A transição para o trabalho livre e assalariado

25.713 visualizações

Publicada em

A transição do trabalho escravo para o trabalho livre e assalariado no Brasil durante o período imperial durante a segunda metade do século XIX

1 comentário
7 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
25.713
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9.405
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
167
Comentários
1
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A transição para o trabalho livre e assalariado

  1. 1. A transição para o trabalho livre e assalariado no Brasil
  2. 2. Abolição da escravatura <ul><li>Perspectiva diferente; </li></ul><ul><li>Participação intensa dos escravos; </li></ul><ul><li>Processo abolicionista; </li></ul>
  3. 4. Problematização do tema <ul><li>Fim do tráfico negreiro (1850); </li></ul><ul><li>Lei de Terras (1850); </li></ul><ul><li>Campanha Abolicionista: </li></ul><ul><li>Leis votadas no Parlamento brasileiro; </li></ul><ul><li>Abolição da escravidão; </li></ul><ul><li>Processo de imigração; </li></ul>
  4. 5. Tráfico negreiro
  5. 6. O fim do tráfico negreiro <ul><li>Pressões exercidas pela Inglaterra; </li></ul><ul><li>Lei Bill Aberdeen (1847); </li></ul><ul><li>Lei Eusébio de Queirós (1850); </li></ul><ul><li>Tráfico interprovincial; </li></ul>
  6. 8. O movimento abolicionista <ul><li>Fim do século XIX: maioria do país era anti-escravista; </li></ul><ul><li>Organização de clubes e associações abolicionistas; </li></ul><ul><li>Questão delicada no Parlamento, divergências entre os favoráveis e os contrários à abolição da escravatura; </li></ul>
  7. 9. Oposição ao trabalho escravo no Brasil na segunda metade do século XIX
  8. 10. Campanha abolicionista
  9. 11. Emancipação gradual dos cativos <ul><li>Proposta do Parlamento; </li></ul><ul><li>Visava esvaziar o movimento abolicionista; </li></ul><ul><li>Lei do Ventre Livre (1871); </li></ul><ul><li>Lei dos Sexagenários (1885); </li></ul>
  10. 12. Campanha de libertação voluntária <ul><li>Concessão de alforrias; </li></ul><ul><li>Liderança da sociedade civil; </li></ul><ul><li>Libertação dos escravos no Ceará (1882-1884); </li></ul>
  11. 13. Lideranças abolicionistas
  12. 14. Protagonismo negro na abolição
  13. 15. Lei do Ventre Livre (1871) <ul><li>Libertava os filhos de mulheres escravas nascidos a partir dessa data; </li></ul><ul><li>Teve resultados insignificantes; </li></ul>
  14. 16. Lei do Ventre Livre (1871)
  15. 17. Lei dos Sexagenários (1885) <ul><li>Libertava os escravos com mais de 60 anos de idade; </li></ul><ul><li>Beneficiou mais aos senhores; </li></ul>
  16. 18. Lei dos Sexagenários
  17. 19. Lei Áurea <ul><li>Abolição definitiva da escravidão; </li></ul><ul><li>Princesa Isabel, a “redentora”; </li></ul>
  18. 20. A Princesa Isabel e a Lei Áurea
  19. 22. A introdução do trabalho livre e assalariado
  20. 23. O sistema de parceria <ul><li>Idealizado pelo senador Nicolau de Campos Vergueiro; </li></ul><ul><li>O fazendeiro pagava as despesas da viagem do imigrante para o Brasil; </li></ul><ul><li>Esse sistema não deu certo; </li></ul><ul><li>Maus tratos aos imigrantes; </li></ul>
  21. 24. Chegada de imigrantes no Brasil
  22. 25. Lei de Terras (1850) <ul><li>Atribuição de valor imobiliário à terra; </li></ul><ul><li>Contribuiu para a consolidação dos latifúndios no Brasil; </li></ul><ul><li>Promoveu o processo de exclusão ao acesso à terra; </li></ul>
  23. 26. Lei de Terras (1850)
  24. 27. A imigração subvencionada <ul><li>O Estado pagava a viagem do imigrante; </li></ul><ul><li>Intensa propaganda na Europa; </li></ul><ul><li>Conjuntura internacional favorável; </li></ul><ul><li>Fazendas de café e áreas no Sul do país; </li></ul>
  25. 28. Imigração subvencionada
  26. 29. Chegada dos imigrantes no Brasil

×