PRIMEIRA CARTA AOS CORINTIOS COMENTADA

338 visualizações

Publicada em

A carta de Paulo a igreja de Corinto visava coibir várias práticas pecaminosas, eram problemas de ordem doutrinaria, como imoralidade sexual, facções, abusos na ceia, recusa das mulheres de usar véu, desordem no culto quanto a manifestação dos dons espirituais e até dúvidas sobre a ressurreição. Como fundador daquela igreja e como apóstolo respeitado entre todos os cristãos, Paulo manda uma extensa carta para orientar a igreja e até mesmo exigir que fosse expulso alguns membros que estão corrompendo moralmente aquela comunidade.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
338
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
95
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PRIMEIRA CARTA AOS CORINTIOS COMENTADA

  1. 1. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 1
  2. 2. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 2 FINALIDADE DESTA OBRA Os materiais literários do autor não têm fins lucrativos, nem lhe gera quaisquer tipo de receita. Os custos do livro são unicamente para cobrir despesas com produção, transporte, impostos e revendedores. Sua satisfação consiste em contribuir para o bem da educação, uma melhor qualidade de vida para todos os homens e seres vivos, e para glorificar o único Deus Todo-Poderoso. AUTORIZAÇÃO O livro pode ser reproduzido e distribuído por quaisquer meios, usado e traduzido por qualquer entidade religiosa, educacional ou cultural sem prévia autorização do autor. Todos os meus livros são de domínio público. AUTOR: Escriba de Cristo é licenciado em Ciências Biológicas e História pela Universidade Metropolitana de Santos; possui curso superior em Gestão de Empresas pela UNIMONTE de Santos; é Bacharel em Teologia pela Faculdade das Assembleias de Deus de Santos; tem formação Técnica em Polícia Judiciária pela USP e dois diplomas de Harvard University dos EUA sobre Epístolas Paulinas e Manuscritos da Idade Média. Radialista profissional pelo Senac de Santos, reconhecido pelo Ministério do Trabalho. Nasceu em Itabaiana/SE, em 1969. Em 1990 fundou o Centro de Evangelismo Universal; hoje se dedica a escrever livros e ao ministério de intercessão. Não tendo interesse em dar palestras ou participar de eventos, evitando convívio social.
  3. 3. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 3 CONTATO: https://www.facebook.com/centrodeevangelismouniversal/ https://www.facebook.com/escribade.cristo Dados Internacionais da Catalogação na Publicação (CIP) CENTRO DE EVANGELISMO UNIVERSAL -CGC 66.504.093/0001-08 M543 Escriba de Cristo, 1969 – I CARTA AOS CORÍNTIOS COMENTADA Itabaiana/SE, Amazon.com Clubedesautores.com.br, 2017 253 p. ; 21 cm ISBN-13:978-1542958738 ISBN-10:1542958733 1. Bibliologia 2.Teologia 3. Cristianismo 4. Igreja 4. Bíblia I - Titulo CDD 220 CDU 22 SOLICITAÇÃO AOS LEITORES: Se você encontrar erros gramaticais ou se você fala outro idioma e puder colaborar traduzindo esta obra, em qualquer dos casos entre em contato com o autor pelo facebook.
  4. 4. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 4 INTRODUÇÃO Começo este comentário bíblico da Primeira carta de Paulo aos Coríntios expondo o quadro com as letras gregas e suas respectivas correspondências com o alfabeto latino para que o leitor possa se aprofundar melhor no texto bíblico no original grego, língua que Paulo escreveu a carta aos Coríntios como todas as outras cartas. A. AUTORIA
  5. 5. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 5 Praticamente todos os estudiosos do Novo Testamento aceitam a autoria paulina de I Coríntios. A atribuição quase que unânime a Paulo é expressa por Robertson e Plummer da seguinte forma: “Tanto a evidência externa como a interna para a autoria de Paulo são tão fortes que aqueles que tentam mostrar que o Apóstolo não a escreveu são bem-sucedidos principalmente em provar a sua própria incompetência como críticos”. Visto que há uma concordância geral, deve-se sugerir apenas brevemente a natureza da evidência interna e externa para a autoria paulina. A evidência interna aponta para Paulo como o autor. A forma geral da carta, com as suas saudações de abertura, o tratamento de problemas práticos e doutrinários, e uma bênção calorosa no encerramento, seguem o padrão familiar das Epístolas de Paulo. O estilo também é paulino, combinando persuasão cortês, exortação apaixonante, confrontação direta e afeição fraternal. A linguagem também é típica de Paulo. Frases como “Jesus Cristo, nosso Senhor”, “em Cristo”, “o homem espiritual”, “justificado”, e “o corpo de Cristo” são todas expressões paulinas. A carta também associa Paulo com a igreja de Corinto de uma forma que não é totalmente lisonjeira para com os coríntios. Portanto a carta deve ter sido uma descrição exata da situação em Corinto ou estas pessoas não teriam permitido que esta descrição permanecesse sem refutação. A evidência externa também apóia a autoria paulina. Em 95 d.C., Clemente de Roma referiu-se a 1 Coríntios como uma carta do Apóstolo Paulo. Este é “o exemplo mais antigo na literatura de um escritor do Novo Testamento sendo mencionado pelo nome”. O cânon Muratório, que provavelmente surgiu no final do século II, lista 1 Coríntios como uma das cartas de Paulo.
  6. 6. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 6 Tertuliano, o pai da teologia latina, em sua obra Prescriptions Against Heretics, usa 1 Coríntios como um apoio paulino para a doutrina da ressurreição. Orígenes, em uma discussão sobre a tentação, também cita 1 Coríntios, e de forma bastante natural se refere a Paulo como o autor. A autoria de Paulo de 1 Coríntios se coloca acima de qualquer desafio sério e pode ser aceita sem reservas. Nas palavras de um notável estudioso e historiador do Novo Testamento: "1 Coríntios formava o início das epístolas paulinas na coletânea mais antiga”. (1) O autor da epístola, como se pode identificar desde o seu começo, já no primeiro versículo, teria sido o apóstolo Paulo. Apesar da referência a alguém chamado Sóstenes, supõe-se que este possa ter sido algum auxiliador que tenha redigido a carta enquanto Paulo ditava, valendo destacar que o fato de haver uma narrativa na primeira pessoa demonstra ter sido um único autor. (8) B. A CIDADE DE CORINTO A cidade de Corinto — “Dona de dois portos” SE VOCÊ der uma olhada num mapa da Grécia, verá que a parte principal do país é formada por uma península e pelo que se parece com uma enorme ilha no sul. Ligando as duas partes há uma estreita faixa de terra, com cerca de 6 quilômetros no seu ponto mais estreito. Chamada de istmo de Corinto, essa faixa liga a península peloponense no sul à parte principal do país ao norte.
  7. 7. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 7 O istmo também é importante por outro motivo. Tem sido chamado de ponte do mar porque no lado leste fica o golfo Sarônico, que se abre na direção do mar Egeu e do Mediterrâneo oriental, e no lado oeste fica o golfo de Corinto, que vai dar no mar Jônico, no mar Adriático e no Mediterrâneo ocidental. No meio de tudo isso fica a cidade de Corinto, uma importante parada nas viagens missionárias do apóstolo Paulo, famosa no mundo antigo por sua prosperidade, grande luxo e estilo de vida imoral. Uma cidade estratégica A cidade de Corinto fica perto da margem ocidental dessa importante faixa de terra. Contém dois portos, um de cada lado do estreito istmo — Lecaion no oeste e Cencréia no leste. Por esse motivo, o geógrafo grego Estrabão descreveu Corinto como “dona de dois portos”. Por causa de sua localização estratégica, a cidade de Corinto passou a dominar uma encruzilhada internacional,
  8. 8. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 8 controlando tanto o comércio norte-sul, via terrestre, como o comércio leste-oeste, via marítima. Desde o passado, navios vinham do leste (Ásia Menor, Síria, Fenícia e Egito) e do oeste (Itália e Espanha) trazendo cargas, as descarregavam num dos portos e as transportavam pelos poucos quilômetros de via terrestre até o outro lado do istmo. Ali as cargas eram colocadas em outros navios para seguir viagem. Barcos menores eram arrastados de um lado do istmo até o outro por meio de uma via chamada de diolkos. Por que os marinheiros preferiam a rota terrestre através do istmo? Porque isso os poupava dos riscos da viagem perigosa de 320 quilômetros por mares turbulentos em torno dos promontórios no sul do Peloponeso, onde as tempestades eram muito comuns. Os marinheiros evitavam especialmente o cabo Malea, sobre o qual se dizia: “Passe pelo cabo Malea e nunca mais volte para casa.” (9)
  9. 9. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 9 Paulo foi a Corinto por volta de 50 d.C. para iniciar uma campanha missionária de 18 meses nas casas. Ele se encontrava em um próspero centro comercial. Tanto o tráfego por terra como pelo mar convergiam para Corinto. A cidade foi construída sobre um estreito desfiladeiro de terra que unia o norte e o sul da Grécia. Todo o tráfego do norte para o sul era afunilado através de uma estreita faixa de terra dominada por Corinto. Além disso, Corinto tinha instalações portuárias naturais e uma localização estratégica que a tornou um próspero centro de navegação. A maior parte do tráfego norte-sul vinha para a cidade para economizar tempo, ou para evitar uma viagem longa e perigosa perto das águas traiçoeiras do sul da Grécia. A carga podia ser carregada, arrastada através dos seis quilômetros e meio do estreito desfiladeiro de terra, recarregada, e enviada em um tempo muito mais curto do que viajar por várias centenas de quilômetros perto do pico sul da Grécia. Cerca de 200 anos antes de Paulo chegar a Corinto, um general romano chamado Lúcio Múmio havia pilhado e saqueado a cidade em 146 a.C. Em 46 a.C., Júlio César reconstruiu como um posto militar avançado e como um centro comercial do império. A cidade atraía negociantes, vagabundos, caçadores de dotes e os que buscavam prazer. Um escritor descreve a população nas seguintes palavras: A gentalha do mundo estava lá... Canalhas que achavam a vida desconfortável em suas próprias cidades se dirigiam a Corinto. O porto agitado era notoriamente mais imoral do que qualquer outro no Império Romano; e esta tendência foi estimulada por causa do templo de Vênus (Afrodite), a deusa sensual grega que ainda dominava a nova cidade romana.
