CENÁRIO DO ENSINO ONLINE – MOOCS E
BLENDED ONLINE LEARNING
Edelvicio Junior
edelvicio@terra.com.br
MODELO DE ENSINO ATUAL
As metáforas da escola, há mais de 100 anos
focadas em termos como transmissão, retenção,
aprovação...
MOOCS (MASSIVE OPEN ONLINE COURSES)
Curso Online Aberto e Massivo é um curso aberto
através da Web (com a utilização de AV...
Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
Revista VEJA – 02 de outubro de 2013
MOOCS- HISTÓRICO
Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
Open Courseware (OCW) – termo
aplicado a contéudos criados por
Universidades para cursos
específicos e que podem ser
repli...
Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
CREATIVE COMMONS
Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
CREATIVE COMMONS
Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
MOOCS – CARACTERÍSTICAS BÁSICAS
 Não há uma definição em comum aceita do que seja um
MOOC.
 Características básicas comu...
MOOCS – VARIAÇÕES CONCEITUAIS
Devido a escala massiva de estudantes e à alta razão entre
estudante-professor, os MOOCs req...
O PERFIL DO PROFESSOR
Tipicamente um professor gasta algo em torno de
100 horas no desenvolvimento de um curso para
ambiente MOOC antes mesmo de...
MOOCS – FATORES CRÍTICOS
 Credibilidade da instituição;
 Apoio institucional (visão, planejamento e infra-estrutura);
 ...
MOOCS– AVALIAÇÃO
Existem diversas técnicas:
 Testes de múltipla escolha;
 Quizzes;
 Peer-reviewed ;
 Exames pagos real...
A taxa média de conclusão dos cursos é de
10%;
A taxa de conclusão para os alunos que
concluem o primeiro trabalho é de ...
MOOCS – MODELO DE NEGÓCIO
 Não há ainda um modelo de negócio estabelecido;
 Os principais players obtiveram aportes de i...
AVA OU LMS – FUNCIONALIDADES BÁSICAS
 Funcionamento no modelo cloud;
 Ferramentas para a publicação de conteúdo;
 Searc...
Mais de 15% dos universitários brasileiros
(cerca de 1 milhão de alunos) estão hoje
matriculados na modalidade de ensino
s...
CASES BRASILEIROS
MOOCS – INICIATIVAS BRASILEIRAS
 UNESP Aberta – primeira iniciativa (junho de 2012). Setenta
cursos gratuitos sem certifi...
¨Atraí mais estudantes em 2012
do que em meus trinta anos
de Harvard.¨
 Criado em Abril de 2012 por dois professores de Stanford (Andrew Ng and
Daphne Koller), possui fins lucrativos;
 Possui...
 Organização sem fins lucrativos, criada pelo M.I.T. e Harvard em Maio de
2012, com um investimento de US$ 60 milhões;
 ...
 Criado em Abril de 2012 por três professores de Stanford (Sebastian
Thrun, David Stavens e Mike Sokolsky), possui fins l...
 Serve como uma plataforma online que permite que
professores e profissionais construam e hospedem cursos online.
 O sit...
BLENDED ONLINE LEARNING
(WEB + ON CAMPUS)
É um programa de educação formal em que um aluno
aprende:
(1) pelo menos em par...
O FUTURO DO ENSINO ONLINE
 Um estudo do Banco de Desenvolvimento da
Ásia estima que apenas 6,7% da população
mundial poss...
O FUTURO DO ENSINO ONLINE
 Já é uma realidade nas escolas americanas;
 É um modelo irreversível;
 As Universidades serã...
O FUTURO DO ENSINO ONLINE
 A Universidade de San Jose State testou em outubro de
2012 um curso em que os alunos faziam o ...
Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
Obrigado!
