SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 52
Compreender a arte como saber cultural e estético gerador de significação e integrador da organização do mundo e da própria identidade. Linguagens, códigos e suas tecnologias Competência de área 4
[object Object]
MAIGRITTE
FUNÇÕES DA ARTE ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
GUERNICA PICASSO CIDADE DE  GUERNICA BOMBARDEADA EM  26- abril - 1937   A R T E E N G A J A D A POLÍTICA
 
[object Object]
Acadêmico x Moderno Anita Malfatti William-Adolphe Bouguereau
Obras hiperrealistas IAN MALEK JAMIE SALMON E JACKIE K. SEO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Na obra  Entrudo , de Jean-Baptiste Debret (1768-1848), apresentada acima,
P R A Z E R
 
Artesanato :arte popular
[object Object]
[object Object],[object Object]
Correspondem à arte barroca apenas as imagens a) 1 e 2. b) 1 e 3. c) 2 e 4. d) 1, 3 e 4. e) 2, 3 e 4.
[object Object],[object Object],[object Object]
A B B C
D E
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Assinale a imagem que apresente um conflito entre grafite, representante urbano das artes plásticas contemporâneas, e  a pichação , considerado por muitos como um ato de vandalismo. I A B
C D E
PORTINARI , Os Retirantes
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],II)  Banquete de los pobres Diego Rivera , 1928 Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar que apresentam, de forma direta, a arte como crítica social e política, apenas as imagens:
III)  Banquete dos oficiais da Milícia St. George Company  Frans Hals, 1616. IV)  Massacre na Coréia Pablo Picasso, 1951 . a) I e II. b) I e III. c) II e IV. d) I, III e IV. e) II, III e IV.
[object Object]
a) Viera da Silva “Jogo de Xadrex” b) Oswaldo Goeldi “Céu Vermelho” c) Aluísio Carvão “Claro Vermelho”
d) Lígia Pape “Luz” e) Antônio Dias “Fumaça do Prisioneiro”
[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
BARRETO, Gilson e OLIVEIRA, Marcelo G. de.  A arte secreta de Michelangelo - Uma lição de anatomia na Capela Sistina . ARX .
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
(...) Tim…tim… um brinde pra mim, sou exemplo de vitórias, trajetos e glórias. O dinheiro tira um homem da miséria, mas não pode arrancar, de dentro dele, a favela. Negro drama, entre o sucesso e a lama, dinheiro, problemas, inveja, luxo, fama. Negro drama, cabelo crespo e a pele escura, a ferida, a chaga, à procura da cura. (...) Você deve ‘tá pensando o que você tem a ver com isso Desde o início, por ouro e prata, olha quem morre, então veja você quem mata. Recebe o mérito a farda que pratica o mal. Me ver pobre, preso ou morto já é cultural.
(...) Que Deus me guarde, pois eu sei que ele não é neutro, vigia os rico, mas ama os que vêm do gueto. Eu visto preto, por dentro e por fora, guerreiro, poeta entre o tempo e a memória. (...) Pra quem vive na guerra, a paz nunca existiu. Num clima quente, a minha gente sua frio, e um pretinho, seu caderno era um fuzil. Um fuzil, negro drama. (...) eu vim da selva, sou leão, sou demais pro seu quintal. Problema com escola, eu tenho mil, mil fita, inacreditável, mas seu filho me imita. (...) Obá, aquele louco que não pode errar, aquele que você odeia amar nesse instante, pele parda
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
A B C
D E
Quando o homem não trata bem a natureza, a natureza não trata bem o homem . ,[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

As artes na atualidade
As artes na atualidadeAs artes na atualidade
As artes na atualidadeAna Barreiros
 
Arte e sociedade - Instalações Artísticas
Arte e sociedade - Instalações ArtísticasArte e sociedade - Instalações Artísticas
Arte e sociedade - Instalações ArtísticasJunior Onildo
 
Hélio Oiticica e Lygia Clark
Hélio Oiticica e Lygia ClarkHélio Oiticica e Lygia Clark
Hélio Oiticica e Lygia ClarkAline Corso
 
Criatividade e ruturas
Criatividade e ruturasCriatividade e ruturas
Criatividade e ruturasAna Barreiros
 
Prova Artes 1 ano médio
Prova Artes 1 ano médioProva Artes 1 ano médio
Prova Artes 1 ano médioGeo Honório
 
Arte rupestre, arte nos muros, grafite e pichação
Arte rupestre, arte nos muros, grafite e pichaçãoArte rupestre, arte nos muros, grafite e pichação
Arte rupestre, arte nos muros, grafite e pichaçãoAline Raposo
 
