FADO
Fado de Lisboa <ul><li>O fado é um dos tradicionais cartões de visita do país. Canção tipicamente portuguesa, as suas orig...
Em Lisboa e encontramos o fado cantado essencialmente na parte mais antiga da cidade, em tabernas ou casas de fado, pequen...
A Origem do Fado <ul><li>.  A palavra fado tem origem do latim &quot;fatum&quot;, que significa destino, o destino de uma ...
<ul><li>Outros acham que ele se originou da música brasileira, como o &quot;ludum&quot; dos escravos e a modinha muito apr...
Categorias do fado <ul><li>Fado Alcântara </li></ul><ul><li>Fado aristocrata </li></ul><ul><li>Fado batê </li></ul><ul><li...
Fadistas de Lisboa <ul><li>Amália Rodrigues </li></ul><ul><li>Ada de Castro </li></ul><ul><li>Aldina Duarte </li></ul><ul>...
Fado de Coimbra <ul><li>Ligado às tradições academicas,o fado de Coimbra é exclusivamente cantado por homens e tanto os ca...
Guitarristas de Lisboa <ul><li>António Campos  </li></ul><ul><li>António Chainho </li></ul><ul><li>Carlos Gonçalves </li><...
<ul><li>É acompanhado igualmente por uma guitarra portuguesa e uma guitarra clássica. </li></ul><ul><li>A afinação e a son...
Fadistas de Coimbra <ul><li>Alberto Ribeiro </li></ul><ul><li>Adriano Correia de Oliveira </li></ul><ul><li>José Afonso </...
Guitarristas de Coimbra <ul><li>Artur Paredes </li></ul><ul><li>Afonso de Sousa </li></ul><ul><li>Carlos Paredes </li></ul...
<ul><li>Trabalho realizado por : </li></ul><ul><li>Rosalina Silva </li></ul>
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Musica Portuguesa

4.762 visualizações

Publicada em

Trabalhos realizados pela turma EFA - Ano Lectivo 2006/2008 -
Escola Básica 2, 3 de São Vicente - Vila do Bispo

Publicada em: Negócios
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.762
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Musica Portuguesa

