O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Jornal Paraná Notícias

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Jornal Paraná Notícias
Jornal Paraná Notícias
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 8 Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Semelhante a Jornal Paraná Notícias (20)

Anúncio

Mais recentes (20)

Jornal Paraná Notícias

  1. 1. “Não fui eu que ordenei a você? Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar” (Josué 1: 9) Campo Mourão, 05 e 06 de agosto de 2016 Pág. 06 Três perguntas a responder antes de instalar o Pokémon Go Convenção confirma 10 partidos juntos com Betinho Lima Incentivo fiscal e infraestrutura tornam Paraná propício a novos investimentos Em Boa Esperança, centenas de pessoas participaram da convenção que homologou Dr. Emerson e professor Adolfo Valezi Eleições 2016 Pág. 03 Pág. 05 Pág. 02
  2. 2. GeralPágina 02 Campo Mourão, 05 e 06 de agosto de 2016 PARANÁ NOTÍCIAS www.claudinhocruz.com.br Tudo sobre política. Por aclamação abso- luta dos convencionais dos partidos do PMDB – PDT – PTB e PSC, foram apro- vadas as candidaturas para prefeito municipal do PMDB o Dr. Emerson Ar- thur Estevam e para vice- prefeito do PDT o Profes- sor Adolfo Valeze para a disputa eleitoral de 2016, no município de Boa Espe- rança. A dobrada repete a Em Boa Esperança, centenas de pessoas participaram da convenção que homologou Dr. Emerson e professor Adolfo Valezi mesma disputa de 2012 quando obtiveram 49.40% dos votos, a votação ex- pressiva no pleito anterior fez com que o grupo se mantivesse unido e soman- do mais apoio ainda para essa próxima eleição. O grupo conta com o apoio de 32 pré-candidatos a vereadores em uma coli- gação denominada “Cami- nhando Juntos”. Quatro ex-prefeitos - Nessa disputa, a coliga- ção conta ainda com o apoio de quatro ex-prefei- tos do município de Boa Esperança, sendo eles, Se- rafim Coelho; Dr. Adalber- to Ferreira Lopes; e Ivo Coelho e o próprio Adolfo Valeze Em sua manifestação, após aprovação pela convenção partidária, o pré-candidato a prefeito Emerson Este- vam, destacou o compro- misso de manter as con- quistas e obras edificadas pelas administrações ante- riores, e o objetivo focado em fazer ainda mais por Boa Esperança. Apoio de seis vere- adores - O grupo lidera- do pelo pré-candidato Dr. Emerson / Valezi - con- tam ainda com nada mais nada menos que seis vere- adores da atual legislatu- ra. São eles: Em convenção rea- lizada na noite desta quin- Suely,Adãoeoapoiodeoitopartidos Aristeu e Cássio Zanuto realizam convenção na Centro Cultural Com o auditório lotado na última sexta-feira, 05, o ex- prefeito Adão Aristeu Ceniz ta-feira, 04, na Câmara Mu- nicipal, a atual prefeita de juntamente com o vereador Cássio Zanuto deram a lar- gada para a campanha no próximo pleito eleitoral em Rancho Alegre. Somados com quatro partidos – PSDB, PDT, PR e PSB a coligação apresen- tou também seus pré-can- didatos a vereadores. Aristeu (PSDB) já foi vere- ador, vice-prefeito em duas ocasiões e também prefeito, recentemente, chefiou o Núcleo Regional de Goioerê até se licenciar para disputa municipal em Ran- cho Alegre. Já Cássio Zanuto (PDT) foi eleito verea- dor mais vota- do na última eleição, obten- do 226 votos, pouco mais de 10% dos votos válidos Rancho Alegre e pré-candidata a reeleição Suely (PMDB) e Adão Primo (PPS) tive- ram suas candi- daturas homolo- gadas, respectiva- mente, prefeita e vice. Na oportunida- de, também foram h o m o l o ga d a s duas chapas de candidatos a vere- adores, uma com oitoeoutracom10.Emuma coligação está o PMDB, DEM, PSC e PT, e em ou- tra o PPS, PTB, PSD e o PP. O pré-candidato a prefeito Adão enalteceu a força do grupo e