SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
BIOLOGIA
Professor: Edimar Lopes
Bases Nitrogenadas
As bases nitrogenadas são compostos
constituídos por anéis, levemente alcalinos, que
contêm nitrogênio. Juntamente com uma pentose
(molécula de açúcar com cinco carbonos) eu um
fosfato compõem o nucleotídeo, subunidade
dos ácidos nucleicos DNA e RNA. São
classificadas em dois
grupos: purinas e pirimidinas.
As purinas, adenina (A) e guanina (G),
são maiores e contém mais de um anel, ao
contrário das pirimidinas, citosina (C), uracila (U)
e timina (T), que são menores e compostas
apenas por um anel. Ambas se combinam
especificamente para formar o nucleotídeo,
assim, adenina e timina, citosina e guanina, duas
purinas e duas pirimidinas, se ligam por meio
de pontes de hidrogênio, para formar o DNA, e,
nesse mesmo arranjo, substituindo a timina pela
uracila, têm-se o RNA.
Os grupos funcionais mais importantes
das purinas e pirimidinas são os nitrogênios do
anel, os grupos carbonilas e amino exocíclicos. As
pontes de hidrogênio ocorrem entre os grupos
amino e carbonila e permitem
uma associação complementar de duas (e
ocasionalmente de três ou quatro) fitas de ácidos
nucleicos. Os padrões mais importantes de
pontes de hidrogênio são aqueles definidos por
James D. Watson e Francis Crick em 1953, em
que A se liga especificamente a T (ou U) e G se
liga a C. Esses dois tipos de pareamentos de
bases predominam nas fitas duplas de DNA e
RNA, e os tautômeros (isômeros de conversão
simples, que se diferem entre si apenas pela
posição do hidrogênio) são responsáveis por
esses padrões. É esse pareamento de bases
específico que permite a duplicação da
informação genética.
As bases, tanto purinas quanto
pirimidinas, têm caráter hidrofóbico e são
relativamente insolúveis nos pHs próximos à
neutralidade das células. Em pHs ácidos ou
alcalinos, as bases se tornam carregadas e sua
solubilidade na água aumenta.
Geralmente se encontram empilhadas
(como um empilhamento de moedas), em que os
planos de seus anéis se posicionam
paralelamente, o que envolve uma combinação
de interações van der Walls e dipolo-dipolo entre
as mesmas. Esse empilhamento também ajuda a
diminuir o contato das bases com a água, além
de ajudar a manter a estrutura tridimensional
dos ácidos nucleicos.
Essas bases possuem uma variedade de
propriedades químicas que afetam tanto a
estrutura quanto a função dos ácidos nucleicos.
As purinas e as pirimidinas comuns no DNA e
RNA são moléculas altamente conjugadas, uma
propriedade com consequências importantes
também para a distribuição eletrônica e a
absorção dos ácidos nucleicos.
FITA DE DNA
RELAÇÃO PROPORCIONAL DE BASES
NITROGENADAS
DUPLICAÇÃO DO DNA
DUPLICAÇÃO SEMICONSERVATIVA
Cada três letras (uma trinca de
bases) do DNA corresponde a um
aminoácido. Nesse caso, haveria 64
combinações possíveis de três
letras, o que seria mais do que
suficiente para codificar os vinte tipos
diferentes de aminoácidos.
O código genético do DNA se
expressa por trincas de bases, que
foram denominadas códons. Cada
códon, formado por três letras,
corresponde a um certo aminoácido.
O códon AUG, que codifica para o aminoácido metionina, também significa início
de leitura, ou seja, é um códon que indica aos ribossomos que é por esse trio de bases
que deve ser iniciada a leitura do RNAm.
Note que três códons não especificam nenhum aminoácido. São os
códons UAA, UAG e UGA, chamados de códons e parada durante a
“leitura” (ou stop códons) do RNA pelos ribossomos, na síntese proteica.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 1 origem e evolução das células
Aula 1   origem e evolução das célulasAula 1   origem e evolução das células
Aula 1 origem e evolução das célulasNayara de Queiroz
 
Bioquimica de alimentos proteases
Bioquimica de alimentos   proteasesBioquimica de alimentos   proteases
Bioquimica de alimentos proteasesUERGS
 