  1. 1. FADO
  2. 2. Fado de Lisboa <ul><li>O fado é um dos tradicionais cartões de visita do país. Canção tipicamente portuguesa, as suas origens permanecem obscuras, embora seja indiscutível a sua raiz urbana. O Fado é um estilo musical português. Geralmente é cantado por uma só pessoa (fadista) e acompanhado por guitarra clássica (nos meios fadistas denominada viola ) e guitarra portuguesa. </li></ul>
  3. 3. Em Lisboa e encontramos o fado cantado essencialmente na parte mais antiga da cidade, em tabernas ou casas de fado, pequenas, antigas, de paredes frias, decoradas com os símbolos daquela forma de canção: o xaile negro e a guitarra portuguesa. O homem que canta o fado fá-lo normalmente de fato escuro. Canta os seus amores, a sua cidade, as misérias da vida, critica a sociedade, os políticos. Fala muitas vezes da toirada, dos cavalos, de tempos passados e pessoas já idas, e fala, quase sempre, de saudade. Mas de onde vem a palavra Fado? Do latim fatum, que significa destino, o destino inexorável e que nada pode mudar. É por isso que o fado é normalmente tão melancólico, tão triste: porque canta a parte do destino que foi contra os desejos do seu dono. A mulher canta sempre de negro, normalmente de xaile aos ombros, com uma voz lamentosa. Canta, tal como o homem, o amor e a morte: a morte que vem da perda do amor, o amor perdido para a morte... Este modo de cantar espelha, de certo modo, o espírito do povo português: a crença no destino como algo que nos subjuga e ao qual não podemos escapar, o domínio da alma e do coração sobre a razão, que levam a actos de paixão e desespero, e que se traduzem naquele lamento tão negro mas tão belo.  
  4. 4. A Origem do Fado <ul><li>. A palavra fado tem origem do latim &quot;fatum&quot;, que significa destino, o destino de uma pessoa que não pode ser mudado. </li></ul><ul><li>As origens do fado são controvertidas: uns acreditam que tenha surgido dos cânticos dos mouros; alguns dizem que ele apareceu em Lisboa por volta de 1840, trazido por marinheiros portugueses que contavam as aventuras de suas viagens e mostravam as relações entre o fado e as novas descobertas, a dor de deixar para trás seus amores sem saber se voltariam a salvo. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Outros acham que ele se originou da música brasileira, como o &quot;ludum&quot; dos escravos e a modinha muito apreciada em Lisboa nos anos de 1700. </li></ul><ul><li>De qualquer modo, o fado surgiu em Lisboa e no Porto, sendo levado depois para Coimbra por estudantes universitários, adquirindo características diferente </li></ul><ul><li>O fado é uma forma de canto melancólico que tem como temas principais o amor incompreendido, o ciúme, a saudade do passado, a dificuldade da vida e o desgosto. </li></ul><ul><li>Começou por ser cantado nas tabernas e nos pátios dos bairros populares, como Alfama , Castelo , Mouraria , Bairro Alto , Madragoa , mas logo tomou importância nacional. </li></ul>
  6. 6. Categorias do fado <ul><li>Fado Alcântara </li></ul><ul><li>Fado aristocrata </li></ul><ul><li>Fado batê </li></ul><ul><li>Fado bailado </li></ul><ul><li>Fado canção </li></ul><ul><li>Fado castiço </li></ul><ul><li>Fado corrido </li></ul><ul><li>Fado experimental </li></ul><ul><li>Fado Tamanquinhas </li></ul>
  7. 7. Fadistas de Lisboa <ul><li>Amália Rodrigues </li></ul><ul><li>Ada de Castro </li></ul><ul><li>Aldina Duarte </li></ul><ul><li>Alfredo Marceneiro </li></ul><ul><li>Ana Moura </li></ul><ul><li>Anita Guerreiro </li></ul><ul><li>Celeste Rodrigues </li></ul><ul><li>Cidália Moreira </li></ul><ul><li>Dulce Pontes </li></ul><ul><li>Hermínia Silva </li></ul><ul><li>João Braga </li></ul><ul><li>João Ferreira Rosa </li></ul><ul><li>Maria da Fé </li></ul><ul><li>Maria Armanda </li></ul><ul><li>Maria Severa </li></ul><ul><li>Mariza </li></ul><ul><li>Maria Teresa de Noronha </li></ul>
  8. 8. Fado de Coimbra <ul><li>Ligado às tradições academicas,o fado de Coimbra é exclusivamente cantado por homens e tanto os cantores como os musicos usam o traje académico:calças e batinas pretas, cobertas por capa de fazenda de lã igualmente preta. </li></ul><ul><li>Canta-se à noite, quase às escuras, em praças ou ruas da cidade. </li></ul>
  9. 9. Guitarristas de Lisboa <ul><li>António Campos </li></ul><ul><li>António Chainho </li></ul><ul><li>Carlos Gonçalves </li></ul><ul><li>Fernando Silva </li></ul><ul><li>Filipe Lucas </li></ul><ul><li>Casimiro Ramos </li></ul><ul><li>Jorge Ramos </li></ul><ul><li>José Nunes </li></ul><ul><li>Manuel Mendes </li></ul><ul><li>Sérgio Costa </li></ul><ul><li>Ricardo Parreira </li></ul><ul><li>José Manuel Nobre </li></ul><ul><li>João Serra e Moura </li></ul><ul><li>Jorge Fontes </li></ul><ul><li>Raul Nery </li></ul><ul><li>Paulo Valentim </li></ul>
  10. 10. <ul><li>É acompanhado igualmente por uma guitarra portuguesa e uma guitarra clássica. </li></ul><ul><li>A afinação e a sonoridade da guitarra portuguesa, são em Coimbra, diferentes das do fado de Lisboa em que as cordas são afinadas um tom abaixo e a técnica de execução é diferente por forma a projectar o som do instrumento nos espaços exteriores. </li></ul>
  11. 11. Fadistas de Coimbra <ul><li>Alberto Ribeiro </li></ul><ul><li>Adriano Correia de Oliveira </li></ul><ul><li>José Afonso </li></ul><ul><li>Luís Goís </li></ul><ul><li>Nuno Correia da Silva </li></ul><ul><li>Fernando Machado Soares </li></ul><ul><li>Henrique Guerra </li></ul>
  12. 12. Guitarristas de Coimbra <ul><li>Artur Paredes </li></ul><ul><li>Afonso de Sousa </li></ul><ul><li>Carlos Paredes </li></ul><ul><li>Luís Barroso </li></ul><ul><li>Jorge Godinho </li></ul><ul><li>Álvaro Moreira </li></ul><ul><li>Eduardo Moreira </li></ul><ul><li>Fernando Dias Marques </li></ul><ul><li>Francisco Martins </li></ul><ul><li>Paulo Alexandre </li></ul><ul><li>António Brojo </li></ul><ul><li>António Portugal </li></ul><ul><li>Eduardo Melo </li></ul><ul><li>Gonçalo Paredes </li></ul><ul><li>Francisco Menano </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Trabalho realizado por : </li></ul><ul><li>Rosalina Silva </li></ul>

×