  10. 10. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 10 Aqui Paulo outra vez enfrentou o pensamento grego, como havia feito em Atenas. Em Corinto, porém, “o intelecto grego não era dedicado à ciência, eloqüência ou literatura... mas era dado à luxúria aberta e efeminada”. O edifício mais destacado de Corinto era o templo de Vênus, “erigido em sua acrópole, e colocado no alto, acima da cidade, como representação do gosto e do caráter dos coríntios”. Em Corinto, o cristianismo entrou em contato “com toda aquela arte que se poderia arquitetar para o prazer da vida; com tudo o que foi adaptado para nutrir os hábitos da volúpia, com tudo que era refinado ou indecente, que poderia servir aos prazeres dos sentidos”. Corinto era uma das mais “luxuriantes, efeminadas, ostentadoras e dissolutas cidades do mundo”. Era um lugar de imoralidade excepcional e licenciosidade aberta que eram estimuladas pelo culto a Afrodite, com uma centena de prostitutas do templo. Escavações recentes descobriram 33
  11. 11. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 11 tavernas atrás de uma colunata de apenas 30 metros de extensão. A cidade continha um teatro com capacidade para 18.000 pessoas sentadas. A depravação de Corinto era tão notória que o nome da cidade “tinha na verdade passado a fazer parte do vocabulário da língua grega; e a própria palavra ‘corintianizar’ significava ‘agir de forma leviana’ ” Hoje, exceto por sete colunas dóricas que ainda estão de pé, e algumas ruínas de alvenaria espalhadas, não há nada (além de entulho) que tenha restado desta cidade que fora tão orgulhosa. Ela possui um memorial perpétuo nas cartas que o Apóstolo Paulo lhe escreveu. (1) C. A IGREJA EM CORINTO A graça de Deus é suficiente para redimir integralmente e sustentar continuamente. Muitas igrejas espirituais compostas de santos devotos e dedicados atingiram um alto grau de
  12. 12. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 12 espiritualidade em ambientes pecaminosos e desfavoráveis. Mas, infelizmente, a igreja em Corinto não era uma igreja assim, porque “havia muitas complicações na tentativa dos primeiros cristãos de se separarem da sociedade pecadora”. A igreja em Corinto era uma igreja problemática. Nesta carta, Paulo foi levado a “denunciar os pecados que haviam corrompido a igreja de Corinto, e quase anulado o seu direito de se intitular cristã”. Ao escrever aos coríntios, Paulo os fez lembrar que eles foram separados, “chamados santos” (1.2); ele elogiou aqueles que foram enriquecidos “em toda a pálavra e em todo o conhecimento” (1.5); o apóstolo os louvou por sua variedade de dons (1.7). Mas Paulo também expressou uma séria preocupação por eles. Ele lhes rogou què chegassem a um acordo entre si (1.10); ele estava angustiado pelas divisões ocorridas entre eles (1.11). O apóstolo desenhou um retrato minucioso da incapacidade do homem natural de entender os conceitos espirituais (1.18-26). Ele apresentou a Cristo como o objeto supremo da lealdade e da devoção cristãs (1.30-31). Paulo fez uma análise detalhada do estado espiritual deles. E este foi um retrato sórdido. A lista de acusações que Paulo dirigiu contra os coríntios ia desde divisões carnais até à negação da ressurreição de Cristo. Uma alma inferior à de Paulo teria abandonado a igreja em desespero ou a teria condenado com indignação. Paulo não fez nenhuma destas coisas - ele lhes pregou a Cristo. Paulo podia ousadamente desafiar os coríntios, porque ele tinha sido o instrumento de Deus para fundar a igreja. A sua chegada a Corinto, perto da metade do século I, não foi uma questão de antecipação triunfante nem de confiança baseada em sucessos do passado. Ele havia fugido da Macedônia tendo a sua vida em perigo (At 17.13-14). De Tessalônica, na Macedônia, Paulo tinha ido para Atenas, onde alcançou pouco sucesso tanto entre os
  13. 13. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 13 judeus como entre os gregos (At 17.16-33). Partindo de Atenas, Paulo viajou para Corinto (At 18.1), onde ficou por 18 meses (At 18.11). Em Corinto, a fossa do mundo antigo, Paulo conseguiu ganhar vários convertidos importantes. Primeiro Aqüila e Priscila foram convencidos e convertidos. Timóteo e Silas vieram da Macedônia para ajudar Paulo, e logo Crispo, um principal da sinagoga, foi convertido. Sua mudança de vida espiritual foi seguida de várias outras conversões. Entre estes convertidos estavam algumas pessoas de elevada estatura social, como Tito Justo, cuja casa tornou-se um local de reuniões para a igreja. Aqüila e Priscila, já mencionados, eram pessoas de caráter forte e imensa atividade. Também havia Gaio, “que era um homem de posses e grande hospitalidade, recebendo Paulo e toda a igreja”. Erasto, o tesoureiro da cidade, converteu-se. Pode ter havido outros homens de nível elevado, mas como D. A. Hayes escreve: "a maior parte da igreja era composta por pessoas pobres e incultas. Havia algumas da classe média, porém um grande número fazia parte da população de escravos”. Após 18 meses em Corinto, Paulo foi para Éfeso (At 18.19). Ele deixou para trás de si uma das maiores congregações da Igreja Primitiva. (1) D. OCASIÃO E PROPÓSITO DA CARTA Depois que Paulo partiu de Corinto, o trabalho de edificar e consolidar a nova e próspera igreja foi dado a Apoio (At 19.1). Ele era um judeu de Alexandria, um homem eloqüente e culto (At 18.24). Ele havia tido o seu aprendizado em Éfeso, e havia pregado o batismo de João com notório fervor (At 18.25). Em Éfeso, a sua educação teológica foi destacada pelo ensino que recebeu de Áqüila e Priscila (At 18.26). Partindo de Éfeso, Apolo foi para Corinto. Sem
  14. 14. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 14 dúvida alguma, ele retornou a Éfeso para relatar as condições da igreja em Corinto. Canal de Corinto que liga o golfo de Corinto com o mar Egeu. Nos três anos que se passaram desde que Paulo deixara Corinto, os membros da igreja não se desenvolveram bem, em termos espirituais. O apóstolo havia escrito uma carta para a igreja anteriormente; em 1 Co 5.9 ele escreve: “Já por carta vos tenho escrito que não vos associeis com os que se prostituem”. Aparentemente a carta original, chamada pelos estudiosos de “A Carta Anterior”, se perdeu. Paulo recebeu a informação de que a situação em Corinto estava piorando. Ele mencionou várias fontes de informação. 1. A família de Cloe. Em 1 Coríntios 1.11, Paulo declara: “Porque a respeito de vós, irmãos meus, me foi comunicado pelos
  15. 15. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 15 da família de Cloe que há contendas entre vós”. Este relatório não foi solicitado ou autorizado, contudo era verdadeiro. Um escritor se refere a ele como se segue: “Tanto pelo fato de ser dito que a informação vinha destas pessoas, em vez da igreja de Corinto... quanto por causa da natureza desfavorável desta notícia, é seguro presumir que estas pessoas não foram enviadas pelos coríntios para levar esta notícia, e que o seu relatório, portanto, não era oficial”. Deissmann sugere que Cloe pode ter sido uma mulher que possuía alguns recursos financeiros. 2. A notícia da situação em Corinto também chegou ao seu conhecimento como resultado de uma visita de Estéfanas, Fortunato e Acaico a Éfeso (1 Co 16.17). 3. A notícia mais direta veio da própria igreja. A situação de rápida deterioração alarmou alguns dos membros, e estes enviaram uma carta a Paulo. Em 1 Coríntios 7.1 ele escreveu: “Quanto às coisas que me escrevestes...” Portanto, uma combinação de fatores levou o apóstolo a escrever uma carta para a igreja. Ela foi redigida com a finalidade de lidar com seus problemas, e direcionar os seus membros a uma vida de santidade em Cristo. Na carta enviada a Paulo pelos coríntios, havia questões sobre casamento e celibato, sobre alimentos oferecidos aos ídolos, sobre o culto público, e provavelmente algumas sobre dons espirituais. Mas Paulo também estava preocupado com outros problemas que atormentavam esta igreja, tais como divisões, um espírito de contenda, impureza sexual e um espírito não-cristão. Paulo escreveu uma carta em que apresentava as exigências do cristianismo de uma completa renovação de caráter e conduta - uma nova moralidade baseada no poder redentor de Cristo.
  16. 16. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 16 Como Hurd salientou: “Pode-se dizer agora que há uma clara evidência de que 1 Coríntios é o quarto estágio em uma troca que ocorreu entre Paulo e a igreja de Corinto”. Estas fases do relacionamento de Paulo com a igreja são as seguintes: Fase 1: A primeira visita de Paulo a Corinto e o estabelecimento da igreja. Fase 2: A “Carta Anterior” de Paulo para a igreja em Corinto. Fase 3: Esta fase consiste de duas partes. Primeiro, a informação relatada a Paulo sobre Corinto por Estéfanas, Fortunato e Acaico e pela família de Cloe. Além dos relatórios verbais dos visitantes de Corinto havia a carta escrita a Paulo pela própria igreja. Esta carta pedia que ele os aconselhasse sobre alguns problemas que haviam ocorrido. Fase 4: A composição de 1 Coríntios. Nesta primeira carta Paulo tratou das questões que a igreja lhe havia dirigido. Mas ele foi além, e discutiu longamente as questões mais sérias que haviam sido levadas à sua atenção pelos relatórios verbais sobre a situação em Corinto. (1) E. IMPORTÂNCIA DA CARTA A importância de 1 Coríntios esteve muito em foco na segunda metade do século XX. Paulo tratou de vários problemas que tornam a carta relevante para os nossos dias. O primeiro destes problemas é que ele estava lidando com uma igreja em uma cultura secular e urbana. Deissmann escreve: “As cidades cosmopolitas eram a sua esfera especial de trabalho. Uma segunda razão para a relevância de 1 Coríntios é a ênfase na unidade da igreja do que ele o fez. Mas Paulo foi também
  17. 17. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 17 cuidadoso ao basear a unidade da igreja na doutrina de Cristo, e na mudança radical que resulta do relacionamento redentor “em Cristo”. Uma terceira razão para esta carta ser significativa hoje é a ênfase na moralidade e na pureza de vida. Uma razão final para o significado contemporâneo de 1 Coríntios é o aumento de interesse na obra do Espírito Santo e nos dons espirituais. Com estes temas vitais incluídos nos ensinos gerais e específicos desta carta para todas as igrejas de todas as gerações, a carta chamada de 1 Coríntios é tão relevante quanto o nascer do sol na manhã de hoje. (1) F. DATA E LUGAR DE ORIGEM O lugar da composição é claramente indicado pela declaração de Paulo: “Ficarei, porém, em Efeso até ao Pentecostes” (1 Co 16.8). O período exato no qual Paulo escreveu a Corinto durante o seu ministério de três anos em Éfeso não é evidente. Não há nenhuma indicação de que a igreja em Corinto estivesse em qualquer dificuldade quando Paulo terminou o seu ministério ali. E um grupo de Apolo não teria se desenvolvido durante o tempo em que Paulo esteve ali, porque este certamente não se considerava um rival de Paulo e de Pedro, muito menos de Cristo! Seria necessário tempo para que o espírito de divisão e orgulho se desenvolvesse. Além disso, há menção de uma “carta anterior” (1 Co 5.9). Evidentemente, esta primeira carta foi despachada quando os primeiros sinais de rebelião espiritual começaram a aparecer em Corinto. Um outro item importante no estabelecimento de uma data para a carta é o fato de que Gálio foi procônsul da Acaia enquanto Paulo estava em Corinto (At 18.12-16). Uma inscrição mencionando um oficial civil chamado Gálio foi descoberta em Delfi, no lado oposto do estreito desfiladeiro de terra de Corinto. A inscrição pode
  18. 18. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 18 ser datada, e sugere que Gálio veio a Corinto como procônsul em 51 ou 52 d.C.26 Quando se considera o tempo necessário para a ocorrência dos eventos descritos em Atos 17 e 18 entre a partida de Paulo de Corinto e a época passada em Éfeso, pode ser declarado que a carta foi escrita durante o último ano da estadia de Paulo em Éfeso, ou “em algum momento na metade dos anos 50”. Portanto, a carta seria um dos primeiros escritos do apóstolo. (1) 1Corintios 1:1 Παῦλος κλητὸς ἀπόστολος Χριστοῦ Ἰησοῦ διὰ θελήµατος θεοῦ, καὶ Σωσθένης ὁ ἀδελφός, 1 PAULO (chamado apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus), e o irmão Sóstenes, Apóstolo é alguém diretamente comissionado e enviado com uma mensagem, como um delegado, emissário, ou embaixador. O título é às vezes usado em um sentido geral para incluir associados e assistentes, assim como Barnabé. Mas Lenski escreve que “este evidentemente não é o caso quando a palavra é usada na introdução de uma carta importante. Somente os Doze e Paulo são ‘apóstolos’ no sentido estrito do termo”.(Beacon) Sóstenes estava incluído na saudação, porque Paulo incluía a todos em sua extensão, e sempre individualizava a sua preocupação religiosa. Ele se preocupava mais com as pessoas do que com as causas. Sóstenes era um judeu de nascimento e tinha sido um principal da sinagoga em Corinto (At 18.12-17). Quando Paulo foi chamado a juízo diante de Gálio, Sóstenes defendeu Paulo ou declarou-se cristão. De qualquer maneira, ele foi agarrado e