Terceira semana gastrulação
Terceira semana gastrulaçãoTerceira semana gastrulação
Terceira semana gastrulaçãoJoão Monteiro
 
Aula estrutura, função e evolução das células
Aula estrutura, função e evolução das célulasAula estrutura, função e evolução das células
Aula estrutura, função e evolução das célulasivone pereira da silva
 
Tecido muscular - Super Super Med
Tecido muscular - Super Super MedTecido muscular - Super Super Med
Tecido muscular - Super Super Medemanuel
 
Bioquimica. agua
Bioquimica. aguaBioquimica. agua
Bioquimica. aguaNaisa Leal
 
Sistema nervososensorialsomatico
Sistema nervososensorialsomaticoSistema nervososensorialsomatico
Sistema nervososensorialsomaticoDouglas Tudella
 
Divisão Celular (Power Point)
Divisão Celular (Power Point)Divisão Celular (Power Point)
Divisão Celular (Power Point)Bio
 
áCidos Nucleicos
áCidos NucleicosáCidos Nucleicos
áCidos NucleicosTânia Reis
 
Aula vi.coluna vertebral . part. i
Aula vi.coluna vertebral . part. iAula vi.coluna vertebral . part. i
Aula vi.coluna vertebral . part. ifernando
 
MORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO - MÚSCULOS
MORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO - MÚSCULOSMORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO - MÚSCULOS
MORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO - MÚSCULOSGabrielaSoares07
 
4.1.2.mod.a4.1. sintese proteica
4.1.2.mod.a4.1. sintese proteica4.1.2.mod.a4.1. sintese proteica
4.1.2.mod.a4.1. sintese proteicaLeonor Vaz Pereira
 

Mais procurados (20)

Aula 1 origem e evolução das células
Aula 1   origem e evolução das célulasAula 1   origem e evolução das células
Aula 1 origem e evolução das células
 
Bioquimica de alimentos proteases
Bioquimica de alimentos   proteasesBioquimica de alimentos   proteases
Bioquimica de alimentos proteases
 
Mitocôndrias e respiração celular
Mitocôndrias e respiração celularMitocôndrias e respiração celular
Mitocôndrias e respiração celular
 
Carboidratos alunos
Carboidratos alunosCarboidratos alunos
Carboidratos alunos
 
Acidentes ósseos
Acidentes ósseosAcidentes ósseos
Acidentes ósseos
 
Aula citoplasma
Aula citoplasmaAula citoplasma
Aula citoplasma
 
Terceira semana gastrulação
Terceira semana gastrulaçãoTerceira semana gastrulação
Terceira semana gastrulação
 
Aula estrutura, função e evolução das células
Aula estrutura, função e evolução das célulasAula estrutura, função e evolução das células
Aula estrutura, função e evolução das células
 
Biologia molecular
Biologia molecularBiologia molecular
Biologia molecular
 
Tecido muscular - Super Super Med
Tecido muscular - Super Super MedTecido muscular - Super Super Med
Tecido muscular - Super Super Med
 
Bioquimica. agua
Bioquimica. aguaBioquimica. agua
Bioquimica. agua
 
Aula de gametogenese
Aula de gametogeneseAula de gametogenese
Aula de gametogenese
 
Sistema nervososensorialsomatico
Sistema nervososensorialsomaticoSistema nervososensorialsomatico
Sistema nervososensorialsomatico
 
Citoesqueleto 2
Citoesqueleto 2Citoesqueleto 2
Citoesqueleto 2
 
Divisão Celular (Power Point)
Divisão Celular (Power Point)Divisão Celular (Power Point)
Divisão Celular (Power Point)
 
Bioquimica das proteínas
Bioquimica das proteínasBioquimica das proteínas
Bioquimica das proteínas
 
áCidos Nucleicos
áCidos NucleicosáCidos Nucleicos
áCidos Nucleicos
 
Aula vi.coluna vertebral . part. i
Aula vi.coluna vertebral . part. iAula vi.coluna vertebral . part. i
Aula vi.coluna vertebral . part. i
 
MORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO - MÚSCULOS
MORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO - MÚSCULOSMORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO - MÚSCULOS
MORFOLOGIA CABEÇA E PESCOÇO - MÚSCULOS
 
