Mercantilismo
Objetivos da aula
 Compreender o mercantilismo como processo de
consolidação da política absolutista.
 Entender seus mec...
Para essa aula você precisa
saber:
 Os principais fatores que determinaram a crise do
sistema feudal.
 Como decorreu a f...
Vocabulário e conceitos
Capitalismo comercial: primeira fase do
capitalismo.
Protecionismo: política de proteção à indús...
Relembrando...
A sistema feudal entrou em declínio a partir do
século XIV, quando a Europa passava por guerras,
epidemias ...
O declínio do sistema feudal foi responsável por
transformações significativas no campo cultural,
econômico e político que...
Esquema Organizacional Global
Mercantilismo
Antigo Regime
Características gerais
Século
XVI
Absolutismo
Burguesia Capitali...
Mercantilismo
O Antigo Regime foi um sistema
de organização dos Estados Nacionais
que vigorou na Europa entre os
séculos X...
O Absolutismo representou um conjunto de práticas
políticas e administrativas através das quais o Rei foi se
tornando a fi...
O fortalecimento da figura do monarca foi sendo
viabilizada pela necessidade de centralização política,
desde a crise do s...
 “Teoria do direito divino”, desenvolvida por Jacques
Bossuet que afirmava que o poder absoluto do rei vinha de
Deus.
Te...
A burguesia, classe social vinculada
ao comércio, contribuiu para o
fortalecimento do rei, a medida que
verificou na centr...
O capitalismo comercial foi assim designado para
compreender a primeira fase do capitalismo que teve como
principal caract...
Esquema Organizacional Global
Mercantilismo
Antigo Regime
Absolutismo
Burguesia Capitalismo comercial
Fortalecimento do rei
Agora é sua vez !!!
Questão 1: O Antigo Regime foi um sistema de
organização dos Estados Nacionais. Quais foram os
princip...
Questão 1: O Antigo Regime foi um sistema de
organização dos Estados Nacionais. Quais foram os
principais atores sociais e...
Resposta
Os principais atores sociais, ou seja, os principais
responsáveis pela formação do Antigo Regime
foram o Rei e a ...
Questão 2: O início da Época Moderna está ligado a um
processo geral de transformações humanística, artística,
cultural e ...
Questão 2: O início da Época Moderna está ligado a um
processo geral de transformações humanística, artística,
cultural e ...
Questão 2:O início da Época Moderna está ligado a um
processo geral de transformações humanística, artística,
cultural e p...
Questão 2: O início da Época Moderna está ligado a um
processo geral de transformações humanística, artística,
cultural e ...
Resposta
a) a função do Estado é agir de acordo com a vontade da
maioria.
b) a História se explica pelo valor da raça de u...
Resposta
a) O Estado neste período não agia de acordo com
a maioria, a ação estatal estava de acordo com
a vontade do Rei....
c) A separação dos três poderes foi concebida por
Montesquieu, tornando-se umas das teorias de
contestação à política abso...
Questão 3: A famosa frase atribuída a Luis XIV:
"O Estado sou eu", define:
a) o absolutismo;
b) o iluminismo,
c) o liberal...
Questão 3: A famosa frase atribuída a Luis XIV:
"O Estado sou eu", define:
a) o absolutismo;
b) o iluminismo,
c) o liberal...
Resposta
a) o absolutismo, pois demonstra o poder absoluto do
Rei.
b) o iluminismo é o período histórico que contestará o
...
d) durante o absolutismo não estava em questão o
sentimento de patriotismo quer no rei, quer em
qualquer outro indivíduo
e...
O Mercantilismo pode ser definido como a
intervenção do Estado na economia ao longo da
Idade Moderna. Esta política econôm...
O metalismo, também conhecido como
bulhonismo ou entesouramento, foi uma teoria que
instituía a medida da riqueza de uma n...
A teoria do metalismo possibilitou o
desenvolvimento da Balança Comercial Favorável que se
pautava na produção de mercador...
O Protecionismo consistia em uma política
de proteção à industria nacional.
Dentre as medidas tomadas para isto destacam-s...
Esquema Organizacional Parcial
Mercantilismo
Antigo Regime
Características gerais
Absolutismo
Burguesia Capitalismo comerc...
Questão 1: O "bulhonismo" ou entesouramento,
caracterizava a prática mercantilista do início dos
tempos modernos. Tal prát...
Questão 1: O "bulhonismo" ou entesouramento,
caracterizava a prática mercantilista do início dos
tempos modernos. Tal prát...
Questão 1: O "bulhonismo" ou entesouramento,
caracterizava a prática mercantilista do início dos
tempos modernos. Tal prát...
Questão 1: O "bulhonismo" ou entesouramento,
caracterizava a prática mercantilista do início dos
tempos modernos. Tal prát...
a) a exclusividade econômica garantida pelas metrópoles no
comércio colonial, ficou conhecida como exclusivo colonial e
nã...
c) Não havia intenção das nações ibéricas em liderar uma
unificação econômica europeia, neste momento o objetivo era
acumu...
Questão 2: Sobre as concepções e práticas mercantilistas,
adotadas pelas nações europeias entre os séculos XVI e
XVIII, é ...
Questão 2: Sobre as concepções e práticas mercantilistas,
adotadas pelas nações europeias entre os séculos XVI e
XVIII, é ...
Questão 2: Sobre as concepções e práticas mercantilistas,
adotadas pelas nações europeias entre os séculos XVI e
XVIII, é ...
Questão 2: Sobre as concepções e práticas mercantilistas,
adotadas pelas nações europeias entre os séculos XVI e
XVIII, é ...
a) buscavam alcançar uma balança comercial favorável
exportando mais do que importando.
b) baseavam-se em rigorosas prátic...
d) fundamentavam-se na expansão do poderio naval como
forma de sustentar o comércio externo.
e) não negavam a importância ...
Questão 3: O mercantilismo, política econômica
praticada pelos monarcas europeus, na época
moderna, teve como característi...
Agora é sua vez !!!
Questão 3: O mercantilismo, política econômica
praticada pelos monarcas europeus, na época
moderna, te...
a) o comércio colonial não era livre.
b) estímulo às exportações de manufaturados.
c) manutenção da balança comercial favo...
O século XVI abarcou grandes transformações
sociais, culturais, políticas e econômicas. É deste período a
formação da burg...
Portugal e Espanha foram os
primeiros países que buscaram
novos espaços com o objetivo de
acumular riquezas (o metalismo) ...
A expansão marítima foi favorável aos Países Ibéricos
principalmente pela formação precoce dos Estados
Nacionais.
Portugal...
A chegada dos países europeus a novos
territórios, aliada à necessidade moderna de acumular
metais, possibilitou a formaçã...
O exclusivo colonial consistia na criação de
monopólios estatais, por meio dos quais todas as decisões
ficavam subordinada...
Pacto colonial foi o conjunto de medidas que
regulamentava as relações entre a metrópole e sua colônia
no que diz respeito...
Esquema Organizacional Parcial
Mercantilismo
Antigo Regime
Características gerais
Século
XVI
Absolutismo
Burguesia Capital...