também da pré-candidata Suely, pa- rabenizando-a pelo o exce- lente trabalho que vem fa- zendo à frente da prefeitu- ra. Já a pré-candidata, ex- planou sobre todas s con- quistas que o município al- cançou até agora. “Estamos no cami- nho certo, olhando para o futuro, sem perder o que foi conquistado até agora”, disse Suely. A dobradinha repete a disputa de 2012 Aproximadamente 500 pessoas prestigiaram o evento Bico Doce João Capixaba Marcão Milão Nico Elói Sérgio Barbosa Pré-candidatos a prefeito e vice abrem mão e vão disputar a vereança Farol ganha dois novos pré-candidatos a vereadores, Genivaldo Ferreira (PSD) e Eliane Menezes (PSC). Eles abriram mão de disputar a prefeitura e agora tentam uma vaga na Câmara, Genivaldo que já é vereador, tentará a reeleição e Eliane aparece como uma novidade na política farolense. Ele já foi considerado “Vereador nota 10” por três vezes consecutivas, honraria dada pela Acamdoze. Ela é esposa de Oclécio Menezes que disputou a prefeitura em 2012, obtendo 42 % dos votos.
  3. 3. & FatosPolíticaFaltam 56 dias para as próximas eleições... Campo Mourão, 05 e 06 de agosto de 2016 Página 03PARANÁ NOTÍCIAS Convenção confirma 10 partidos juntos com Betinho Lima Na noite a última quinta-feira, 04, o PSD jun- tamente com vários partidos coligados, diante de aproxi- madamente 1000 pessoas, realizou convenção onde fo- ram homologadas as candi- daturas de Betinho Lima a prefeito e Neide Sena a vice (PMDB) e de 54 candidatos a vereadores. Há mais de dois anos trabalhando intensamente em sua pré-candidatura, Betinho conseguiu nos úl- timos dias, angariar o apoio do prefeito Beto Costa que tem se mostrado empolga- do com a possibilidade de eleger seu sucessor, além do prefeito, lideranças estadu- Sena (PMDB), pré-candida- ta a vice. Sinto-me muito honrado com o apoio do prefeito Beto Costa (DEM), e de todas essas lideranças”, ressaltou Betinho. O pré-candidato dis- se estar preparado para tra- balhar pela cidade, onde seu único desejo é não errar, para finalizar repetiu a fra- se de Ulisses Guimarães “Para ser Político não pre- cisa ter idade, apenas basta ter coragem!”. Além do PSD e do PMDB, integram a coliga- ção o DEM, PSB, PV, PSC, SDD, PPL, PTB e PDT. O grupo de partidos irá lan- çar três chapas de vereado- res, com 54 candidatos. ais também mar- caram presença como os deputa- dos estaduais Pedro Lupion (DEM), Márcio Nunes (PSD) e do Secretário de Estado de De- senvolvimento Urbano, Ratinho Junior (PSD). “Agradeço imensamente à multidão que prestigiou a ho- mologação de minha candida- tura para prefei- to de Goioerê, ao lado de Neide
  4. 4. De segunda a sábado R$ 15,00 - Domingos e feriados R$ 17,00 - Marmitex pequena R$ 7,50 - Média R$ 10,00 - Grande R$ 12,00 Rua Santa Catarina, 2120 - Centro - Campo Mourão PR Fone: (44) 3017-1141 Campo Mourão, 05 e 06 de agosto de 2016 O restaurante do Moacir, localizado na área central de Campo Mourão, vem se tornando ponto de encontro de pessoas de toda região. A passeio ou a trabalho, muitas pessoas tem preferido o restaurante para fazer uma saborosa refeição. Com preços acessíveis e uma ótima qualidade, o restaurante já virou referência na região da Comcam. PARANÁ NOTÍCIASLegislativoPágina 04 FAROL Indicação Legislativa do ve- reador Genival- do Ferreira (PSD), obteve despacho favorá- vel na Câmara Municipal de Fa- rol, com o intuito de viabilizar o Projeto de Lei que Institui o “Médico Farolen- se” um Programa de Cré- dito Educativo Municipal a estudantes Universitários, no âmbito do Município de Farol. Ferreira justificativa, que a proposição deste Projeto visa oportunizar que jovens do Município de Farol possam cursar o en- sino superior na área de medicina, o qual deverá em