ORIENTE MÉDIO<br />Uma região de conflitos<br />
O atual Estado de Israel e territórios palestinos – foram habitados por diversos grupos humanos DESTAQUE: Hebreus<br />
Hebreus: desenvolveram sua cultura, costumes e religião no Oriente Médio<br />
Império Romano: dominou quase todo o Oriente Médio<br />
Especial importância à localização estratégica da Judéia (Judeus)<br />
Judeus: inconformados com a dominação romana, iniciaram uma série de revoltas<br />
Romanos: reagiram com violenta perseguição aos judeus em todas as localidades.<br />
70 d.C – Diáspora<br />
Judeus: continuaram a ser perseguidos em quase todas as localidades em que viviam.<br />
Judeus dispersos pelo mundo – antigas terras conquistadas por diversos povos<br />
700 d.C – região conquistada pelos muçulmanos<br />
Região da Palestina: área dominada pela cultura árabe<br />
Fim do século XIX: judeus iniciaram retorno às suas terras ancestrais<br />
Início do século XX: Região da Palestina dominada pelo Império Turco-Otomano (aliado da Alemanha) – Maioria árabe não tinh...
I Guerra Mundial: Grã-Bretanha (Inglaterra, Escócia e País de Gales) vence o Império Turco-Otomano com apoio árabe <br />
Árabes obtiveram controle do petróleo e negociavam com companhias inglesas.<br />
Na Europa, britânicos apoiavam judeus que queriam criar seu país na mesma região habitada pelos árabes... a PALESTINA.<br />
II Guerra Mundial: Perseguição nazista aos judeus.<br />
Muitos judeus foram para a Palestina, agora chamada de ISRAEL.<br />
Para evitarconflitos - ideiade dividir Israel em dois Estados: um ÁRABE  e outro JUDEU<br />
Árabes não aceitaram a ideia de dividir o território com um povo que acabara de chegar após dois mil anos longe.<br />
1947: auge do conflito divisão da região em dois países pela ONU<br />
1948: judeus declararam independência de Israel (foram atacados por países árabes vizinhos, solidários aos palestinos)<br />
Milhões de árabes palestinos expulsos de suas casas pelo exército de Israel.<br />
Refúgio: Cisjordânia (Jordânia), Faixa de gaza (Egito) e outros países (Ex.: Líbano)<br />
1964: Palestinos refugiados fundaram a OLP (Organização para Libertação da Palestina)<br />
Meta inicial: retomar as terras e expulsar todos os judeus.<br />
OLP passou a atacar repentinamente o Estado de Israel<br />
1967: resposta de Israel aos ataques palestinos – tomou Cisjordânia, Faixa de Gaza e as colinas de GolãGUERRA DOS SEIS DIA...
1970: Yasser Arafat comanda ataques a cidades de Israel<br />
Os países árabes lançam um ataque surpresa no YomKippur (feriado religioso judáico), onde os judeus oram e recolhem-se.<br />
Israel mantém terras conquistadas<br />
Ataques de Israel contra Faixa de Gaza<br />
Ataque de Israel contra comboio de ajuda humanitária<br />
Palestinos: péssimas condições, sem perspectiva e dedicação à luta armada (Gaza e Cisjordânia)<br />
1977: Egito, na pessoa de Anuar Sadat, aproxima-se dos EUA e Israel<br />
1979: Israel devolve o Sinai ao Egito e EUA ampliam sua área de influência, além de oferecer investimentos aos Egito – ACO...
Acordo considerado traição pelo mundo árabe<br />
1980: A OLP é questionada por não conseguir dar terra e liberdade aos palestinos<br />
Terroristas árabes matam Anuar Sadat como vingança pelo entendimento entre Egito e Israel<br />
1987: O Hamas (em árabe, Movimento de Resistência Islâmica), organização que cresceu entre os palestinos, torna-se um part...
HAMAS: prega a luta incessante contra Israel, inclusive com ataques suicidas<br />
Relevância política<br />
Possui importante rede de assistência social que ajuda famílias palestinas carentes<br />
1990: OLP e Yasser Arafat perdem força. Perde apoio da URSS (fim em 1991) e dos países árabes (problemas internos)<br />
1993: Acordo de Paz – ACORDOS DE OSLO (capital da Noruega) – ONU: ISRAEL (Itzhak Rabin), EUA (Bill Clinton) e OLP (Yasser ...
OLP: comprometia reconhecer o Estado de Israel e a não mais atacá-lo<br />
ISRAEL: reconhecia a OLP e dava autonomia nos territórios de Gaza e Cisjordânia (quanto menos ataques a Israel, mais terra...
Terras lideradas por Israel: controladas pela Autoridade Nacional Palestina (espécie de governo palestino)<br />
1995: Assassinato de Itzhak Rabin, primeiro-ministro de Israel, por um jovem judeu contrário a aproximação com os palestin...
Aumento das tensões e demora nas concessões de terras aos palestinos (mais revolta)<br />
2002: Morte do líder palestino Yasser Arafat<br />
2005: Tropas israelenses deixam a Faixa de Gaza (12 anos após os Acordos de Oslo)<br />
Continuidade dos ataques suicidas contra israelenses<br />
ATUALMENTE...<br />
- A pacificação na região não se concretizou<br />
<ul><li>Problemas de difícil solução...</li></li></ul><li>. Cisjordânia não tem autonomia total<br />
. Mais de 3 milhões de palestinos querem voltar e são impedidos por Israel<br />
. Israel não aceita Jerusalém como capital da Palestina.<br />
“ Uma vez que as guerras nascem no espírito dos homens,é no espírito dos homens que se devem erguer as defesas da paz.”   ...
Oriente médio uma região de conflitos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Oriente médio uma região de conflitos