Questão 1: (Cesgranrio) Sobre o Pacto Colonial que, na
época mercantilista, definiu o relacionamento entre
Metrópole e Col...
Questão 1: (Cesgranrio) Sobre o Pacto Colonial que, na
época mercantilista, definiu o relacionamento entre
Metrópole e Col...
Questão 1: (Cesgranrio) Sobre o Pacto Colonial que, na
época mercantilista, definiu o relacionamento entre
Metrópole e Col...
Questão 1: (Cesgranrio) Sobre o Pacto Colonial que, na
época mercantilista, definiu o relacionamento entre
Metrópole e Col...
Questão 1: (Cesgranrio) Sobre o Pacto Colonial que, na
época mercantilista, definiu o relacionamento entre
Metrópole e Col...
Questão 1: (Cesgranrio) Sobre o Pacto Colonial que, na
época mercantilista, definiu o relacionamento entre
Metrópole e Col...
Resposta
d) "para viverem em igualdade e abundância... que todos
ficariam ricos, tirados da miséria em que se achavam,
ext...
Questão 2: Sobre o mercantilismo dos países ibéricos
explique:
a) Exclusivo comercial-
b) Pacto colonial -
Agora é sua vez...
Questão 2: Sobre o mercantilismo dos países ibéricos
explique:
a) Exclusivo comercial- monopólio estatal- foi determinado
...
Questão 3: Marque a alternativa correta:
I) Portugal e Espanha foram os primeiros países que
buscaram novos territórios at...
Questão 3: Marque a alternativa correta:
I) Portugal e Espanha foram os primeiros países que
buscaram novos territórios at...
Questão 3: Marque a alternativa correta:
a) II e IV
b) I e III
c) III e IV
d) I e IV
Questão 3: Marque a alternativa correta:
a) II e IV
b) I e III
c) III e IV
d) I e IV
Os séculos XVII e XVIII foi um período marcado pela
entrada de novas nações no cenário comercial europeu,
como Holanda, Fr...
O mercantilismo holandês pode ser compreendido
através da criação da Companhia da Índias Ocidentais, que
tinha o direito e...
No nordeste do Brasil, o período de ocupação
holandesa ocorreu entre 1637 e 1644 e foi considerada
uma possessão da Holand...
Para fazer frente ao comércio no exterior, a França
incentivou a industrialização. O governo francês
estimulou o desenvolv...
O caso inglês pode ser considerado o mais bem sucedido
processo de mercantilização da Europa. Com o objetivo de
manter a b...
Além dos Atos de Navegação, outra importante
medida tomada pelo governo inglês foi a criação das
Companhias Comerciais. Es...
Esquema Organizacional Parcial
Mercantilismo
Antigo Regime
Características gerais
Século
XVI
Absolutismo
Burguesia Capital...
Questão 1: CESGRANRIO A política mercantilista assumiu
diversas modalidades, variando nos países europeus do
século XV ao ...
Questão 1: CESGRANRIO A política mercantilista assumiu
diversas modalidades, variando nos países europeus do
século XV ao ...
Questão 1: CESGRANRIO A política mercantilista assumiu
diversas modalidades, variando nos países europeus do
século XV ao ...
Questão 1: CESGRANRIO A política mercantilista assumiu
diversas modalidades, variando nos países europeus do
século XV ao ...
d) na França, a concessão de monopólios estatais e o
incentivo das manufaturas aceleraram o
desenvolvimento comercial e in...
Questão 2: (UFRS) Os Atos de Navegação promulgados por
Oliver Cromwell, na Inglaterra, em 1651, foram decisões
políticas d...
Questão 2: (UFRS) Os Atos de Navegação promulgados por
Oliver Cromwell, na Inglaterra, em 1651, foram decisões
políticas d...
Questão 2: (UFRS) Os Atos de Navegação promulgados por
Oliver Cromwell, na Inglaterra, em 1651, foram decisões
políticas d...
Questão 2: (UFRS) Os Atos de Navegação promulgados por
Oliver Cromwell, na Inglaterra, em 1651, foram decisões
políticas d...
Questão 2: (UFRS) Os Atos de Navegação promulgados
por Oliver Cromwell, na Inglaterra, em 1651, foram
decisões políticas d...
III - Porque impediram a Holanda de transportar
mercadorias estrangeiras para a Inglaterra.
Somente a III está correta. Po...
O mercantilismo constituiu um processo de
aproximadamente 300 anos. Teve início com a formação
dos Estados Nacionais, cont...
Era preciso consolidar o papel da burguesia, cada vez
mais participativa no campo político e econômico, assim
como necessi...
Ao longo do século XVIII muitas teorias surgiram para
compreender e justificar as transformações econômicas. A
fisiocracia...
No entanto, os fisiocratas tornaram-se importantes
por pregarem a liberdade econômica influenciando novas
teorias.
O princ...
O sistema econômico idealizado por Smith era baseado
na livre concorrência e na lei da oferta e da procura, que
deveriam r...
Estas ideias afetavam diretamente a estrutura do
Antigo Regime, baseado na centralização política e no
mercantilismo.
A bu...
Esquema Organizacional Global
Mercantilismo
Antigo Regime
Características gerais
Século
XVI
Absolutismo
Burguesia Capitali...
Questão 1: (PUC-RJ) Assinale a opção em que se encontra
corretamente identificado um dos preceitos fundamentais
da Fisiocr...
Questão 1: (PUC-RJ) Assinale a opção em que se encontra
corretamente identificado um dos preceitos fundamentais
da Fisiocr...
Questão 1: (PUC-RJ) Assinale a opção em que se encontra
corretamente identificado um dos preceitos fundamentais
da Fisiocr...
Questão 1: (PUC-RJ) Assinale a opção em que se encontra
corretamente identificado um dos preceitos fundamentais
da Fisiocr...
c) "Que o soberano e a nação jamais se esqueçam de
que a terra é a única fonte de riqueza e de que a
agricultura é que a m...
Questão 2: Adam Smith, em "A Riqueza das Nações", assentou
as bases do liberalismo econômico, cujos princípios são:
a) igu...
Questão 2: Adam Smith, em "A Riqueza das Nações", assentou
as bases do liberalismo econômico, cujos princípios são:
a) igu...
Questão 2: Adam Smith, em "A Riqueza das Nações", assentou
as bases do liberalismo econômico, cujos princípios são:
c) res...
Questão 2: Adam Smith, em "A Riqueza das Nações", assentou
as bases do liberalismo econômico, cujos princípios são:
c) res...
c) respeito às leis naturais da economia, liberdade de
contrato de trabalho e liberdade de comércio e produção.
Resposta
Questão 3: (Unicamp) No século XVIII, um grupo de
economistas franceses conhecidos por fisiocratas defendeu a
livre concor...
Questão 3: (Unicamp) No século XVIII, um grupo de
economistas franceses conhecidos por fisiocratas defendeu a
livre concor...
Este ideal foi uma das bases para o liberalismo
econômico que, diretamente ligado à ascensão da burguesia,
marcou o pensam...
Este ideal foi uma das bases para o liberalismo
econômico que, diretamente ligado à ascensão da burguesia,
marcou o pensam...
