Método científico

915 visualizações

Publicada em

Método científico

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
915
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
36
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Método científico

  1. 1. TIPOS DE MÉTODOS E SUA APLICAÇÃO Trabalho apresentado à disciplina de Metodologia Científica. Professor: Vilmar Vilaça Andreia Souza; Euler Souza; Fernanda Torres; Joelma Fonseca Novembro / 2014
  2. 2. O QUE É MÉTODO?  Método é a trajetória do pesquisador em prol do conhecimento do objeto estudado em uma perspectiva sistemática e racional.  Método é o processo para se atingir um determinado fim ou para se chegar ao conhecimento.
  3. 3. EXEMPLO :  Afirmativa: Um professor com “muitos anos de sala de aula” sabe lecionar o conteúdo junto a seus alunos!  Objeto de Pesquisa: Prática do educador  Problematização: O tempo de serviço influencia sempre positivamente em sua qualidade?  Metodologia: O percurso mental das experiências de práticas educativas até então vivenciadas.  Conclusão: o tempo não define a qualidade do profissional mas sim sua dedicação.
  4. 4. TIPOS DE MÉTODOS  Método Indutivo;  Método Dedutivo;  Método hipotético-dedutivo;  Método Dialético.
  5. 5. MÉTODO INDUTIVO  Método proposto pelos empiristas Bacon, Hobbes, Locke e Hume.  O método indutivo parte da experiência de casos particulares para a generalização ou universalização.  Sendo assim a verdade observada no objeto de estudo se torna verdade única e universal.
  6. 6. RACIOCÍNIO INDUTIVO Os homens s’tá destruindo O mar, a terra e os lagos, Os rios sofrem os estragos Das matas se consumindo O ar vai se poluindo, Não se renova, empobrece, A temperatura cresce E ao mundo sufocará. _ Em breve o homem terá O castigo que merece. [...] (Manoel Monteiro) Observações particulares: o homem esta destruindo a natureza. Diante disso, a conclusão é que o mundo sufocará. Logo, se generaliza uma verdade diante da análise desse fator: “Em breve o homem terá o castigo que merece.”
  7. 7. RACIOCÍNIO INDUTIVO Antônio é mortal. João é mortal. Paulo é mortal. ... Carlos é mortal. Ora, Antônio, João, Paulo... e Carlos são homens. Logo, (todos) os homens são mortais.
  8. 8. MÉTODO DEDUTIVO  Método proposto pelos racionalistas Descartes, Spinoza e Leibniz.  Para se ter certeza da conclusão acerca do objeto estudado utiliza-se da razão.  O Método dedutivo parte de um raciocínio lógico, o qual por sua vez, utiliza-se da dedução para obter uma provável conclusão a respeito de determinada premissa.
  9. 9. RACIOCÍNIO DEDUTIVO Todo vertebrado possui vértebras. Todos os cães são vertebrados. Logo, todos os cães têm vértebras.  Desta forma podemos perceber que para se chegar a uma conclusão, partimos de premissas consideradas verdades universais.
  10. 10. RACIOCÍNIO DEDUTIVO Todo homem é mortal...................(premissa maior) Pedro é homem. ......................... (premissa menor) Logo, Pedro é mortal. ...................(conclusão)
  11. 11. MÉTODO HIPOTÉTICO-DEDUTIVO  Surge em crítica a metodologia indutiva e parte do uso dedutivo a partir de hipóteses. Proposto por Popper deve seguir as seguintes etapas: • Expectativas e teorias existentes; • Formulação de problemas em torno de questões teóricas e empíricas; • Solução proposta, consistindo numa conjectura; dedução das consequências na forma de proposições passíveis de teste sobre os fenômenos investigados; • Teste de falseamento: tentativas de refutação, entre outros meios, pela observação e experimentação das hipóteses criadas sobre o(s) problema(s) investigado(s). (DINIZ, SILVA. P.09, 2008)
  12. 12. PODEMOS ESQUEMATIZAR DA SEGUINTE MANEIRA:
  13. 13. ENTENDENDO MELHOR O MÉTODO HIPOTÉTICO-DEDUTIVO: 1- Conhecimento Prévio: Se continuar com o desmatamento a vida na terra há de acabar. 2- Problema: Desmatamento contínuo. 3-Conjecturas: Se desmatar e plantar outra coisa no lugar não há problemas. 4- Resultado: Desmatamento contínuo > Fim do Planeta Terra > Se a charge fosse um acontecimento contemporânea seria uma Verdade Comprovada através do Método Hipotético- Dedutivo.
  14. 14. MÉTODO DIALÉTICO  Contrário a metafísica que prevê tudo de forma estático a dialética ampara-se no movimento, no processo dos acontecimentos.  As quatro leis principais desse método são: • Ação recíproca, unidade polar ou "tudo se relaciona"; • Mudança dialética, negação da negação ou "tudo se transforma"; • Passagem da quantidade à qualidade ou mudança qualitativa; • Interpenetração dos contrários, contradição ou luta dos contrários.
  15. 15. MÉTODO DIALÉTICO  Penetra o mundo dos fenômenos através de sua ação recíproca, da contradição inerente ao fenômeno.  O movimento de transformação desenvolvimento do saber científico pode se propor também através da negação de uma coisa sobre a outra.
  16. 16. ENTENDENDO O MÉTODO DIALÉTICO: Na imagem ao lado vemos que a planta fixa o oxigênio do ar, mas também interfere no gás carbônico e no vapor d'água, e essa interação modifica, ao mesmo tempo, a planta e o ar. Além disso, utilizando a energia fornecida pela luz solar, opera uma síntese de matérias orgânicas, desenvolvendo-se. Esse processo de desenvolvimento transforma, também, o solo. Portanto, a planta não existe a não ser em unidade e ação recíproca com o meio ambiente.
  17. 17. CONSIDERAÇÕES FINAIS  A sistematização do Pesquisar, ou o Método Científico, assumiu uma enorme importância tanto quanto a sua tentativa de imparcialidade, quanto a sua tentativa de buscar um saber mais fidedigno.  Em suma, o método científico produz um saber de forma a se certificar que de acordo com a sistematização se deixe um resultado plausível como legado para futuras gerações científicas.
  18. 18. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  DINIZ, Célia Regina. SILVA, Iolanda Barbosa da. Tipos de métodos e sua aplicação. Natal: UEPB/UFRN - EDUEP, 2008.  LAKATOS, E. M; MARCONI, M. de A. Metodologia Científica. 3. ed. rev. ampl. São Paulo:Atlas, 2000. Disponível em: http://docente.ifrn.edu.br/olivianeta/disciplinas/copy _of_historia-i/historia-ii/china-e-india. Acesso em 19/11/2014 às 23:45hs.

×