O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus.

107.613 visualizações

Publicada em

Slide Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus.
Slide Licao 3 2 t - 2018 - betel

Publicada em: Espiritual
  • Olá Professor, se desejar baixar este SLIDE no formato Powerpoint, entre no BLOG ebd-betel.blogspot.com.br , ou acesse o endereço : https://drive.google.com/file/d/1lKRbRP1m-E04s8I4x1j93SjaYB8vkC_W/view?usp=sharing
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui

Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus.

  1. 1. ebd-betel.blogspot.com.br Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus
  2. 2. 1º Trimestre Ano 2018 Propósito de Deus para o discípulo de Cristo Aperfeiçoamento Cristão 2º Trimestre Ano 2018
  3. 3. Lição 1 – Discernindo as bênçãos de Deus Lição 2 – Deus cuida dos que se dedicam a Ele Lição 3 - Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus Lição 4 - Disciplina e o processo educacional de Deus Lição 5 - A responsabilidade de cuidar uns dos outros Lição 6 - O temor a Deus e as atitudes corretas Lição 7 - Deus espera de nós uma respostas Lição 8 - Os propósitos de Deus nos milagres Lição 9 - É preciso buscar crescimento espiritual Lição 10 - Vivendo neste presente século Lição 11 - O discipulado de Jesus e o serviço cristão Lição 12 - Nossas atitudes diante da Palavra de Deus Lição 13 - Em Cristo somos mais do que vencedores
  4. 4. ebd-betel.blogspot.com.br ❶ ❷ ❸ Explicar a importância e o significado da cosmovisão; Destacar a postura de José diante de realidades adversas e favoráveis; Mostrar que a base da cosmovisão do discípulo de Jesus Cristo é a revelação de Deus nas Escrituras Sagradas.
  5. 5. ebd-betel.blogspot.com.br (Romanos 8:28) “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto.”
  6. 6. ebd-betel.blogspot.com.br Enquanto estão “debaixo do sol”, os discípulos de Cristo precisam ter sempre em mente a importância de usar as lentes da fé e dos propósitos de Deus.
  7. 7. Gênesis 45:4-5,7-8 4 E disse José a seus irmãos: Peço-vos, chegai-vos a mim. E chegaram-se. Então, disse ele: Eu sou José, vosso irmão, a quem vendestes para o Egito. 5 Agora, pois, não vos entristeçais, nem vos pese aos vossos olhos por me haverdes vendido para cá; porque, para conservação da vida, Deus me enviou diante da vossa face. 7 Pelo que Deus me enviou diante da vossa face, para conservar vossa sucessão na terra e para guardar-vos em vida por um grande livramento. 8 Assim, não fostes vós que me enviastes para cá, senão Deus, que me tem posto por pai de Faraó, e por senhor de toda a sua casa, e como regente em toda a terra do Egito.
  8. 8. Clame por todos que se encontram presos por causa da sua fé.
  9. 9. Sendo discípulos de Jesus, como temos percebido o mundo ao nosso redor? Como estamos lidando com as adversidades e a prosperidade? Reflitamos sobre este assunto à luz da Palavra de Deus.
  10. 10. Nos deteremos nos aspectos do significado, importância e as diversas formas adotadas pelos seres humanos 1.1 – Significados e conceitos 1.2 – Diferentes cosmovisões 1.3 – A importância da cosmovisão para explicar e reagir diante da realidade do mundo e dos diversos acontecimentos que nos envolvem sejam (aos nossos olhos) positivos ou negativos
  11. 11. Essa maneira é resultado de um conjunto de ideias e crenças que funcionam como base ou lentes para vossos conceitos, atitudes e decisões na vida. Todo ser humano possui uma cosmovisão. Cosmovisão é “concepção ou visão do mundo”. Ou seja, a maneira de ver e entender o mundo.
  12. 12. Cosmovisão: Trata-se de como interpreto a vida, afetando assim, a forma de pensar, sentir, e viver dia após dia. Envolve muitas áreas ou aspectos da vida, como : Fé em Deus Razão de viver Riquezas Valores Família Prosperidade Morte Eternidade
  13. 13. Existem várias Cosmovisões, por exemplo : Cosmovisão Materialista Cosmovisão Existencialista Cosmovisão Deísta Cosmovisão Cristã Como discípulos de Cristo, Qual é a nossa Cosmovisão ?
  14. 14. Cosmovisão Materialista Adota como base da sua vida o materialismo. A visão de mundo dessas pessoas não considera ou valoriza a realidade espiritual e a eternidade.
  15. 15. Cosmovisão Existencialista Adota como base o existencialismo. Acreditam que o sentido da vida está no desenvolvimento pessoal, na conquista e realização pessoal, alcançar sonhos e projetos.
  16. 16. Cosmovisão Deísta Adota como base da sua vida o Deísmo. Na visão de mundo dessas pessoas, Deus existe mas não interfere na história da humanidade. Supervalorizam a capacidade humana: você pode, consegue e muda a realidade.
  17. 17. Cosmovisão Cristã Adota como base da sua vida o Cristianismo. A visão de mundo dessas pessoas está centrada na vida e nos ensinos de Jesus Cristo, relatados na Bíblia Sagrada. Existencialismo Deísmo Materialismo Cristianismo