  19. 19. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 19 espancado por seus próprios compatriotas na presença de Gálio (At 18.17). Ele provavelmente estava com Paulo em Efeso quando o apóstolo escreveu a carta. Sóstenes era um célebre convertido ao cristianismo em Corinto e bem conhecido da congregação daquela cidade. Paulo se referiu a ele como nosso irmão ou “nosso companheiro”. (1) Provavelmente foi ele quem escreveu a carta enquanto Paulo ditava. Talvez as vistas de Paulo já não estavam boas. 2 τῇ ἐκκλησίᾳ τοῦ θεοῦ τῇ οὔσῃ ἐν Κορίνθῳ, ἡγιασµένοις ἐν Χριστῷ Ἰησοῦ, κλητοῖς ἁγίοις, σὺν πᾶσιν τοῖς ἐπικαλουµένοις τὸ ὄνοµα τοῦ κυρίου ἡµῶν Ἰησοῦ Χριστοῦ ἐν παντὶ τόπῳ, αὐτῶν καὶ ἡµῶν· 2 À igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados santos, com todos os que em todo o lugar invocam o nome de nosso SENHOR Jesus Cristo, Senhor deles e nosso: Santos. A vocação cristã é a santidade. Paulo chama os coríntios de santos. Este é um uso bem generoso da palavra tendo em vista a baixa condição espiritual destas pessoas. No entanto, santos aqui é um termo geral significando “membros desta igreja”. Contudo, ele significa mais que membros nominais da comunidade cristã. Quando Paulo chama o cristão de santo (hagios), ele quer dizer que este homem tem um chamado específico que o toma diferente porque ele pertence a Deus. Barclay escreve: “E esta diferença não deve ser marcada pela retirada da vida comunitária e das atividades comuns, mas mostrando na vivência diária uma diferença de qualidade e caráter que irá caracterizá-lo como um homem de Deus”. Adam Clark interpreta as palavras chamados santos da seguinte maneira: “Santos constituídos, ou convidados, para se tomarem santos; este foi o plano do evangelho, porque Jesus Cristo veio para salvar os homens dos pecados deles”. Estas pessoas da igreja foram
  20. 20. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 20 dedicadas a Deus, foram separadas para Deus, e deveriam indicar a sua dedicação por um senso de vocação que culmine em santidade. Como Vine expressa: “A frase ‘chamados santos’, não atribui simplesmente o nome a eles; ela significa ‘santos pelo chamado’ ” (1) 3 χάρις ὑµῖν καὶ εἰρήνη ἀπὸ θεοῦ πατρὸς ἡµῶν καὶ κυρίου Ἰησοῦ Χριστοῦ. 3 Graça e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo. Pai e do Senhor Jesus. As seitas cristãs que acreditam no unitarianismo, isto é, que o Pai e Cristo são a mesma pessoa, desconsideram as evidencias de queem toda a Bíblia as pessoas da triunidade de Deus são apresentadas como personalidades separadas. 4 Εὐχαριστῶ τῷ θεῷ µου πάντοτε περὶ ὑµῶν ἐπὶ τῇ χάριτι τοῦ θεοῦ τῇ δοθείσῃ ὑµῖν ἐν Χριστῷ Ἰησοῦ, 4 Sempre dou graças ao meu Deus por vós pela graça de Deus que vos foi dada em Jesus Cristo. A graça (caritas) de Deus se recebe, ninguém produz dentro de si. Mas é graça de Deus que nos move para fazermos boas obras. Assim a salvação se processa assim: Recebo a graça que me capacita a fazer boas obras e não o inverso, eu faço boas obras para alcançar a graça de Deus. Ninguém trabalha para receber a graça, a graça é de graça! 5 ὅτι ἐν παντὶ ἐπλουτίσθητε ἐν αὐτῷ, ἐν παντὶ λόγῳ καὶ πάσῃ γνώσει,
  21. 21. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 21 5 Porque em tudo fostes enriquecidos nele, em toda a palavra e em todo o conhecimento. O Enriquecimento prometido para esta vida é em palavra e conhecimento, mas infelizmente a maioria dos cristãos é primária em seus conhecimentos, porque não gostam mesmo de estudar a Bíblia, gostam é de pregadores animados que falem de maneira eufórica que Deus vai dar isso e aquilo para elas. 6 καθὼς τὸ µαρτύριον τοῦ Χριστοῦ ἐβεβαιώθη ἐν ὑµῖν, (Como o testemunho de Cristo foi mesmo confirmado entre vós). A palavra testemunho é mártir, justamente a palavra que significa hoje morrer pelo nome de Jesus. 7 ὥστε ὑµᾶς µὴ ὑστερεῖσθαι ἐν µηδενὶ χαρίσµατι, ἀπεκδεχοµένους τὴν ἀποκάλυψιν τοῦ κυρίου ἡµῶν Ἰησοῦ Χριστοῦ· 7 De maneira que nenhum dom vos falta, esperando a manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo, De maneira que nenhum dom vos falta, o verbo faltar significa ser deficiente, ser insuficiente. Declarado em termos positivos, os coríntios tinham abundância de dons espirituais, ou seja, tinham tudo o que era necessário para a salvação. A palavra dom (charisma) é usada apenas por Paulo no NT (exceto 1 Pe 4.10). Paulo usou a palavra de duas formas. De forma geral, a palavra significa “o efeito das ações misericordiosas de Deus, a bênção positiva conferida aos pecadores através da graça”.16 Neste sentido geral ela inclui todas as graças espirituais e os atributos espirituais. (2) 8 ὃς καὶ βεβαιώσει ὑµᾶς ἕως τέλους ἀνεγκλήτους ἐν τῇ ἡµέρᾳ τοῦ κυρίου ἡµῶν Ἰησοῦ [Χριστοῦ].
  22. 22. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 22 8 O qual vos confirmará também até ao fim, para serdes irrepreensíveis no dia de nosso Senhor Jesus Cristo. Irrepreensíveis no dia do Senhor. Ninguém vive neste mundo de forma irrepreensível, todos nós estamos sujeitos a falhas e erros e devemos ser humildes para reconhecer os erros assim que cometemos. O estado de irrepreensível somente alcançaremos no dia do Senhor. 9 πιστὸς ὁ θεὸς δι’ οὗ ἐκλήθητε εἰς κοινωνίαν τοῦ υἱοῦ αὐτοῦ Ἰησοῦ Χριστοῦ τοῦ κυρίου ἡµῶν. 9 Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo nosso Senhor. Comunhão (koinonia). Deus nos chamou para comunhão, amizade e companheirismo com ele. Tenho visto que muitos têm o cristianismo apenas como uma religião a qual frequentam uma igreja para cumprir sua obrigação religiosa. Mas vejo também aqueles que acordam e vivem o dia pensando em Deus e em suas maravilhas. 10 Παρακαλῶ δὲ ὑµᾶς, ἀδελφοί, διὰ τοῦ ὀνόµατος τοῦ κυρίου ἡµῶν Ἰησοῦ Χριστοῦ, ἵνα τὸ αὐτὸ λέγητε πάντες, καὶ µὴ ᾖ ἐν ὑµῖν σχίσµατα, ἦτε δὲ κατηρτισµένοι ἐν τῷ αὐτῷ νοῒ καὶ ἐν τῇ αὐτῇ γνώµῃ. 10 Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer. Unidos em um mesmo pensamento. Na expressão “sejais unidos”, Paulo usa um termo médico. Barclay explica o termo como “uma palavra médica usada em relação à ligadura de ossos que foram fraturados, ou à ligadura de uma junta que foi deslocada”. Paulo deseja que eles cheguem a um entendimento correto e a uma unidade de opinião, ou julgamento. Ao assistir o divisionismo que
  23. 23. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 23 tem ocorrido nos últimos anos nas igrejas evangélicas, vemos que outros interesses estão em jogo. Estes pastores não estão buscando a unidade do corpo de Cristo, mas estão formando rebanhos para si, e pior, visando lucro. Não se justifica tantas igrejas, já não é tanta questão ideológica, é questão política, financeira, você entende... 11 ἐδηλώθη γάρ µοι περὶ ὑµῶν, ἀδελφοί µου, ὑπὸ τῶν Χλόης ὅτι ἔριδες ἐν ὑµῖν εἰσιν. 11 Porque a respeito de vós, irmãos meus, me foi comunicado pelos da família de Cloé que há contendas entre vós. Contendas entre vós. A palavra que Paulo usa para contendas significa discussões amargas. O grego (eris) é “um termo empregado por Homero para significar ‘batalha’ na obra Ilíada e ‘contenda’ ou ‘rivalidade’ na obra Odisséia”. Um significado ainda mais forte desta palavra é apresentado na expressão “quando o ódio me domina”. As divisões em Corinto não eram leves divergências de opiniões. Eram disputas arraigadas que ameaçavam a existência da igreja. Em vários momentos do cristianismo houve tentativas de suprimir as contendas com concílios e sínodos de bispos, mas agora no fim dos tempos vemos que interesses políticos e financeiros não permitem se quer conversar em possibilidade de união. Líderes gananciosos têm feito do rebanho, suas mercadorias e as igrejas empresas de alto rendimento, e estes canalhas procuram deixar a igreja-empresa como herança para seus filhos. 12 λέγω δὲ τοῦτο, ὅτι ἕκαστος ὑµῶν λέγει, Ἐγὼ µέν εἰµι Παύλου, Ἐγὼ δὲ Ἀπολλῶ, Ἐγὼ δὲ Κηφᾶ, Ἐγὼ δὲ Χριστοῦ. 12 Quero dizer com isto, que cada um de vós diz: Eu sou de Paulo, e eu de Apolo, e eu de Cefas, e eu de Cristo.
  24. 24. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 24 O ser humano é sempre o mesmo em qualquer lugar ou tempo. Já nos primeiros dias do cristianismo as pessoas já procuravam um homem para seguir, em vez de seguir exclusivamente a mente de Cristo. Hoje esta pior do que nos dias desta carta. Alguns pastores mesmos promovem esta veneração colocando suas fotos na fachada dos templos. A igreja católica tem um papa, mas os milhares de grupos evangélicos tem seus líderes supremos em cada denominação, gente que conduz a igreja ao seu bel-prazer e não dão sequer satisfação das suas decisões e muito menos tomam decisão em assembleias. O que movem muitas divisões é a fome do poder, do direito de mandar e dominar o próximo. Mas o pior é que sempre tem gente que tem orgulho de dizer eu sou da igreja do pastor fulano, do bispo tal, do apóstolo Não-sei-quem... 13 µεµέρισται ὁ Χριστός; µὴ Παῦλος ἐσταυρώθη ὑπὲρ ὑµῶν, ἢ εἰς τὸ ὄνοµα Παύλου ἐβαπτίσθητε; 13 Está Cristo dividido? foi Paulo crucificado por vós? ou fostes vós batizados em nome de Paulo? Está Cristo dividido? Não, mas os pastores estão, porque não querem deixar o Espírito conduzir a igreja, eles querem administar o dízimo alheio, não para ajudar os necessitados da igreja, mas para gozarem de uma vida economicamente despreocupada. Alguns mesmo ricos, com mansões e até aviões particulares. Abominação que nunca ouvimos falar nem mesmo nos piores dias do papado na Idade Média. Não façam parte de igrejas que usam vocês como fonte de lucro. Igreja que não dá destinação correta do dízimo para auxiliar aos necessitados, deve ser abandonada, e você deve se filiar a igreja que leve o cristianismo a sério. O pior é que quase não há igreja que não vise lucro e interesse empresarial. 14 εὐχαριστῶ ὅτι οὐδένα ὑµῶν ἐβάπτισα εἰ µὴ Κρίσπον καὶ Γάϊον,
  25. 25. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 25 14 Dou graças a Deus, porque a nenhum de vós batizei, senão a Crispo e a Gaio, Crispo, que tinha sido um chefe de uma sinagoga em Corinto (At 18.8). Paulo tinha tanto repulsa desta divisão que até agradeceu não ter batizado muitos dali. 15 ἵνα µή τις εἴπῃ ὅτι εἰς τὸ ἐµὸν ὄνοµα ἐβαπτίσθητε. 15 Para que ninguém diga que fostes batizados em meu nome. Os humanos são muitos de valorizarem a aparência. Não importa quem te batizou, mas o batismo em si. 16 ἐβάπτισα δὲ καὶ τὸν Στεφανᾶ οἶκον· λοιπὸν οὐκ οἶδα εἴ τινα ἄλλον ἐβάπτισα. 16 E batizei também a família de Estéfanas; além destes, não sei se batizei algum outro. Ele deixou que outros ministros batizassem, enquanto ele se colocava a serviços mais úteis e preenchia seu tempo com a pregação do evangelho. Essa, pensava ele, era mais a sua ocupação, porque era o tópico mais importante entre os dois. Ele tinha auxiliares que podiam batizar, quando ninguém podia realizar a outra parte de seu encargo tão bem quanto ele mesmo. 17 οὐ γὰρ ἀπέστειλέν µε Χριστὸς βαπτίζειν ἀλλὰ εὐαγγελίζεσθαι, οὐκ ἐν σοφίᾳ λόγου, ἵνα µὴ κενωθῇ ὁ σταυρὸς τοῦ Χριστοῦ. 17 Porque Cristo enviou-me, não para batizar, mas para evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz de Cristo se não faça vã. Sabedoria de palavras. Isso não quer dizer que as pregações não tenham que ser preparadas antecipadamente com esboço de
  26. 26. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 26 sermão, como defendem alguns grupos aversos ao estudo. Ordenar o pensamento para que a mensagem fique clara é um atributo da inteligência humana. Paulo se refere aos discursos dos filósofos cheios de hipóteses e vagações. Ele pregou o evangelho sem qualquer ornamento oratório estranho e sem nenhuma pretensão de exibição intelectual. Sua abordagem foi uma declaração direta da cruz de Cristo. Ele sabia que qualquer tentativa de evangelizar através da sabedoria do mundo, esvaziaria o evangelho de seu significado até que ele se “reduzisse a nada, desaparecesse sob o peso do ornamento retórico e da sutileza dialética”. Para Paulo, a cruz (stauros) descrevia a morte de Cristo na humilhação mais profunda possível. A cruz era uma estaca ou uma viga transversal na qual eram pregados escravos condenados, ou os criminosos mais depravados ou desprezados. O apóstolo estava bem ciente de que um evangelho baseado em uma humilhação tão extrema era a oposição absoluta à sabedoria humana. 18 Ὁ λόγος γὰρ ὁ τοῦ σταυροῦ τοῖς µὲν ἀπολλυµένοις µωρία ἐστίν, τοῖς δὲ σῳζοµένοις ἡµῖν δύναµις θεοῦ ἐστιν. 18 Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus. Como o mundo poderia aceitar que o Salvador do mundo viria como um homem humilde e feio (conforme profecia de Isaias), ele teve um nascimento humilde, viveu como um pobretão e ainda morreu como criminoso condenado a morte? A doutrina da salvação diz que o vencedor da guerra contra o Mal, não conquistou nenhum território a espada como Maomé, mas o vencedor foi o que morreu. Isto é a loucura de Deus que confunde o mundo. 19 γέγραπται γάρ, Ἀπολῶ τὴν σοφίαν τῶν σοφῶν, καὶ τὴν σύνεσιν τῶν συνετῶν ἀθετήσω.
