SlideShare uma empresa Scribd logo
O Poder de Jesus Cristo sobre os Demônios
Uma exposição bíblica e
cristocêntrica do Evangelho, da
misericórdia e do amor de Deus
pela humanidade, através da vida
e obra de Jesus, o filho do Homem.
Lucas
3º Trimestre
Ano 2019
Lição 1 – Lucas e seu Evangelho
Lição 2 – O Espírito Santo no Evangelho de Lucas
Lição 3 – Lucas o Evangelho da Alegria
Lição 4 – O Poder de Jesus Cristo sobre os
Demônios
Lição 5 – A Autoridade e o Poder Demonstrados
por Jesus
Lição 6 – O Discípulo Diligente
Lição 7 – O Valor do Indivíduo
Lição 8 – O Dever de Orar Sempre
Lição 9 – Recebendo o Reino de Deus como
Menino
Lição 10 – Acerca do Fim dos Tempos
Lição 11 – A Páscoa Desejada
Lição 12 – A Crucificação mais Impactante do
Mundo
Lição 13 – Mulheres: As Primeiras Testemunhas da
Ressurreição
APRESENTAR o triunfo de Jesus
sobre os demônios.
DEMONSTRAR o que são os demônios;
ENSINAR sobre a natureza dos
demônios;
(Lucas 9.1)
"E, convocando os seus doze
discípulos, deu-lhes virtude e
poder sobre todos os
demônios e para curarem
enfermidades."
Os demônios são seres
espirituais malignos, porém
submissos aos limites
estabelecidos por Deus em
Sua soberania.
33 - E estava na sinagoga um homem que tinha um
espírito de um demônio imundo, e exclamou em alta
voz,
34 - Dizendo: Ah! Que temos nós contigo, Jesus
Nazareno? Vieste a destruir-nos? Bem sei quem és: o
Santo de Deus.
35 - E Jesus o repreendeu, dizendo: Cala-te e sai dele. E o
demônio, lançando-o por terra no meio do povo, saiu
dele, sem lhe fazer mal.
36 - E veio espanto sobre todos, e falavam entre si uns e
outros, dizendo: Que palavra é esta, que até aos espíritos
imundos manda com autoridade e poder, e eles saem?
Lucas 4.33-36
Ore para que os novos
convertidos sejam renovados em sua fé.
Jesus veio para destruir as obras dos espíritos
das trevas e Lucas nos mostra uma gloriosa
visão a respeito.
1 – Demônios, o que são ?
2 – A Natureza dos Demônios
1.1 – Designações Comuns
1.2 – Eles têm um Chefe
1.3 – Demônios os inimigos de Deus
2.1 – Eles são Tentadores
2.2 – Eles possuem Pessoas e Animais
2.3 – Eles são Agentes de Enfermidades
3 – Como Jesus Expulsou os Demônios
3.1 – Jesus expulsou os Demônios
3.2 – Jesus ensinou sobre os Demônios
3.3 – Jesus deu Poder e Autoridade sobre os Demônios
1 – Demônios, o que são ?
Eles são seres espirituais malignos, com várias
designações e atividades múltiplas.
Embora sejam invisíveis, agem no mundo e os seus
efeitos podem ser notados, bem como a anulação
deles pelo poder de Cristo Jesus.
1.1 – Designações Comuns.
Os espíritos fiéis são chamados anjos santos, os
espíritos rebeldes de demônios.
Demônios vem do grego “Daimon”, que designa
como um “espírito” sobrenatural,
(de natureza maligna).
No evangelho de Lucas são chamados de :
 Demônios imundos (Lc 4.33)
 Espíritos imundos (Lc 4.36)
 Espíritos maus (Lc 7.21)
 Espíritos malignos (Lc 8.21)
1.2 – Eles têm um Chefe.
Este ser que é considerado o líder dos demônios é
chamado no evangelho de Lucas de :
 Diabo (Lc 4.2),
 Satanás (Lc 10.18),
 Belzebu,
 O príncipe dos
demônios (Lc 11.15).
Observemos alguns textos
João 8.44 (O Diabo é o pai, o chefe)
"Vós tendes por pai ao diabo e quereis satisfazer os desejos de vosso
pai; ele foi homicida desde o princípio e não se firmou na verdade,
porque não há verdade nele; quando ele profere mentira, fala do