19.201 visualizações

Publicada em

2 comentários
18 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
19.201
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
232
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.485
Comentários
2
Gostaram
18
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oriente médio uma região de conflitos

  1. 1. ORIENTE MÉDIO<br />Uma região de conflitos<br />
  2. 2. O atual Estado de Israel e territórios palestinos – foram habitados por diversos grupos humanos DESTAQUE: Hebreus<br />
  3. 3.
  4. 4. Hebreus: desenvolveram sua cultura, costumes e religião no Oriente Médio<br />
  5. 5. Império Romano: dominou quase todo o Oriente Médio<br />
  6. 6. Especial importância à localização estratégica da Judéia (Judeus)<br />
  7. 7. Judeus: inconformados com a dominação romana, iniciaram uma série de revoltas<br />
  8. 8. Romanos: reagiram com violenta perseguição aos judeus em todas as localidades.<br />
  9. 9. 70 d.C – Diáspora<br />
  10. 10. Judeus: continuaram a ser perseguidos em quase todas as localidades em que viviam.<br />
  11. 11. Judeus dispersos pelo mundo – antigas terras conquistadas por diversos povos<br />
  12. 12. 700 d.C – região conquistada pelos muçulmanos<br />
  13. 13. Região da Palestina: área dominada pela cultura árabe<br />
  14. 14. Fim do século XIX: judeus iniciaram retorno às suas terras ancestrais<br />
  15. 15. Início do século XX: Região da Palestina dominada pelo Império Turco-Otomano (aliado da Alemanha) – Maioria árabe não tinha autonomia<br />
  16. 16. I Guerra Mundial: Grã-Bretanha (Inglaterra, Escócia e País de Gales) vence o Império Turco-Otomano com apoio árabe <br />
  17. 17. Árabes obtiveram controle do petróleo e negociavam com companhias inglesas.<br />
  18. 18. Na Europa, britânicos apoiavam judeus que queriam criar seu país na mesma região habitada pelos árabes... a PALESTINA.<br />
  19. 19. II Guerra Mundial: Perseguição nazista aos judeus.<br />
  20. 20. Muitos judeus foram para a Palestina, agora chamada de ISRAEL.<br />
  21. 21. Para evitarconflitos - ideiade dividir Israel em dois Estados: um ÁRABE e outro JUDEU<br />
  22. 22.
  23. 23. Árabes não aceitaram a ideia de dividir o território com um povo que acabara de chegar após dois mil anos longe.<br />
  24. 24. 1947: auge do conflito divisão da região em dois países pela ONU<br />
  25. 25. 1948: judeus declararam independência de Israel (foram atacados por países árabes vizinhos, solidários aos palestinos)<br />
  26. 26. Milhões de árabes palestinos expulsos de suas casas pelo exército de Israel.<br />
  27. 27. Refúgio: Cisjordânia (Jordânia), Faixa de gaza (Egito) e outros países (Ex.: Líbano)<br />
  28. 28.
  29. 29. 1964: Palestinos refugiados fundaram a OLP (Organização para Libertação da Palestina)<br />
  30. 30. Meta inicial: retomar as terras e expulsar todos os judeus.<br />
  31. 31. OLP passou a atacar repentinamente o Estado de Israel<br />
  32. 32. 1967: resposta de Israel aos ataques palestinos – tomou Cisjordânia, Faixa de Gaza e as colinas de GolãGUERRA DOS SEIS DIAS<br />