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºBEscola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºBPriscila Barbosa
 
04 a nova complexidade material
04 a nova complexidade material04 a nova complexidade material
04 a nova complexidade materialVítor Santos
 
Diferenças e semelhanças do quadro do Portinari e Botero
Diferenças e semelhanças do quadro do Portinari e BoteroDiferenças e semelhanças do quadro do Portinari e Botero
Diferenças e semelhanças do quadro do Portinari e BoteroSolange Goulart
 
História da Arte: Pintura mural
História da Arte: Pintura muralHistória da Arte: Pintura mural
História da Arte: Pintura muralRaphael Lanzillotte
 
Revisão 4ºbim respondida
Revisão 4ºbim respondidaRevisão 4ºbim respondida
Revisão 4ºbim respondidaCEF16
 
EHA 05 Arte Urbana
EHA 05 Arte UrbanaEHA 05 Arte Urbana
EHA 05 Arte UrbanaOdair Tuono
 

Mais procurados (20)

As artes na atualidade
As artes na atualidadeAs artes na atualidade
As artes na atualidade
 
Arte e sociedade - Instalações Artísticas
Arte e sociedade - Instalações ArtísticasArte e sociedade - Instalações Artísticas
Arte e sociedade - Instalações Artísticas
 
2004 - 2 etapa
2004 - 2 etapa2004 - 2 etapa
2004 - 2 etapa
 
Arte conceitual
Arte conceitualArte conceitual
Arte conceitual
 
ARTE BRASILEIRA
ARTE BRASILEIRAARTE BRASILEIRA
ARTE BRASILEIRA
 
Semana 22 parte 3
Semana 22  parte 3Semana 22  parte 3
Semana 22 parte 3
 
Hélio Oiticica e Lygia Clark
Hélio Oiticica e Lygia ClarkHélio Oiticica e Lygia Clark
Hélio Oiticica e Lygia Clark
 
Criatividade e ruturas
Criatividade e ruturasCriatividade e ruturas
Criatividade e ruturas
 
Pintura mural
Pintura muralPintura mural
Pintura mural
 
Prova Artes 1 ano médio
Prova Artes 1 ano médioProva Artes 1 ano médio
Prova Artes 1 ano médio
 
Século xx no brasil
Século xx no brasilSéculo xx no brasil
Século xx no brasil
 
9ano
9ano9ano
9ano
 
Arte rupestre, arte nos muros, grafite e pichação
Arte rupestre, arte nos muros, grafite e pichaçãoArte rupestre, arte nos muros, grafite e pichação
Arte rupestre, arte nos muros, grafite e pichação
 
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºBEscola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
 
04 a nova complexidade material
04 a nova complexidade material04 a nova complexidade material
04 a nova complexidade material
 
Diferenças e semelhanças do quadro do Portinari e Botero
Diferenças e semelhanças do quadro do Portinari e BoteroDiferenças e semelhanças do quadro do Portinari e Botero
Diferenças e semelhanças do quadro do Portinari e Botero
 
História da Arte: Pintura mural
História da Arte: Pintura muralHistória da Arte: Pintura mural
História da Arte: Pintura mural
 
Revisão 4ºbim respondida
Revisão 4ºbim respondidaRevisão 4ºbim respondida
Revisão 4ºbim respondida
 
História da Arte: Muralismo
História da Arte: MuralismoHistória da Arte: Muralismo
História da Arte: Muralismo
 
EHA 05 Arte Urbana
EHA 05 Arte UrbanaEHA 05 Arte Urbana
EHA 05 Arte Urbana
 

Destaque

2010 prova e gabarito
2010 prova e gabarito2010 prova e gabarito
2010 prova e gabaritolactbmfjf
 
A rotinização do autoritarismo
A rotinização do autoritarismoA rotinização do autoritarismo
A rotinização do autoritarismoEdenilson Morais
 
Curso de Redação para o Enem: Aula 4
Curso de Redação para o Enem: Aula 4Curso de Redação para o Enem: Aula 4
Curso de Redação para o Enem: Aula 4Aline Gomes
 
Homenagem a Carlos Zéfiro
Homenagem a Carlos ZéfiroHomenagem a Carlos Zéfiro
Homenagem a Carlos ZéfiroEdenilson Morais
 
Religião e meios de comunicação
Religião e meios de comunicaçãoReligião e meios de comunicação
Religião e meios de comunicaçãoEdenilson Morais
 