  27. 27. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 27 19 Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, E aniquilarei a inteligência dos inteligentes. O texto acima é uma alusão de Isaías 29.14 sobre uma aliança política com o Egito que foi considerada uma obra-prima da sabedoria e diplomacia humanas. Mas aos olhos de Deus isto era rebelião. A invasão de Senaqueribe reduziu Judá à pobreza e ao desamparo. Deste modo, Deus mostrou que “a libertação concedida por Javé ao seu povo seria a sua obra, não a dos hábeis políticos que dirigiam os assuntos do reino”. Não só no passado, mas também no futuro, Deus coloca de lado as afirmações orgulhosas do homem que procura moldar o seu destino longe do poder divino. (1) 20 ποῦ σοφός; ποῦ γραµµατεύς; ποῦ συζητητὴς τοῦ αἰῶνος τούτου; οὐχὶ ἐµώρανεν ὁ θεὸς τὴν σοφίαν τοῦ κόσµου; 20 Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo? A Teoria da evolução é um exemplo da loucura deste mundo, não existe nenhuma evidencia que a vida se originou de uma evolução espontânea, não existe nenhuma espécie em transição e mesmo assim a sabedoria deste mundo ensina que esta é a única explicação plausível para a vida neste mundo. 21 ἐπειδὴ γὰρ ἐν τῇ σοφίᾳ τοῦ θεοῦ οὐκ ἔγνω ὁ κόσµος διὰ τῆς σοφίας τὸν θεόν, εὐδόκησεν ὁ θεὸς διὰ τῆς µωρίας τοῦ κηρύγµατος σῶσαι τοὺς πιστεύοντας. 21 Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação. Sempre achei o plano de salvação complicado, por que Deus simplesmente não perdoou Adão e Eva ali no Éden e evitaria todo
  28. 28. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 28 este sofrimento? Há razões com certeza que desconhecemos, por isso costumo dizer para Deus, não entendo os teus mistérios, mas creio assim mesmo. O plano de Deus dá um nó na filosofia humana. Por que Deus tomou a forma humana e viveu entre nós como homem humilde, trabalhando como carpinteiro, sofrendo tudo o que nós sofremos e depois tem uma morte horrível? Aprouve a Deus salvar-nos pela loucura da pregação!!! 22 ἐπειδὴ καὶ Ἰουδαῖοι σηµεῖα αἰτοῦσιν καὶ Ἕλληνες σοφίαν ζητοῦσιν, 22 Porque os judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria; Os gregos. Eles riam da história de um Salvador crucificado e desprezavam o modo como os apóstolos a contavam. Eles procuravam a sabedoria, Eles eram homens de saber e de leitura, homens que tinham cultivado as artes e as ciências, e tinham sido, durante algum tempo, por assim dizer, a grande fonte de conhecimento e erudição. Que esperança havia em ser salvo por alguém que não pôde salvar-se a si mesmo? E confiar em alguém que foi condenado e crucificado como um malfeitor, um homem de nascimento desprezível e de condição pobre e que morreu uma morte tão vil e ignominiosa? Era isso que o orgulho da razão humana e da erudição não podia apreciar. 23 ἡµεῖς δὲ κηρύσσοµεν Χριστὸν ἐσταυρωµένον, Ἰουδαίοις µὲν σκάνδαλον ἔθνεσιν δὲ µωρίαν, 23 Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos. O cristianismo floresceu em três séculos de perseguição intensa. Os judeus viam em Jesus um impostor e os gentios viam na mensagem
  29. 29. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 29 cristã um insulto a religião do Estado, e o desprezo não se resumia somente em zombaria, mas em perseguição e condenação a morte. 24 αὐτοῖς δὲ τοῖς κλητοῖς, Ἰουδαίοις τε καὶ Ἕλλησιν, Χριστὸν θεοῦ δύναµιν καὶ θεοῦ σοφίαν· 24 Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus. Chamados. Entre os homens existem duas classes: O joio e o trigo. O trigo são aqueles que trazem em si a marca de Deus, o joio é plantação do maligno. Quando alguém aceita a mensagem da cruz e passa a viver para ela, é visto como um dos “chamados”. Este fator tem gerado discussão sobre a predestinação. O homem pode resistir o chamado de Deus? 25 ὅτι τὸ µωρὸν τοῦ θεοῦ σοφώτερον τῶν ἀνθρώπων ἐστίν, καὶ τὸ ἀσθενὲς τοῦ θεοῦ ἰσχυρότερον τῶν ἀνθρώπων. 25 Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens. Loucura de Deus. Na natureza há vários exemplos que Deus age de forma estranha para a nossa mente. Quando as pessoas sentem repugnância por alguns animais com aspectos repulsivos, na verdade para Deus estes animais são lindos e maravilhosos. 26 Βλέπετε γὰρ τὴν κλῆσιν ὑµῶν, ἀδελφοί, ὅτι οὐ πολλοὶ σοφοὶ κατὰ σάρκα, οὐ πολλοὶ δυνατοί, οὐ πολλοὶ εὐγενεῖς· 26 Porque, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados.
  30. 30. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 30 Tenho visto que ao longo da história do povo de Deus, muitas vezes vemos a devoção sendo mais praticada pelas pessoas simples e humildes e até iletradas do que por pessoas de posses financeiras, que tem status social, ou que são ilustres eruditos. Deus escolheu esconder as coisas dos sábios e entendidos e muitas vezes revela aos pequeninos. A soberba causa repugnância em Deus. Em 312 d.C., o rei Constantino aceitou formalmente o cristianismo como sua religião. Mas tais pessoas eram a exceção. A grande massa de cristãos era composta por escravos, homens livres, gente simples e humilde. Barclay cita os escritos de Celso - que por volta de 178 d.C. descreveu os cristãos da seguinte forma: “Nós os vemos em suas próprias casas, os que vestiam lã, sapateiros e lavandeiros, as pessoas com menos instrução e mais vulgares [comuns]”. Desse modo, não muitos sábios, ou amantes da sabedoria e compreensão humanas, eram crentes; nem os poderosos, as pessoas principais e notáveis, aceitaram a Cristo; nem os nobres, ou aqueles das classes altas ou os que nasceram nobres, se submeteram a Cristo, exceto em casos raros. (2) 27 ἀλλὰ τὰ µωρὰ τοῦ κόσµου ἐξελέξατο ὁ θεὸς ἵνα καταισχύνῃ τοὺς σοφούς, καὶ τὰ ἀσθενῆ τοῦ κόσµου ἐξελέξατο ὁ θεὸς ἵνα καταισχύνῃ τὰ ἰσχυρά, 27 Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; Deus escolheu as coisas loucas. 28 καὶ τὰ ἀγενῆ τοῦ κόσµου καὶ τὰ ἐξουθενηµένα ἐξελέξατο ὁ θεός, τὰ µὴ ὄντα, ἵνα τὰ ὄντα καταργήσῃ, 28 E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são;
  31. 31. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 31 Sou adepto de um cristianismo simples, de gente pobre sem cultura que estão mais preocupados em obedecer e agradar ao Senhor do que se aprofundar em temas filosóficos, até porque este povo vil e desprezível não possui um cérebro privilegiado. Mas este povo simples é daqueles que procuram agradar a Deus. 29 ὅπως µὴ καυχήσηται πᾶσα σὰρξ ἐνώπιον τοῦ θεοῦ. 29 Para que nenhuma carne se glorie perante ele. Devemos tomar cuidado, porque quando temos um cargo, um diploma acadêmico ou um condição econômica privilegiado temos a tendência de sermos presunçosos. Lembremos sempre de Lúcifer e como seu orgulho o levou a queda. 30 ἐξ αὐτοῦ δὲ ὑµεῖς ἐστε ἐν Χριστῷ Ἰησοῦ, ὃς ἐγενήθη σοφία ἡµῖν ἀπὸ θεοῦ, δικαιοσύνη τε καὶ ἁγιασµὸς καὶ ἀπολύτρωσις, 30 Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção; Redenção, palavra freqüentemente usada em relação à libertação de escravos através do pagamento de um resgate, indica a maneira pela qual Cristo nos liberta... por seu sacrifício, sua morte na cruz. (2) 31 ἵνα καθὼς γέγραπται, Ὁ καυχώµενος ἐν κυρίῳ καυχάσθω. 31 Para que, como está escrito: Aquele que se gloria glorie-se no Senhor. Devemos cultivar a humildade como a mais importante das virtudes. Tenho visto com nojo esta doutrina evangélica neo-pentecostal do triunfalismo. Devemos falar ao Senhor de nossos pecados e misérias e dizer a ele o quanto somos dignos de sofrimento e castigo.
  32. 32. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 32 Devemos nos alegrar em te-lo conhecido para não morrer como um ímpio. CAPÍTULO 2 1 Κἀγὼ ἐλθὼν πρὸς ὑµᾶς, ἀδελφοί, ἦλθον οὐ καθ’ ὑπεροχὴν λόγου ἢ σοφίας καταγγέλλων ὑµῖν τὸ µυστήριον τοῦ θεοῦ. 1 E EU, irmãos, quando fui ter convosco, anunciando- vos o testemunho de Deus, não fui com sublimidade de palavras ou de sabedoria. O apóstolo Paulo foi um exemplo de pregador, sempre procurando anunciar de forma simples o cristianismo, não procurava convencer as pessoas com silogismo e analogia e referências aos filósofos gregos, citando o que disse este ou aquele erudito. Pare com isso! Fale da gradeza de Deus na criação e do amor dele mostrado na cruz. Nossa pregação deve ser tão simples que uma criança deve entende-la. 2 οὐ γὰρ ἔκρινά τι εἰδέναι ἐν ὑµῖν εἰ µὴ Ἰησοῦν Χριστὸν καὶ τοῦτον ἐσταυρωµένον. 2 Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado. Paulo disse que o interesse dele com os coríntios era a respeito da relação deles com Cristo, não queria saber quem estava rico, quem galgou cargo importante na sociedade, mas como aqueles crentes estavam se relacionando com Cristo. 3 κἀγὼ ἐν ἀσθενείᾳ καὶ ἐν φόβῳ καὶ ἐν τρόµῳ πολλῷ ἐγενόµην πρὸς ὑµᾶς, 3 E eu estive convosco em fraqueza, e em temor, e em grande tremor.