contrapartida prestar ser- viços na área e formação ao município de forma a con- tribuir pelo financiamento, desta forma estaremos dando um passo importan- tíssimo na valorização de nossos jovens, e do futuro promissor na área da saú- de de nosso município. O Projeto de Lei ins- titui normas para o Progra- ma de Crédito Educativo Municipalaestudantesdo3º Vereador Genivaldo Ferreira (PSD) apresenta Projeto de Lei que visa melhorias na área de saúde, a que valorização e a preparação de jovens farolenses. Grau (universitários) do Município de Farol – PR. O objetivo do Pro- grama do Crédito Educa- tivo Municipal é dar condi- ções aos estudantes, resi- dentes no Município de Fa- rol - PR, para realizar um curso de 3º Grau, com vis- tas a obterem maiores con- dições para o exercício pro- fissional e melhor formação pessoal, visando o desenvol- vimento do Município. O Referido Projeto foidesenvolvido em parceria com o Vereador Ronaldo Santos da Câmara Munici- pal de Roncador. “Agradeço aos nobres vereadores e Presidente da Câmara Municipal, pelo apoio em prol de nossa gen- te, aguardando parecer favo- rável e a aceitação do Poder Executivo de Faro”, ressal- tou o vereador. Requerimento e Indicações dos vereadores de Peabiru O vereador Josinel Pezini dos Santos solici- tou ao Executivo Municipal que viabilize a instala- ção de um redutor de velocidade na Rua Maria Hele- na Bassi, próximo ao Cemitério Municipal. Por meio de indicação o vereador Cícero Sou- za da Silva, solicitou ao poder executivo para que o mesmo viabilize a instalação de um redutor de veloci- dade no final da Avenida Candido Mendes, saída para o Agrião. “A localidade mencionada acima fica próxima a residência do Senhor Mário Chicarelli. Esperamos que o Excelentíssimo Senhor Prefeito atenda a nossa soli- citação, que visa garantir a segurança dos moradores da região”, explicou o vereador. O vereador Ângelo Prudêncio de Britto por meio de requerimento, solicitou que seja encaminhado ao Excelentíssimo Prefeito, para que o mesmo determine o encaminhamento a este Poder Legislativo, o que abaixo segue: 1. Cópia completa do processo, que inclui todo o pleito licitatório e o respectivo Contrato inicial, com todos os Termos Aditivos, realizados até a presente data, cujo objeto é a Contratação de Empresa para Serviços de Execução de Execução de Recapeamento Asfáltico em CBUQ com área de 10.455,01, m², com Serviços de Demolição Mecânica de Pavimentação, Regularização e Compactação de Subleito; Base de Brita Graduada e Demais Especificações Técnicas dos Serviços Descrito no Edital. 2. Encaminhar, também, cópias de todos as notas de empenhos referentes aos pagamentos efetuados, até a presente data, à respectiva empresa prestadora do serviço. O vereador Claudino de Oliveira Lino, por meio de indicação verbal, solicitou junto Secretaria de Munici- pal de Saúde, em sessão realizada no último dia 02 de agosto e aprovada por unanimidade para que se viabili- zem melhoras nos aparelhos do consultório odontológi- co visando à melhoria no atendimento, uma vez que mui- tos munícipes têm reclamado da falta de atendimento odontológico. E a alegação para o problema é aparelhos danificados que não são consertados. Melhoras nos aparelhos do consultório odontológico - Indicação Verbal Redutor de velocidade - Indicação Verbal Redutor de velocidade Cópia de processo sobre empresa que realizou recapeamento asfáltico