História de Mato Grosso - fronteiras no século XVIII
História de Mato Grosso - fronteiras no século XVIIIHistória de Mato Grosso - fronteiras no século XVIII
História de Mato Grosso - fronteiras no século XVIIIEdenilson Morais
 
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEMProposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEMCynthia Funchal
 
Era Vargas e o Período Populista
Era Vargas e o Período PopulistaEra Vargas e o Período Populista
Era Vargas e o Período PopulistaEdenilson Morais
 
Alberto Vargas: O mestre das Pinups
Alberto Vargas: O mestre das PinupsAlberto Vargas: O mestre das Pinups
Alberto Vargas: O mestre das PinupsEdenilson Morais
 
Conceitos de política, poder e autoridade
Conceitos de política, poder e autoridadeConceitos de política, poder e autoridade
Conceitos de política, poder e autoridadeEdenilson Morais
 
Os resultados da vitória do ideário da Aliança Liberal
Os resultados da vitória do ideário da Aliança LiberalOs resultados da vitória do ideário da Aliança Liberal
Os resultados da vitória do ideário da Aliança LiberalEdenilson Morais
 
primeira guerra mundial - história pensante
primeira guerra mundial - história pensanteprimeira guerra mundial - história pensante
primeira guerra mundial - história pensanteEdenilson Morais
 

Destaque (20)

Poder e política
Poder e políticaPoder e política
Poder e política
 
2010 prova e gabarito
2010 prova e gabarito2010 prova e gabarito
2010 prova e gabarito
 
A rotinização do autoritarismo
A rotinização do autoritarismoA rotinização do autoritarismo
A rotinização do autoritarismo
 
Curso de Redação para o Enem: Aula 4
Curso de Redação para o Enem: Aula 4Curso de Redação para o Enem: Aula 4
Curso de Redação para o Enem: Aula 4
 
RedaçãO Enem
RedaçãO EnemRedaçãO Enem
RedaçãO Enem
 
Idade Moderna
Idade ModernaIdade Moderna
Idade Moderna
 
Homenagem a Carlos Zéfiro
Homenagem a Carlos ZéfiroHomenagem a Carlos Zéfiro
Homenagem a Carlos Zéfiro
 
Religião e meios de comunicação
Religião e meios de comunicaçãoReligião e meios de comunicação
Religião e meios de comunicação
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
História de Mato Grosso - fronteiras no século XVIII
História de Mato Grosso - fronteiras no século XVIIIHistória de Mato Grosso - fronteiras no século XVIII
História de Mato Grosso - fronteiras no século XVIII
 
Atualidades
AtualidadesAtualidades
Atualidades
 
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEMProposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
 
Era Vargas e o Período Populista
Era Vargas e o Período PopulistaEra Vargas e o Período Populista
Era Vargas e o Período Populista
 
Alberto Vargas: O mestre das Pinups
Alberto Vargas: O mestre das PinupsAlberto Vargas: O mestre das Pinups
Alberto Vargas: O mestre das Pinups
 
Equipe CNDL - 2011
Equipe CNDL - 2011Equipe CNDL - 2011
Equipe CNDL - 2011
 
Conceitos de política, poder e autoridade
Conceitos de política, poder e autoridadeConceitos de política, poder e autoridade
Conceitos de política, poder e autoridade
 
A Era Vargas
A Era Vargas A Era Vargas
A Era Vargas
 
Aprender a aprender
Aprender a aprenderAprender a aprender
Aprender a aprender
 
Os resultados da vitória do ideário da Aliança Liberal
Os resultados da vitória do ideário da Aliança LiberalOs resultados da vitória do ideário da Aliança Liberal
Os resultados da vitória do ideário da Aliança Liberal
 
primeira guerra mundial - história pensante
primeira guerra mundial - história pensanteprimeira guerra mundial - história pensante
primeira guerra mundial - história pensante
 

Semelhante a Arte como saber cultural

Panorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da HistóriaPanorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da HistóriaAntonio Abreu
 
Artes - Professor Beto Cavalcante
Artes - Professor Beto CavalcanteArtes - Professor Beto Cavalcante
Artes - Professor Beto CavalcantePré-Enem Seduc
 
arte-no-enem-2015.pptx
arte-no-enem-2015.pptxarte-no-enem-2015.pptx
arte-no-enem-2015.pptxOzielSoares2
 
04 julho 2012 nossa apresentaçao
04 julho 2012  nossa apresentaçao04 julho 2012  nossa apresentaçao
04 julho 2012 nossa apresentaçaoSandra Kroetz
 