  18. 18. Não se trata apenas de olhar a realidade na qual estamos inseridos, mas perceber de uma forma mais profunda a totalidade desta realidade. Por Exemplo : Não decidir escolher, agir ou reagir somente pelo que vemos, ouvimos ou sentimos, mas procurar perceber as razões, motivos e consequências nos acontecimentos e atitudes da vida.
  19. 19. Dentre muitos exemplos encontrados na Bíblia, destaca-se a postura de José diante de realidades adversas e favoráveis. José demonstrou ter uma visão de mundo baseada não somente na superficialidade dos fatos, mas na sua fé em Deus e nas promessas e propósitos do Senhor na sua vida e dos seus. 2.1 – José e a realidade no lar 2.2 – José e a realidade longe do lar 2.3 – José e a mudança da realidade
  20. 20. José procurava ajudar e obedecer seu pai (Gn 37.2); A preferência de Jacó por José era notória, resultando grande descontentamento entre seus irmãos.
  21. 21. José sofreu inveja e violência por parte dos irmãos (Gn 37.8, 11, 18, 23- 28). José discordava do comportamento de seus irmãos (não deixou influenciar e nem pactuava com seus erros, mesmo tendo lhe custado o isolamento) Foto: Record
  22. 22. Sendo José ainda bem jovem, foi vendido aos ismaelitas e, no Egito, a Potifar, eunuco de Faraó (Gn 37.28, 36). Que grande mudança na realidade de José. De filho passou a ser escravo e depois prisioneiro. Foto: Chamada.com
  23. 23. Mesmo nas adversidades e dificuldades, na casa de Potifar e na prisão ... o Senhor o abençoava, usando com ele de benignidade e fazendo-o prosperar no trabalho que desenvolvia (Gn 39.2-5, 21-23).
  24. 24. Foi alvo de tentação, calúnia e esquecimento. Porém, “...Deus era com ele” (At 7.9). Esta realidade perdurou por longos treze anos (Gn 41.46), antes de se tornar governador do Egito.
  25. 25. A história de José é rica de ensinamentos práticos para a vida do discípulo de Cristo. São diversas as realidades do nosso viver, pois abrange diferentes ambientes e circunstâncias.
  26. 26. A história de José não se resume a inveja, violência, escravidão, esquecimento e calúnia. Há, também, benignidade de Deus, exaltação, casamento, filhos, honrarias, perdão, prosperidade, trabalho, testemunho e esperança. Precisamos, como José, saber vivenciar essas diferentes realidades. Foto: Record
  27. 27. Precisamos olhar mais além, usando as “lentes” da fé e dos propósitos de Deus revelados em Sua Palavra. Foto: Record José aprendeu que a realidade das dificuldades e das bênçãos vai além do momento e dos acontecimentos visíveis.
  28. 28. Vários são os pressupostos que devem nortear a maneira do discípulo de Cristo perceber o mundo e suas decisões, atitudes e reações diante das diversas realidades vivenciadas. 3.1 – A Lente da Fé 3.2 – A Lente dos Propósitos de Deus 3.3 – A Importância das Escrituras Sagradas Devemos ter em mente que pertencemos a Deus (1 Co 6.20), não somos do mundo (Jo 17.14,16) fazemos tudo para glória de Deus (1 Co 10.31), a fé é indispensável no relacionamento com Deus (Hb 11.6) nossa existência não se resume à vida debaixo do sol (1 Co 15.19)
  29. 29. A fé professada por José fez a diferença para perceber as diversas situações : José cria no Deus de sua família usando a “lente da fé” para perceber as diversas realidades que vivenciava. ❶ Foi assim quando tentado na casa de Potifar (Gn 39.9), ❷ na prisão lidando com outros presos (Gn 40.8), ❸ perante Faraó (Gn 41.16), ❹ quando do nascimento dos filhos (Gn 41.51-52), ❺ ao encontrar com os irmãos (Gn 45.5-8) ❻ e no final de sua vida (Gn 50.25; Hb 11.22)
  30. 30. No final da vida, mesmo em meio a prosperidade, José não desviou o foco : temos aliança com Deus e promessa de retornar para a Terra Prometida. Religiosidade sem Sentido José ao reencontrar seus irmãos teve a percepção, compreensão e convicção acerca dos acontecimentos adversos de sua vida: “Deus me enviou”; “não fostes vós...senão Deus” (Gn 45.5-8). Foto: Record
  31. 31. A Bíblia é a base de nossas crenças e valores que nortearão nossa percepção das diversas realidades. Somente nas Escrituras Sagradas vamos encontrar o conteúdo da fé e a revelação dos propósitos de Deus (2Tm 3.14-17).
  32. 32. Precisamos aprender a vivenciar os bons e os maus momentos, pois ambos fazem parte do processo de formação do discípulo de Cristo. É preciso cuidado para que nossa mente não fique contaminada com a cosmovisão mundana, mas que nosso entendimento seja sempre renovado para a glória de Deus.
  33. 33. 1. Após o alerta de Deus o que Caim fez? R: Decidiu agir por conta própria (Gn 4.8). 2. O que resultou em grande descontentamento entre os irmão de José? R: A preferência de Jacó por José Gn 37.3-4). 3. O que é indispensável no relacionamento com Deus? R: A fé (Hb 11.6). 4. O que José usava para perceber as diversas realidades que vivenciava? R: A lente da fé (Gn 39.9). 5. Qual é a base da cosmovisão do discípulo de Jesus Cristo? R: É a revelação de Deus nas Escrituras Sagradas (2Tm 3.14-17).
  34. 34. ebd-betel.blogspot.com.br Lição 4 – Disciplina e o processo educacional de Deus
  35. 35. Deus Abençoe !

×