que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira"
Mateus 25.41 (Anjos o acampam)
"o fogo eterno preparado para o diabo e seus anjos".
Ezequiel 28:12-15 (Lúcifer se rebelou contra Deus)
“... Você era o modelo de perfeição, cheio de sabedoria e de perfeita
beleza... Você estava no Éden, no jardim de Deus; todas as pedras
preciosas o enfeitavam... tudo foi preparado no dia em que você foi
criado. Você foi ungido como um querubim guardião, pois para isso
eu o determinei. Você estava no monte santo de Deus e caminhava
entre as pedras fulgurantes. Você era inculpável em seus caminhos
desde o dia em que foi criado até que se achou maldade em você."
1.3 – Demônios os inimigos de Deus.
Os demônios tratam de seres contrários a Deus
e ao Seu plano redentor para a humanidade:
"maus" e "malignos”.
Quando amamos
o mundo
(o pecado) nos
constituímos
também em um
inimigo de Deus.
1.3 – Demônios os inimigos de Deus.
Os demônios procuram impedir que as pessoas
entendam a mensagem do evangelho (2Co 4.4) e
ainda promovem falsas doutrinas (ITm 4.1).
1.3 – Demônios os inimigos de Deus.
Na parábola do semeador, eles são representados
nas aves que tiram do coração a semente da Palavra
de Deus, impedindo que os homens dê frutos.
"O semeador saiu a
semear. Enquanto
lançava a semente,
parte dela caiu à
beira do caminho;
foi pisada, e as aves
do céu a comeram.”
(Lucas 8.5,12)
2 – A Natureza dos Demônios.
A natureza dos demônios resume-se em fazer
oposição a Deus e ao homem.
2.1 – Eles são Tentadores.
Quando Jesus
se preparava
para dar início
ao seu
ministério
publico foi
tentado pelo
diabo
(Lc 4.1-13).
O próprio príncipe dos demônios, o diabo, é o
agente da tentação.
2.1 – Eles são Tentadores.
Cada pecador é tentado por sua própria cobiça.
Quando o pecado é consumado, gera
escravidão e morte (Tg 1.14-15).
Escravidão, pois os
demônios passam
a inflamar mais
fortemente esse
pecado gerado.
Definição Teológica de Tentação
Estímulo que leva à
prática do pecado.
Embora a tentação, em
si, não constitua
pecado, o atender às
suas reivindicações
caracteriza a
transgressão das leis
divinas.
Suportando à Tentação
“mas fiel é Deus, que
não vos deixará tentar
acima do que podeis;
antes, com a tentação
dará também o
escape, para que a
possais suportar”
(1 Co 10.13).
A especialidade dele é enganar e acusar.
“Então ouvi uma forte voz do céu que dizia: "Agora veio a
salvação, o poder e o Reino do nosso Deus, e a autoridade
do seu Cristo, pois foi lançado fora o acusador dos nossos
irmãos, que os acusa diante do nosso Deus, dia e noite”
(Ap 12:10)
2.2 – Eles possuem
Pessoas e Animais.
Lucas ilustra
este fato com o
caso do
endemoninhado
de Gadara
(Lc 8.26-27,32).
Os demônios encontram-se numa condição
desesperadora, diferente da qual Deus os criou.
Eles encontram alguma espécie de alívio quando
habitam em pessoas e até animais.
A atuação de demônios é uma realidade,
não pode ser subestimada, todavia não
deve ser supervalorizada.
Infelizmente há cultos que se mencionam
mais os demônios do que o nome de Jesus
que é o centro do culto.
2.3 – Eles são Agentes
de Enfermidades.
Contudo é necessário prudência e discernimento
para não generalizar, pois nem toda enfermidade
física é resultado de uma atividade demoníaca.
Os demônios são capazes de infligir doenças físicas