Edelvicio Junior
55 61 99897700
edelvicio@terra.com.br
Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning
Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning
Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning
Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning
Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning
Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning
Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning
Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning
Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning
Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning
Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning
Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning

1.223 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre o cenário do ensino online no Brasil e nos EUA.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.223
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cenário do ensino online no Brasil e nos EUA - MOOCs e Blended Online Learning

  1. 1. CENÁRIO DO ENSINO ONLINE – MOOCS E BLENDED ONLINE LEARNING Edelvicio Junior edelvicio@terra.com.br
  2. 2. MODELO DE ENSINO ATUAL As metáforas da escola, há mais de 100 anos focadas em termos como transmissão, retenção, aprovação, reprovação e controle e num modelo centrado no professor.
  3. 3. MOOCS (MASSIVE OPEN ONLINE COURSES) Curso Online Aberto e Massivo é um curso aberto através da Web (com a utilização de AVA (Ambiente Virtual de Aprendizabem) e/ou ferramentas da Web 2.0 e/ou redes sociais), que visa oferecer para um grande número de alunos a oportunidade de ampliar seus conhecimentos, inclusive, num processo de co-produção.
  4. 4. Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
  5. 5. Revista VEJA – 02 de outubro de 2013
  6. 6. MOOCS- HISTÓRICO
  7. 7. Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
  8. 8. Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
  9. 9. Open Courseware (OCW) – termo aplicado a contéudos criados por Universidades para cursos específicos e que podem ser replicados gratuitamente via Internet. OER - inclui qualquer conteúdo educacional que pode ser compatilhado sobre uma licença (ex: Creative Commons), sendo parte ou não de um curso.
  10. 10. Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
  11. 11. CREATIVE COMMONS Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
  12. 12. CREATIVE COMMONS Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
  13. 13. MOOCS – CARACTERÍSTICAS BÁSICAS  Não há uma definição em comum aceita do que seja um MOOC.  Características básicas comuns: Acesso aberto: Conteúdo gratuito, embora possam haver custos para serviços (ex. certificação, reconhecimento de créditos etc); Escalabilidade: Curso projetados para suportar um número indefinido de participantes. Licenciamento aberto de conteúdo (ex. Creative Commons), Uso da Internet e de recursos da Web 2.0
  14. 14. MOOCS – VARIAÇÕES CONCEITUAIS Devido a escala massiva de estudantes e à alta razão entre estudante-professor, os MOOCs requerem que o design Instrucional permita interações e feedback em larga escala. Existe duas abordagens principais para atingir este objetvo:  cMOOC (Network-based) – focado na criação e compartilhamento do conhecimento .  Crowd-sourced interaction &feedback – peer review, wikis, blogs, grupos de discussão, RSS feeds e outras ferramentas Web 2.0.  xMOOC (Content-based) – focado na duplicação do conhecimento.  Automated feedback - Quizzes, Exames, Simulados com auto- correção etc.
  15. 15. O PERFIL DO PROFESSOR
  16. 16. Tipicamente um professor gasta algo em torno de 100 horas no desenvolvimento de um curso para ambiente MOOC antes mesmo dele começar. Este tempo é gasto na gravação de vídeos e outros tipos preparativos. Os professores, após o início do curso, gastam entre 8 e 10 horas por semana participando de fóruns de discussão e postando materiais. O PERFIL DO PROFESSOR
  17. 17. MOOCS – FATORES CRÍTICOS  Credibilidade da instituição;  Apoio institucional (visão, planejamento e infra-estrutura);  Estrutura do curso;  Estrutura de suporte e apoio ao aluno;  Certificação;  Tecnologia utilizada;  Modelos de avaliação;  Segurança na avaliação;  Reconhecimento dos créditos.
  18. 18. MOOCS– AVALIAÇÃO Existem diversas técnicas:  Testes de múltipla escolha;  Quizzes;  Peer-reviewed ;  Exames pagos realizados por Testing Centers;  Uso de tecnologias de monitoramento (ex. web cam, monitoramento do click do mouse e velocidade de digitação, biometria etc).