4.1.2.mod.a4.1. sintese proteica
4.1.2.mod.a4.1. sintese proteica4.1.2.mod.a4.1. sintese proteica
4.1.2.mod.a4.1. sintese proteica
 

Semelhante a Bases nitrogenadas

áCidos nucléicos
áCidos nucléicosáCidos nucléicos
áCidos nucléicosMarcos Lima
 
35820_0694d561081bad1143bb92ceda3237d6 (1) (1).pdf
35820_0694d561081bad1143bb92ceda3237d6 (1) (1).pdf35820_0694d561081bad1143bb92ceda3237d6 (1) (1).pdf
35820_0694d561081bad1143bb92ceda3237d6 (1) (1).pdfVictorSampaio37
 
Acidos Nucleicos
Acidos NucleicosAcidos Nucleicos
Acidos Nucleicosguest9f0cbd
 
Composição e estrutura do rna
Composição e estrutura do rnaComposição e estrutura do rna
Composição e estrutura do rnaMarta Espada
 
áCidos nucleicos
áCidos nucleicosáCidos nucleicos
áCidos nucleicosbioxana7
 
Estrutura dos ácidos nucleicos
Estrutura dos ácidos nucleicosEstrutura dos ácidos nucleicos
Estrutura dos ácidos nucleicosMarta Espada
 
Ácidos Nucleicos - resumão
Ácidos Nucleicos -   resumãoÁcidos Nucleicos -   resumão
Ácidos Nucleicos - resumãoMagali Feldmann
 
áCidos nucléicos 1ºa
áCidos nucléicos 1ºaáCidos nucléicos 1ºa
áCidos nucléicos 1ºanaymarques
 
Cláudia Silva Poster STC
Cláudia Silva  Poster STCCláudia Silva  Poster STC
Cláudia Silva Poster STCEFAG
 
áCidos nucléicos dna e rna
áCidos nucléicos   dna e rnaáCidos nucléicos   dna e rna
áCidos nucléicos dna e rnaSilvana Sanches
 

Semelhante a Bases nitrogenadas (20)

Genética DNA & RNA
Genética DNA & RNAGenética DNA & RNA
Genética DNA & RNA
 
Citologia dna e rna 1º ano 2º bimestre
Citologia dna e rna 1º ano 2º bimestreCitologia dna e rna 1º ano 2º bimestre
Citologia dna e rna 1º ano 2º bimestre
 
áCidos nucléicos
áCidos nucléicosáCidos nucléicos
áCidos nucléicos
 
58c7eae02d1e0
58c7eae02d1e058c7eae02d1e0
58c7eae02d1e0
 
áCidos nucléicos
áCidos nucléicosáCidos nucléicos
áCidos nucléicos
 
35820_0694d561081bad1143bb92ceda3237d6 (1) (1).pdf
35820_0694d561081bad1143bb92ceda3237d6 (1) (1).pdf35820_0694d561081bad1143bb92ceda3237d6 (1) (1).pdf
35820_0694d561081bad1143bb92ceda3237d6 (1) (1).pdf
 
Acidos Nucleicos
Acidos NucleicosAcidos Nucleicos
Acidos Nucleicos
 
Ácidos nucléicos
Ácidos nucléicosÁcidos nucléicos
Ácidos nucléicos
 
Estrutura do dna
Estrutura do dnaEstrutura do dna
Estrutura do dna
 
Composição e estrutura do rna
Composição e estrutura do rnaComposição e estrutura do rna
Composição e estrutura do rna
 
áCidos nucleicos
áCidos nucleicosáCidos nucleicos
áCidos nucleicos
 
áCidos nucleicos
áCidos nucleicosáCidos nucleicos
áCidos nucleicos
 
Estrutura dos ácidos nucleicos
Estrutura dos ácidos nucleicosEstrutura dos ácidos nucleicos
Estrutura dos ácidos nucleicos
 
Ácidos Nucleicos - resumão
Ácidos Nucleicos -   resumãoÁcidos Nucleicos -   resumão
Ácidos Nucleicos - resumão
 
áCidos nucléicos 1ºa
áCidos nucléicos 1ºaáCidos nucléicos 1ºa
áCidos nucléicos 1ºa
 
Cláudia Silva Poster STC
Cláudia Silva  Poster STCCláudia Silva  Poster STC
Cláudia Silva Poster STC
 