  5. 5. Governo Campo Mourão, 05 e 06 de agosto de 2016 Página 05PARANÁ NOTÍCIAS Incentivo fiscal e infraestrutura tornam Paraná propício a novos investimentos O governador Beto Richa participou nesta quar- ta-feira, 03, da solenidade em que a Heineken inaugu- rou a ampliação de sua fábri- ca de cerveja em Ponta Grossa, nos Campos Gerais. O investimento, apoiado pelo programa de incentivos Paraná Competitivo, é de R$ 241 milhões e gera 85 em- pregos diretos. Até 2022, os recursos vão somar R$ 414 milhões.Richaenfatizouque o empreendimento se soma a outros grandes investi- mentos produtivos no Para- ná e, em particular nos Cam- pos Gerais. Em 2011, lem- brou o governador, os indi- cadores econômicos do Pa- raná eram negativos, com crescimento abaixo da mé- dia nacional. Nos últimos cinco anos e meio, além do programa de incentivo fis- cal para atração de indús- trias, o governo estadual investiu na infraestrutura de rodovias, no Porto de Paranaguá, em energia e saneamento. “Esse conjun- to de fatores é que tornou o Paraná um estado que ofe- rece condições e ambiente propício para quem quer investir com segurança e tranquilidade”, afirmou o governador na solenidade, na presença do Didier De- brosse, presidente da Hei- neken Brasil; do vice-presi- dente para a área de logís- tica, Erwin Rosens, e da maior acionista do grupo, Charlene de Carvalho Hei- neken. “Tudo isso se tra- duz em mais riquezas para a região e também em mais empregos para os parana- enses, mesmo em um mo- mento crítico do Brasil, com forte crise econômica e mui- tos desempregados. Os pro- gramas bem planejados para o desenvolvimento da economia e mais o ajuste fis- cal que permitiu o equilíbrio financeiro do Estado, colo- cam o Paraná em uma situ- ação destacada, privilegia- da em relação aos demais estados brasileiros”, disse Richa. Ele destacou os Cam- pos Gerais, que detêm um terço dos investimentos in- dustriais realizados com apoio do governo estadual, nos últimos anos. “A região se consolida como um gran- de polo industrial e, tam- bém, um polo cervejeiro, com a fábrica da Ambev e a ampliação da Heineken. É uma demonstração clara do atual momento que vive o Paraná. Temos vindo siste- maticamente a Ponta Gros- sa para anunciar e inaugu- rar empreendimentos.” MAIOR FÁBRICA - A reinauguração da fábrica também marca a comemo- ração dos 20 anos da fábri- ca da Kaiser na cidade. A Heineken, de origem holan- desa, está no Brasil desde 2010, quando adquiriu a cervejaria Kaiser, que per- tencia ao grupo Femsa. A Heineken aumentou em mais de 40% a capacidade produtiva em Ponta Gros- sa, tornando a unidade a 12.ª maior fábrica do grupo no mundo e responsável por 32% da produção no Brasil. As obras geraram 1,7 mil empregos temporários. A área construída da unidade passou de 53 mil para 74 mil metros quadrados. Todas as áreas da cer- vejaria passaram por mu- danças. A fábrica terá capa- cidade instalada de 4,6 mi- lhões de hectolitros/ano e aumentará sua gama de produtos passando a produ- zir as marcas Heineken, Sol, Desperados e Amstel. APOIO - Didier De- brosse, presidente da Hei- neken Brasil, disse que o in- vestimento na planta faz parte da estratégia da com- panhia para aumentar sua presença no país e sua com- petitividade no mercado premium, além de continu- ar ativa no mercado mains- tream. “Nossa meta é pro- duzir todas as marcas da empresa nessa unidade de Ponta Grossa”, afirmou. O presidente afirma que hou- ve o estudo para escolher quais das seis unidades da Heineken no Brasil seria ampliada. “Temos uma for- te posição no sul. Escolhemos a unida- de de Ponta Grossa porque ela é estratégica e muito im- portante para nossa marca”, avaliou. Ele destacou a boa infraestrutura viária da re- gião e o apoio do governo estadual e municipal. “Esse investimento só foi possível porque tivemos apoio do Estado e da municipalidade. Essa fábrica terá desempe- nho igual as melhores fábri- cas da marca no mundo”, afirmou. Apesar da crise naci- onal, Didier Debrosse afir- mou que a cervejeira