Resposta
A burguesia, interessada em expandir suas atividades,
encontra no liberalismo a ideologia que melhor expressa
ess...
Linha do tempo
1385
Revolução
de Avis
consolida a
centralizaçã
o
Monárquica
em Portugal
1415
Chegada
dos
portugueses
à Ceu...
Esquema Organizacional Global
Mercantilismo
Antigo Regime
Características gerais
Século
XVI
Absolutismo
Burguesia Capitali...
Bibliografia
- Pazzinato, Alceu Luiz; Senise, Maria Helena Valente.
História Moderna e Contemporânea. 6ª edição. São
Paulo...
Imagens
www.infoescola.com/historia/tratado-de-trodesilhas
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichatecnicaaula.html?
aula...
Para pedir novas aulas entre em contato conosco:
aulas.apoio.historia@gmail.com
aulas.apoio.historia@centroapoio
Oi (021) ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - História - Mercantilismo.

1.342 visualizações

Publicada em

História - VideoAulas Sobre Mercantilismo. – Faça o Download desse material em nosso site. Acesse www.EquarparaEnsinoMedio.com.br

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.342
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
90
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - História - Mercantilismo.

  1. 1. Mercantilismo
  2. 2. Objetivos da aula  Compreender o mercantilismo como processo de consolidação da política absolutista.  Entender seus mecanismos econômicos.  Reconhecer as políticas mercantilistas nos diferentes casos europeus.  Compreender os principais motivos para a sua decadência.
  3. 3. Para essa aula você precisa saber:  Os principais fatores que determinaram a crise do sistema feudal.  Como decorreu a formação dos Estados Nacionais.  As fases da expansão marítima.
  4. 4. Vocabulário e conceitos Capitalismo comercial: primeira fase do capitalismo. Protecionismo: política de proteção à indústria nacional que define a cobrança de impostos mais altos sobre os produtos importados. Liberalismo: sistema político que defende a liberdade econômica baseada na lei da oferta e da procura.
  5. 5. Relembrando... A sistema feudal entrou em declínio a partir do século XIV, quando a Europa passava por guerras, epidemias e alterações climáticas que impossibilitaram colheitas causando fome generalizada. Estes acontecimentos demonstraram a fraqueza do feudalismo, com seu sistema político descentralizado e incapaz de superar as crises que se faziam cada vez mais fortes.
  6. 6. O declínio do sistema feudal foi responsável por transformações significativas no campo cultural, econômico e político que dariam início a Época Moderna. Relembrando...
  7. 7. Esquema Organizacional Global Mercantilismo Antigo Regime Características gerais Século XVI Absolutismo Burguesia Capitalismo comercial Fortalecimento do rei Metalismo Balança comercial favorável protecionismo Países Ibéricos Sistema colonial Exclusivo colonial Pacto colonial Séculos XVII e XVIII Decadência França Colbertismo indústria Inglaterra Comércio marítimo Atos de Navegação Fisiocracia Liberalismo econômico Fim do Antigo Regime Cia. de comércio Holanda Cia das Índias Orientais
  8. 8. Mercantilismo O Antigo Regime foi um sistema de organização dos Estados Nacionais que vigorou na Europa entre os séculos XVI e XVIII. Sua política ficou conhecida como Absolutista e a sua economia foi definida pelas práticas Mercantilistas. Luis XIV, conhecido como Rei Sol, símbolo máximo do Antigo Regime
  9. 9. O Absolutismo representou um conjunto de práticas políticas e administrativas através das quais o Rei foi se tornando a figura central. A centralização do poder nas mãos do monarca possibilitou a formação de exércitos mais fortes, uma organização administrativa eficiente para garantir o crescimento econômico e a expansão comercial. As medidas políticas e econômicas que definiam as relações comerciais deste período ficariam conhecidas por Mercantilismo. Mercantilismo
  10. 10. O fortalecimento da figura do monarca foi sendo viabilizada pela necessidade de centralização política, desde a crise do sistema feudal. Algumas teorias deram suporte ideológico. Dentre elas podemos destacar: Mercantilismo
  11. 11.  “Teoria do direito divino”, desenvolvida por Jacques Bossuet que afirmava que o poder absoluto do rei vinha de Deus. Teoria do “contrato social”, desenvolvida por Thomas Hobbes que afirmava que para organizar a sociedade os indivíduos precisavam ceder todos os seus direitos ao Estado, personificado na figura do rei, que garantiria a paz e o desenvolvimento da nação. Mercantilismo
  12. 12. A burguesia, classe social vinculada ao comércio, contribuiu para o fortalecimento do rei, a medida que verificou na centralização política a possibilidade de unificar o mercado interno e expandi-lo para além-mar, beneficiando-se das práticas mercantilistas Mercantilismo
  13. 13. O capitalismo comercial foi assim designado para compreender a primeira fase do capitalismo que teve como principal característica a busca e desenvolvimento das trocas comerciais, não só dentro das nações como também entre os Estados Nacionais. Mercantilismo
  14. 14. Esquema Organizacional Global Mercantilismo Antigo Regime Absolutismo Burguesia Capitalismo comercial Fortalecimento do rei
  15. 15. Agora é sua vez !!! Questão 1: O Antigo Regime foi um sistema de organização dos Estados Nacionais. Quais foram os principais atores sociais envolvidos em sua formação política e econômica?
  16. 16. Questão 1: O Antigo Regime foi um sistema de organização dos Estados Nacionais. Quais foram os principais atores sociais envolvidos em sua formação política e econômica? Agora é sua vez !!!
  17. 17. Resposta Os principais atores sociais, ou seja, os principais responsáveis pela formação do Antigo Regime foram o Rei e a burguesia. O rei centralizou politicamente o Estado dando condições para o desenvolvimento do capitalismo comercial liderado pela burguesia.
  18. 18. Questão 2: O início da Época Moderna está ligado a um processo geral de transformações humanística, artística, cultural e política. A concentração do poder promoveu um tipo de Estado. Para alguns pensadores da época, que procuraram fundamentar o Absolutismo: a) a função do Estado é agir de acordo com a vontade da maioria. b) a História se explica pelo valor da raça de um povo. c) a fidelidade ao poder absoluto reside na separação dos três poderes. Agora é sua vez !!!
  19. 19. Questão 2: O início da Época Moderna está ligado a um processo geral de transformações humanística, artística, cultural e política. A concentração do poder promoveu um tipo de Estado. Para alguns pensadores da época, que procuraram fundamentar o Absolutismo: a) a função do Estado é agir de acordo com a vontade da maioria. b) a História se explica pelo valor da raça de um povo. c) a fidelidade ao poder absoluto reside na separação dos três poderes. Agora é sua vez !!!
  20. 20. Questão 2:O início da Época Moderna está ligado a um processo geral de transformações humanística, artística, cultural e política. A concentração do poder promoveu um tipo de Estado. Para alguns pensadores da época, que procuraram fundamentar o Absolutismo: d) o monarca reina por vontade de Deus, sendo assim considerado o seu representante na Terra. e) a soberania máxima reside no próprio povo. Agora é sua vez !!!
