SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
OPINIÃO
SALVADOR SEGUNDA-FEIRA 12/5/2014A2
opiniao@grupoatarde.com.br
Os artigos assinados publicados nas páginas A2 e A3 não expressam necessariamente a opinião de A TARDE.
Participe desta página: e-mail: opiniao@grupoatarde.com.br
Cartas: Redação de A TARDE/Opinião - R. Professor Milton Cayres de Brito, 204, Caminho das Árvores, Salvador-BA, CEP 41822-900
ESPAÇO DO LEITOR
Democracia desrespeitada
Tornaram-se corriqueiros e por demais abu-
sivos os protestos em Salvador. Por qualquer
motivo, pessoas resolvem bloquear estradas e
ruas, não lhes importando se estão infrin-
gindo as leis estabelecidas no pais. Acham
que, por estarem vivendo em uma demo-
cracia,tudopodeserpraticadoparasatisfazer
interesses pessoais ou de grupos, não ligando
para os direitos alheios. Para quem vai tra-
balhar ou desempenhar qualquer atividade,
não é permitido tolher seus movimentos de
ir e vir, causando paralisações generalizadas,
nas escolas, repartições, comércio e outras;
disso resultando prejuízos enormes para a
nação. Nos paises mais civilizados, isso acon-
tece às vezes, porém logo é sanado, utilizando
veículos apropriados que dispersam a mul-
tidão com fortes jatos d'água. O que é bom
deve ser imitado, eis aí a sugestão para o caso
emfoco. FRANCISCOCELSO,FRANCISCOAUGUS-
TOBA@OI.COM.BR
Pichações
Logo após uma propriedade ser restaurada,
pública ou particular, ou mesmo monumen-
tos do acervo urbano, a nociva ação do van-
dalismo se faz presente, emporcalhando e
causando danos financeiros ou matérias ao
bem alheio, uma atitude abominável de gente
sem nível, inescrupulosa e de condenável alto
espírito de destruição. Custa-me crer ainda
nãohaveralgumaautoridadequesedisponha
a adotar providências coibitívas, quer sejam
no âmbito municipal, estadual ou federal. É
mister a urgência de se criar uma jurispru-
dência específica, de modo a ser punido esse
vandalismo desenfreado, deseducado acima
de tudo, danoso e altamente lesivo aos in-
defesos prejudicados. FERNANDO G. HABIB,
FERGAB.LOGUS@YAHOO.COM.BR
Areados
No sertão, diz-se que a caipora areia as pes-
soas, apalermando-as e fazendo perderem-
se no mato. Parece que a ditadura cubana
conta com poderosa caipora coadjuvada pelo
vudu para arear os asseclas latino-america-
nos. Fugindo às necessidades internas, o Bra-
sil lá construiu porto, reformou hotéis e im-
porta médicos pagando generoso ágio, ao ar-
repiodasleistrabalhistasedireitoshumanos,
que os comunistas tanto cobram dos outros.
Cubanos já estão aqui capitaneando passea-
tas, com faixas conclamando à revolução. Até
quando a emasculação nacional tolerará ta-
manha aberração? A Venezuela entrega-lhe
petróleo a preço simbólico; as importações de
carne e outros produtos do Brasil são feitas
com intermediação de Cuba, que cobra ele-
vado pedágio. Hugo Chávez cometeu suicídio
ao resolver tratar agressivo câncer na ilha dos
Castros. Só reza forte é capaz de estupidificar
esses governantes chinfrins a ponto de sub-
meterem seus povos aos caprichos da ideo-
logiaimprodutivadepaístirânico,sustentado
artificialmente e sem qualquer expressão no
concerto das nações. WALTER BARRETO DE
ALENCAR, WALTERALENCAR30@GMAIL.COM
O bicho está pegando!
Gilberto Carvalho, que anunciou em passado
recente, em tom de ameaça, que "o bicho" iria
pegar, está provando do próprio veneno. En-
quanto os esculachos eram dirigidos contra
militares que combateram a subversão, be-
leza. Depois começaram os rolezinhos – até a