e distúrbios mentais (Mt 9.32-33; 12.22; 17.15-18).
Assim como a luz elimina as trevas, não há qualquer
acordo entre o Senhor Jesus e os demônios. Ele veio
para desfazer as obras deles entre os homens.
3 –Como Jesus lidou
com os Demônios .
3.1 – Jesus expulsou os Demônios.
Os demônios agem de diferentes modos
em relação às pessoas.
Eles podem habitar, possuir, enfermar e até matar
as pessoas (Jo 10.10).
Atenção !
Quando Jesus menciona o
ladrão, não é o diabo, mas
os mercenários que não
são pastores.
“O ladrão não vem senão a roubar, a matar,
e a destruir; eu vim para que tenham
vida, e a tenham com abundância.”
(João 10.10)
3.1 – Jesus expulsou os Demônios.
Nem sempre alguém chega ao nível de possessão
em que perde os sentidos, como foi o caso
do gadareno.
Ao analisarmos os evangelhos, constatamos
ensinos e citações do Senhor Jesus acerca dos
demônios para os Seus discípulos.
3.2 – Jesus ensinou
sobre os Demônios.
Jesus ensinou tanto pelo exemplo como na teoria.
 Jesus expulsou um demônio de um homem numa
sinagoga (Lc 4.33-36).
 Jesus ensinou como os demônios guerreiam
para desviar um novo discípulo da fé (Lc 11.24-26).
 No caso do lunático ensinou que há castas de
demônios que apenas saem com jejum e oração
(Mt 17.21).
 Ensinou sobre o destino final do diabo e seus anjos
(Mt 25.41).
Há certa ênfase na descrição de Lucas
quando Jesus diz:
3.3 – Jesus deu Poder e Autoridade
sobre os Demônios.
"E, convocando os seus doze discípulos, deu-Ihes
virtude e poder sobre todos os demônios" (Lc 9.1).
Os demônios são expulsos e as
enfermidades são curadas porque há
Atenção !
Expulsar demônios e enfermidades não autentica
um Cristão, mas Jesus nos disse que pelo fruto é
que conhecemos o verdadeiro.
“Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no
reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu
Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não
profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não
expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos
muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci;
apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.”
(Mateus 7:20-23).
Recomendação
"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação;
o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne
é fraca" (Mc 14.38).
Os demônios não são forças, fluidos ou criação da
mente humana.
Não devemos ter medo, pois a vitória está
garantida em Cristo Jesus.
São seres reais, pessoais e estão em ação.
Devemos conhecer seus ardis para não sermos
enganados (Ef 6.12; 2Co 2.11).
Todos os discípulos de Cristo são envolvidos na
batalha espiritual, mas o Espírito Santo está
conosco para nos equipar e preparar.
Como é chamado o líder dos demônios no
evangelho de Lucas ?
De diabo, de Satanás e de Belzebu, o príncipe dos
demônios (Lc 4.2; 10.18; 11.15).
O que ocorre quando o pecado é consumado ?
Gera escravidão e morte (Tg 1.14).
Por que precisamos orar ?
Para não entrarmos em tentação (Lc 22.40,46).
No caso do lunático, o que Jesus ensinou ?
Que há castas de demônios que apenas saem com
jejum e oração (Mt 17.21)
Como os setenta discípulos retornaram ?
Jubilantes pela autoridade para expulsar os
demônios (Lc 10.17).
Lição 5 - A Autoridade e o
Poder Demonstrados por Jesus
Deus Abençoe !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
RODRIGO FERREIRA
 
