Media e a Gestão da Percepçãonas Novas Conflitualidades                 Academia Militar                 Mestrado em Guerr...
Our Mind Maps…Qual é o papel dos media na Gestão da Percepçãonas novas conflitualidades?É possível condicionar as acções d...
Objectivos      Contribuir para uma compreensão do papel dos      media no espectáculo do terrorismo;      Colaborar para ...
EstruturaExistem três blocos temáticos.Cada capítulo baseia-se numconjunto de ciências oudisciplinas.                     ...
1.º Capítulo                                                    O cérebro como“Se conheces o inimigo e te conheces a ti   ...
Referencial Teórico                       É possível condicionar as escolhas do adversárioCor Szafranski,       através d...
HEMISFÉRIO            HEMISFÉRIOESQUERDO              DIREITO Tarefas de rotina    Tarefas novas Processamento        ...
Análise I As crianças são chave para os novos atentados terroristas.                   Ataques suicidas no mundo         ...
Análise II A maior parte daquilo que percebemos é  criado por projecção do cérebro; O impacto psicológico não se aplica ...
2.º Capítulo                                                     Gestão da“A suprema arte da estratégia é um actor        ...
Arte da PercepçãoÉ um processo de inferências nas quais aspessoas constroem a sua própria visão darealidade baseada nos da...
Referencial Teórico                      A retina é um pequeno cérebro pois tem um  Neurologista       papel vital na per...
Origens     1917     Committee Of Public Information - CPI     George Creel     1942     Office War of Information - OWI  ...
Gestão da Percepção           Transmitir ou negar informação          seleccionada de forma a influenciar as          emo...
Análise I A Gestão da Percepção assume-se como vantagem  operacional na manipulação e na influência do  indivíduo naquilo...
Análise II As técnicas menos óbvias funcionam em  camadas mais penetrantes da consciência  cognitiva (Mann & Thomas, 2001...
3.º Capítulo                                                   O Fenómeno“Eu digo que a vitória pode ser criada.          ...
Cúmplices (in)voluntários                            “Os media podem ser                            os melhores amigos    ...
Referencial Teórico                   A maior parte dos terroristas calcula as                  consequências dos seus ef...
Análise IBeirute, LíbanoMais de 12 estações de TVLBC – Future TV – Al Manar TV        Dubai, EAU                          ...
Análise II Os novos media são minuciosamente projectados, quer ao  nível das audiências, quer ao nível dos efeitos.      ...
Conclusões                      Qual é o papel dos media na Gestão da Percepção                      nas novas conflituali...
Media e a Gestão da Percepçãonas Novas Conflitualidades                 Academia Militar                 Mestrado em Guerr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação tese

352 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
352
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação tese