presidente apoiou –, maravilha! Quando as
vaias chegaram forte aos ouvidos presiden-
ciais, trataram de confinar Dilma em am-
bientes fechados e controlados. Agora, dom
Gilberto provou do próprio veneno ao ser
apupado por sindicalistas amigos, em con-
claveaquecompareceu.Vê-se,felizmente,que
não está tudo dominado! RICARDO MELLO
SANTOS, PRAMAR681@HOTMAIL.COM
Retorno do IPTU
Não é a primeira vez que considero inopor-
tuno o alto investimento nas obras de ur-
banização nos considerados "bairros nobres".
A cidade, como um todo, deveria ser alvo de
melhorias onde se faz necessário em caráter
de urgência. Pagamos caro por um imposto
predial,territorialeurbano.Essevalordeveria
ser revertido em obras básicas nos bairros
mais precários. O que me surpreende é ver
avenidas já pavimentadas onde é retirada to-
da a pavimentação para ser executada uma
nova, assim como os passeios. Estive no Nor-
deste de Amaralina com o intuito de me va-
cinar contra a gripe num posto médico mu-
nicipal e me surpreendi com o descaso em
relação àquele bairro. A rua principal é um
amontoado de casas, passeios inexistentes,
totalmente carente de um planejamento. Ao
pagar um imposto alto, ficaria mais satisfeita
se visse o uso do recurso melhor aplicado e
atendendo à população mais necessitada.
CRISTINA VENTURA, SALVADOR - BA, TINA_VEN-
TURA2005@YAHOO.COM.BR
Qual o campeão?
Eu, que me preparava psicologicamente para
acompanhar, torcer e vibrar com uma de-
sejada vitória do Brasil no campeonato mun-
dialdefutebolde2014,fico,agora,nadolorosa
interrogação de saber qual será o campeão,
caso a seleção canarinho conquiste a taça, já
que, dos 23 convocados por Felipão, apenas
quatro jogam no Brasil: Chelsea? Paris
Saint-Germain? Barcelona? JOSÉ FERNANDO
MONTENEGRO FIGUEIREDO, SALVADOR - BA, JO-
TANANDO@GMAIL.COM
Carlos Alberto Di Franco
Diretor do Master em Jornalismo, professor
de Ética e doutor em Comunicação pela
Universidade de Navarra
difranco@iics.org.br
D
ocumento elaborado pelo presi-
dente do PT, Rui Falcão, sobre a
campanha eleitoral deste ano
classifica a imprensa como “mídia mo-
nopolizada, que funciona como verda-
deiro partido de oposição”. Segundo o
texto, “a disputa eleitoral” vem sendo
marcada “por um pesado ataque ao nos-
so projeto, ao governo e ao PT da parte
dos conservadores, de setores da elite e
da mídia monopolizada”. O ex-presiden-
te Lula, único maestro da orquestra ideo-
lógica petista, já tinha dado o tom ao
afirmar que a imprensa é o maior “par-
tido de oposição” do país. É a música de
sempre: eles e nós.
Choca, e muito, o autoritarismo e o
cinismo que transparecem nas declara-
ções que acabo de citar. A imprensa é
uma instituição ge-
nuinamente demo-
crática e não sintoni-
za, por óbvio, com
projetos hegemôni-
cos e autoritários de
poder. O próprio Lula
é o resultado direto
de uma sociedade li-
vre e democrática.
Sua saga pessoal, ex-
traordinária, passou
por uma imprensa
que abriu amplos es-
paços para um jovem
sindicalista que, en-
tão, transmitia uma
mensagem renova-
dora.
Luiz Inácio Lula da Silva, sobretudo no
seu primeiro mandato, teve méritos in-
discutíveis. Basta pensar nas políticas so-
ciais adotadas por seu governo. O Bol-
sa-Família, pilotado com competência e
seriedade pelo ex-ministro Patrus Ana-
nias, foi uma importante ferramenta de
inclusão.
A última fase do governo Lula, mar-
cada por constantes e crescentes episó-
dios de corrupção, cumplicidade com oli-
garquias nefastas e manifestações de
desprezo pelas liberdades públicas, fize-