As Parábolas de Jesus parte 2/2
As Parábolas de Jesus parte 2/2As Parábolas de Jesus parte 2/2
As Parábolas de Jesus parte 2/2
Ney Bellas
 
Apocalipse
ApocalipseApocalipse
O espirito santo de deus
O  espirito  santo  de  deusO  espirito  santo  de  deus
O espirito santo de deus
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
guestc5d870
 
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
Jessé Lopes
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
faculdadeteologica
 
Lição 02 - Doutrina dos Anjos
Lição 02 - Doutrina dos AnjosLição 02 - Doutrina dos Anjos
Lição 02 - Doutrina dos Anjos
Coop. Fabio Silva
 
7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Cosmovisão bíblico cristã
Cosmovisão bíblico cristã Cosmovisão bíblico cristã
Cosmovisão bíblico cristã
Derson Lopes Jr, Msc, PMP
 
Esperando a volta de jesus
Esperando a volta de jesusEsperando a volta de jesus
Esperando a volta de jesus
Márcio Martins
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Éder Tomé
 
Quem é jesus power point
Quem é jesus power pointQuem é jesus power point
Quem é jesus power point
Marcelo Gonçalves
 
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoLição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Erberson Pinheiro
 
1 aula administração e liderança crista com ética
1 aula   administração e liderança crista com ética1 aula   administração e liderança crista com ética
1 aula administração e liderança crista com ética
RODRIGO FERREIRA
 
LIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃOLIBERTAÇÃO
Lição 3 – A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
Lição 3 – A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo EspiritualLição 3 – A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
Lição 3 – A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
Éder Tomé
 
O valor do perdão
O valor do perdãoO valor do perdão
O valor do perdão
Quenia Damata
 
O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white
O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen whiteO ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white
O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white
Eduardo Sousa Gomes
 
A Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoA Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter Cristão
Márcio Martins
 

Mais procurados (20)

Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
 
As Parábolas de Jesus parte 2/2
As Parábolas de Jesus parte 2/2As Parábolas de Jesus parte 2/2
As Parábolas de Jesus parte 2/2
 
Apocalipse
ApocalipseApocalipse
Apocalipse
 
O espirito santo de deus
O  espirito  santo  de  deusO  espirito  santo  de  deus
O espirito santo de deus
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
 
Atributos de deus
Atributos de deusAtributos de deus
Atributos de deus
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
 
Lição 02 - Doutrina dos Anjos
Lição 02 - Doutrina dos AnjosLição 02 - Doutrina dos Anjos
Lição 02 - Doutrina dos Anjos
 
7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos
 
Cosmovisão bíblico cristã
Cosmovisão bíblico cristã Cosmovisão bíblico cristã
Cosmovisão bíblico cristã
 
Esperando a volta de jesus
Esperando a volta de jesusEsperando a volta de jesus
Esperando a volta de jesus
 
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser SuestimadaLição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
Lição 1 – Batalha Espiritual – A Realidade não Pode ser Suestimada
 
Quem é jesus power point
Quem é jesus power pointQuem é jesus power point
Quem é jesus power point
 
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipuladoLição 10 - O discípulo e o discipulado
Lição 10 - O discípulo e o discipulado
 
1 aula administração e liderança crista com ética
1 aula   administração e liderança crista com ética1 aula   administração e liderança crista com ética
1 aula administração e liderança crista com ética
 
LIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃOLIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃO
 
Lição 3 – A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
Lição 3 – A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo EspiritualLição 3 – A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
Lição 3 – A Natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
 
O valor do perdão
O valor do perdãoO valor do perdão
O valor do perdão
 
O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white
O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen whiteO ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white
O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white
 
A Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter CristãoA Formação do Caráter Cristão
A Formação do Caráter Cristão
 

Semelhante a Lição 4 - O Poder de Jesus Cristo sobre os Demônios

Lição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os Demônios
Lição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os DemôniosLição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os Demônios
Lição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os Demônios
Éder Tomé
 
O Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptx
O Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptxO Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptx
O Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptx
Samuel A. Nunes
 
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
AndreLuizMontanheiro
 
Lição 9 - A Singularidade de Jesus Cristo
Lição 9 - A Singularidade de Jesus CristoLição 9 - A Singularidade de Jesus Cristo
Lição 9 - A Singularidade de Jesus Cristo
Éder Tomé
 
Lição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus
Lição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de JesusLição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus
Lição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus
Éder Tomé
 
Como remover os quatro espíritos que tentam destruir a igreja
Como remover os quatro espíritos que tentam destruir a igrejaComo remover os quatro espíritos que tentam destruir a igreja
Como remover os quatro espíritos que tentam destruir a igreja
Renize Lima
 
Licao 4 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 4 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 4 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 4 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
AndreLuizMontanheiro
 
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios - Lição 08 - 2ºTrimestre/2015
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios - Lição 08 - 2ºTrimestre/2015O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios - Lição 08 - 2ºTrimestre/2015
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios - Lição 08 - 2ºTrimestre/2015
Pr. Andre Luiz
 
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demôniosO poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
Moisés Sampaio
 
O poder de Jesus sobre a natureza e os demnios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demniosO poder de Jesus sobre a natureza e os demnios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demnios
José Nilson Virgino
 