MATERIAL4-QUESTÕES DE ARTE-novembro.docx
MATERIAL4-QUESTÕES DE ARTE-novembro.docxMATERIAL4-QUESTÕES DE ARTE-novembro.docx
MATERIAL4-QUESTÕES DE ARTE-novembro.docxBeto Cavalcante
 
Arte da segunda metade do século xx
Arte da segunda metade do século xxArte da segunda metade do século xx
Arte da segunda metade do século xxFabiana Alexandre
 
Aula 3 ef - artes
Aula 3   ef - artesAula 3   ef - artes
Aula 3 ef - artesWalney M.F
 
aula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arte
aula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arteaula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arte
aula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arteVem cá Prô Claudia Marques
 
aula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arte
aula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arteaula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arte
aula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arteVem cá Prô Claudia Marques
 
A arte do renascimento
A arte do renascimentoA arte do renascimento
A arte do renascimentoThais Ribeiro
 
Futurismos
FuturismosFuturismos
FuturismosISJ
 

Semelhante a Arte como saber cultural (20)

Arte contemporanea
Arte contemporaneaArte contemporanea
Arte contemporanea
 
Panorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da HistóriaPanorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da História
 
Artes - Professor Beto Cavalcante
Artes - Professor Beto CavalcanteArtes - Professor Beto Cavalcante
Artes - Professor Beto Cavalcante
 
arte-no-enem-2015.pptx
arte-no-enem-2015.pptxarte-no-enem-2015.pptx
arte-no-enem-2015.pptx
 
Aula dica enem 2019
Aula dica enem 2019Aula dica enem 2019
Aula dica enem 2019
 
04 julho 2012 nossa apresentaçao
04 julho 2012  nossa apresentaçao04 julho 2012  nossa apresentaçao
04 julho 2012 nossa apresentaçao
 
Romantismo 2
Romantismo 2Romantismo 2
Romantismo 2
 
MATERIAL4-QUESTÕES DE ARTE-novembro.docx
MATERIAL4-QUESTÕES DE ARTE-novembro.docxMATERIAL4-QUESTÕES DE ARTE-novembro.docx
MATERIAL4-QUESTÕES DE ARTE-novembro.docx
 
Arte da segunda metade do século xx
Arte da segunda metade do século xxArte da segunda metade do século xx
Arte da segunda metade do século xx
 
Aula 3 ef - artes
Aula 3   ef - artesAula 3   ef - artes
Aula 3 ef - artes
 
AULÃO-3º ANOSE.M..pptx
AULÃO-3º ANOSE.M..pptxAULÃO-3º ANOSE.M..pptx
AULÃO-3º ANOSE.M..pptx
 
aula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arte
aula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arteaula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arte
aula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arte
 
aula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arte
aula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arteaula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arte
aula 15.08.2020 Apresentacao aula 1_-_linguagens_e_codigos_-_funcoes_da_arte
 
25 arte anos 1950 2020
25 arte anos 1950 202025 arte anos 1950 2020
25 arte anos 1950 2020
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
 
A arte do renascimento
A arte do renascimentoA arte do renascimento
A arte do renascimento
 
Futurismos
FuturismosFuturismos
Futurismos
 
NEOCLÁSSICO.pdf
NEOCLÁSSICO.pdfNEOCLÁSSICO.pdf
NEOCLÁSSICO.pdf
 
Ufu 2019 Revisão
Ufu 2019 RevisãoUfu 2019 Revisão
Ufu 2019 Revisão
 
5. pesquisas linguagem
5. pesquisas linguagem5. pesquisas linguagem
5. pesquisas linguagem
 

Mais de Edenilson Morais

Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do MaranhãoSimulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do MaranhãoEdenilson Morais
 
Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem Edenilson Morais
 
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)Edenilson Morais
 
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade culturalHistória do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade culturalEdenilson Morais
 
História de mato grosso período colonial
História de mato grosso   período colonialHistória de mato grosso   período colonial
História de mato grosso período colonialEdenilson Morais
 
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)Edenilson Morais
 
Sociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel FoucaltSociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel FoucaltEdenilson Morais
 
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014Edenilson Morais
 
As origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtAs origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtEdenilson Morais
 
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernosA crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernosEdenilson Morais
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisEdenilson Morais
 
Artigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidadeArtigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidadeEdenilson Morais
 

Mais de Edenilson Morais (20)

Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do MaranhãoSimulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
 
Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem
 
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
 
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade culturalHistória do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
 
História de mato grosso período colonial
História de mato grosso   período colonialHistória de mato grosso   período colonial
História de mato grosso período colonial
 