ram com que a imprensa apenas cum-
prisse o seu dever: informar, apurar, de-
nunciar.
Mas, afinal, amigo leitor, o que a im-
prensa tem feito para provocar tanto
ódio ideológico, tanto rancor, tanta fúria?
A resposta é muito simples: tem infor-
mado. Reconheço que Dilma, não obs-
tante seu viés ideológico radical e seu
despreparo como governante, é diferen-
te. Honrou seu compromisso de não
agressão à liberdade de imprensa.
Irrita-se Lula porque a imprensa não se
cala diante do seu exibicionismo de con-
tradições e desfaçatez. Em recente en-
trevista à TV portuguesa, chegou ao pon-
to de interromper a entrevistadora que
queria saber o grau de suas relações com
José Dirceu, José Genoíno e Delúbio Soa-
res. “Não se trata de gente de minha
confiança”. Fantástico!
As denúncias da imprensa sobre os
desmandos na Petrobras, consistentes e
sólidas como uma rocha, não provocam
no ex-presidente a autocrítica que se es-
pera de um estadista. Ao contrário. Sua
ordem é “ir para cima” de quem repre-
sente um risco para o projeto de per-
petuação do PT no poder.
Incomoda-se Lula porque os jornais des-
nudam suas aparentes contradições que,
no fundo, são o resultado lógico da praxis
marxista: o fim justifica os meios. O com-
promisso com a verdade é absolutamente
desimportante. O que importa é o poder.
Em agosto de 2006, quando o escândalo do
mensalão estourou, Lula falava: “Quero di-
zer, com franqueza,
que me sinto traído.
Não tenho vergonha
de dizer ao povo bra-
sileiro que nós temos
que pedir desculpas”.
Agora, na alucinante
entrevista à TV portu-
guesa, Lula afirma ri-
goramente o contrá-
rio: “O mensalão teve
praticamente 80% de
decisão política e 20%
de decisão jurídica”. É
um ex-presidente da
República, responsá-
vel pela nomeação de
8 dos 11 integrantes do
Supremo Tribunal Federal, acusando a Cor-
te de cumplicidade na “maior armação já
feita contra o governo”.
Assiste-se, de fato, a um processo ar-
ticulado de socialização do continente de
matriz autoritária. E o ex-presidente da Re-
pública é um dos líderes, talvez o mais
expressivo, dessa progressiva estratégia de
estrangulamento das liberdades públicas.
Cabe à imprensa, num momento grave
da história da democracia, denunciar a ti-
rania que se tenta armar, mesmo quando
camuflada pela legitimidade das urnas. É
preciso denunciar as estratégias gramscia-
nas de tomada do poder. O papel da im-
prensa não é estar do lado do poder e,
muito menos, aplaudir unanimidades mo-
mentâneas. Nossa função é mostrar o que
é verdadeiro e relevante.
C.A. DI FRANCO ESCREVE 2ª-FEIRA, QUINZENALMENTE
A saga pessoal
[de Lula] passou por
uma imprensa que
abriu amplos espaços
para um jovem
sindicalista que,
então, transmitia
uma mensagem
renovadora
JAC desiste de empréstimo
As obras civis de construção da fábrica da JAC
Motorsserãoretomadasentreofinaldejunho
e o início de julho.
Os chineses, agora donos de 66% do ne-
gócio,comoantecipadonestacolunahápouco
mais de um mês, e o brasileiro Sérgio Habib,
que tem 34% do negócio, desistiram de tomar
financiamentos públicos. A decisão teria sido
tomada após algumas dificuldades no enqua-
dramento do projeto às regras brasileiras.
Por exemplo: para comprar o maquinário
que vai equipar a unidade de produção, a JAC
teria que comprar os produtos no Brasil e
gastar quase quatro vezes mais do que havia
planejado.
Agora, os chineses e Habib podem comprar
o maquinário na China e na Coreia com me-
lhores preços. A montadora confirmou a pre-