  33. 33. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 33 Paulo sofria de certa debilidade física: No que tange à natureza de seus supostos sofrimentos físicos, parece perfeitamente claro, com base em II Cor. 12:7, que ele padecia de alguma debilidade física. E em Gál. 6:11 ficamos sabendo que pelo menos parte dessa dificuldade envolvia os seus olhos. A maioria dos comentadores bíblicos concorda com isso. (2) 4 καὶ ὁ λόγος µου καὶ τὸ κήρυγµά µου οὐκ ἐν πειθοῖ[ς] σοφίας [λόγοις] ἀλλ’ ἐν ἀποδείξει πνεύµατος καὶ δυνάµεως, 4 A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder; A fim de representar a diversidade da evidência, a maioria da comissão resolveu imprimir πειθοῖ, e com base em P (46) G 35*, aos quais falta λόγοις, resolveu-se deixar essa última palavra entre colchetes. (2) Demonstração de Espírito e de poder. Isso sugere claramente poder espiritual de curas e milagres, transformações de vida, pessoas sendo tocadas por Deus com a presença de Paulo. 5 ἵνα ἡ πίστις ὑµῶν µὴ ᾖ ἐν σοφίᾳ ἀνθρώπων ἀλλ’ ἐν δυνάµει θεοῦ. 5 Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus. Paulo faz oposição a “sabedoria humana” com o “poder de Deus”. Este contraste eu vejo nos dias de hoje com a ridícula doutrina do evolucionismo biológico em contraste com a patente clareza do criacionismo. Nossa fé se apoia no poder de Deus que tudo criou perfeito e como podemos atestar na natureza. A falsa teoria da evolução se baseia em uma sabedoria humana ensinada nas
  34. 34. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 34 escolas que diz que foram necessárias varias tentativas para que se chegasse aos seres vivos completos que temos hoje. Ora, onde estão na natureza as espécies em transição? Os mutantes entre uma espécie e outra? 6 Σοφίαν δὲ λαλοῦµεν ἐν τοῖς τελείοις, σοφίαν δὲ οὐ τοῦ αἰῶνος τούτου οὐδὲ τῶν ἀρχόντων τοῦ αἰῶνος τούτου τῶν καταργουµένων· 6 Todavia falamos sabedoria entre os perfeitos; não, porém, a sabedoria deste mundo, nem dos príncipes deste mundo, que se aniquilam; Perfeitos. Paulo se refere aos cristãos. Óbvio que se você convive em uma comunidade de cristãos não verá nenhum perfeito. Mas estamos em processo de perfeição. O que creem em Cristo estão em processo que se findará com a ressurreição. Os «experimentados», que algumas traduções dizem perfeitos, são os crentes já dotados de altas experiências cristãs; também são chamados de «espirituais», porquanto Paulo usa esses termos de forma intercambiável. Os gnósticos erigiam fortes barreiras entre os «perfeitos» e os simples aderentes de sua fé; e isso causou o aparecimento de distinções radicais, em alguns documentos cristãos de natureza mística, conforme aqueles provenientes de Alexandria, que se referem a cristãos «esotéricos». É verdade que Paulo reconhecia a existência de certa gradação entre os cristãos, de conformidade com a perfeição e a maturidade a que haviam chegado em Cristo; porém, não estava fazendo o tipo de distinções «místicas» que havia entre os gnósticos e entre certos cristãos de séculos posteriores. Não queria dar a entender Paulo, com as palavras por ele utilizadas aqui, que alguns cristãos pertenciam a alguma categoria especial por causa de experiências místicas. (2)
  35. 35. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 35 7 ἀλλὰ λαλοῦµεν θεοῦ σοφίαν ἐν µυστηρίῳ, τὴν ἀποκεκρυµµένην, ἣν προώρισεν ὁ θεὸς πρὸ τῶν αἰώνων εἰς δόξαν ἡµῶν· 7 Mas falamos a sabedoria de Deus, oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória; Para nossa glória. Toda glória seja dada a Deus, mas ele querendo nos glorifica. Glorificar não é adorar, mas colocar em uma posição de distinção e dignidade. 8 ἣν οὐδεὶς τῶν ἀρχόντων τοῦ αἰῶνος τούτου ἔγνωκεν, εἰ γὰρ ἔγνωσαν, οὐκ ἂν τὸν κύριον τῆς δόξης ἐσταύρωσαν. 8 A qual nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor da glória. O texto se refere aos chefes do judaísmo e do império Romano que crucificaram Jesus. Temos aqui um texto que exalta Jesus com um título divino SENHOR DA GLÓRIA. Para aqueles que acham que Jesus era um anjo, ou um deus menor criado pelo Deus maior... 9 ἀλλὰ καθὼς γέγραπται, Ἃ ὀφθαλµὸς οὐκ εἶδεν καὶ οὖς οὐκ ἤκουσεν καὶ ἐπὶ καρδίαν ἀνθρώπου οὐκ ἀνέβη, ἃ ἡτοίµασεν ὁ θεὸς τοῖς ἀγαπῶσιν αὐτόν. 9 Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam. Ao lermos o Antigo Testamento, pouco se fala de uma esperança futura, espiritual e eterna, mas com a vinda de Cristo, Deus revelou- nos as benditas promessas de uma vida eterna ao lado de Deus. Uma vida que transcende a vida na terra, mas em uma cidade celestial.
  36. 36. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 36 10 ἡµῖν δὲ ἀπεκάλυψεν ὁ θεὸς διὰ τοῦ πνεύµατος· τὸ γὰρ πνεῦµα πάντα ἐραυνᾷ, καὶ τὰ βάθη τοῦ θεοῦ. 10 Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. O Novo Testamento nos revela uma mensagem totalmente espiritual e universal, enquanto o Antigo Testamento a mensagem é focada na salvação de um povo, a nação de Israel. Paulo e os apóstolos foram os comissionados por Deus para dizer ao mundo que a dureza dos corações dos judeus, trouxe provisoriamente uma porta de salvação para o mundo. Esta porta está aberta a cerca de dois mil anos. É esta revelação que o Espírito Santo revelou aos apóstolos. 11 τίς γὰρ οἶδεν ἀνθρώπων τὰ τοῦ ἀνθρώπου εἰ µὴ τὸ πνεῦµα τοῦ ἀνθρώπου τὸ ἐν αὐτῷ; οὕτως καὶ τὰ τοῦ θεοῦ οὐδεὶς ἔγνωκεν εἰ µὴ τὸ πνεῦµα τοῦ θεοῦ. 11 Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus. Toda a ciência humana é fruto de um poder natural do espírito do homem que é capaz de observar o mundo que o rodeia e o seu próprio interior e inventar tecnologias para o seu próprio benefício. Desde a roda até os mais avanços programas de computador são ciências que o mundo descobriu pelo seu próprio espírito empreendedor. 12 ἡµεῖς δὲ οὐ τὸ πνεῦµα τοῦ κόσµου ἐλάβοµεν ἀλλὰ τὸ πνεῦµα τὸ ἐκ τοῦ θεοῦ, ἵνα εἰδῶµεν τὰ ὑπὸ τοῦ θεοῦ χαρισθέντα ἡµῖν·
  37. 37. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 37 12 Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. Os cientistas e inventores são pessoas que estão focadas no mundo, por isso suas mentes estão sempre procurando solucionar os problemas temporais do dia-a-dia. Mas os que buscam a Deus recebem o Espírito de Deus e estes querem conhecer a salvação e os dons gratuitos de Deus. 13 ἃ καὶ λαλοῦµεν οὐκ ἐν διδακτοῖς ἀνθρωπίνης σοφίας λόγοις ἀλλ’ ἐν διδακτοῖς πνεύµατος, πνευµατικοῖς πνευµατικὰ συγκρίνοντες. 13 As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. As coisas espirituais são compreendidas e aceitas pelas pessoas espirituais. O homem natural, sem o novo nascimento, sem a conversão não entende e nem aceita as coisas do Espírito Santo. O homem sem Deus acha os mandamentos um Deus um transtorno para o seu bem-estar. 14 ψυχικὸς δὲ ἄνθρωπος οὐ δέχεται τὰ τοῦ πνεύµατος τοῦ θεοῦ, µωρία γὰρ αὐτῷ ἐστιν, καὶ οὐ δύναται γνῶναι, ὅτι πνευµατικῶς ἀνακρίνεται· 14 Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. O homem natural não compreende porque as pessoas devem se vestir descentemente, sem o entendimento do Espírito Santo, eles acham que podem viver nus como os animais. Desconhecendo que
  38. 38. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 38 a queda de Adão e Eva provocou uma mudança na natureza dos humanos e a perda de uma veste que cobria os primeiros humanos. O homem natural não compreende a Bíblia, não compreende a salvação, não vê Jesus como o único capaz de salvar. Sem o Espírito Santo o homem é incapaz de entender as coisas espirituais. 15 ὁ δὲ πνευµατικὸς ἀνακρίνει [τὰ] πάντα, αὐτὸς δὲ ὑπ’ οὐδενὸς ἀνακρίνεται. 15 Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. Uma pessoa nascida de novo, consegue enfrentar os dilemas e desgraças da vida com serenidade, discernido a vontade de Deus e mostrando-se conformado com a vontade de Deus.Cheio da graça o homem de Deus dá graças por tudo. Quanto mais o crente vive para Deus, maior é a tendência dele ser incompreendido e taxado de fanático pelos homens naturais. 16 τίς γὰρ ἔγνω νοῦν κυρίου, ὃς συµβιβάσει αὐτόν; ἡµεῖς δὲ νοῦν Χριστοῦ ἔχοµεν. 16 Porque, quem conheceu a mente do SENHOR, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo. Ninguém conhece a mente de Deus, muito menos temos capacidade de dar-lhe conselho ou instrução. Mas o cristão que se submete ao Senhor tem a mente de Cristo e passa a vê o mundo pelo ponto de vista divino. O homem cheio da mente de Deus se entristece ao vê as mulheres se vestindo sensualmente para atrair os olhos dos machos, mas o homem natural se delicia com o pecado. CAPÍTULOTRÊS
  39. 39. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 39 1 Κἀγώ, ἀδελφοί, οὐκ ἠδυνήθην λαλῆσαι ὑµῖν ὡς πνευµατικοῖς ἀλλ ὡς σαρκίνοις, ὡς νηπίοις ἐν Χριστῷ. 1 E EU, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo. Paulo trata os membros da igreja de Corinto como cristãos carnais, isto é, pessoas que não viviam buscando as coisas espirituais, mas buscando as coisas carnais, pertencente aos afazeres deste mundo. Outra forma de tratamento que o apóstolo Paulo dá aos coríntios é que eles são “meninos”, uma forma de dizer que eles não eram homens espirituais de verdade, mas “moleques”, despreparados. 2 γάλα ὑµᾶς ἐπότισα, οὐ βρῶµα, οὔπω γὰρ ἐδύνασθε. ἀλλ’ οὐδὲ ἔτι νῦ 2 Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis, Organismo de criança precisa de leite, uma vez que nem dentição tem. Carne é um alimento para adultos. Nesta comparação vemos que comer carne sempre foi natural para os cristãos. Aqueles que querem ser mais santos do que Jesus, vem com estas doutrinas alucinógenas de “verganos” ou vegetarianos. É lamentável que a maioria dos cristãos pentecostais, em vez de buscar ser uma benção, ainda vive indo aqui e acolá atrás de bênçãos. Sendo presas fáceis de pastores espertalhões que sob promessas de ensinar-lhe a serem abençoados, esvasiam os bolsos dos coitados. 3 ἔτι γὰρ σαρκικοί ἐστε. ὅπου γὰρ ἐν ὑµῖν ζῆλος καὶ ἔρις, οὐχὶ σαρκικοί ἐστε καὶ κατὰ ἄνθρωπον περιπατεῖτε; 3 Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?