Libertação espiritual
Libertação espiritualLibertação espiritual
Libertação espiritual
marcos25gm
 
Apostasia o engano final e seu antídoto
Apostasia o engano final e seu antídotoApostasia o engano final e seu antídoto
Apostasia o engano final e seu antídoto
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 11 - O Homem do Pecado
Lição 11 - O Homem do PecadoLição 11 - O Homem do Pecado
Lição 11 - O Homem do Pecado
Éder Tomé
 
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
GiovanaCosta40
 
Como as Trevas Espirituais Militam em Nosso Meio
Como as Trevas Espirituais Militam em Nosso MeioComo as Trevas Espirituais Militam em Nosso Meio
Como as Trevas Espirituais Militam em Nosso Meio
Igreja Batista Memorial em Jardim Catarina
 
Lição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptx
Lição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptxLição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptx
Lição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptx
Celso Napoleon
 
05. corpo
05. corpo05. corpo
05. corpo
pohlos
 
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf
2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf
Marina de Morais
 
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios
2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios
Marina de Morais
 
Cópia de livro a verdade
Cópia de livro  a verdadeCópia de livro  a verdade
Cópia de livro a verdade
Gustavo Bicalho
 

Semelhante a Lição 4 - O Poder de Jesus Cristo sobre os Demônios (20)

Lição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os Demônios
Lição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os DemôniosLição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os Demônios
Lição 7 - O Senhorio de Jesus Cristo Sobre os Demônios
 
O Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptx
O Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptxO Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptx
O Inimigo das Nossas Almas Lição 21.pptx
 
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 3 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
 
Lição 9 - A Singularidade de Jesus Cristo
Lição 9 - A Singularidade de Jesus CristoLição 9 - A Singularidade de Jesus Cristo
Lição 9 - A Singularidade de Jesus Cristo
 
Lição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus
Lição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de JesusLição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus
Lição 4 - Possessão Demoníaca e a Autoridade do Nome de Jesus
 
Como remover os quatro espíritos que tentam destruir a igreja
Como remover os quatro espíritos que tentam destruir a igrejaComo remover os quatro espíritos que tentam destruir a igreja
Como remover os quatro espíritos que tentam destruir a igreja
 
Licao 4 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 4 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 4 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 4 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
 
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios - Lição 08 - 2ºTrimestre/2015
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios - Lição 08 - 2ºTrimestre/2015O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios - Lição 08 - 2ºTrimestre/2015
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios - Lição 08 - 2ºTrimestre/2015
 
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demôniosO poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
 
O poder de Jesus sobre a natureza e os demnios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demniosO poder de Jesus sobre a natureza e os demnios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demnios
 
Libertação espiritual
Libertação espiritualLibertação espiritual
Libertação espiritual
 
Apostasia o engano final e seu antídoto
Apostasia o engano final e seu antídotoApostasia o engano final e seu antídoto
Apostasia o engano final e seu antídoto
 
Lição 11 - O Homem do Pecado
Lição 11 - O Homem do PecadoLição 11 - O Homem do Pecado
Lição 11 - O Homem do Pecado
 
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptxLicao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 2 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
 
Como as Trevas Espirituais Militam em Nosso Meio
Como as Trevas Espirituais Militam em Nosso MeioComo as Trevas Espirituais Militam em Nosso Meio
Como as Trevas Espirituais Militam em Nosso Meio
 
Lição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptx
Lição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptxLição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptx
Lição 9 - Resistindo à Tentação no Caminho.pptx
 
05. corpo
05. corpo05. corpo
05. corpo
 
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf
2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios-pdf
 
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios
2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios2019   1trim - aula 3 - a natureza dos demonios
2019 1trim - aula 3 - a natureza dos demonios
 
Cópia de livro a verdade
Cópia de livro  a verdadeCópia de livro  a verdade
Cópia de livro a verdade
 

Mais de Éder Tomé

Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de Revelação
Éder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Éder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Éder Tomé
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Éder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Éder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Éder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragem
Éder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Éder Tomé
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Éder Tomé
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do DiscipuladoLição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Éder Tomé
 
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao CristãoLição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Éder Tomé
 