visão de inaugurar a fábrica em 2015.
MOTORES IMPORTADOS – A JAC já definiu
ostrêsmodelosqueserãofabricadosnoBrasil
– um sedan, um hatch convencional e uma
derivação aventura. Os veículos terão opções
de motores 1.0 de três cilindros, 1.4 flex ou 1.5
flex,inicialmentetodosimportadosdaChina.
Neste momento, a montadora descarta fa-
bricar motores no Brasil. A depender das con-
dições de mercado, um dos três poderá ser
fabricado no futuro. O projeto do caminhão
VUC também vai ficar para depois.
Alma de advogado
Na passagem recente por Salvador, para uma
palestra no XIV Congresso Brasileiro de Di-
reito do Estado, o ministro do Supremo Tri-
bunal Federal, Luís Roberto Barroso lembrou
de um episódio nos primeiros dias dele a
Brasília.
Resolveu aproveitar o dia de sol às margens
doLagoParanoá.Emdadomomento,pisousem
querer no isopor que tinha comprado espe-
cialmenteparaaocasião,recolheuoquesobrou
e levou de volta para casa. "Pisaram nele", con-
tou a ela que quis saber quem pisou.
Barrosoaproveitouahistóriaparadizerque
as mulheres tem "espírito de Ministério Pú-
blico", ou seja: são inquisidoras, vão atrás e
queremapurartudo.Ele,poroutrolado,disse,
tem alma de advogado.
Banda C
O deputado João Leão (PP), pré-candidato a
vice-governador na chapa encabeçada pelo
deputado Rui Costa (PT), anda dizendo que
vem recebendo apoios das chamadas bandas
A e B de partidos que já tiveram ligação com
o carlismo.
Ao saber da história, o presidente do DEM,
partido que substitui o antigo PFL, José Carlos
Aleluia, afirmou que Leão pode ficar com as
bandas que diz ter.
– Onde ele afirma ter a banda A e a B, nós
temos a C, que é maior do que as duas juntas.
Essa coisa de banda A e B funcionou para nós,
mas os tempos agora são outros - diz Ale-
luia.
Vistos mais fáceis
A presidente Dilma Rousseff sancionou na úl-
tima semana a lei que extingue a exigência de
vistos temporários para estrangeiros vindos de
países que exigem vistos de brasileiros.
O projeto de lei atendeu uma sugestão de
representantes do turismo para aumentar o
fluxo de visitantes no Brasil.
Bahia vai lançar São João no Chile
A Bahiatursa e a Secretaria de Turismo tem
grandes expectativas quanto à divulgação do
São João da Bahia no Chile.
No próximo dia 20, acontece a ação pro-
mocional, com um investimento de R$ 300
mil, com recursos da Embratur. A diretora
internacional da Bahiatursa, Rosana França,
diz que a ação vai ajudar a consolidar o voo da
Air Europa entre Salvador e Santiago.
. RepresentantesdaFederaçãoBrasileirade
Hospedagem e Alimentação (FBHA) se reú-
nem com o ministro Guido Mantega na ter-
ça-feira para discutir o impacto do aumento
de tributos que incidem sobre bebidas. O
receio é a perda de 30 mil vagas em bares,
lanchonetes e restaurantes na Copa. Só na
Bahia seriam 2,8 mil vagas perdidas, estima
a FBHA.
. ASefazaderiuaoWhatsapp.Onúmero(71)
9990-0071estáativoparareceberdenúncias
contra estabelecimentos que não emitirem
a nota ou cupom fiscal. Além de receber
sugestões e reclamações.
COLABOROU ROBERTO NUNES
Donaldson Gomes
Jornalista
dogomes@grupoatarde.com.br
TEMPO PRESENTE A democracia
de Lula
Editor
Jary Cardoso
A TARDE ERROU
A foto publicada ontem, na página 8 do Ca-
derno 2+, é da ex-panicat Babi Rossi e não da
modelo Andressa Urach www.atarde.uol.com.br/galerias
www.atarde.uol.com.br/galerias
DESTAQUES DO PORTAL A TARDE
Veja cenas da 4ª vitória
de Hamilton na Fórmula 1
Famosos homenageiam
as mães nas redes sociais
Luca Bruno/ AP Photo
Hamilton festeja vitória com champanhe