  40. 40. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 40 Um cristão é considerado carnal quando ele ainda vive praticando coisas que desagradam a Deus. Um diploma de teologia e profundo conhecimento intelectual sobre a Bíblia não torna ninguém um cristão espiritual. É uma vida de obediência, oração, jejum, consagração que torna o cristão em servo submisso a Deus. 4 ὅταν γὰρ λέγῃ τις, Ἐγὼ µέν εἰµι Παύλου, ἕτερος δέ, Ἐγὼ Ἀπολλῶ, οὐκ ἄνθρωποί ἐστε; 4 Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais? O divisionismo é uma prova de que a igreja de corinto era carnal, os crentes dali se diziam seguir de Paulo, outro de Apolo e assim por diante. Hoje tem a mesma meninice, aqueles que se dizem seguidor do Papa, outro de Calvino, outro do missionário David Miranda, outro de Luigi Francescon, outro do Bispo Edir Macedo e assim por diante e cada dia surge incontáveis igrejas, uma em cada esquina, cada um querendo o primado entre o rebanho, em vez de se unirem em Cristo, querem construir um nome para si, e quiça, um império religioso. 5 τί οὖν ἐστιν Ἀπολλῶς; τί δέ ἐστιν Παῦλος; διάκονοι δι’ ὧν ἐπιστεύσατε, καὶ ἑκάστῳ ὡς ὁ κύριος ἔδωκεν. 5 Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o SENHOR deu a cada um? Apolo e Paulo não eram pequenos deuses para serem servidos; eles, como todos os cristãos, eram servos do Senhor. Eles deveriam ser os instrumentos, não os objetos da fé. O que Deus deu a Paulo e a Apolo, Ele deu a cada crente - um testemunho do poder vivo do evangelho de Cristo. (2). 6 ἐγὼ ἐφύτευσα, Ἀπολλῶς ἐπότισεν, ἀλλὰ ὁ θεὸς ηὔξανεν·
  41. 41. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 41 6 Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento. Paulo foi o primeiro missionário a pregar aos coríntios. Ele havia fundado a igreja. Apolo era um pregador companheiro que sucedeu a Paulo como pastor em Corinto. Ele alimentou e sustentou os cristãos com a pregação do evangelho. Ambos os verbos, plantei e regou, estão no tempo verbal aoristo, indicando uma ação passada completa e acabada. (2) 7 ὥστε οὔτε ὁ φυτεύων ἐστίν τι οὔτε ὁ ποτίζων, ἀλλ’ ὁ αὐξάνων θεός. 7 Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento. Plantar (phiteuon) e regar (potizon). A vida espiritual tem dois momentos, o primeiro é o momento do nascimento espiritual, quando a pessoa se volta para Deus e se converte, o segundo momento é a rega diária para que o amor não esfrie e a pessoa não perca o primeiro amor. É preciso cultivar a salvação como uma plantinha sensível, é fácil, fácil se afastar de Deus porque as forças contrárias são fortes. 8 ὁ φυτεύων δὲ καὶ ὁ ποτίζων ἕν εἰσιν, ἕκαστος δὲ τὸν ἴδιον µισθὸν λήµψεται κατὰ τὸν ἴδιον κόπον. 8 Ora, o que planta e o que rega são um; mas cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho. Galardão (misthos): Se trata de toda recompensa que um trabalhador recebe por seu trabalho. Equivale ao salário. No caso a recompensa esperada é celestial e não em dinheiro. 9 θεοῦ γάρ ἐσµεν συνεργοί· θεοῦ γεώργιον, θεοῦ οἰκοδοµή ἐστε.
  42. 42. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 42 9 Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus. Lavoura (georgion) e edifício (oikodome). A igreja é comparada a uma lavoura e um edifício. Ninguem é dono da lavoura e do edifício, senão Deus. Os ministros são meros agricultores e pedreiros. Temos que seguir o projeto de Deus para edificiar a igreja. Temos que plantar na época certa e de acordo com o clima para que a lavoura dê fruto. Não dá para fazer a obra de Deus do nosso jeito. 10 Κατὰ τὴν χάριν τοῦ θεοῦ τὴν δοθεῖσάν µοι ὡς σοφὸς ἀρχιτέκτων θεµέλιον ἔθηκα, ἄλλος δὲ ἐποικοδοµεῖ. ἕκαστος δὲ βλεπέτω πῶς ἐποικοδοµεῖ· 10 Segundo a graça de Deus que me foi dada, pus eu, como sábio arquiteto, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele. Paulo não esta se gloriando como “sábio arquiteto” devido a sua inteligência, mas ele deixa claro que esta sabedoria veio “segundo a graça de Deus”. Paulo tinha revelação de Deus que os seus textos seriam o fundamento do cristianismo. Incrivelmente o que separou o cristianismo do judaísmo não foram as palavras de Jesus nos livros biográficos (evangelhos), mas os textos paulinos foram a causa da cisão doutrinária. Deus revelou a Paulo a dispensação da graça. O plano de Deus com o povo judeu, não está anulado, apenas abriu-se um parêntese para a entrada dos gentios no plano divino. 11 θεµέλιον γὰρ ἄλλον οὐδεὶς δύναται θεῖναι παρὰ τὸν κείµενον, ὅς ἐστιν Ἰησοῦς Χριστός. 11 Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. O apóstolo Paulo foi o arquiteto do cristianismo, mas o alicerce e a pedra fundamental é Jesus Cristo. Não há salvação em nenhum
  43. 43. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 43 outro. Jesus é a encarnação de Deus. Religiões que acreditam em encarnações dos seus deuses apenas estão replicando algo que os seus próprios espíritos testemunham de que Deus viria habitar entre os homens. Não é Buda, não são os deuses do hinduísmo, nem das religiões antigas, muito menos extraterrestres, o Deus verdadeiro é Javé, o Deus da Bíblia, o Deus que tudo criou. O Deus de Abraão, Isaque e Jacó. 12 εἰ δέ τις ἐποικοδοµεῖ ἐπὶ τὸν θεµέλιον χρυσόν, ἄργυρον, λίθους τιµίους, ξύλα, χόρτον, καλάµην, 12 E, se alguém sobre este fundamento formar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, Em referência ao teste, ou inspeção da edificação, várias coisas são claras. Primeiro, há materiais alternativos que podem ser usados. Paulo menciona ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha. O material é de dois tipos distintos e opostos, “rico e durável ou insignificante e perecível”. Um tipo sugere cristãos maduros e estáveis fundados em doutrinas sólidas, e rica experiência. O outro tipo é a palha frágil da opinião humana, os pedaços de madeira aleatórios da sabedoria humana. Isto sugere membros da igreja imaturos e instáveis. (2) 13 ἑκάστου τὸ ἔργον φανερὸν γενήσεται, ἡ γὰρ ἡµέρα δηλώσει· ὅτι ἐν πυρὶ ἀποκαλύπτεται, καὶ ἑκάστου τὸ ἔργον ὁποῖόν ἐστιν τὸ πῦρ [αὐτὸ] δοκιµάσει. 13 A obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um. O comentarista Matthew Henry no volume sexto da sua obra trás um comentário bastante pertinente, que reproduzimos abaixo, sobre esta passagem, discordando claramente sobre a interpretação
  44. 44. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 44 católica romana sobre a doutrina do purgatório que o Vaticano fundamenta nesta passagem escriturística: 14 εἴ τινος τὸ ἔργον µενεῖ ὃ ἐποικοδόµησεν, µισθὸν λήµψεται· 14 Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão. Esta passagem faz parte da doutrina clássica da escatologia e refere-se ao tribunal de Cristo, posto que não se fala aqui de condenados, mas somente de pessoas salvas que estão sendo
  45. 45. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 45 julgadas para serem recompensadas. Distinguindo-se dois grupos de cristãos: os que receberão galardão e os que não receberão galardão, porque suas obras não subsistirão no tribunal de Cristo. No Juizo Final ninguém é salvo, somente vemos condenados, conforme o texto clássico de Apocalipse 20. 15 εἴ τινος τὸ ἔργον κατακαήσεται, ζηµιωθήσεται, αὐτὸς δὲ σωθήσεται, οὕτως δὲ ὡς διὰ πυρός. 15 Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo. Aqui fala de obras de cristãos sendo provada no fogo, não fala de cristãos sofrendo no fogo, como preconiza a doutrina católica do purgatório. Acredito que no final do período da graça, logo após o arrebatamento, ocorrerá o julgamento do tribunal de Cristo para distribuir as recompensas aos cristãos que fizeram de suas vidas uma missão. Outros serão salvos, mas suas obras missionárias e sua santificação pessoal serão consideradas insuficientes. A recompensa que aguarda os galardoados será em posição e glória no reino celestial. 16 οὐκ οἴδατε ὅτι ναὸς θεοῦ ἐστε καὶ τὸ πνεῦµα τοῦ θεοῦ οἰκεῖ ἐν ὑµῖν; 16 Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Este ponto destacado por Paulo rompe o conceito primitivo do judaísmo com o cristianismo. No judaísmo o próprio Deus estabeleceu um templo na qual os judeus deveriam se reunir para ali oferecer sacrifícios a Deus, ainda que pudesse adora-lo em qualquer lugar. Com a vinda do Salvador, nenhum sacrifício é mais necessário, uma vez que o próprio Cristo se ofereceu a Deus em sacrifício de sangue. Mas o notável é que agora o templo de Deus
  46. 46. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 46 somos nós. Não devemos pensar mais como os judeus ou os samaritanos, ou pagãos considerando este ou aquele lugar como sagrado. Sagrado agora somos nós, morada de Deus na terra. 17 εἴ τις τὸν ναὸν τοῦ θεοῦ φθείρει, φθερεῖ τοῦτον ὁ θεός· ὁ γὰρ ναὸς τοῦ θεοῦ ἅγιός ἐστιν, οἵτινές ἐστε ὑµεῖς. 17 Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo. Minha preocupação com este texto não é com a consequência trágica para os perseguidores dos cristãos que matam os servos de Deus. Meu receio é se minhas atitudes e pecados não estariam profanando e destruindo o templo de Deus, e ai sim, a consequência para quem vive no pecado é a destruição eterna. 18 Μηδεὶς ἑαυτὸν ἐξαπατάτω· εἴ τις δοκεῖ σοφὸς εἶναι ἐν ὑµῖν ἐν τῷ αἰῶνι τούτῳ, µωρὸς γενέσθω, ἵνα γένηται σοφός. 18 Ninguém se engane a si mesmo. Se alguém dentre vós se tem por sábio neste mundo, faça-se louco para ser sábio. A igreja de Corinto devia ter pessoas politizadas, adeptos dos debates filosóficos e talvez estes cristãos ficavam fazendo muitos questionamentos, e Paulo os adverte a crer, mesmo sem entender. Sábio é quem obedece a Deus e quem sem entender não fica confuso, ma confia que Deus está no controle. 19 ἡ γὰρ σοφία τοῦ κόσµου τούτου µωρία παρὰ τῷ θεῷ ἐστιν· γέγραπται γάρ, Ὁ δρασσόµενος τοὺς σοφοὺς ἐν τῇ πανουργίᾳ αὐτῶν· 19 Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois está escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia.
  47. 47. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 47 Paulo exorta os cristão a não ficarem tão preocupados em ter respostas para tudo, toda a ciência que devemos preservar é a de temer a Deus, amar a Deus e obedecer a seus mandamentos. Deus salvará os humildes, não os intelectuais. Deus é irônico e fará questão de levar ao seu reino eterno pessoas pobres, simples, humildes, sem instrução mostrando sua misericórdia, enquanto os prepotentes ficarão às cegas. 20 καὶ πάλιν, Κύριος γινώσκει τοὺς διαλογισµοὺς τῶν σοφῶν ὅτι εἰσὶν µάταιοι. 20 E outra vez: O Senhor conhece os pensamentos dos sábios, que são vãos. A palavras “pensamentos” (dialogismous), sugere um diálogo que existe dentro de nós. Pensar é conversar consigo mesmo. Ninguém tente enganar a Deus ou se justificar dos seus pecados com argumentos. O pensamento dos que se acham sábio é vão. Nos últimos séculos ser intelectual é quase sinônimo de ateu, pura vaidade e prepotência. 21 ὥστε µηδεὶς καυχάσθω ἐν ἀνθρώποις· πάντα γὰρ ὑµῶν ἐστιν, 21 Portanto, ninguém se glorie nos homens; porque tudo é vosso; Alguns cristãos naquela época se auto intitulavam discípulos de fulano e cicrano, sentindo-se orgulho de ser doutrinado por este ou aquele mestre, mas Paulo ressalta que não devemos se gloriar nos homens. Ainda hoje vemos muitos cristãos sentindo-se orgulhosos pelo nome da instituição cristã que ele faz parte. Devemos se orgulhar por ser aceito por Deus. Aceitei Jesus na Igreja Pentecostal Deus é Amor, e desde os primeiros dias via com discordância como alguns crentes tinham uma admiração quase idolátrica por David
  48. 48. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 48 Miranda, e a própria instituição patrocinava esta fraqueza, anunciando com frequência no programa de radio: “O consagradíssimo homem de Deus, Davi Miranda!” 22 εἴτε Παῦλος εἴτε Ἀπολλῶς εἴτε Κηφᾶς εἴτε κόσµος εἴτε ζωὴ εἴτε θάνατος εἴτε ἐνεστῶτα εἴτε µέλλοντα, πάντα ὑµῶν, 22 Seja Paulo, seja Apolo, seja Cefas, seja o mundo, seja a vida, seja a morte, seja o presente, seja o futuro; tudo é vosso, Paulo, inspirado pelo Espírito Santo nos adverte a pensar grande, não pensar o cristianismo como uma instituição humana, mas como um organismo vivo mundial, onde todos estão inseridos. Alguns cristãos veneram tanto suas instituições que consideram salvos somente quem pertence a sua igreja ou instituição. É como pensa algumas mentes pequenas das Testemunhas de Jeová, Congregação Cristã, e outras tantas. 23 ὑµεῖς δὲ Χριστοῦ, Χριστὸς δὲ θεοῦ. 23 E vós de Cristo, e Cristo de Deus. Nosso pensamento tem que está ligando em Cristo e em Deus, não confiemos em instituição humana nem em líderes. Nossa fé não pode se desviar para nenhum outro, senão Cristo. CAPÍTULO QUATRO Οὕτως ἡµᾶς λογιζέσθω ἄ νθρωπος ὡς ὑπηρέτας Χριστοῦ καὶ οἰκονόµους µυστηρίων θεοῦ. 1 QUE os homens nos considerem como ministros de Cristo, e despenseiros dos mistérios de Deus.