acre- dita na recuperação econô- mica do Brasil. “Acredita- mos no potencial do Brasil. Um futuro promissor a longo prazo”, afirmou. O Brasil já é o terceiro maior mercado para a Heineken no mundo. “Globalmente, somos o primeiro país em contribuição de volu- me para a marca Hei- neken, o segundo maior país no ranking da marca Sol Premium e nos tor- namos o mercado que mais contribui com volume adicional de Amstel”, informou. PROJETOS - A Hei- neken é a terceira maior cervejaria do mundo e a ter- ceira maior do País, atrás da Ambev e do grupo Petró- polis. A empresa tem capa- cidade para produzir 19 mi- lhões de hectolitros por ano e os planos é alcançar 25 milhões de hectolitros por ano até 2018, com a expan- são da fábrica de Ponta Grossa e da construção de uma unidade em Goiás. Além da fábrica no Paraná, a empresa possui unidades de produção em Gravataí (RS), Paraçatuba (CE), Ja- careí e Araraquara (SP) e Itumbiara (GO), que está em construção. PRESENÇAS - Par- ticiparam da inauguração da ampliação da Heineken o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Pa- raná (Feip), Edson Campag- nolo, o deputado estadual Plauto Miró e lideranças de diversos setores da região. In- vestimentos nos Campos Gerais somam R$ 10,7 bi- lhões O investimento da Heineken consolida a temporada de grandes empreendimentos nosCamposGerais,atraídos pelas vantagens comparati- vas da região em termos de localização e mão de obra, e pelo programa de incentivos Paraná Competitivo. Os in- vestimentosenquadradosno programa, desde 2011, so- mam R$ 10,7 bilhões, de acordo com levantamento da Agência Paraná de De- senvolvimento (APD). O volume inclui o projeto Puma, da Klabin, com inves- timento de R$ 8,5 bilhões em Ortigueira – o maior da história do Estado. Entre construçãodenovasfábricas e ampliações de instalações, os projetos devem gerar 15 mil empregos. Para o presidente da APD, Adalberto Netto, o in- vestimento da cervejeira é uma demonstração que, mesmo com a crise, o setor produtivo acredita no Para- ná. Ele lembrou que houve uma queda de investimentos diretos no Brasil, da ordem de 40% no último ano. Nes- tecenário,oParanáéumdos poucos estados que não só mantém, mas também ex- pande os investimentos. “Isso é muito especial e não é por acaso, pois temos uma combinação de governo tra- balhando com a iniciativa privada, o que dá condições para os empreendimentos serem competitivos”, disse ele. Nos últimos cinco anos e meio, afirmou o presiden- tedaAPD,foramatraídosao Estado mais de R$ 50 bi- lhões, uma marca que é des- taque no Brasil e na Améri- ca Latina. “Recebemos cer- ca de cinco missões interna- cionais por semana para co- nhecer o Paraná. Volume equivalente ao estado de São Paulo, que é maior que o Paraná”, afirmou. Os indicadores econômicos do Paraná eram negativos, com crescimento abaixo da média nacional. Nos últimos cinco anos e meio, além do programa de incentivo fiscal para atração de indústrias, o governo estadual investiu na infraestrutura de rodovias, no Porto de Paranaguá, em energia e saneamento “Esse conjunto de fatores é que tornou o Paraná um estado que oferece condições e ambiente propício para quem quer investir com segurança e tranquilidade” – Beto Richa Em quatro anos, Estado investiu mais de R$ 1 bilhão em obras e projetos O Governo do Para- ná investiu nos últimos qua- tro anos mais de R$ 1,13 bi- lhão em obras e projetos de prédios públicos. Foram re- formas, ampliações e cons- truções de novos hospitais, centros de apoios, delegaci- as, unidades do Corpo de Bombeiros, cujas obras fo- ram fiscalizadas e gerencia- das pela Paraná Edificações. As informações foram repassadas pelo secretário de Estado de Infraestrutura