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
 
Sociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel FoucaltSociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel Foucalt
 
A nova historia cultural
A nova historia culturalA nova historia cultural
A nova historia cultural
 
Guerraspunicas
GuerraspunicasGuerraspunicas
Guerraspunicas
 
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
 
As origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtAs origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendt
 
Durkheim suicidio
Durkheim suicidioDurkheim suicidio
Durkheim suicidio
 
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernosA crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
 
Sociologia globalização
Sociologia globalizaçãoSociologia globalização
Sociologia globalização
 
A visão da afro
A visão da afroA visão da afro
A visão da afro
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
 
Cartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerraCartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerra
 
Sociologia resumo
Sociologia resumoSociologia resumo
Sociologia resumo
 
Artigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidadeArtigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidade
 
Weber e o capitalismo
Weber e o capitalismoWeber e o capitalismo
Weber e o capitalismo
 

Último

BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Susana Stoffel
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 

Último (20)

BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 

Arte como saber cultural

  • 1. Compreender a arte como saber cultural e estético gerador de significação e integrador da organização do mundo e da própria identidade. Linguagens, códigos e suas tecnologias Competência de área 4
  • 2.
  • 4.
  • 5. GUERNICA PICASSO CIDADE DE GUERNICA BOMBARDEADA EM 26- abril - 1937 A R T E E N G A J A D A POLÍTICA
  • 6.  
  • 7.
  • 8. Acadêmico x Moderno Anita Malfatti William-Adolphe Bouguereau
  • 9. Obras hiperrealistas IAN MALEK JAMIE SALMON E JACKIE K. SEO
  • 10.
  • 11. P R A Z E R
  • 12.  
  • 14.
  • 15.
  • 16. Correspondem à arte barroca apenas as imagens a) 1 e 2. b) 1 e 3. c) 2 e 4. d) 1, 3 e 4. e) 2, 3 e 4.
  • 17.
  • 18. A B B C
  • 19. D E
  • 20.
  • 21. Assinale a imagem que apresente um conflito entre grafite, representante urbano das artes plásticas contemporâneas, e a pichação , considerado por muitos como um ato de vandalismo. I A B
  • 22. C D E
  • 23. PORTINARI , Os Retirantes
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27. III) Banquete dos oficiais da Milícia St. George Company Frans Hals, 1616. IV) Massacre na Coréia Pablo Picasso, 1951 . a) I e II. b) I e III. c) II e IV. d) I, III e IV. e) II, III e IV.
  • 28.
  • 29. a) Viera da Silva “Jogo de Xadrex” b) Oswaldo Goeldi “Céu Vermelho” c) Aluísio Carvão “Claro Vermelho”
  • 30. d) Lígia Pape “Luz” e) Antônio Dias “Fumaça do Prisioneiro”
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36. BARRETO, Gilson e OLIVEIRA, Marcelo G. de. A arte secreta de Michelangelo - Uma lição de anatomia na Capela Sistina . ARX .
  • 37.
  • 38.
  • 39. (...) Tim…tim… um brinde pra mim, sou exemplo de vitórias, trajetos e glórias. O dinheiro tira um homem da miséria, mas não pode arrancar, de dentro dele, a favela. Negro drama, entre o sucesso e a lama, dinheiro, problemas, inveja, luxo, fama. Negro drama, cabelo crespo e a pele escura, a ferida, a chaga, à procura da cura. (...) Você deve ‘tá pensando o que você tem a ver com isso Desde o início, por ouro e prata, olha quem morre, então veja você quem mata. Recebe o mérito a farda que pratica o mal. Me ver pobre, preso ou morto já é cultural.
  • 40. (...) Que Deus me guarde, pois eu sei que ele não é neutro, vigia os rico, mas ama os que vêm do gueto. Eu visto preto, por dentro e por fora, guerreiro, poeta entre o tempo e a memória. (...) Pra quem vive na guerra, a paz nunca existiu. Num clima quente, a minha gente sua frio, e um pretinho, seu caderno era um fuzil. Um fuzil, negro drama. (...) eu vim da selva, sou leão, sou demais pro seu quintal. Problema com escola, eu tenho mil, mil fita, inacreditável, mas seu filho me imita. (...) Obá, aquele louco que não pode errar, aquele que você odeia amar nesse instante, pele parda
  • 41.
  • 42.
  • 43.
  • 44.
  • 45.
  • 46.  
  • 47.
  • 48.
  • 49. A B C
  • 50. D E
  • 51.
  • 52.