  19. 19. A taxa média de conclusão dos cursos é de 10%; A taxa de conclusão para os alunos que concluem o primeiro trabalho é de cerca de 45%; Para os alunos que pagam a taxa de US$ 50.00 para a realização do exame seguro contra fraude, a taxa de conclusão é de 70%. Fonte: COURSERA MOOCS – TAXA DE CONCLUSÃO DOS CURSOS
  20. 20. MOOCS – MODELO DE NEGÓCIO  Não há ainda um modelo de negócio estabelecido;  Os principais players obtiveram aportes de investimentos sem ter um plano de negócios;  Freemium – conteúdo gratuito, com serviços adicionais pagos:  Avaliação segura; Créditos; Certificados; Coaching;  Licenciamento do uso para instituições de ensino;  Acesso ao banco de currículos por recrutadores;  Licenciamento da plataforma para a realização de treinamento corporativo;  Marketing (sponsorship).  School-as-service;
  21. 21. AVA OU LMS – FUNCIONALIDADES BÁSICAS  Funcionamento no modelo cloud;  Ferramentas para a publicação de conteúdo;  Search engine;  Ferramentas para disseminação de conteúdo;  Ferramentas de comunicação: fórum, chat, mensagens internas (substituem ou integram com email);  Ferramentas de colaboração: wiki, whiteboard (quadro branco compartilhado), blog, chat etc;  Formação de grupos: contatos, grupos de trabalho, etc;  Ferramentas de avaliação (testes, provas, quizzes etc);  Armazenamento e recuperação de documentos e mídias digitais;  Vídeo conferência, mensagem instantânea e VOIP;  Ferramentas administrativas;  Adaptive learning applications (futuro próximo).
  22. 22. Mais de 15% dos universitários brasileiros (cerca de 1 milhão de alunos) estão hoje matriculados na modalidade de ensino superior a distância, em que quase tudo é online. Revista VEJA, 02 de outubro de 2013
  23. 23. CASES BRASILEIROS
  24. 24. MOOCS – INICIATIVAS BRASILEIRAS  UNESP Aberta – primeira iniciativa (junho de 2012). Setenta cursos gratuitos sem certificação ou assessoria pedagógica;  MOOCEaD, primeiro MOOC em língua portuguesa sobre Educação a Distância, coordenado pelos professores brasileiro João Mattar e português Paulo Simões (segundo semestre de 2012);  MOOC LP (Língua Portuguesa) – coordenado pelo professor João Mattar (abril de 2013);  VEDUCA  Portal fundado em 2012, hospeda e traduz MOOCs e aulas gratuitas de grandes universidades;  Possui mais de 270 cursos de 17 Universidades;  Hospedou os três primeiros cursos da USP e de biologia da UnB, lançados 2013;  Acaba de lançar o MBA online em engenharia e inovação (professores da USP e UFSC).
  25. 25. ¨Atraí mais estudantes em 2012 do que em meus trinta anos de Harvard.¨
  26. 26.  Criado em Abril de 2012 por dois professores de Stanford (Andrew Ng and Daphne Koller), possui fins lucrativos;  Possui mais de 450 cursos em sete idiomas, 88 parceiros acadêmicos e mais de 4,9 milhões de alunos cadastrados;  Cobra licenciamento para utilização dos conteúdos e das ferramentas;  Pagamento entre US$ 20 a US$ 50 para emissão de um certificado. Ainda não tem um modelo de reconhecimento de créditos;  Cobra das empresas uma taxa para ter acesso a lista dos melhores alunos;  Interação social – Foruns online, grupos de estudo e meet-ups organizados por alunos em cerca de 1.400 cidades;  A maioria dos cursos possuem data de início e de fim, embora seja possível iniciar um curso após o início, antes do fechamento de inscrições;  Certificados – Alguns instrutores oferecem certificados que ainda não são aceitos por universidades.
  27. 27.  Organização sem fins lucrativos, criada pelo M.I.T. e Harvard em Maio de 2012, com um investimento de US$ 60 milhões;  Conta com mais de 70 cursos, 29 parceiros acadêmicos e mais de 1, 3 milhão de alunos cadastrados;  Oferece a possibilidade de realização de exames pagos nos testing centers da Pearson. Possui rotinas de prevenção de cópias nos testes;  Interação social – Rudimentar;  Os cursos possuem datas de início e fim. O registro se encerra duas semanas após o inicio. Os alunos podem perder uma semana, mas perdem pontos se não cumprirem os prazos para entrega dos trabalhos;  Dois modelos de certificados – o de simples finalização do curso e o relativo aos exames pagos. Ambos carregam o nome EDX e o do campus - ex. MITX, HarvardX, BerkeleyX, UTAustinX.