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Éder Tomé
 

Mais de Éder Tomé (20)

Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
Lição 3 - Dons de Revelação (windscreen)
 
Lição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de RevelaçãoLição 3 - Dons de Revelação
Lição 3 - Dons de Revelação
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus (Windscreen)
 
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de DeusLição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
Lição 2 - Conhecendo os Atributos de Deus
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais (Windscreen)
 
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons EspirituaisLição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
Lição 2 - O Propósito dos Dons Espirituais
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade (windscreen)
 
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidadeLição 1 - Deus se revelou à humanidade
Lição 1 - Deus se revelou à humanidade
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
Lição 1 - E deu Dons aos Homens (windscreen)
 
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos HomensLição 1 - E deu Dons aos Homens
Lição 1 - E deu Dons aos Homens
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança (windscreen)
 
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita EsperançaLição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
Lição 13 - Voltados os Olhos para a Bendita Esperança
 
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
Lição 13 - Uma serva de coragem (windscreen)
 
Lição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragemLição 13 - Uma serva de coragem
Lição 13 - Uma serva de coragem
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus (windscreen)
 
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de DeusLição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
Lição 12 - Testemunhando a grandeza de Deus
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
Lição 12 - A Urgência do Discipulado (windscreen)
 
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do DiscipuladoLição 12 - A Urgência do Discipulado
Lição 12 - A Urgência do Discipulado
 
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao CristãoLição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
Lição 11 - Deus apresenta salvação ao Cristão
 
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
Lição 11 - Compromissados com a Evangelização (windscreen)
 

Último

A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 

Último (10)