eLogística,JoséRichaFilho, durante reunião com a dire- toria e de empresas associa- das do Sinduscon-PR (Sin- dicato da Indústria da Cons- trução Civil no Estado do Paraná), em Curitiba. O se- cretário apresentou também um balanço dos investimen- tos em obras rodoviárias no Paraná. O nosso Estado está com as contas em dia e temos um elenco grande de obras de infraestrutura em andamento no Paraná”, afir- mou Richa Filho. Atualmente, o Paraná conta com mais de R$ 640 milhões em investimentos com140obrasemandamen- to, como hospitais, centros de especialidades, centros de apoio social, institutos mé- dicos legais, delegacias, en- tre outros. O secretário também destacou que há um grande número de obras rodoviári- as, como duplicações de ro- dovias no Noroeste, como por exemplo entre as cida- des de Mandaguaçu e Para- navaí, na BR-376. “Também temos obras de duplicações da PR-415 entre Pinhais e Piraquara e na Estrada do Cerne, a PR-090, em Cam- po Magro”, disse. Segundo ele,estãoemandamentoobras depavimentação,comonasro- doviasPR-459,entreReserva doIguaçuePinhão,ounaPR- 364,entreosdistritosdeGua- rá e Goes Artigas, na região de Guarapuava. Durante a reunião, o diretor do Departamento de Gestão de Projetos e Obras Lidio Sasaki, e o diretor-ge- ral da Paraná Edificações Luiz Fernando Jamur, fize- ram apresentações dos pro- jetos em andamento das res- pectivas áreas e o que está previsto até o fim do ano. Participaram do en- contro o presidente do Sin- duscon-PR, José Eugenio Gizzi; a diretora-geral da Se- cretaria, Andrea Regina Abrão; e o presidente da Fer- roeste, João Vicente Bresolin Araújo. Atualmente, o Paraná conta com mais de R$ 640 milhões em investimentos com 140 obras em andamento, como hospitais, centros de especialidades, centros de apoio social, institutos médicos legais, delegacias, entre outros
  6. 6. Página 06 Campo Mourão, 05 e 06 de agosto de 2016 PARANÁ NOTÍCIAS Tarde da Bênção da Igreja Só o Senhor é Deus em Rancho Alegre D’Oeste Três perguntas a responder antes de instalar o Pokémon Go Por que eu quero instalar Pokémon Go? A primeira pergunta é bem simples. Você pode querer instalar e jogar por- que todo mundo está jogan- do, porque um amigo indi- cou, porque viu um site di- zendo que o jogo é bem le- gal, porque o jogo já tem mais de 50 milhões de do- wnloads (se tanta gente bai- xou é porque deve ser bom?), enfim, por curiosida- de mesmo, desejo de conhe- cer. Como não temos nada que desabone uma instala- ção do jogo para conhecê- lo, vá para a próxima per- gunta. Há algum proble- ma em instalar logo o jogo? Não, instale o jogo agora. E, em seguida, siga para a orientação bíblica dada por Paulo: “julgai to- das as coisas, retende o que é bom” (1 Tessalonicenses 5:21). Isso significa que você passará por um tempo de avaliação. Fique tranqui- lo, o diabo não vai te aprisi- onar e te hipnotizar. O ob- jetivo de “julgar” algo é ava- liar (racionalmente) se aqui- lo contribui de maneira po- sitiva para sua vida e mere- ça permanecer nela. Mas, cuidado: Não seja levado pelas emoções e pelas influ- ências. Use a sua razão para fazer uma avaliação since- ra, objetiva, afinal, Deus te deu uma mente para você usar, não é verdade? O que devo avali- ar no Pokémon Go? Alguns instalaram o jogo e ficaram procurando alguma mensagem sublimi- nar do mal, ou se algum bi- chinho tinha chifre e se pa- recia com o diabo. Não pro- cure essas coisas. O diabo não é bobo, não é nessas coisas que ele age. Ele é muito mais esperto do que isso! Você deve avaliar algu- mas questões muito mais importantes e sérias e que realmente impactam a vida de um servo de Deus nega- tivamente: a) Esse jogo está me ajudando a me afastar de Deus, me tirando o tempo e o desejo de ler a