Teoria da ação comunicativa no contexto da cibercultura

381 visualizações

Publicada em

O uso da cibercultura contextualizando a ação comunicativa.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
381
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teoria da ação comunicativa no contexto da cibercultura

  1. 1. Teoria da ação comunicativa no contexto da Cibercultura
  2. 2. Teoria da ação comunicativa “teoria da educação assentada no diálogo e na participação, visando a emancipação dos sujeitos” (LIBÂNEO, 2005).
  3. 3. Teoria da ação comunicativa Desenvolvida pelo alemão Jurgen Habermas, filósofo e sociólogo, a teoria da ação comunicativa “Realça no agir pedagógico a ação comunicativa, entendida como interação entre sujeitos por meio do diálogo para se chegar a um entendimento e cooperação entre as pessoas nos seus vários contextos de existência.” (LIBÂNEO, 2005).
  4. 4. Cibercultura Entende-se por cibercultura as tecnologias que envolve a nossa sociedade e que nos conectam podendo interagir culturalmente por este meio. Este meio chama-se ciberespaço no qual são os espaços virtuais existentes.
  5. 5. Cibercultura e Teoria da ação comunicativa A teoria da ação comunicativa é “assentada no diálogo e na participação, visando a emancipação dos sujeitos” (LIBÂNEO, 2005), pensando na cibercultura, podemos destacar os fóruns virtuais para estimular a comunicação de nossos alunos.
  6. 6. Cibercultura e Teoria da ação comunicativa A visão da teoria da ação comunicativa visa que o aluno seja emancipado. O uso do software pode auxiliar nesta emancipação.
  7. 7. Cibercultura e Teoria da ação comunicativa Utilizando o GeoGebra podemos perceber que se pode emancipar o aluno. Fazendo com que ele descubra através das ferramentas pré apresentadas, diversos modelos gráficos junto as fórmulas.
  8. 8. Cibercultura e Teoria da ação comunicativa A aplicabilidade das planilhas do Geogebra é variada. Apresento aqui uma atividade que pode ser trabalhadas no Ensino de Matemática com a utilização das planilhas visando os conceitos da teoria da ação comunicativa. Ensinar a função afim com o recurso das planilhas do Geogebra facilita na visualização dos gráficos, dos coeficientes e como a função se comporta. Através deste recursos podemos fazer uma interação entre os alunos e também emancipar para o uso do programa para resolução de outras atividades.
  9. 9. Cibercultura e Teoria da ação comunicativa
  10. 10. Cibercultura e Teoria da ação comunicativa Trabalhar com o Geogebra é simples, o software é gratuito sendo adaptado em qualquer escola, pública ou particular, tem disponibilidade de uso em vários sistemas operacionais.Os professores podem usufruir deste recurso em sala de aula, para que o aluno se amancipe para utilização e também tenha efetiva participação em aula.
  11. 11. Conclusão O uso da cibercultura auxilia na aplicabilidade da teoria da ação comunicativa, já que a tecnologia está a nossa volta e em constante crescimento. Dentre outros softwares aqui não apresentados, existe uma diversidade de ferramentas que se utilizadas com precisão e que sejam de conhecimento e domínio do professor podem ajudar no ensino e propiciar uma aprendizagem mais efetiva. Em relação a teoria da ação comunicativa, a cibecultura ajuda a chegar ao objetivo da proposta de assentar o diálogo e a participação do aluno, visando a sua emancipação.
  12. 12. Referências: LIBÂNEO, José C. . As teorias pedagógicas modernas revisitadas pelo debate contemporâneo na Educação. In: Libâneo, José C.;Santos, Akiko. (Org.). Educação na era do conhecimento em rede e transdisciplinaridade. 1ed.Campinas (SP): Alínea, 2005, v. 1, p. 19-62. SANTOS, Edméa. O. . A cibercultura e a educação em tempos de mobilidade e redes sociais: conversando com os cotidianos. In: FONTOURA, Helena;SILVA, Marco. (Org.). Práticas Pedagógicas, Linguagem e Mídias Desafios à Pós-graduação em Educação em suas múltiplas dimensões. 1ed.Rio de Janeiro: ANPED NACIONAL, 2011, v. 1, p. 138-160. HOHENWARTER, Markus; HOHENWARTER, Judith. Ajuda GeoGebra: Manual Oficial da Versão 3.2. Tradução de António Ribeiro. 2009. Disponível em: <http://www.geogebra.org>. Acessado em: 28 de agosto de 2014.

×