  1. 1. Media e a Gestão da Percepçãonas Novas Conflitualidades Academia Militar Mestrado em Guerra de Informação Elsa Lemos 22 de Novembro de 2012
  2. 2. Our Mind Maps…Qual é o papel dos media na Gestão da Percepçãonas novas conflitualidades?É possível condicionar as acções do inimigo?Qual é a centralidade dos media no cálculo do terrorismo?Como pode ser a Al-Jazeera utilizada como multiplicador de força?
  3. 3. Objectivos Contribuir para uma compreensão do papel dos media no espectáculo do terrorismo; Colaborar para uma reflexão crítica sobre as práticas dos actores sociais; Metodologia Explorar o case study sobre a televisão Humanista-interpretativa Investigação qualitativa Al-Jazeera no quadro das novas guerras. Como? Descrição de factos e visões de diferentes investigadores e análise da sua possível relação.
  4. 4. EstruturaExistem três blocos temáticos.Cada capítulo baseia-se numconjunto de ciências oudisciplinas. Percepção Cérebro Media 4
  5. 5. 1.º Capítulo O cérebro como“Se conheces o inimigo e te conheces a ti arma neurológicamesmo, não precisas de temer o resultadode cem batalhas”. Sun Tzu, A Arte da Guerra 5
  6. 6. Referencial Teórico  É possível condicionar as escolhas do adversárioCor Szafranski, através do exercício de influência da vontade;Air War College  É exequível a manipulação de emoções inatas como se fossem necessidades fisiológicas;  É durante a adolescência que os valores constituem uma influência para o conceito de identidade de Scott Atran,Jean Nicod Institut grupo. Silvia Cardoso,Dana Foundation 6
  7. 7. HEMISFÉRIO HEMISFÉRIOESQUERDO DIREITO Tarefas de rotina  Tarefas novas Processamento  Processamentolinguístico-verbal visuo-espacial Raciocínio  Emoções Processamento  Processamentoanalítico holístico 7
  8. 8. Análise I As crianças são chave para os novos atentados terroristas. Ataques suicidas no mundo Fonte: Scott, A. (2006) 8
  9. 9. Análise II A maior parte daquilo que percebemos é criado por projecção do cérebro; O impacto psicológico não se aplica exclusivamente às pessoas envolvidas num atentado. Experiências Negativas associadas ao hemisfério direito. Amobardital sodium Pentothal sodium 9
  10. 10. 2.º Capítulo Gestão da“A suprema arte da estratégia é um actor Percepçãofraco convencer o inimigo de que é forte”. Sun Tzu, A Arte da Guerra 10
  11. 11. Arte da PercepçãoÉ um processo de inferências nas quais aspessoas constroem a sua própria visão darealidade baseada nos dados recebidos atravésdos seus sentidos. É o sentido dado a uma informação filtrado pelo sistema Informação é um conjunto de dados de crenças. num determinado contexto. 11
  12. 12. Referencial Teórico  A retina é um pequeno cérebro pois tem um Neurologista papel vital na percepção do mundo; Castro Caldas  O cérebro é capaz de criar padrões neurais que organizam as experiências vividas sob a forma de imagens; Neurocientista António Damásio  As diferenças culturais têm um efeito profundo na forma como as pessoas reagem a imagens e textos, e como estes gerem uma tomada de decisão. Psicólogo Social Richard Nisbett 12
  13. 13. Origens 1917 Committee Of Public Information - CPI George Creel 1942 Office War of Information - OWI Elmer Davis 1945 Interim International Information Service Presidente Truman Public law 80-402 Informational and Education Exchange Act Lei Smith-Mundt 13
  14. 14. Gestão da Percepção  Transmitir ou negar informação seleccionada de forma a influenciar as emoções, motivos e acções de outros.  Informar, persuadir, influenciar, divulgar e legitimar a construção de atitudes, comportamentos no sentido de alcançar determinados efeitos. 14
  15. 15. Análise I A Gestão da Percepção assume-se como vantagem operacional na manipulação e na influência do indivíduo naquilo que é uma projecção da realidade. CMO MILDEC PA PSYOP DSPD X Military Affairs Military Perception Management 15
  16. 16. Análise II As técnicas menos óbvias funcionam em camadas mais penetrantes da consciência cognitiva (Mann & Thomas, 2001); O Fuzzy Believer System extrai crenças através de um artigo ou de uma reportagem (Krestel, 2007). A escolha da semântica é por si só um meio para controlar e ganhar poder. 16
  17. 17. 3.º Capítulo O Fenómeno“Eu digo que a vitória pode ser criada. Al-JazeeraAté mesmo se as tropas do inimigo foremmuitas, nós podemos achar um modo detorná-las impossibilitadas de lutar”. Sun Tzu, A Arte da Guerra
  18. 18. Cúmplices (in)voluntários “Os media podem ser os melhores amigos dos terroristas” Rogelio Alonso
  19. 19. Referencial Teórico  A maior parte dos terroristas calcula as consequências dos seus efeitos, a probabilidade Brigitte Nacos de ganharem a atenção dos media;  A Al-Jazeera é um dos canais mais vistos no mundo inteiro e um dos mais controversos. Foi a escolha de Bin Laden; Hugh Miles  Influenciar é ser capaz de colocar um público-alvo a pensar ou a reagir de uma determinada forma, sem que este perceba que foi imposta a partir de uma fonte externa. Greg Simons 19
  20. 20. Análise IBeirute, LíbanoMais de 12 estações de TVLBC – Future TV – Al Manar TV Dubai, EAU Reuters, CNN e MBC Al Arabiya Doha, Qatar Sede Al-Jazeera US Military Central Command For Afghanistan and IraqCairo, EgiptoNile TV Internacional 20
  21. 21. Análise II Os novos media são minuciosamente projectados, quer ao nível das audiências, quer ao nível dos efeitos. www.pulikalinkural.com www.moqawama.org www.aljazeera.com www.kavkazcenter.com 21
  22. 22. Conclusões Qual é o papel dos media na Gestão da Percepção nas novas conflitualidades?É possível condicionar as Qual é a centralidade dos Como pode ser a Al-Jazeeraacções do inimigo? media no cálculo do utilizada como multiplicador terrorismo? de força? Sim. Instrumento de Através da “Programar” a mente. influencia. instrumentalização. Lateralizar os Irromper com imagens Escolha dos valores-hemisférios do cérebro. ou palavras de forma notícia e dos novos controlada. media.
  23. 23. Media e a Gestão da Percepçãonas Novas Conflitualidades Academia Militar Mestrado em Guerra de Informação Elsa Lemos 22 de Novembro de 2012

×