Acidos nucleicos
Acidos nucleicosAcidos nucleicos
Acidos nucleicos
 
Ácidos Nucleicos
Ácidos NucleicosÁcidos Nucleicos
Ácidos Nucleicos
 
áCidos nucléicos dna e rna
áCidos nucléicos   dna e rnaáCidos nucléicos   dna e rna
áCidos nucléicos dna e rna
 
áCidos nucléicos
áCidos nucléicosáCidos nucléicos
áCidos nucléicos
 

Último

HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 

Último (20)

HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 

Bases nitrogenadas

  • 1. BIOLOGIA Professor: Edimar Lopes Bases Nitrogenadas As bases nitrogenadas são compostos constituídos por anéis, levemente alcalinos, que contêm nitrogênio. Juntamente com uma pentose (molécula de açúcar com cinco carbonos) eu um fosfato compõem o nucleotídeo, subunidade dos ácidos nucleicos DNA e RNA. São classificadas em dois grupos: purinas e pirimidinas. As purinas, adenina (A) e guanina (G), são maiores e contém mais de um anel, ao contrário das pirimidinas, citosina (C), uracila (U) e timina (T), que são menores e compostas apenas por um anel. Ambas se combinam especificamente para formar o nucleotídeo, assim, adenina e timina, citosina e guanina, duas purinas e duas pirimidinas, se ligam por meio de pontes de hidrogênio, para formar o DNA, e, nesse mesmo arranjo, substituindo a timina pela uracila, têm-se o RNA. Os grupos funcionais mais importantes das purinas e pirimidinas são os nitrogênios do anel, os grupos carbonilas e amino exocíclicos. As pontes de hidrogênio ocorrem entre os grupos amino e carbonila e permitem uma associação complementar de duas (e ocasionalmente de três ou quatro) fitas de ácidos nucleicos. Os padrões mais importantes de pontes de hidrogênio são aqueles definidos por James D. Watson e Francis Crick em 1953, em que A se liga especificamente a T (ou U) e G se liga a C. Esses dois tipos de pareamentos de bases predominam nas fitas duplas de DNA e RNA, e os tautômeros (isômeros de conversão simples, que se diferem entre si apenas pela posição do hidrogênio) são responsáveis por esses padrões. É esse pareamento de bases específico que permite a duplicação da informação genética. As bases, tanto purinas quanto pirimidinas, têm caráter hidrofóbico e são relativamente insolúveis nos pHs próximos à neutralidade das células. Em pHs ácidos ou alcalinos, as bases se tornam carregadas e sua solubilidade na água aumenta. Geralmente se encontram empilhadas (como um empilhamento de moedas), em que os planos de seus anéis se posicionam paralelamente, o que envolve uma combinação de interações van der Walls e dipolo-dipolo entre as mesmas. Esse empilhamento também ajuda a diminuir o contato das bases com a água, além de ajudar a manter a estrutura tridimensional dos ácidos nucleicos. Essas bases possuem uma variedade de propriedades químicas que afetam tanto a estrutura quanto a função dos ácidos nucleicos. As purinas e as pirimidinas comuns no DNA e RNA são moléculas altamente conjugadas, uma propriedade com consequências importantes também para a distribuição eletrônica e a absorção dos ácidos nucleicos.
  • 2. FITA DE DNA RELAÇÃO PROPORCIONAL DE BASES NITROGENADAS DUPLICAÇÃO DO DNA DUPLICAÇÃO SEMICONSERVATIVA Cada três letras (uma trinca de bases) do DNA corresponde a um aminoácido. Nesse caso, haveria 64 combinações possíveis de três letras, o que seria mais do que suficiente para codificar os vinte tipos diferentes de aminoácidos. O código genético do DNA se expressa por trincas de bases, que foram denominadas códons. Cada códon, formado por três letras, corresponde a um certo aminoácido.
  • 3. O códon AUG, que codifica para o aminoácido metionina, também significa início de leitura, ou seja, é um códon que indica aos ribossomos que é por esse trio de bases que deve ser iniciada a leitura do RNAm. Note que três códons não especificam nenhum aminoácido. São os códons UAA, UAG e UGA, chamados de códons e parada durante a “leitura” (ou stop códons) do RNA pelos ribossomos, na síntese proteica.