  21. 21. Questão 2: O início da Época Moderna está ligado a um processo geral de transformações humanística, artística, cultural e política. A concentração do poder promoveu um tipo de Estado. Para alguns pensadores da época, que procuraram fundamentar o Absolutismo: d) o monarca reina por vontade de Deus, sendo assim considerado o seu representante na Terra. e) a soberania máxima reside no próprio povo. Agora é sua vez !!!
  22. 22. Resposta a) a função do Estado é agir de acordo com a vontade da maioria. b) a História se explica pelo valor da raça de um povo. c) a fidelidade ao poder absoluto reside na separação dos três poderes. d) o rei reina por vontade de Deus, sendo assim considerado o seu representante na Terra. e) a soberania máxima reside no próprio povo.
  23. 23. Resposta a) O Estado neste período não agia de acordo com a maioria, a ação estatal estava de acordo com a vontade do Rei. b) a História não se explica pelo valor da raça de um povo e durante o período absolutista a questão central era justificar o poder absoluto do rei.
  24. 24. c) A separação dos três poderes foi concebida por Montesquieu, tornando-se umas das teorias de contestação à política absolutista mais importantes do século XVII d) o rei reina por vontade de Deus, sendo assim considerado o seu representante na Terra. e) a soberania máxima, neste período era do Rei, e ainda estava longe de residir no próprio povo.
  25. 25. Questão 3: A famosa frase atribuída a Luis XIV: "O Estado sou eu", define: a) o absolutismo; b) o iluminismo, c) o liberalismo; d) o patriotismo do rei; e) a igualdade democrática. Agora é sua vez !!!
  26. 26. Questão 3: A famosa frase atribuída a Luis XIV: "O Estado sou eu", define: a) o absolutismo; b) o iluminismo, c) o liberalismo; d) o patriotismo do rei; e) a igualdade democrática. Agora é sua vez !!!
  27. 27. Resposta a) o absolutismo, pois demonstra o poder absoluto do Rei. b) o iluminismo é o período histórico que contestará o absolutismo. c) o liberalismo também representará o período seguinte ao absolutismo.
  28. 28. d) durante o absolutismo não estava em questão o sentimento de patriotismo quer no rei, quer em qualquer outro indivíduo e) O conceito de democracia existe desde a Grécia Antiga, mas não na Europa absolutista.
  29. 29. O Mercantilismo pode ser definido como a intervenção do Estado na economia ao longo da Idade Moderna. Esta política econômica esteve baseada principalmente na expansão marítima, apresentando como principais características: o metalismo, a balança comercial favorável e o protecionismo econômico. Mercantilismo
  30. 30. O metalismo, também conhecido como bulhonismo ou entesouramento, foi uma teoria que instituía a medida da riqueza de uma nação pelo seu acúmulo de metais preciosos dentro de seu território. Esta teoria viria a valorizar a exportação de mercadorias para facilitar esta acumulação de metais. Mercantilismo
  31. 31. A teoria do metalismo possibilitou o desenvolvimento da Balança Comercial Favorável que se pautava na produção de mercadorias e no maior volume de exportação do que o de importação, gerando riqueza para o país. Mercantilismo
  32. 32. O Protecionismo consistia em uma política de proteção à industria nacional. Dentre as medidas tomadas para isto destacam-se:  altas taxas alfandegárias para produtos importados;  redução das taxas de exportação, facilitando a saída de produtos do país e incentivando a indústria manufatureira . Mercantilismo
  33. 33. Esquema Organizacional Parcial Mercantilismo Antigo Regime Características gerais Absolutismo Burguesia Capitalismo comercial Fortalecimento do rei Metalismo Balança comercial favorável protecionismo
  34. 34. Questão 1: O "bulhonismo" ou entesouramento, caracterizava a prática mercantilista do início dos tempos modernos. Tal prática pode ser entendida como: a) a exclusividade econômica garantida pelas metrópoles no comércio colonial. b) a disposição dos europeus em defender seus interesses econômicos por meio de sucessivos tratados. c) a intenção das nações ibéricas no sentido de liderar uma unificação econômica europeia. Agora é sua vez !!!
  35. 35. Questão 1: O "bulhonismo" ou entesouramento, caracterizava a prática mercantilista do início dos tempos modernos. Tal prática pode ser entendida como: a) a exclusividade econômica garantida pelas metrópoles no comércio colonial. b) a disposição dos europeus em defender seus interesses econômicos por meio de sucessivos tratados. c) a intenção das nações ibéricas no sentido de liderar uma unificação econômica europeia. Agora é sua vez !!!
  36. 36. Questão 1: O "bulhonismo" ou entesouramento, caracterizava a prática mercantilista do início dos tempos modernos. Tal prática pode ser entendida como: d) a preocupação dos portugueses e espanhóis em garantir o desenvolvimento da economia de suas colônias. e) a disposição de se procurar e acumular metais preciosos. Agora é sua vez !!!
  37. 37. Questão 1: O "bulhonismo" ou entesouramento, caracterizava a prática mercantilista do início dos tempos modernos. Tal prática pode ser entendida como: d) a preocupação dos portugueses e espanhóis em garantir o desenvolvimento da economia de suas colônias. e) a disposição de se procurar e acumular metais preciosos. Agora é sua vez !!!
  38. 38. a) a exclusividade econômica garantida pelas metrópoles no comércio colonial, ficou conhecida como exclusivo colonial e não bulhonismo. b) Neste período, não podemos dizer que havia interesse europeu, mas sim interesses nacionais que eventualmente entravam em conflito entre si. Resposta
  39. 39. c) Não havia intenção das nações ibéricas em liderar uma unificação econômica europeia, neste momento o objetivo era acumular metais para a própria nação. d) Não havia preocupação dos portugueses e espanhóis em garantir o desenvolvimento da economia de suas colônias, mas sim explorá-las. e) a disposição de se procurar e acumular metais preciosos. Resposta
  40. 40. Questão 2: Sobre as concepções e práticas mercantilistas, adotadas pelas nações europeias entre os séculos XVI e XVIII, é correto afirmar que: a) buscavam alcançar uma balança comercial favorável através do liberalismo alfandegário. b) baseavam-se em rigorosas proibições das práticas protecionistas e monopolistas comerciais. c) condenavam o dirigismo econômico e a regulamentação da produção exercidos pelos monarcas absolutos. Agora é sua vez !!!
  41. 41. Questão 2: Sobre as concepções e práticas mercantilistas, adotadas pelas nações europeias entre os séculos XVI e XVIII, é correto afirmar que: a) buscavam alcançar uma balança comercial favorável através do liberalismo alfandegário. b) baseavam-se em rigorosas proibições das práticas protecionistas e monopolistas comerciais. c) condenavam o dirigismo econômico e a regulamentação da produção exercidos pelos monarcas absolutos. Agora é sua vez !!!
  42. 42. Questão 2: Sobre as concepções e práticas mercantilistas, adotadas pelas nações europeias entre os séculos XVI e XVIII, é correto afirmar que: d) fundamentavam-se na expansão do poderio naval como forma de sustentar o comércio externo. e) negavam a importância dos investimentos em atividades manufatureiras, privilegiando apenas as agrícolas. Agora é sua vez !!!