A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 

Lição 4 - O Poder de Jesus Cristo sobre os Demônios

  • 1. O Poder de Jesus Cristo sobre os Demônios
  • 2. Uma exposição bíblica e cristocêntrica do Evangelho, da misericórdia e do amor de Deus pela humanidade, através da vida e obra de Jesus, o filho do Homem. Lucas 3º Trimestre Ano 2019
  • 3. Lição 1 – Lucas e seu Evangelho Lição 2 – O Espírito Santo no Evangelho de Lucas Lição 3 – Lucas o Evangelho da Alegria Lição 4 – O Poder de Jesus Cristo sobre os Demônios Lição 5 – A Autoridade e o Poder Demonstrados por Jesus Lição 6 – O Discípulo Diligente Lição 7 – O Valor do Indivíduo Lição 8 – O Dever de Orar Sempre Lição 9 – Recebendo o Reino de Deus como Menino Lição 10 – Acerca do Fim dos Tempos Lição 11 – A Páscoa Desejada Lição 12 – A Crucificação mais Impactante do Mundo Lição 13 – Mulheres: As Primeiras Testemunhas da Ressurreição
  • 4. APRESENTAR o triunfo de Jesus sobre os demônios. DEMONSTRAR o que são os demônios; ENSINAR sobre a natureza dos demônios;
  • 5. (Lucas 9.1) "E, convocando os seus doze discípulos, deu-lhes virtude e poder sobre todos os demônios e para curarem enfermidades."
  • 6. Os demônios são seres espirituais malignos, porém submissos aos limites estabelecidos por Deus em Sua soberania.
  • 7. 33 - E estava na sinagoga um homem que tinha um espírito de um demônio imundo, e exclamou em alta voz, 34 - Dizendo: Ah! Que temos nós contigo, Jesus Nazareno? Vieste a destruir-nos? Bem sei quem és: o Santo de Deus. 35 - E Jesus o repreendeu, dizendo: Cala-te e sai dele. E o demônio, lançando-o por terra no meio do povo, saiu dele, sem lhe fazer mal. 36 - E veio espanto sobre todos, e falavam entre si uns e outros, dizendo: Que palavra é esta, que até aos espíritos imundos manda com autoridade e poder, e eles saem? Lucas 4.33-36
  • 8. Ore para que os novos convertidos sejam renovados em sua fé.
  • 9. Jesus veio para destruir as obras dos espíritos das trevas e Lucas nos mostra uma gloriosa visão a respeito.
  • 10. 1 – Demônios, o que são ? 2 – A Natureza dos Demônios 1.1 – Designações Comuns 1.2 – Eles têm um Chefe 1.3 – Demônios os inimigos de Deus 2.1 – Eles são Tentadores 2.2 – Eles possuem Pessoas e Animais 2.3 – Eles são Agentes de Enfermidades 3 – Como Jesus Expulsou os Demônios 3.1 – Jesus expulsou os Demônios 3.2 – Jesus ensinou sobre os Demônios 3.3 – Jesus deu Poder e Autoridade sobre os Demônios
  • 11. 1 – Demônios, o que são ? Eles são seres espirituais malignos, com várias designações e atividades múltiplas. Embora sejam invisíveis, agem no mundo e os seus efeitos podem ser notados, bem como a anulação deles pelo poder de Cristo Jesus.
  • 12. 1.1 – Designações Comuns. Os espíritos fiéis são chamados anjos santos, os espíritos rebeldes de demônios. Demônios vem do grego “Daimon”, que designa como um “espírito” sobrenatural, (de natureza maligna). No evangelho de Lucas são chamados de :  Demônios imundos (Lc 4.33)  Espíritos imundos (Lc 4.36)  Espíritos maus (Lc 7.21)  Espíritos malignos (Lc 8.21)
  • 13. 1.2 – Eles têm um Chefe. Este ser que é considerado o líder dos demônios é chamado no evangelho de Lucas de :  Diabo (Lc 4.2),  Satanás (Lc 10.18),  Belzebu,  O príncipe dos demônios (Lc 11.15).
  • 14. Observemos alguns textos João 8.44 (O Diabo é o pai, o chefe) "Vós tendes por pai ao diabo e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele foi homicida desde o princípio e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira" Mateus 25.41 (Anjos o acampam) "o fogo eterno preparado para o diabo e seus anjos". Ezequiel 28:12-15 (Lúcifer se rebelou contra Deus) “... Você era o modelo de perfeição, cheio de sabedoria e de perfeita beleza... Você estava no Éden, no jardim de Deus; todas as pedras preciosas o enfeitavam... tudo foi preparado no dia em que você foi criado. Você foi ungido como um querubim guardião, pois para isso eu o determinei. Você estava no monte santo de Deus e caminhava entre as pedras fulgurantes. Você era inculpável em seus caminhos desde o dia em que foi criado até que se achou maldade em você."
  • 15. 1.3 – Demônios os inimigos de Deus. Os demônios tratam de seres contrários a Deus e ao Seu plano redentor para a humanidade: "maus" e "malignos”. Quando amamos o mundo (o pecado) nos constituímos também em um inimigo de Deus.
  • 16. 1.3 – Demônios os inimigos de Deus. Os demônios procuram impedir que as pessoas entendam a mensagem do evangelho (2Co 4.4) e ainda promovem falsas doutrinas (ITm 4.1).
  • 17. 1.3 – Demônios os inimigos de Deus. Na parábola do semeador, eles são representados nas aves que tiram do coração a semente da Palavra de Deus, impedindo que os homens dê frutos. "O semeador saiu a semear. Enquanto lançava a semente, parte dela caiu à beira do caminho; foi pisada, e as aves do céu a comeram.” (Lucas 8.5,12)