Bíblia, de orar, de buscar ao Senhor, de evangelizar, de participar da obra, da minha missão de vida? (por incrível que pa- reça coisas que tomam o nosso tempo negativamen- te têm o poder de nos levar para longe de Deus). b) Esse jogo está me levando para longe da mi- nha família e do convívio com meus familiares? c) Esse jogo está me viciando, de forma que eu só penso nisso, que não vejo a hora de ter um tempo livre só para jogar? d) As pessoas ao meu redor têm reclamado que eu não dou mais atenção a elas, que só fico no celular e isso tem prejudicado minhas re- lações pessoais e profissio- nais? e) Estou gastando di- nheiro que nem tenho, fa- zendo dividas só para avan- çar no jogo? f) Estou correndo ris- cos, colocando-me em peri- gos enquanto estou caçan- do meus Pokémons? (Já vi a notícia de várias pessoas atropeladas, uma que caiu em um rio, e pelo menos 16 mortes até agora por uso in- correto do jogo). Um Pokémon vale a sua vida ou você sofrer um acidente que po- derá ser grave? Atenção: Se você respondeu sim a pelo menos uma das perguntas aci- ma, considere pensar melhor e desinstalar o jogo, pois ele não está sendo positivo para você. E se ele não está sen- do positivo para você, é aí que o diabo está agindo, pois você está retendo o que é mau e prejudicial. Mas se você tem conseguido ser equilibrado no uso do jogo, pode jogar com tranquilida- de, você não estará servin- do ao demônio por jogar o Pokémon Go.(Fonte: esbocandoideias.com / André Sanches)
  7. 7. PublicidadePARANÁ NOTÍCIAS Campo Mourão, 05 e 06 de agosto de 2016 Página 07
  8. 8. Página 08 Campo Mourão, 05 e 06 de agosto de 2016 Especial PARANÁ NOTÍCIAS Campo Mourão Basquete está no NBB O sonho da equipe do Campo Mourão basque- te disputar a NBB foi reali- zado. O Conselho de Admi- nistração da LNB homolo- gou nesta sexta-feira, 05, a inscrição do Campo Mou- rão Basquete ao NBB/ 2016/2017. Após a desis- tência da equipe Paulista de São José, a equipe mourão- ense por ter sido vice-cam- peã da Liga Ouro conquis- tou o direito de participar da competição elite do bas- quete brasileiro. Na tarde desta sexta feira a diretoria do Campo Mourão basquete reuniu a imprensa, patrocinadores para comunicar oficialmen- te a participação do basque- te mourãoense na principal competição do basquete na- cional. Com um projeto ar- rojado de profissionalizar o basquete mourãoense, em abril de 2008 foi criado a Associação Mourãoense de Basquete Amobasquete, formando um projeto soci- al de basquete, de categori- as de base e de profissional. Hoje Campo Mourão é uma das principais potencias do basquete do Paraná e do Sul do Brasil. Um dos grandes responsáveis é o técnico Emerson de Souza que acre- ditou em um proje- to que tem contri- buído para o desen- volvimento do bas- quete. “Como um todo, eu amo Cam- po Mourão, porque foi a cidade que abriu as portas pra mim, que acreditou no meu trabalho. É um prazer, uma emoção incalculá- vel fazer parte des- sa história”, disse Emerson. Emerson falou que o dia 05 de agosto de 2016 ficará marcado em sua memória “Um dia ines- quecível, a realização de um sonho para o basquete mou- rãonse”. Emerson informou também que a equipe já esta sendo estruturada, com sete jogadores pré-contratados para atuar na equipe mou- rãoense. “São atletas de pe- sos que contribuirão para re- presentar com muita garra nossa cidade”. O secretário de Es- porte Carlos Gabriel Zana- ta Cardozo destacou o em- penho e o trabalho que vem sendo realizado pela Co- missão técnica, patrocina- dores e apoiadores. “Estou feliz por essa conquista porque é um trabalho dife- renciado, e um projeto ar- rojado que tem contribuí- do para que nosso basque- te seja reconhecido nacio- nalmente.”

×