  43. 43. Questão 2: Sobre as concepções e práticas mercantilistas, adotadas pelas nações europeias entre os séculos XVI e XVIII, é correto afirmar que: d) fundamentavam-se na expansão do poderio naval como forma de sustentar o comércio externo. e) negavam a importância dos investimentos em atividades manufatureiras, privilegiando apenas as agrícolas. Agora é sua vez !!!
  44. 44. a) buscavam alcançar uma balança comercial favorável exportando mais do que importando. b) baseavam-se em rigorosas práticas protecionistas e monopolistas comerciais. c) era regida pelo dirigismo econômico e a regulamentação da produção exercidos pelos monarcas absolutos. Resposta
  45. 45. d) fundamentavam-se na expansão do poderio naval como forma de sustentar o comércio externo. e) não negavam a importância dos investimentos em atividades manufatureiras. Resposta
  46. 46. Questão 3: O mercantilismo, política econômica praticada pelos monarcas europeus, na época moderna, teve como característica a(o): a) liberdade do comércio colonial. b) estímulo às importações de manufaturados. c) manutenção da balança comercial favorável. d) estímulo à agricultura. e) combate à escravidão. Agora é sua vez !!!
  47. 47. Agora é sua vez !!! Questão 3: O mercantilismo, política econômica praticada pelos monarcas europeus, na época moderna, teve como característica a(o): a) liberdade do comércio colonial. b) estímulo às importações de manufaturados. c) manutenção da balança comercial favorável. d) estímulo à agricultura. e) combate à escravidão.
  48. 48. a) o comércio colonial não era livre. b) estímulo às exportações de manufaturados. c) manutenção da balança comercial favorável. d) Não se pode afirmar que a principal característica do mercantilismo foi o estímulo à agricultura. e) A escravidão tornou-se a principal forma de mão de obra deste período. Resposta
  49. 49. O século XVI abarcou grandes transformações sociais, culturais, políticas e econômicas. É deste período a formação da burguesia como classe social, o renascimento como forma de expressão artística e literária, a consolidação dos Estados Nacionais e o mercantilismo como a principal política econômica que daria início ao período de expansão marítima. Os pioneiros neste processo de expansão foram os Países Ibéricos: Portugal e Espanha. Relembrando
  50. 50. Portugal e Espanha foram os primeiros países que buscaram novos espaços com o objetivo de acumular riquezas (o metalismo) e expandir suas capacidades comerciais para além de suas fronteiras. Estas nações recém- formadas assinaram um acordo, o Tratado de Tordesilhas ainda em 1494, que dividia entre eles as terras ocupadas e as que ainda seriam “descobertas”. Fonte:www.infoescola.com/ Mercantilismo
  51. 51. A expansão marítima foi favorável aos Países Ibéricos principalmente pela formação precoce dos Estados Nacionais. Portugal tinha além da vantagem geográfica, virado para o Atlântico e tendo o mediterrâneo a sul, o domínio de técnicas de navegação que possibilitaram à sua inserção por mares ainda não navegados. Já a Espanha tinha a seu favor o incentivo dos seus reis católicos, Fernando e Isabel, que financiaram as navegações espanholas. A mais importante delas foi a que culminou na chegada dos espanhóis ao território que viriam a chamar de América, com a expedição comandada por Cristóvão Colombo. Mercantilismo
  52. 52. A chegada dos países europeus a novos territórios, aliada à necessidade moderna de acumular metais, possibilitou a formação de um sistema que foi denominado colonial por definir as relações entre os Estados Nacionais europeus e os territórios a serem colonizados. Podemos compreender este Sistema basicamente por dois conceitos: o exclusivo colonial e o pacto colonial. Mercantilismo
  53. 53. O exclusivo colonial consistia na criação de monopólios estatais, por meio dos quais todas as decisões ficavam subordinadas ao Rei, cuja política era orientada a estimular o progresso burguês e evitar a concorrência de países vizinhos. Neste sentido, foi determinado que a colônia somente poderia comercializar sua matéria prima com a própria metrópole (Estado colonizador). Mercantilismo
  54. 54. Pacto colonial foi o conjunto de medidas que regulamentava as relações entre a metrópole e sua colônia no que diz respeito à produção. A Colônia deveria ser uma economia complementar da Metrópole, exportando matérias primas e estava proibida de produzir qualquer gênero agrícola ou artigo manufaturado que já fosse feito pela metrópole. Mercantilismo
  55. 55. Esquema Organizacional Parcial Mercantilismo Antigo Regime Características gerais Século XVI Absolutismo Burguesia Capitalismo comercial Fortalecimento do rei Metalismo Balança comercial favorável protecionismo Países Ibéricos Sistema colonial Exclusivo colonial Pacto colonial
  56. 56. Questão 1: (Cesgranrio) Sobre o Pacto Colonial que, na época mercantilista, definiu o relacionamento entre Metrópole e Colônia e determinou a forma de organização da sociedade colonial, assinale a afirmativa INCORRETA: a) "a metrópole, por isso que é mãe, deve prestar às colônias suas filhas todos os bons ofícios e socorros necessários para a defesa e segurança das suas vidas e dos seus bens, mantendo-se em uma sossegada posse e fruição dessas mesmas vidas e desses bens.“ b) "é, pois necessário que os interesses da Metrópole sejam ligados com os das colônias, e que estas sejam tratadas sem rivalidade. Quanto os vassalos são mais ricos, tanto o soberano é muito mais.“ Agora é sua vez !!!
  57. 57. Questão 1: (Cesgranrio) Sobre o Pacto Colonial que, na época mercantilista, definiu o relacionamento entre Metrópole e Colônia e determinou a forma de organização da sociedade colonial, assinale a afirmativa INCORRETA: a) "a metrópole, por isso que é mãe, deve prestar às colônias suas filhas todos os bons ofícios e socorros necessários para a defesa e segurança das suas vidas e dos seus bens, mantendo-se em uma sossegada posse e fruição dessas mesmas vidas e desses bens.“ b) "é, pois necessário que os interesses da Metrópole sejam ligados com os das colônias, e que estas sejam tratadas sem rivalidade. Quanto os vassalos são mais ricos, tanto o soberano é muito mais.“ Agora é sua vez !!!
  58. 58. Questão 1: (Cesgranrio) Sobre o Pacto Colonial que, na época mercantilista, definiu o relacionamento entre Metrópole e Colônia e determinou a forma de organização da sociedade colonial, assinale a afirmativa INCORRETA: c) "esta impossibilidade de subsistir qualquer indivíduo sem alheios socorros, ou Lei Universal que liga os homens entre si, tem a política nas colônias para maior utilidade e dependência em que devem estar da Metrópole.“ d) "para viverem em igualdade e abundância... que todos ficariam ricos, tirados da miséria em que se achavam, extinta a diferença da cor branca, preta e parda, porque uns e outros seriam sem diferença chamados e admitidos a todos os ministérios e cargos.“ Agora é sua vez !!!
