Apresentação AlphaGame

347 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada no dia 14/11/2013 no 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias Educacionais / 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias
Links para os vídeos dos slides "Demonstração":
http://www.youtube.com/watch?v=wojT8iSbuD8&feature=youtu.be

http://www.youtube.com/watch?v=csbmKDFv5YU&feature=youtu.be

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação AlphaGame

  1. 1. AlphaGame: Jogo para auxílio ao ensino da Língua Inglesa D o rg ival Ne tto, Mayara Wan e ssa, R af ae l a Fisc he r U F PB Novembro/2013
  2. 2. Agenda • Motivação • Jogos educacionais • O AlphaGame • Considerações e Trabalhos Futuros dn@dorgivalnetto.com 2
  3. 3. Motivação POR RAZÕES DE ORDEM BIOLÓGICAS E PSICOLÓGICAS, QUANTO MAIS CEDO A CRIANÇA VENHA A TER O CONTATO COM A LINGUAGEM INICIAL MELHOR TORNA-SE O RITMO ASSIMILAÇÃO DA LÍNGUA ALVO. SCHÜTZ (2003) DE A LINGUAGEM DESENVOLVE-SE COM MAIS EFICÁCIA DURANTE A INFÂNCIA. BROWN (2001) É importante ressaltar que na idade pré-escolar os níveis de proficiência a longo prazo da segunda língua são mais altos .(BISHOP e MOGFORD, 2002) 3
  4. 4. Motivação • Local de atuação • Interdisciplinaridade entre Informática e Língua Inglesa • Dificuldades nas aulas de Inglês • Jogos Educacionais: – O AlphaGame dn@dorgivalnetto.com 4
  5. 5. Jogos educacionais dn@dorgivalnetto.com 5
  6. 6. “Um ambiente favorável que desperta interesse do aluno e o motive a explorar, a pesquisar, a descrever, a refletir e a depurar suas ideias.” Valente (2002) “Os jogos educacionais são ferramentas disponíveis para o professor utilizar em suas aulas, tornando-as mais divertidas e animadas.” Tajra (1998) “O potencial pedagógico dos games vem sendo cada vez mais explorado na educação e hoje são considerados importantes ferramentas no processo de aprendizagem .” Moraes (2009) dn@dorgivalnetto.com 6
  7. 7. O AlphaGame Planejamento Desafios Avaliação dn@dorgivalnetto.com 7
  8. 8. O AlphaGame • Público-alvo: 5 a 8 anos • Auxiliar no processo de aquisição da 2ª língua, manipulação do teclado e mouse • Língua Inglesa • 5 Desafios: – Alfabeto (Alphabet), Consoantes (Consonants), Vogais (Vowels), Cores (Colors) e Números (Numbers) dn@dorgivalnetto.com 8
  9. 9. AlphaGame – Exemplo de Planejamento Objetivos de aprendizagem Sou capaz de dizer as cores; Sou capaz de identificar a cor de objetos; Sou capaz de ler informação sobre as cores; Sou capaz de ler as palavras em Inglês para cada cor; Atividades Identificar cores; Vocabulário black, purple, blue, yellow, red, white, gray, green, orange, brown, pink, light brown, light green, light blue dn@dorgivalnetto.com 9
  10. 10. AlphaGame - desafios dn@dorgivalnetto.com 10
  11. 11. AlphaGame - Desafios dn@dorgivalnetto.com 11
  12. 12. AlphaGame - Demonstração dn@dorgivalnetto.com 12
  13. 13. AlphaGame - Demonstração dn@dorgivalnetto.com 13
  14. 14. AlphaGame - Avaliação dn@dorgivalnetto.com 14
  15. 15. Considerações e Trabalhos Futuros • Aperfeiçoar aspectos usabilidade, interface de jogabilidade, • O jogo auxiliou positivamente no processo de aprendizagem desses alunos • Expandir os conteúdos abordados para estimular a evolução no aprendizado, desenvolvendo novos desafios principalmente do mundo pessoal da criança: Família, Partes do Corpo Humano, Animais, Dias da semana, entre outros. dn@dorgivalnetto.com 15
  16. 16. Referências Amate, Flávio Cezar. Jogos computadorizados para auxiliar a alfabetização de crianças especiais. In: II Seminário ATIID Acessibilidade, TI e Inclusão Digital, São Paulo - SP, 2003. Battaiola, A.L. Jogos por computador – histórico, relevância tecnológica e mercadológica, tendências e técnicas de implementação. In: XIX Jornada de Atualização em Informática. Anais do XIX Congresso Nacional da SBC. Curitiba: PUCPR, 2000. CAGLIARI, Tânia. O Professor Refém: para pais e professores entenderem por que fracassa a educação no Brasil. Rio de Janeiro, 1989. Record. Cuperschmid, A. R. M. (2008) “Heurísticas de jogabilidade para jogos de Computador”. Dissertação (Mestrado em Artes) – Programa de Pós-Graduação em Artes, Universidade Estadual de Campinas, Campinas-SP. Mascarenhas, Ana Célia Rocha; Carvalho, Marco Aurélio de. Um Gerador de Sistemas Tutoriais Inteligentes para Auxílio à Alfabetização em Português. In: VIII Workshop de Informática na Escola no XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Computação. Florianópolis, 2002. Pérsio, Nelci Soares; Bertoso, Eunice B. Ferreira. Dificuldades de Aprendizagem no Processo de Alfabetização. Disponível em: <http://www.profala.com/arteducesp180.htm>. Acesso em 20 mai. 2012. Sá Filho, C. S.; Machado, E. C. O computador como agente transformador da educação e o papel do objeto de aprendizagem. Disponível em: <http://www.universia.com.br/materia/materia.jsp?materia=5939>. Acesso em: 16 nov. 2011. Tajra, Sammya Feitosa.Informática na Educação-Professor na Atualidade. São Paulo: Ed.Érica. 1998. Valente, J. A. A espiral da aprendizagem e as tecnologias da informação e comunicação: repensando conceitos. In: JOLY, M. C. R. A. Tecnologia no ensino: implicações para a aprendizagem. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2002. dn@dorgivalnetto.com 16
  17. 17. 17 Dorgival Netto dn@dorgivalnetto.com Mayara Alves mayara.alves@dce.ufpb.br Rafaela Fischer Rafaela.fischer@dce.ufpb.br

×