  28. 28.  Criado em Abril de 2012 por três professores de Stanford (Sebastian Thrun, David Stavens e Mike Sokolsky), possui fins lucrativos;  Possui cerca de 30 cursos, com ênfase em ciências, matemática e ciência da computação;  Exames pagos nos testing centers da Pearson por US$ 89,00;  Interação social – Foruns online, grupos de estudo e meet-ups organizados por alunos em cerca de 450 cidades;  Cobra das empresas (Google, Bank of America, Twitter, Facebook e TrialPay) uma taxa para ter acesso a lista dos melhores alunos;  Os cursos não possuem data para início e fim;  Certificados – São emitidos certificados de acordo com a performance: completion, distinction, high distinction e highest distinction;
  29. 29.  Serve como uma plataforma online que permite que professores e profissionais construam e hospedem cursos online.  O site foi fundado em 2010 por Eren Bali, Oktay Caglar e Gagan Biyani;  Oferece uma plataforma de criação de conteúdo para que seja feito o upload de arquivos, mídias digitais, ferramentas de comunicação, streaming de vídeo ao vivo para a criação e suporte dos cursos on line;  Possui mais de 500.000 alunos matriculados;  Oferece cursos pagos (a critério do instrutor) e gratuitos, inclusive em português;  Taxa de 30% sobre o valor dos cursos pagos.
  30. 30. BLENDED ONLINE LEARNING (WEB + ON CAMPUS) É um programa de educação formal em que um aluno aprende: (1) pelo menos em parte, através da aprendizagem on- line, com algum elemento de controle do aluno ao longo do tempo, lugar, sequência e/ou ritmo; (2) pelo menos em parte, num local físico, longe de casa; (3) e as modalidades ao longo caminho de aprendizagem de cada aluno dentro de um curso ou assunto são conectados para fornecer uma experiência de aprendizagem integrada.
  31. 31. O FUTURO DO ENSINO ONLINE  Um estudo do Banco de Desenvolvimento da Ásia estima que apenas 6,7% da população mundial possui um diploma de curso superior (5,9% em 2000);  A Unesco estima ser necessário erguer uma uriversidade para 30 mil alunos por semana para atender à demanda por vagas até 2025. Fonte: Revista VEJA, 02/10/2013
  32. 32. O FUTURO DO ENSINO ONLINE  Já é uma realidade nas escolas americanas;  É um modelo irreversível;  As Universidades serão beneficiados, atraindo novos alunos para cursos presenciais ou podem oferecer cursos mistos, completando o material do MOOC com a instrução face-to- face, num modelo Blended Online Learning;  As Universidades alargam as fronteiras, sem a necessidade de expandir suas instalações físicas, reduzindo sobremaneira seus custos operacionais;  Os alunos podem se beneficiar, pagando uma taxa para fazer um exame supervisionado, o que garantiria a obtenção de crédito para Universidades ao redor do mundo.
  33. 33. O FUTURO DO ENSINO ONLINE  A Universidade de San Jose State testou em outubro de 2012 um curso em que os alunos faziam o MOOC em casa e frequentavam as aulas para aprofundar o tema. O índice de reprovação caiu de 40% para 9%;  Em fevereiro de 2013 o Conselho Americano de Educação recomendou que as 1.800 Universidades Americanas aceitassem cinco MOOCs como crédito universitário;  A Escola de Negócios de Harvard não ensina mais contabilidade básica.
  34. 34. Fonte: Embraning OER & MOOC to transform education – Zaid Ali Alsagoff
  35. 35. Obrigado! Edelvicio Junior 55 61 99897700 edelvicio@terra.com.br

×