Trabalho de Filosofia - Luciana Genro - Dialética

480 visualizações

Publicada em

Neste trabalho de filosofia, deveríamos escolher uma pessoa pública e falar sobre sua dialética.

Dialética - A dialética é uma maneira de filosofar, e seu conceito foi debatido ao longo de décadas por diversos filósofos, como Sócrates, Platão, Aristóteles, Hegel, Marx, e outros; Dialética é o poder de argumentação, mas também pode ser utilizado em um sentido pejorativo, como um uso exagerado de sutilezas; Consiste em uma forma de filosofar que pretende chegar à verdade através da contraposição e reconciliação de contradições; A dialética propõe um método de pensamento que é baseado nas contradições entre a unidade e multiplicidade, o singular e o universal e o movimento da imobilidade.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
480
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de Filosofia - Luciana Genro - Dialética

  1. 1. Trabalho de Filosofia DIALÉTICA
  2. 2. Luciana Genro Como entrou no mundo da política; Quais foram suas influências; Ações que marcaram sua trajetória; Vídeo – Retrospectiva Luciana Genro 50; Análise pessoal sobre sua dialética.
  3. 3. Seu contato com a política Sua vida política começou cedo, aos 14 anos de idade, no colégio Júlio de Castilhos (Julinho), em Porto Alegre, escola estadual que sempre foi um reduto da militância estudantil. Respirou política desde criança, através do seu pai  Tarso Genro — que exilou-se no Uruguai logo após seu nascimento, e do avô — Adelmo Genro —  cassado pela ditadura quando era vice prefeito de Santa Maria.
  4. 4. Primeiro Mandato Luciana Genro não esperava ser eleita, pois alegava que por nunca ter se elegido, era pouco conhecida. Diz: “Acabei sendo eleita com 17 mil votos. Eu tinha 23 e assumi o mandato com 24 anos.” Fala de Luciana Genro que pode ser encontrada em sua página – lucianagenro.com.br/sobre/
  5. 5. Enfrentou muitas dificuldades por ser mulher, jovem e filha de um político muito conhecido (elementos que alimentaram preconceitos).
  6. 6. E diz: “Mas isso foi superado, pois em seguida. consegui mostrar que não estava lá por ser filha do Tarso e não era uma jovem menina boba que tinha caído de para quedas na política.” Continua: “O meu primeiro mandato foi marcado pelas denúncias que fiz, mostrando a corrupção na CORSAN, a Companhia de Saneamento do Estado, desmascarando as máfias que se apropriavam do dinheiro público.” Fala de Luciana Genro que pode ser encontrada em sua página – lucianagenro.com.br/sobre/
  7. 7. O Mandato na Educação Em 1998 Luciana Genro foi reeleita com o dobro da votação que havia obtido na primeira eleição.
  8. 8. 2002 – Governo Lula Em 2002, o governo mandou a proposta de reforma da previdência para a Câmara e queria que todos votassem a favor. Uma reforma que tiraria direitos dos servidores públicos e instituiria a cobrança de contribuição dos já aposentados.
  9. 9. A expulsão Luciana Genro, Heloísa Helena, Babá e João Fontes não se submeteram e votaram contra essa reforma. E assim, foram expulsos do PT.
  10. 10. Os que prepararam e executaram a expulsão de Luciana Genro, Heloísa Helena, Babá e João Fontes foram os hoje presos, José Dirceu e José Genoíno. Fruto desta experiência política escreveu junto com Roberto Robaina, o livro “A falência do PT e a atualidade da luta socialista (ed. LPM)”.
  11. 11. No final de 2005, conseguiram a legalização e fundaram o PSOL - Partido Socialismo e Liberdade
  12. 12. Vídeo – Retrospectiva Luciana Genro 50 http://youtu.be/XxzpSWVs6_E
  13. 13. Análise pessoal sobre sua dialética Demonstra confiança, força e posicionamento em diversas questões; Possui boa postura, bom tom de voz, e clareza em suas falas; Além de ser convincente, mostra-se sempre conveniente e positiva em suas palestras.

×