  59. 59. Questão 1: (Cesgranrio) Sobre o Pacto Colonial que, na época mercantilista, definiu o relacionamento entre Metrópole e Colônia e determinou a forma de organização da sociedade colonial, assinale a afirmativa INCORRETA: c) "esta impossibilidade de subsistir qualquer indivíduo sem alheios socorros, ou Lei Universal que liga os homens entre si, tem a política nas colônias para maior utilidade e dependência em que devem estar da Metrópole.“ d) "para viverem em igualdade e abundância... que todos ficariam ricos, tirados da miséria em que se achavam, extinta a diferença da cor branca, preta e parda, porque uns e outros seriam sem diferença chamados e admitidos a todos os ministérios e cargos.“ Agora é sua vez !!!
  60. 60. Questão 1: (Cesgranrio) Sobre o Pacto Colonial que, na época mercantilista, definiu o relacionamento entre Metrópole e Colônia e determinou a forma de organização da sociedade colonial, assinale a afirmativa INCORRETA: e) "numa palavra, quanto os interesses e as utilidades da pátria-mãe se enlaçarem mais com os das colônias suas filhas, tanto ela será mais rica e quanto ela dever mais às colônias, tanto ela será mais feliz e viverá mais segura."
  61. 61. Questão 1: (Cesgranrio) Sobre o Pacto Colonial que, na época mercantilista, definiu o relacionamento entre Metrópole e Colônia e determinou a forma de organização da sociedade colonial, assinale a afirmativa INCORRETA: e) "numa palavra, quanto os interesses e as utilidades da pátria-mãe se enlaçarem mais com os das colônias suas filhas, tanto ela será mais rica e quanto ela dever mais às colônias, tanto ela será mais feliz e viverá mais segura."
  62. 62. Resposta d) "para viverem em igualdade e abundância... que todos ficariam ricos, tirados da miséria em que se achavam, extinta a diferença da cor branca, preta e parda, porque uns e outros seriam sem diferença chamados e admitidos a todos os ministérios e cargos.”
  63. 63. Questão 2: Sobre o mercantilismo dos países ibéricos explique: a) Exclusivo comercial- b) Pacto colonial - Agora é sua vez !!!
  64. 64. Questão 2: Sobre o mercantilismo dos países ibéricos explique: a) Exclusivo comercial- monopólio estatal- foi determinado que a colônia somente poderia comercializar sua matéria prima com a própria metrópole (Estado colonizador). b) Pacto colonial - A Colônia deveria ser uma economia complementar da metrópole, exportando matérias primas e estava proibida de produzir qualquer gênero agrícola ou artigo manufaturado que já fosse feitos pela metrópole. Resposta
  65. 65. Questão 3: Marque a alternativa correta: I) Portugal e Espanha foram os primeiros países que buscaram novos territórios através da expansão marítima. II) O Tratado de Tordesilhas foi um acordo de paz entre Portugal e Espanha. III) O sistema colonial envolvia práticas mercantilistas como o pacto colonial e autonomia das colônias. IV) No mercantilismo a colônia deveria ser uma economia complementar, exportando matérias primas e estava proibida de produzir qualquer gênero agrícola. Agora é sua vez !!!
  66. 66. Questão 3: Marque a alternativa correta: I) Portugal e Espanha foram os primeiros países que buscaram novos territórios através da expansão marítima. II) O Tratado de Tordesilhas foi um acordo de paz entre Portugal e Espanha. III) O sistema colonial envolvia práticas mercantilistas como o pacto colonial e autonomia das colônias. IV) No mercantilismo a colônia deveria ser uma economia complementar, exportando matérias primas e estava proibida de produzir qualquer gênero agrícola. Agora é sua vez !!!
  67. 67. Questão 3: Marque a alternativa correta: a) II e IV b) I e III c) III e IV d) I e IV
  68. 68. Questão 3: Marque a alternativa correta: a) II e IV b) I e III c) III e IV d) I e IV
  69. 69. Os séculos XVII e XVIII foi um período marcado pela entrada de novas nações no cenário comercial europeu, como Holanda, França e Inglaterra. No entanto, estas nações, por estarem “atrasadas” em relação ao processo de expansão marítima tendo em conta os casos ibéricos, constituem novas formas comerciais com as quais se lançaram incisivamente no mercado. Mercantilismo
  70. 70. O mercantilismo holandês pode ser compreendido através da criação da Companhia da Índias Ocidentais, que tinha o direito exclusivo do comércio com a costa atlântica da África e com as terras e ilhas da América. O poder público atribuiu-lhe o dever de armar o exército e a marinha para as conquistas e determinou invasões a territórios já ocupados por outras nações, como foi o caso da América Portuguesa e da costa angolana em África. Em 1624 a Companhia chegou a Salvador e em 1630 a Pernambuco, com o objetivo de controlar o comércio do açúcar. Em 1641 chegaria a Angola para controlar o comércio de escravos. Mercantilismo
  71. 71. No nordeste do Brasil, o período de ocupação holandesa ocorreu entre 1637 e 1644 e foi considerada uma possessão da Holanda na América Portuguesa controlada por Maurício de Nassau até a sua expulsão em 1645, ficando conhecida como a Insurreição Pernambucana. Mercantilismo
  72. 72. Para fazer frente ao comércio no exterior, a França incentivou a industrialização. O governo francês estimulou o desenvolvimento interno, protegendo sua indústria e colocando mercado poucos produtos mas a preços elevados. Esta política protecionista francesa ficou conhecida como colbertismo, em referência ao ministro das Finanças de Luis XIV, Jean Baptiste Colbert, a quem se teria atribuído o aperfeiçoamento deste método. Mercantilismo
  73. 73. O caso inglês pode ser considerado o mais bem sucedido processo de mercantilização da Europa. Com o objetivo de manter a balança comercial favorável, fomentou o comercialismo, que definia a riqueza não pelo acúmulo de metais, mas pelo volume de transações comerciais que realizava. Para isto comercializava com o maior número de território possível, tendo como principal oponente a Holanda, potência naval e mercantil. Para anular o poderoso comércio holandês, a Inglaterra estabelece os Atos de Navegação em 1651. Esta medida definia que as mercadorias importadas somente chegariam aos portos pelos navios das nações que executavam a importação ou então por navios ingleses. Mercantilismo
  74. 74. Além dos Atos de Navegação, outra importante medida tomada pelo governo inglês foi a criação das Companhias Comerciais. Estas companhias recebiam do Estado monopólios para exploração e comercialização de bens manufaturados ou de uma determinada região comercial. Desta forma, a Inglaterra garantia a sua expansão comercial e anunciava indiretamente um novo modo de acumular riqueza, começando a colocar em perigo as estruturas mercantilistas. Mercantilismo
  75. 75. Esquema Organizacional Parcial Mercantilismo Antigo Regime Características gerais Século XVI Absolutismo Burguesia Capitalismo comercial Fortalecimento do rei Metalismo Balança comercial favorável protecionismo Países Ibéricos Sistema colonial Exclusivo colonial Pacto colonial Séculos XVII e XVIII França Colbertismo indústria Inglaterra Comércio marítimo Atos de Navegação Cia. de comércio Holanda Cia das Índias Orientais
  76. 76. Questão 1: CESGRANRIO A política mercantilista assumiu diversas modalidades, variando nos países europeus do século XV ao XVIII. Sobre as práticas mercantilistas podemos afirmar que: a) em geral, o mercantilismo fundamentava-se no intervencionismo estatal e no equilíbrio da balança comercial. b) o modelo português caracterizava-se pelo metalismo e por uma política econômica liberal exercida pela Coroa. Agora é sua vez !!!