  33. 33. 1970: Yasser Arafat comanda ataques a cidades de Israel<br />
  34. 34. Os países árabes lançam um ataque surpresa no YomKippur (feriado religioso judáico), onde os judeus oram e recolhem-se.<br />
  35. 35. Israel mantém terras conquistadas<br />
  36. 36.
  37. 37. Ataques de Israel contra Faixa de Gaza<br />
  38. 38. Ataque de Israel contra comboio de ajuda humanitária<br />
  39. 39. Palestinos: péssimas condições, sem perspectiva e dedicação à luta armada (Gaza e Cisjordânia)<br />
  40. 40. 1977: Egito, na pessoa de Anuar Sadat, aproxima-se dos EUA e Israel<br />
  41. 41. 1979: Israel devolve o Sinai ao Egito e EUA ampliam sua área de influência, além de oferecer investimentos aos Egito – ACORDOS DE CAMP DAVID<br />
  42. 42. Acordo considerado traição pelo mundo árabe<br />
  43. 43. 1980: A OLP é questionada por não conseguir dar terra e liberdade aos palestinos<br />
  44. 44. Terroristas árabes matam Anuar Sadat como vingança pelo entendimento entre Egito e Israel<br />
  45. 45. 1987: O Hamas (em árabe, Movimento de Resistência Islâmica), organização que cresceu entre os palestinos, torna-se um partido político<br />
  46. 46. HAMAS: prega a luta incessante contra Israel, inclusive com ataques suicidas<br />
  47. 47.
  48. 48. Relevância política<br />
  49. 49. Possui importante rede de assistência social que ajuda famílias palestinas carentes<br />
  50. 50. 1990: OLP e Yasser Arafat perdem força. Perde apoio da URSS (fim em 1991) e dos países árabes (problemas internos)<br />
  51. 51. 1993: Acordo de Paz – ACORDOS DE OSLO (capital da Noruega) – ONU: ISRAEL (Itzhak Rabin), EUA (Bill Clinton) e OLP (Yasser Arafat)<br />
  52. 52. OLP: comprometia reconhecer o Estado de Israel e a não mais atacá-lo<br />
  53. 53. ISRAEL: reconhecia a OLP e dava autonomia nos territórios de Gaza e Cisjordânia (quanto menos ataques a Israel, mais terras concedidas na Cisjordânia)<br />
  54. 54. Terras lideradas por Israel: controladas pela Autoridade Nacional Palestina (espécie de governo palestino)<br />
  55. 55. 1995: Assassinato de Itzhak Rabin, primeiro-ministro de Israel, por um jovem judeu contrário a aproximação com os palestinos<br />YigalAmir, o estudante ortodoxo que matou o premiê Yitzhak Rabin<br />
  56. 56. Aumento das tensões e demora nas concessões de terras aos palestinos (mais revolta)<br />
  57. 57. 2002: Morte do líder palestino Yasser Arafat<br />
  58. 58.
  59. 59. 2005: Tropas israelenses deixam a Faixa de Gaza (12 anos após os Acordos de Oslo)<br />
  60. 60. Continuidade dos ataques suicidas contra israelenses<br />
  61. 61. ATUALMENTE...<br />
  62. 62. - A pacificação na região não se concretizou<br />
  63. 63. <ul><li>Problemas de difícil solução...</li></li></ul><li>. Cisjordânia não tem autonomia total<br />
  64. 64. . Mais de 3 milhões de palestinos querem voltar e são impedidos por Israel<br />
  65. 65.
  66. 66. . Israel não aceita Jerusalém como capital da Palestina.<br />
  67. 67.
  68. 68.
  69. 69. “ Uma vez que as guerras nascem no espírito dos homens,é no espírito dos homens que se devem erguer as defesas da paz.” ( Archibald McLeish )<br />

×