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jornal Inconfidência - Edição 235
Jornal Inconfidência - Edição 235Jornal Inconfidência - Edição 235
Jornal Inconfidência - Edição 235Lucio Borges
 
O artigo 3 da Constituio Federal de 1988, o PNEDH e os entraves histricos
O artigo 3 da Constituio Federal de 1988, o  PNEDH e os entraves histricosO artigo 3 da Constituio Federal de 1988, o  PNEDH e os entraves histricos
O artigo 3 da Constituio Federal de 1988, o PNEDH e os entraves histricosSérgio Henrique da Silva Pereira
 
Tese Reconquistar a UNE 49-CONUNE
Tese Reconquistar a UNE 49-CONUNETese Reconquistar a UNE 49-CONUNE
Tese Reconquistar a UNE 49-CONUNEGuilherme Ribeiro
 
Revista do Brasil
Revista do BrasilRevista do Brasil
Revista do BrasilPaulo Souza
 
Inconfidência nº 260 / 31 de janeiro
Inconfidência nº 260 / 31 de janeiroInconfidência nº 260 / 31 de janeiro
Inconfidência nº 260 / 31 de janeiroLucio Borges
 
Tempo Presente 20-01-2014
Tempo Presente 20-01-2014Tempo Presente 20-01-2014
Tempo Presente 20-01-2014Donaldson Gomes
 
Inconfidência nº 265
Inconfidência nº 265Inconfidência nº 265
Inconfidência nº 265Lucio Borges
 
Os legados da Copa no Brasil têm que chegar na política também…
Os legados da Copa no Brasil têm que chegar na política também…Os legados da Copa no Brasil têm que chegar na política também…
Os legados da Copa no Brasil têm que chegar na política também…UFPB
 
Ação do PSB contra Dilma por propaganda antecipada em pronunciamento da Copa
Ação do PSB contra Dilma por propaganda antecipada em pronunciamento da CopaAção do PSB contra Dilma por propaganda antecipada em pronunciamento da Copa
Ação do PSB contra Dilma por propaganda antecipada em pronunciamento da CopaPaulo Veras
 
Inconfidência nº 199‏
Inconfidência nº 199‏Inconfidência nº 199‏
Inconfidência nº 199‏Lucio Borges
 

Mais procurados (15)

Daqui set
Daqui setDaqui set
Daqui set
 
Jornal Inconfidência - Edição 235
Jornal Inconfidência - Edição 235Jornal Inconfidência - Edição 235
Jornal Inconfidência - Edição 235
 
O artigo 3 da Constituio Federal de 1988, o PNEDH e os entraves histricos
O artigo 3 da Constituio Federal de 1988, o  PNEDH e os entraves histricosO artigo 3 da Constituio Federal de 1988, o  PNEDH e os entraves histricos
O artigo 3 da Constituio Federal de 1988, o PNEDH e os entraves histricos
 
Tese Reconquistar a UNE 49-CONUNE
Tese Reconquistar a UNE 49-CONUNETese Reconquistar a UNE 49-CONUNE
Tese Reconquistar a UNE 49-CONUNE
 
Revista do Brasil
Revista do BrasilRevista do Brasil
Revista do Brasil
 
Reporter capixaba 84
Reporter capixaba 84Reporter capixaba 84
Reporter capixaba 84
 
Inconfidência nº 260 / 31 de janeiro
Inconfidência nº 260 / 31 de janeiroInconfidência nº 260 / 31 de janeiro
Inconfidência nº 260 / 31 de janeiro
 
172 caros amigos
172 caros amigos172 caros amigos
172 caros amigos
 
Tempo Presente 20-01-2014
Tempo Presente 20-01-2014Tempo Presente 20-01-2014
Tempo Presente 20-01-2014
 
Inconfidência nº 265
Inconfidência nº 265Inconfidência nº 265
Inconfidência nº 265
 
Folha Extra 1313
Folha Extra 1313Folha Extra 1313
Folha Extra 1313
 
Os legados da Copa no Brasil têm que chegar na política também…
Os legados da Copa no Brasil têm que chegar na política também…Os legados da Copa no Brasil têm que chegar na política também…
Os legados da Copa no Brasil têm que chegar na política também…
 
Ação do PSB contra Dilma por propaganda antecipada em pronunciamento da Copa
Ação do PSB contra Dilma por propaganda antecipada em pronunciamento da CopaAção do PSB contra Dilma por propaganda antecipada em pronunciamento da Copa
Ação do PSB contra Dilma por propaganda antecipada em pronunciamento da Copa
 