  77. 77. Questão 1: CESGRANRIO A política mercantilista assumiu diversas modalidades, variando nos países europeus do século XV ao XVIII. Sobre as práticas mercantilistas podemos afirmar que: a) em geral, o mercantilismo fundamentava-se no intervencionismo estatal e no equilíbrio da balança comercial. b) o modelo português caracterizava-se pelo metalismo e por uma política econômica liberal exercida pela Coroa. Agora é sua vez !!!
  78. 78. Questão 1: CESGRANRIO A política mercantilista assumiu diversas modalidades, variando nos países europeus do século XV ao XVIII. Sobre as práticas mercantilistas podemos afirmar que: c) na Espanha, o dirigismo estatal desenvolveu as atividades industriais e agrícolas, permitindo sua auto-suficiência comercial. d) na França, a concessão de monopólios estatais e o incentivo das manufaturas aceleraram o desenvolvimento comercial e industrial. Agora é sua vez !!!
  79. 79. Questão 1: CESGRANRIO A política mercantilista assumiu diversas modalidades, variando nos países europeus do século XV ao XVIII. Sobre as práticas mercantilistas podemos afirmar que: c) na Espanha, o dirigismo estatal desenvolveu as atividades industriais e agrícolas, permitindo sua auto-suficiência comercial. d) na França, a concessão de monopólios estatais e o incentivo das manufaturas aceleraram o desenvolvimento comercial e industrial. Agora é sua vez !!!
  80. 80. d) na França, a concessão de monopólios estatais e o incentivo das manufaturas aceleraram o desenvolvimento comercial e industrial. Resposta
  81. 81. Questão 2: (UFRS) Os Atos de Navegação promulgados por Oliver Cromwell, na Inglaterra, em 1651, foram decisões políticas de alcance mundial. Por quê? Considere as respostas a seguir. I - Porque confirmaram a superioridade britânica decorrente da Revolução Industrial. II - Porque levaram à colonização da América do Norte e à conquista da África. Agora é sua vez !!!
  82. 82. Questão 2: (UFRS) Os Atos de Navegação promulgados por Oliver Cromwell, na Inglaterra, em 1651, foram decisões políticas de alcance mundial. Por quê? Considere as respostas a seguir. I - Porque confirmaram a superioridade britânica decorrente da Revolução Industrial. II - Porque levaram à colonização da América do Norte e à conquista da África. Agora é sua vez !!!
  83. 83. Questão 2: (UFRS) Os Atos de Navegação promulgados por Oliver Cromwell, na Inglaterra, em 1651, foram decisões políticas de alcance mundial. Por quê? Considere as respostas a seguir. III - Porque impediram a Holanda de transportar mercadorias estrangeiras para a Inglaterra. IV - Porque foram consequência da união da Inglaterra e Escócia sob o nome de Grã-Bretanha. Agora é sua vez !!!
  84. 84. Questão 2: (UFRS) Os Atos de Navegação promulgados por Oliver Cromwell, na Inglaterra, em 1651, foram decisões políticas de alcance mundial. Por quê? Considere as respostas a seguir. III - Porque impediram a Holanda de transportar mercadorias estrangeiras para a Inglaterra. IV - Porque foram consequência da união da Inglaterra e Escócia sob o nome de Grã-Bretanha. Agora é sua vez !!!
  85. 85. Questão 2: (UFRS) Os Atos de Navegação promulgados por Oliver Cromwell, na Inglaterra, em 1651, foram decisões políticas de alcance mundial. Por quê? Considere as respostas a seguir. a) Apenas I. b) Apenas II. c) Apenas III. d) Apenas II e IV. e) Apenas I, III e IV. Agora é sua vez !!!
  86. 86. III - Porque impediram a Holanda de transportar mercadorias estrangeiras para a Inglaterra. Somente a III está correta. Portanto, a resposta certa é letra C. Resposta
  87. 87. O mercantilismo constituiu um processo de aproximadamente 300 anos. Teve início com a formação dos Estados Nacionais, contribuindo, inclusive, com a centralização política e consequentemente com o fortalecimento do Rei. No entanto, sua eficiência como política econômica começou a declinar com o desenvolvimento da indústria que exigiu novas teorias. Mercantilismo
  88. 88. Era preciso consolidar o papel da burguesia, cada vez mais participativa no campo político e econômico, assim como necessitava rever os privilégios da nobreza e do clero que oprimiam as classes sociais mais pobres. Este período de novas ideias seria conhecido como Iluminismo. Fonte: ( http://histoblogsu.blogspot.com.br/2010/04/inglaterra-nos-seculos-xvi-xviii.html ) Mercantilismo
  89. 89. Ao longo do século XVIII muitas teorias surgiram para compreender e justificar as transformações econômicas. A fisiocracia, por exemplo, surgiu para combater as práticas mercantilistas e propor o individualismo econômico, baseado na ideia de um governo da natureza. A sua ideia central era de que os governos deveriam explorar a agricultura como produtora de riqueza em oposição à acumulação de metais. Mercantilismo
  90. 90. No entanto, os fisiocratas tornaram-se importantes por pregarem a liberdade econômica influenciando novas teorias. O principal pensador desta teoria econômica foi Adam Smith que influenciado pelos fisiocratas escreveu o livro A Riqueza das Nações, onde elabora o conceito de liberalismo econômico e defende que a economia é uma ciência autônoma, com leis e princípios próprios, ou seja, independente do Estado. Mercantilismo
  91. 91. O sistema econômico idealizado por Smith era baseado na livre concorrência e na lei da oferta e da procura, que deveriam regular a produção e a distribuição de riquezas. O trabalho era a verdadeira fonte de riqueza. Esta ideia foi revolucionária do ponto de vista social por opor-se aos privilégios e ociosidades da nobreza e também por negar ao Estado o direito de intervir na economia, a ele somente era dado o dever de estimular os setores que o capital particular não tinha condições de Mercantilismo
  92. 92. Estas ideias afetavam diretamente a estrutura do Antigo Regime, baseado na centralização política e no mercantilismo. A burguesia exigia a livre concorrência e o trabalho como forma de enriquecimento e a expansão dos direitos do homem através da participação política. Este processo culminaria na Revolução Francesa, acontecimento que acabou definitivamente com o Antigo Regime. Mercantilismo
  93. 93. Esquema Organizacional Global Mercantilismo Antigo Regime Características gerais Século XVI Absolutismo Burguesia Capitalismo comercial Fortalecimento do rei Metalismo Balança comercial favorável protecionismo Países Ibéricos Sistema colonial Exclusivo colonial Pacto colonial Séculos XVII e XVIII Decadência França Colbertismo indústria Inglaterra Comércio marítimo Atos de Navegação Fisiocracia Liberalismo econômico Fim do Antigo Regime Cia. de comércio Holanda Cia das Índias Orientais
  94. 94. Questão 1: (PUC-RJ) Assinale a opção em que se encontra corretamente identificado um dos preceitos fundamentais da Fisiocracia: a) "O ouro e a prata suprem as necessidades de todos os homens.“ b) "Os meios ordinários, portanto, para aumentar nossa riqueza e tesouro são o comércio exterior.” Agora é sua vez !!!