  49. 49. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 49 Paulo fala da função de ministros do Evangelho como algo que deve ser considerado pelos homens. Ser ministro de Deus é algo pela qual se deve orgulhar. 2 ὧδε λοιπὸν ζητεῖται ἐν τοῖς οἰκονόµοις ἵνα πιστός τις εὑρεθῇ. 2 Além disso, requer-se dos despenseiros que cada um se ache fiel. Deus requer que os ministros do Evangelho sejam fieis e que não se utilizem do cargo para obter lucros e nem para oprimir o próximo. 3 ἐµοὶ δὲ εἰς ἐλάχιστόν ἐστιν ἵνα ὑφ’ ὑµῶν ἀνακριθῶ ἢ ὑπὸ ἀνθρωπίνης ἡµέρας· ἀλλ’ οὐδὲ ἐµαυτὸν ἀνακρίνω· 3 Todavia, a mim mui pouco se me dá de ser julgado por vós, ou por algum juízo humano; nem eu tampouco a mim mesmo me julgo. Paulo também fala que o ministro precisa administrar sua consciência, uma vez que somos imperfeitos e que muitas vezes somos julgados pelos outros que ficam apontando nossos erros, além de nossa própria consciência que nos acusa de nossas faltas no transcorrer do ministério. Não podemos sucumbir e desanimar pelos juízos alheios e mesmo o nosso. 4 οὐδὲν γὰρ ἐµαυτῷ σύνοιδα, ἀλλ’ οὐκ ἐν τούτῳ δεδικαίωµαι, ὁ δὲ ἀνακρίνων µε κύριός ἐστιν. 4 Porque em nada me sinto culpado; mas nem por isso me considero justificado, pois quem me julga é o SENHOR. Temos que ter um julgamento moderado sobre nós mesmos, nem somos suficientemente bom nem mau, mas devemos pedir que o Senhor nos julge e nos mostre onde temos falhado diante da sua presença.
  50. 50. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 50 5 ὥστε µὴ πρὸ καιροῦ τι κρίνετε, ἕως ἂν ἔλθῃ ὁ κύριος, ὃς καὶ φωτίσει τὰ κρυπτὰ τοῦ σκότους καὶ φανερώσει τὰς βουλὰς τῶν καρδιῶν· καὶ τότε ὁ ἔπαινος γενήσεται ἑκάστῳ ἀπὸ τοῦ θεοῦ. 5 Portanto, nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios dos corações; e então cada um receberá de Deus o louvor. Comumente escuto cristãos perguntando-me: Fulano foi salvo? Respondo que não tenho como saber, o juízo de Deus é perfeito. Deus sabe o real estado espiritual de cada um, nós julgamos mui superficialmente, é inútil ficar especulando sobre se fulano morreu salvo ou não. No tempo certo virá o julgamento certo. 6 Ταῦτα δέ, ἀδελφοί, µετεσχηµάτισα εἰς ἐµαυτὸν καὶ Ἀπολλῶν δι’ ὑµᾶς, ἵνα ἐν ἡµῖν µάθητε τὸ Μὴ ὑπὲρ ἃ γέγραπται, ἵνα µὴ εἷς ὑπὲρ τοῦ ἑνὸς φυσιοῦσθε κατὰ τοῦ ἑτέρου. 6 E eu, irmãos, apliquei estas coisas, por semelhança, a mim e a Apolo, por amor de vós; para que em nós aprendais a não ir além do que está escrito, não vos ensoberbecendo a favor de um contra outro. Não ir além do que está escrito. Tenho visto muitas igrejas editando normas como se fossem mandamentos do Senhor, indo além do que está escrito. Algumas, obrigando os pregadores a usarem terno para pregarem. Outras, determinando a cor específica do véu que as mulheres devem usar quando orarem e por ai vai. 7 τίς γάρ σε διακρίνει; τί δὲ ἔχεις ὃ οὐκ ἔλαβες; εἰ δὲ καὶ ἔλαβες, τί καυχᾶσαι ὡς µὴ λαβών; 7 Porque, quem te faz diferente? E que tens tu que não tenhas recebido? E, se o recebeste, por que te glorias, como se não o houveras recebido?
  51. 51. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 51 Aqui Paulo esta se dirigindo aos ministros que por terem um cargo, um oficio eclesiástico, já se acha melhor que os outros. Paulo os adverte para serem humildes. 8 ἤδη κεκορεσµένοι ἐστέ· ἤδη ἐπλουτήσατε· χωρὶς ἡµῶν ἐβασιλεύσατε· καὶ ὄφελόν γε ἐβασιλεύσατε, ἵνα καὶ ἡµεῖς ὑµῖν συµβασιλεύσωµεν. 8 Já estais fartos! já estais ricos! sem nós reinais! e quisera reinásseis para que também nós viéssemos a reinar convosco! Paulo usa o recurso da ironia para criticar os ministros que estavam se portando com arrogância pelo cargo que ocupavam. Este recurso da retórica era muito usado por Paulo. 9 δοκῶ γάρ, ὁ θεὸς ἡµᾶς τοὺς ἀποστόλους ἐσχάτους ἀπέδειξεν ὡς ἐπιθανατίους, ὅτι θέατρον ἐγενήθηµεν τῷ κόσµῳ καὶ ἀγγέλοις καὶ ἀνθρώποις. 9 Porque tenho para mim, que Deus a nós, apóstolos, nos pôs por últimos, como condenados à morte; pois somos feitos espetáculo ao mundo, aos anjos, e aos homens. Espetáculo (theatron). Uma das razões porque Deus permitiu que a história transcorresse depois do pecado de Adão era justamente para proporcionar um espetáculo aos seres celestiais. Estamos sendo observados como cobaias, de maneira que os anjos têm aprendido com a nossa história lições sobre múltiplos assuntos. Deus não restaurou Adão imediatamente porque tinha este proposito pedagógico. 10 ἡµεῖς µωροὶ διὰ Χριστόν, ὑµεῖς δὲ φρόνιµοι ἐν Χριστῷ· ἡµεῖς ἀσθενεῖς, ὑµεῖς δὲ ἰσχυροί· ὑµεῖς ἔνδοξοι, ἡµεῖς δὲ ἄτιµοι.
  52. 52. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 52 10 Nós somos loucos por amor de Cristo, e vós sábios em Cristo; nós fracos, e vós fortes; vós ilustres, e nós vis. Tudo isso expressa uma ironia cortante. Paulo estava convencido de que os seus sofrimentos, como espetáculo oferecido ao mundo, as suas agonias, os seus sofrimentos, etc., tudo servia de autenticação de seu ofício apostólico. Em contraste com isso, os supostos grandes e eloqüentes mestres cristãos, os líderes das facções existentes na comunidade cristã de Corinto, não passavam por qualquer sofrimento, não tinham que suportar nenhuma dificuldade, não se empenhavam em qualquer luta. Este mundo vil é que os conduzia mais para perto de Deus, conforme pensavam. Paulo retorna aqui ao seu tema sobre os sábios e os loucos, que ele já havia desenvolvido amplamente no primeiro e no segundo capítulos desta epístola. (2) 11 ἄχρι τῆς ἄρτι ὥρας καὶ πεινῶµεν καὶ διψῶµεν καὶ γυµνιτεύοµεν καὶ κολαφιζόµεθα καὶ ἀστατοῦµεν 11 Até esta presente hora sofremos fome, e sede, e estamos nus, e recebemos bofetadas, e não temos pousada certa, Que diferença de Paulo para os fundadores de Igrejas dos nossos dias. Muitos mal começam a crescer o rebanho já mostram em que gastam o dízimo: carro de luxo, casa boa, e vida de ostentação. A pobreza de Paulo chegava a pontos extremos. Recebia pouquíssima ajuda financeira das igrejas por ele mesmas fundadas, e nunca exigia nada. Trabalhava a fim de sustentar a si mesmo (ver o versículo seguinte), e com frequência não tinha dinheiro nem mesmo para as suas necessidades básicas. Como, pois, se poderia afirmar que a piedade assegura a provisão adequada para as necessidades físicas? Essa é uma idéia tipicamente judaica. De fato, a «prosperidade» material era considerada uma prova de piedade, no A.T., de forma geral, ao passo que a prova de piedade, no N.T., é a
  53. 53. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 53 «adversidade». (2) Recomendo que cristãos ao verem que seus líderes estão usurpando o dinheiro que é para ajudar os pobres da igreja, devem mudar de comunidade para outra que respeite a piedade cristã. 12 καὶ κοπιῶµεν ἐργαζόµενοι ταῖς ἰδίαις χερσίν· λοιδορούµενοι εὐλογοῦµεν, διωκόµενοι ἀνεχόµεθα, 12 E nos afadigamos, trabalhando com nossas próprias mãos. Somos injuriados, e bendizemos; somos perseguidos, e sofremos; Paulo não costumava réceber sustentos materiais das igrejas por ele fundadas, embora reconhecesse que isso é apropriado. (Ver o nono capítulo desta primeira epístola aos Coríntios). Paulo não exigia tal sustento porque fora o grande perseguidor, c, depois de convertido a Cristo, resolveu dar tudo quanto possuía, sem nada receber em troca. E isso servia de outro dos sinais sobre a sua total dedicação. E assim ele igualmente mostrou-nos que não é uma desgraça um ministro da Palavra trabalhar para o seu próprio sustento, se porventura isso faz progredir a causa de Cristo por intermédio dele. De fato, em muitos casos, isso é vantajoso, e até mesmo necessário. Deus abençoa àqueles que estão dispostos a se afadigarem em várias formas de trabalho secular, se porventura isso é feito visando a glória de Deus, se isso faz de um pregador do evangelho ainda um melhor ministro de Cristo. (2) 13 δυσφηµούµενοι παρακαλοῦµεν· ὡς περικαθάρµατα τοῦ κόσµου ἐγενήθηµεν, πάντων περίψηµα, ἕως ἄρτι. 13 Somos blasfemados, e rogamos; até ao presente temos chegado a ser como o lixo deste mundo, e como a escória de todos. Este texto é muito forte. Muitos desistem do ministério eclesiástico porque não suportam as adversidades. Eu mesmo me considero um
  54. 54. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 54 destes desertores, porque em dado momento da minha vida abandonei o rebanho por achar que eu era um lixo e uma escória. Pena que naquele momento, depois de quase 10 anos de ministério eu estava alcançando o nível de Paulo, mas meus olhos estavam na glória material e do reconhecimento humano. 14 Οὐκ ἐντρέπων ὑµᾶς γράφω ταῦτα, ἀλλ’ ὡς τέκνα µου ἀγαπητὰ νουθετῶν· 14 Não escrevo estas coisas para vos envergonhar; mas admoesto-vos como meus filhos amados. O exemplo de Paulo nos envergonha sim, porque muitos de nós que escolhemos o episcopado queremos a glória dos homens e não queremos seguir o exemplo puro e genuíno do apóstolo dos gentios. A admoestação de Paulo ainda é muito necessária em nossa geração de cristãos e pregadores. 15 ἐὰν γὰρ µυρίους παιδαγωγοὺς ἔχητε ἐν Χριστῷ, ἀλλ’ οὐ πολλοὺς πατέρας, ἐν γὰρ Χριστῷ Ἰησοῦ διὰ τοῦ εὐαγγελίου ἐγὼ ὑµᾶς ἐγέννησα. 15 Porque ainda que tivésseis dez mil aios (pedagogos) em Cristo, não teríeis, contudo, muitos pais; porque eu pelo evangelho vos gerei em Jesus Cristo. Nos tempos bíblicos os meninos pequenos, tinham pedagogos que os acompanhavam na ida e na volta da escola. Usualmente esses «paidagogoi» eram escravos relativamente sem importância. Podiam ser numerosos e podiam ser trocados com frequência. Mas havia um único pai, e ninguém poderia tomar seu lugar ou suplantá-lo em importância com relação à criança. Além disso, às crianças se admoestava que tivessem seus progenitores como seus exemplos, e não os seus treinadores. 16 παρακαλῶ οὖν ὑµᾶς, µιµηταί µου γίνεσθε.
