Lajeado Companhias envolvidas na transação 5
  6. 6. Participações Alvo da Transação A ENBR passará a deter participação econômica de (i) 45,1% em Rede Lajeado S.A. e (ii) 19,7% do capital acionário da Investco Participação Adquirida em Rede Lajeado Participação Adquirida em Investco (+) Participação (x) Participação (+) Participação (+) Participação Participação Direta Direta Tocantins Econômica em Rede Direta Rede S/A Direta Rede Power Rede Lajeado Energia ¹ Lajeado 29,6% 17,6% 6,5% 38,9% 45,1% (=) Participação Participação via Contábil Total Rede Lajeado 53,7% 17,5% Participação Participação Econômica da Contábil Eletrobrás (+) Participação Eletrobrás ² Direta Rede S/A 49,7% 40,1% 2,2% Participação Econômica em Rede Participação Lajeado ³ Econômica em 45,1% Investco 19,7% ¹ (=) Part. Tocantins Energia em Rede Lajeado (12,7%) x Part. G.R. em Tocantins Energia (50,9%) ² Prevista em Acordo de Acionistas ³ (=) 50,3% x 53,7% / 59,9% Nota: Há um acordo de acionistas em Rede Lajeado que determina participações econômicas sobre os fluxos de caixa disponíveis aos acionistas: - Eletrobrás: 49,7% - Rede S/A, Rede Power e Tocantins Energia: 50,3% Ao excluirmos o efeito da participação de Tocantins Energia, considerando somente a participação econômica do Grupo Rede, chega-se ao valor de 45,1% 6
  7. 7. Estrutura Societária Pós-Transação A ENBR passará a consolidar 100% de Rede Lajeado S.A. e da Investco Rede Lajeado / Investco Energias do Brasil ON: 70,0% T: 50,9% Tocantins Energia Eletrobrás ON: 100,0% T: 59,9% ON: 78,8% T: 47,2% ON: 21,2% T: 12,7% PN: 100,0% T: 40,1% EDP Lajeado Rede Lajeado CEB Lajeado Paulista Lajeado Outros ON: 20,0% ON: 27,7% T: 23,4% ON: 45,3% T: 38,9% ON: 20,0% T: 17,0% ON: 7,0% T: 5,9% ON: 0% T: 12,6% ON: 0% T: 2,2% Investco UHE Lajeado 7
  8. 8. Impacto nas Operações da Energias do Brasil A operação resultará em maior peso de geração no portfolio da ENBR em termos operacionais e financeiros Participação no EBITDA Impacto na Dívida Líquida - 2007 2007 2007 Consolidado Pós-Transação¹ ² 1.879 603 426 1.703 Geração 39% Distribuição 23 43% Geração Distribuição 57% 61% Dívida Distribuição EDP Lajeado ENB R P ro - EBITDA: R$1.123 MM EBITDA: R$1.139 MM Líquida Lajeado Fo rma ENB R (caixa líq.) Destaques Operacionais 2007 2007 Consolidado Pós-Transação¹ Geração Geração Capacidade Instalada (MW) 1.043 Capacidade Instalada (MW) 1.696 Energia Assegurada (MW médio) 645 Energia Assegurada (MW médios) 1.026 Distribuição Distribuição Energia Distribuída (GWh) 25.029 Energia Distribuída (GWh) 21.756 # Clientes (mil) 3.207 # Clientes (mil) 2.497 1 Assumindo Consolidação de 100% de Investco, Rede Lajeado e EDP Lajeado 2 Assumindo EBITDA de Enersul de R$193 MM, com exclusão de itens extraordinários 8
  9. 9. Relações com Investidores Tel.: 55 11 2185-5907 ri@enbr.com.br www.energiasdobrasil.com.br 9

×