  95. 95. Questão 1: (PUC-RJ) Assinale a opção em que se encontra corretamente identificado um dos preceitos fundamentais da Fisiocracia: a) "O ouro e a prata suprem as necessidades de todos os homens.“ b) "Os meios ordinários, portanto, para aumentar nossa riqueza e tesouro são o comércio exterior.” Agora é sua vez !!!
  96. 96. Questão 1: (PUC-RJ) Assinale a opção em que se encontra corretamente identificado um dos preceitos fundamentais da Fisiocracia: c) "Que o soberano e a nação jamais se esqueçam de que a terra é a única fonte de riqueza e de que a agricultura é que a multiplica.“ d) "Todo comércio consiste em diminuir os direitos de entrada das mercadorias que servem às manufaturas interiores (...)” Agora é sua vez !!!
  97. 97. Questão 1: (PUC-RJ) Assinale a opção em que se encontra corretamente identificado um dos preceitos fundamentais da Fisiocracia: c) "Que o soberano e a nação jamais se esqueçam de que a terra é a única fonte de riqueza e de que a agricultura é que a multiplica.“ d) "Todo comércio consiste em diminuir os direitos de entrada das mercadorias que servem às manufaturas interiores (...)” Agora é sua vez !!!
  98. 98. c) "Que o soberano e a nação jamais se esqueçam de que a terra é a única fonte de riqueza e de que a agricultura é que a multiplica." RESPOSTA Resposta
  99. 99. Questão 2: Adam Smith, em "A Riqueza das Nações", assentou as bases do liberalismo econômico, cujos princípios são: a) igualitarismo, criação dos falanstérios, fazendas coletivas agro-industriais e liberdade de comércio. b) colônias autogeridas, erradicação do Estado, mais-valia e autogestão industrial. Agora é sua vez !!!
  100. 100. Questão 2: Adam Smith, em "A Riqueza das Nações", assentou as bases do liberalismo econômico, cujos princípios são: a) igualitarismo, criação dos falanstérios, fazendas coletivas agro-industriais e liberdade de comércio. b) colônias autogeridas, erradicação do Estado, mais-valia e autogestão industrial. Agora é sua vez !!!
  101. 101. Questão 2: Adam Smith, em "A Riqueza das Nações", assentou as bases do liberalismo econômico, cujos princípios são: c) respeito às leis naturais da economia, liberdade de contrato de trabalho e liberdade de comércio e produção. d) capitalismo comercial, absolutismo, metalismo e intervenção do Estado na economia. Agora é sua vez !!!
  102. 102. Questão 2: Adam Smith, em "A Riqueza das Nações", assentou as bases do liberalismo econômico, cujos princípios são: c) respeito às leis naturais da economia, liberdade de contrato de trabalho e liberdade de comércio e produção. d) capitalismo comercial, absolutismo, metalismo e intervenção do Estado na economia. Agora é sua vez !!!
  103. 103. c) respeito às leis naturais da economia, liberdade de contrato de trabalho e liberdade de comércio e produção. Resposta
  104. 104. Questão 3: (Unicamp) No século XVIII, um grupo de economistas franceses conhecidos por fisiocratas defendeu a livre concorrência e a liberdade no funcionamento da economia, cunhando a famosa expressão "laissez faire, laissez passez, le monde va de lui-même" (deixe estar, deixe passar, o mundo caminha por si). Agora é sua vez !!!
  105. 105. Questão 3: (Unicamp) No século XVIII, um grupo de economistas franceses conhecidos por fisiocratas defendeu a livre concorrência e a liberdade no funcionamento da economia, cunhando a famosa expressão "laissez faire, laissez passez, le monde va de lui-même" (deixe estar, deixe passar, o mundo caminha por si). Agora é sua vez !!!
  106. 106. Este ideal foi uma das bases para o liberalismo econômico que, diretamente ligado à ascensão da burguesia, marcou o pensamento do século das Luzes. Explique as relações entre os princípios do liberalismo econômico e os objetivos da burguesia ascendente. Agora é sua vez !!!
  107. 107. Este ideal foi uma das bases para o liberalismo econômico que, diretamente ligado à ascensão da burguesia, marcou o pensamento do século das Luzes. Explique as relações entre os princípios do liberalismo econômico e os objetivos da burguesia ascendente. Agora é sua vez !!!
  108. 108. Resposta A burguesia, interessada em expandir suas atividades, encontra no liberalismo a ideologia que melhor expressa esse interesse. O liberalismo econômico pregava a livre concorrência e este princípio era para a burguesia importante por eliminar a intervenção estatal nas atividades comerciais. Concedia a ela, portanto, poder e autonomia. Resposta
  109. 109. Linha do tempo 1385 Revolução de Avis consolida a centralizaçã o Monárquica em Portugal 1415 Chegada dos portugueses à Ceuta 1492 Colombo chega ao continente americano 1494 Tratado de Tordesilhas 1500 Chegada dos portugueses ao sul do continente americano Século XVI Metalismo Século XVII comercialismo 1776 Publicação de A Riqueza das Nações livro que lançou o Liberalismo Econômico 1789 Revolução Francesa – Fim do Antigo Regime
  110. 110. Esquema Organizacional Global Mercantilismo Antigo Regime Características gerais Século XVI Absolutismo Burguesia Capitalismo comercial Fortalecimento do rei Metalismo Balança comercial favorável protecionismo Países Ibéricos Sistema colonial Exclusivo colonial Pacto colonial Séculos XVII e XVIII Decadência França Colbertismo indústria Inglaterra Comércio marítimo Atos de Navegação Fisiocracia Liberalismo econômico Fim do Antigo Regime Cia. de comércio Holanda Cia das Índias Orientais
  111. 111. Bibliografia - Pazzinato, Alceu Luiz; Senise, Maria Helena Valente. História Moderna e Contemporânea. 6ª edição. São Paulo: Editora Ática. - Freire, Américo; Motta, Marly Silva da; Rocha, Dora. História em Curso – o Brasil e suas relações com o mundo ocidental. São Paulo: Editora do Brasil.
  112. 112. Imagens www.infoescola.com/historia/tratado-de-trodesilhas http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichatecnicaaula.html? aula=34558 http://histoblogsu.blogspot.com.br/2012/04/inglaterra-nos- seculos-xvi-xvii.html
  113. 113. Para pedir novas aulas entre em contato conosco: aulas.apoio.historia@gmail.com aulas.apoio.historia@centroapoio Oi (021) 8589 – 7775 Claro (021) 9350 – 3004 Tim (021) 8170 – 6379 Vivo (021) 9563 – 9667 Fixo (021) 3496 - 6642

×