  55. 55. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 55 16 Admoesto-vos, portanto, a que sejais meus imitadores. Paulo inspirado pelo Espírito Santo chama os cristãos para imitarem sua forma de vida. 17 διὰ τοῦτο ἔπεµψα ὑµῖν Τιµόθεον, ὅς ἐστίν µου τέκνον ἀγαπητὸν καὶ πιστὸν ἐν κυρίῳ, ὃς ὑµᾶς ἀναµνήσει τὰς ὁδούς µου τὰς ἐν Χριστῷ [Ἰησοῦ], καθὼς πανταχοῦ ἐν πάσῃ ἐκκλησίᾳ διδάσκω. 17 Por esta causa vos mandei Timóteo, que é meu filho amado, e fiel no Senhor, o qual vos lembrará os meus caminhos em Cristo, como por toda a parte ensino em cada igreja. Timóteo também era «filho» de Paulo, na fé em Cristo, e era um filho «autêntico», que já imitava a seu pai. Por conseguinte, Timóteo poderia dar um bom exemplo àqueles crentes, instruindo-os mais perfeitamente acerca do que se esperava da parte deles, tanto mediante palavra como através do exemplo diário. Ficamos sabendo^ no trecho de Atos 19:22, que Timóteo provavelmente já havia deixado Efeso, ou que o fizera pouco depois de Paulo ter escrito estas palavras. Trabalhava agora na Macedônia, não tendo partido imediatamente para Corinto, pelo que deve ter chegado depois que a epístola de Paulo foi recebida ali. A passagem de Atos 19:22 parece indicar que o coríntio Erasto era seu companheiro, nessa missão. Mas esse crente deve ser distinguido do Erasto referido em Rom. 16:23. (2) 18 ὡς µὴ ἐρχοµένου δέ µου πρὸς ὑµᾶς ἐφυσιώθησάν τινες· 18 Mas alguns andam ensoberbecidos, como se eu não houvesse de ir ter convosco.
  56. 56. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 56 Alguns opositores de Paulo em Corinto eram arrogantes e viam no fato de Timóteo vir em lugar de Paulo como um motivo para debochar das admoestações de Paulo, mas o apóstolo prometeu que assim que pudesse iria pessoalmente a Corinto. 19 ἐλεύσοµαι δὲ ταχέως πρὸς ὑµᾶς, ἐὰν ὁ κύριος θελήσῃ, καὶ γνώσοµαι οὐ τὸν λόγον τῶν πεφυσιωµένων ἀλλὰ τὴν δύναµιν, 19 Mas em breve irei ter convosco, se o Senhor quiser, e então conhecerei, não as palavras dos que andam ensoberbecidos, mas o poder. Poder (dynamin): entendo que Paulo iria a Corinto não para confrontar em discussão teológica, mas em poder espiritual. Este poder também inclui em sinais e prodígios. Este poder inclui o poder de convencer os homens do pecado, do juízo e da justiça. 20 οὐ γὰρ ἐν λόγῳ ἡ βασιλεία τοῦ θεοῦ ἀλλ’ ἐν δυνάµει. 20 Porque o reino de Deus não consiste em palavras, mas em poder. Os pentecostais tiveram um crescimento alarmante no século XX e a diferença dos demais ramos do cristianismo consiste na vibração das suas pregações cheia de vida. Os tradicionais e históricos dão discursos com um vernáculo mais acadêmico, porém, sem vida. 21 τί θέλετε; ἐν ῥάβδῳ ἔλθω πρὸς ὑµᾶς, ἢ ἐν ἀγάπῃ πνεύµατί τε πραΰτητος; 21 Que quereis? Irei ter convosco com vara ou com amor e espírito de mansidão? Vara (rabdo): A educação das crianças sempre foi com o auxílio da vara, um pequeno galho de árvore, ou cipó que servisse para dar açoites nos desobedientes. Antes de bater, o bom pai primeiro
  57. 57. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 57 pergunta se o filho vai obedecer ou se quer apanhar mesmo. A nova orientação para educar os filhos sem punição física se mostrará uma desgraça. Filhos que crescem sem temor, estão batendo e maltratando seus pais e até matando-os. Não adianta demagogia, o mundo é disputa pelo poder, quando um recua, outro assume o poder. CAPÍTULO CINCO Ὅλως ἀκούεται ἐν ὑµῖν πορνεία, καὶ τοιαύτη πορνεία ἥτις οὐδὲ ἐν τοῖς ἔθνεσιν, ὥστε γυναῖκά τινα τοῦ πατρὸς ἔχειν. 1 GERALMENTE se ouve que há entre vós fornicação, e fornicação tal, como é haver quem abuse da mulher de seu pai. Variante Textual: As palavras, «...como nem mesmo é nomeada entre os gentios...», aparecem nos mss Aleph(3), LP, sendo seguidos pela tradução inglesa KJ. Mas essas palavras, «é nomeada», são omitidas pelos manuscritos verdadeiramente antigos, como P(46), Aleph(l), ABCDEFG. (2) Prostituição (porneia): Ora, a cidade de Corinto era conhecida por suas frouxas práticas sexuais. Havia até mesmo um verbo, corintianizar, que significava ocupar-se de algum excesso e aberração sexual. A religião pagã da localidade contava com inúmeras prostitutas religiosas, e seu negócio imundo era efetuado nos próprios templos. Isso aumentava grandemente o afluxo de turistas a Corinto, tal como algumas cidades modernas são populares devido a libertinagem ali reinante. Sêneca queixou-se de que certas vilas romanas exigiam uma liberdade excessiva, mas que nenhuma delas era tão corrupta como a cidade de Corinto. Nos dias
  58. 58. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 58 de Paulo, Corinto contava com uma população de talvez seiscentos mil habitantes; e tem-se calculado que ali havia nada menos de mil prostitutas religiosas profissionais (conforme nos informa Estrabão), para nada dizermos sobre outras prostitutas. (2). Neste contexto a igreja era influenciada pelo meio, não era para estranhar que houvesse tais aberrações na igreja. Infelizmente a igreja se deixa muito influenciar pelo meio em que está inserida. 2 καὶ ὑµεῖς πεφυσιωµένοι ἐστέ, καὶ οὐχὶ µᾶλλον ἐπενθήσατε, ἵνα ἀρθῇ ἐκ µέσου ὑµῶν ὁ τὸ ἔργον τοῦτο ποιήσας; 2 Estais ensoberbecidos, e nem ao menos vos entristecestes por não ter sido dentre vós tirado quem cometeu tal ação. Pecados graves cometidos por membros da igreja, exige que a pessoa seja tirado da comunhão da igreja. Alguns dizem que expulsar um irmão é falta de amor. Mas as Escrituras ensinam a doutrina da exclusão dos que não se comportam conforme a moral cristã. Ser compassivo com o que se diz cristão e não segue as regras de moral é permitir que uma laranja podre fique no cesto, aparentemente é um ato de misericórdia, mas gradativamente esta complacência contaminará os demais, que se sentirão a vontade de pecar uma vez que não haverá punição. Infelizmente a natureza humana é assim, sem temor de punição ele está fadado a cometer o mal. 3 ἐγὼ µὲν γάρ, ἀπὼν τῷ σώµατι παρὼν δὲ τῷ πνεύµατι, ἤδη κέκρικα ὡς παρὼν τὸν οὕτως τοῦτο κατεργασάµενον 3 Eu, na verdade, ainda que ausente no corpo, mas presente no espírito, já determinei, como se estivesse presente, que o que tal ato praticou,
  59. 59. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 59 Espírito (pneumati): Paulo queria referir-se ao seu próprio espírito, e não ao Espírito Santo. Comparar essa declaração com o quarto e o quinto versículos deste mesmo capítulo. (Ver também I Cor. 2:11 e Col. 2:5, onde encontramos declarações similares). O espírito humano é verdadeiramente capaz de viajar separado do corpo, até mesmo quando os homens ainda estão vivos, conforme se verifica no décimo segundo capítulo da segunda epístola aos Coríntios. Isso também tem sido demonstrado nos tempos modernos, sendo atualmente assunto de investigação nas universidades. Aqui, entretanto, embora Paulo certamente estivesse familiarizado com esse fenômeno, o apóstolo fala de modo figurado. Queria Paulo que aqueles crentes soubessem que a sua alma estava com eles, que o seu homem essencial se interessava profundamente por eles, bem como pela ordem correta naquela igreja local, embora estivesse distante deles, no que concerne à presença física. (2) 4 ἐν τῷ ὀνόµατι τοῦ κυρίου [ἡµῶν] Ἰησοῦ, συναχθέντων ὑµῶν καὶ τοῦ ἐµοῦ πνεύµατος σὺν τῇ δυνάµει τοῦ κυρίου ἡµῶν Ἰησοῦ, 4 Em nome de nosso SENHOR Jesus Cristo, juntos vós e o meu espírito, pelo poder de nosso Senhor Jesus Cristo, Paulo FAZ conjuramentos em nome de Jesus para que o cristão que esta vivendo desregradamente seja excluído da comunidade da igreja. Parece falta de amor, e muitos cristãos se escandalizam quando um membro é expulso da comunidade, mas a integridade moral da igreja exige que o libertino seja expulso. Assim nos instruiu o Senhor pela Bíblia. 5 παραδοῦναι τὸν τοιοῦτον τῷ Σατανᾷ εἰς ὄλεθρον τῆς σαρκός, ἵνα τὸ πνεῦµα σωθῇ ἐν τῇ ἡµέρᾳ τοῦ κυρίου.
  60. 60. PrimeiraCarta aosCoríntioscomentada,porEscriba de Cristo 60 5 Seja entregue a Satanás para destruição da carne, para que o espírito seja salvo no dia do SENHOR. Entregar a Satanás provavelmente significa tira-lo da comunhão da igreja, afastado de Cristo, sem poder participar da comunhão da Ceia do Senhor. Destruição da carne sugere a natureza pecaminosa e não ao corpo, é impensável que a igreja primitiva executasse com pena de morte o membro que pecasse gravemente. Não há nenhum registro histórico disso no cristianismo. Até mesmo no período do domínio papal quem executava alguém que cometesse pecado grave era o Estado e desde que houvesse previsão legal de crime. No texto em questão, o apóstolo Paulo está tratando do caso especifico de um homem que, na congregação de Corinto, se “atrevia a possuir a mulher do seu próprio pai”, ou seja, a sua madrasta. Tal imoralidade, também mencionada em Deuteronômio 22.30, não vinha sendo castigada pela congregação de Corinto. Isso é alvo da critica por parte do apóstolo Paulo, ao mesmo tempo em que ele sentencia que “o autor de tal infâmia seja, em nome do Senhor Jesus” e “com o poder de Jesus”, “entregue a Satanás para a destruição da carne, a fim de que o espírito seja salvo no dia do Senhor” (versículos 3, 4 e 5). Veja-se bem: não obstante a infâmia cometida na congregação de Corinto e a drasticidade da medida sentenciada pelo apóstolo Paulo, não se perde de vista a salvação da alma do pecador, o que mostra ser esta moralidade igual à de Mateus 18. Mas, como entender as palavras “seja entregue a Satanás para destruição da carne”? A primeira idéia que se tem é que o corpo do pecador morra nas mãos de Satanás para que a sua alma seja salva. Mas não é isso, pois não pode haver salvação da alma, sem que o corpo também seja salvo. Ou, como seria na ressurreição? Sua alma estaria no céu, e o corpo no inferno? Não

×