  • 18. 2 – A Natureza dos Demônios. A natureza dos demônios resume-se em fazer oposição a Deus e ao homem.
  • 19. 2.1 – Eles são Tentadores. Quando Jesus se preparava para dar início ao seu ministério publico foi tentado pelo diabo (Lc 4.1-13). O próprio príncipe dos demônios, o diabo, é o agente da tentação.
  • 20. 2.1 – Eles são Tentadores. Cada pecador é tentado por sua própria cobiça. Quando o pecado é consumado, gera escravidão e morte (Tg 1.14-15). Escravidão, pois os demônios passam a inflamar mais fortemente esse pecado gerado.
  • 21. Definição Teológica de Tentação Estímulo que leva à prática do pecado. Embora a tentação, em si, não constitua pecado, o atender às suas reivindicações caracteriza a transgressão das leis divinas.
  • 22. Suportando à Tentação “mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis; antes, com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar” (1 Co 10.13).
  • 23. A especialidade dele é enganar e acusar. “Então ouvi uma forte voz do céu que dizia: "Agora veio a salvação, o poder e o Reino do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo, pois foi lançado fora o acusador dos nossos irmãos, que os acusa diante do nosso Deus, dia e noite” (Ap 12:10)
  • 24. 2.2 – Eles possuem Pessoas e Animais. Lucas ilustra este fato com o caso do endemoninhado de Gadara (Lc 8.26-27,32). Os demônios encontram-se numa condição desesperadora, diferente da qual Deus os criou. Eles encontram alguma espécie de alívio quando habitam em pessoas e até animais.
  • 25. A atuação de demônios é uma realidade, não pode ser subestimada, todavia não deve ser supervalorizada. Infelizmente há cultos que se mencionam mais os demônios do que o nome de Jesus que é o centro do culto.
  • 26. 2.3 – Eles são Agentes de Enfermidades. Contudo é necessário prudência e discernimento para não generalizar, pois nem toda enfermidade física é resultado de uma atividade demoníaca. Os demônios são capazes de infligir doenças físicas e distúrbios mentais (Mt 9.32-33; 12.22; 17.15-18).
  • 27. Assim como a luz elimina as trevas, não há qualquer acordo entre o Senhor Jesus e os demônios. Ele veio para desfazer as obras deles entre os homens. 3 –Como Jesus lidou com os Demônios .
  • 28. 3.1 – Jesus expulsou os Demônios. Os demônios agem de diferentes modos em relação às pessoas. Eles podem habitar, possuir, enfermar e até matar as pessoas (Jo 10.10).
  • 29. Atenção ! Quando Jesus menciona o ladrão, não é o diabo, mas os mercenários que não são pastores. “O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.” (João 10.10)
  • 30. 3.1 – Jesus expulsou os Demônios. Nem sempre alguém chega ao nível de possessão em que perde os sentidos, como foi o caso do gadareno.
  • 31. Ao analisarmos os evangelhos, constatamos ensinos e citações do Senhor Jesus acerca dos demônios para os Seus discípulos. 3.2 – Jesus ensinou sobre os Demônios. Jesus ensinou tanto pelo exemplo como na teoria.  Jesus expulsou um demônio de um homem numa sinagoga (Lc 4.33-36).  Jesus ensinou como os demônios guerreiam para desviar um novo discípulo da fé (Lc 11.24-26).  No caso do lunático ensinou que há castas de demônios que apenas saem com jejum e oração (Mt 17.21).  Ensinou sobre o destino final do diabo e seus anjos (Mt 25.41).
  • 32. Há certa ênfase na descrição de Lucas quando Jesus diz: 3.3 – Jesus deu Poder e Autoridade sobre os Demônios. "E, convocando os seus doze discípulos, deu-Ihes virtude e poder sobre todos os demônios" (Lc 9.1).
  • 33. Os demônios são expulsos e as enfermidades são curadas porque há
  • 34. Atenção ! Expulsar demônios e enfermidades não autentica um Cristão, mas Jesus nos disse que pelo fruto é que conhecemos o verdadeiro. “Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.” (Mateus 7:20-23).
  • 35. Recomendação "Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Mc 14.38).
  • 36. Os demônios não são forças, fluidos ou criação da mente humana. Não devemos ter medo, pois a vitória está garantida em Cristo Jesus. São seres reais, pessoais e estão em ação. Devemos conhecer seus ardis para não sermos enganados (Ef 6.12; 2Co 2.11). Todos os discípulos de Cristo são envolvidos na batalha espiritual, mas o Espírito Santo está conosco para nos equipar e preparar.
  • 37. Como é chamado o líder dos demônios no evangelho de Lucas ? De diabo, de Satanás e de Belzebu, o príncipe dos demônios (Lc 4.2; 10.18; 11.15).
  • 38. O que ocorre quando o pecado é consumado ? Gera escravidão e morte (Tg 1.14).
  • 39. Por que precisamos orar ? Para não entrarmos em tentação (Lc 22.40,46).
  • 40. No caso do lunático, o que Jesus ensinou ? Que há castas de demônios que apenas saem com jejum e oração (Mt 17.21)
  • 41. Como os setenta discípulos retornaram ? Jubilantes pela autoridade para expulsar os demônios (Lc 10.17).
  • 42. Lição 5 - A Autoridade e o Poder Demonstrados por Jesus
  • 43.