Pagina 2
Pagina   2Pagina   2
Pagina 2
 
Inconfidência nº 199‏
Inconfidência nº 199‏Inconfidência nº 199‏
Inconfidência nº 199‏
 

Destaque

Boletim hidrometeorológico região serrana 21.nov.2012
Boletim hidrometeorológico região serrana   21.nov.2012Boletim hidrometeorológico região serrana   21.nov.2012
Boletim hidrometeorológico região serrana 21.nov.2012Terê Total Teresópolis RJ
 
Velharia Digital.com
Velharia Digital.comVelharia Digital.com
Velharia Digital.comCido Coelho
 
Força tarefa “operação lava jato” denúncia
Força tarefa “operação lava jato”   denúnciaForça tarefa “operação lava jato”   denúncia
Força tarefa “operação lava jato” denúnciaPraxisJuridica
 
Bateria fraca
Bateria fracaBateria fraca
Bateria fracaVal67
 
Motivosderecusas inss
Motivosderecusas inssMotivosderecusas inss
Motivosderecusas insswelloso
 
Calcular imc versao final
Calcular imc versao finalCalcular imc versao final
Calcular imc versao finalJoaquim Augusto
 
Rentabilidade mensal fundos imobiliários setembro 2015
Rentabilidade mensal fundos imobiliários setembro 2015Rentabilidade mensal fundos imobiliários setembro 2015
Rentabilidade mensal fundos imobiliários setembro 2015claudiusinhos
 
Boletim hidrometeorológico região serrana 10.dez.2012
Boletim hidrometeorológico região serrana   10.dez.2012Boletim hidrometeorológico região serrana   10.dez.2012
Boletim hidrometeorológico região serrana 10.dez.2012Terê Total Teresópolis RJ
 
Necesidades de asesoria
Necesidades de asesoriaNecesidades de asesoria
Necesidades de asesoriasagitario1971
 
Primero a Focalizar
Primero a FocalizarPrimero a Focalizar
Primero a FocalizarPerú 2021
 
05/02 y 06/02/2015. Conferencias y Comunicaciones (IV Jornadas Iberoamericana...
05/02 y 06/02/2015. Conferencias y Comunicaciones (IV Jornadas Iberoamericana...05/02 y 06/02/2015. Conferencias y Comunicaciones (IV Jornadas Iberoamericana...
05/02 y 06/02/2015. Conferencias y Comunicaciones (IV Jornadas Iberoamericana...María Dolores Sánchez-Fernández, PhD.
 

Destaque (20)

Capa
CapaCapa
Capa
 
Boletim hidrometeorológico região serrana 21.nov.2012
Boletim hidrometeorológico região serrana   21.nov.2012Boletim hidrometeorológico região serrana   21.nov.2012
Boletim hidrometeorológico região serrana 21.nov.2012
 
Velharia Digital.com
Velharia Digital.comVelharia Digital.com
Velharia Digital.com
 
Situações matemáticas do cotidiano
Situações matemáticas do cotidianoSituações matemáticas do cotidiano
Situações matemáticas do cotidiano
 
Sepia (2)
Sepia (2)Sepia (2)
Sepia (2)
 
Dites de la verema
Dites de la veremaDites de la verema
Dites de la verema
 
Rj 2012 1127
Rj 2012 1127Rj 2012 1127
Rj 2012 1127
 
Força tarefa “operação lava jato” denúncia
Força tarefa “operação lava jato”   denúnciaForça tarefa “operação lava jato”   denúncia
Força tarefa “operação lava jato” denúncia
 
Bateria fraca
Bateria fracaBateria fraca
Bateria fraca
 
A CRIATIVIDADE MORREU...
A CRIATIVIDADE MORREU...A CRIATIVIDADE MORREU...
A CRIATIVIDADE MORREU...
 
Motivosderecusas inss
Motivosderecusas inssMotivosderecusas inss
Motivosderecusas inss
 
Flujo de caja
Flujo de cajaFlujo de caja
Flujo de caja
 
Calcular imc versao final
Calcular imc versao finalCalcular imc versao final
Calcular imc versao final
 
Investimentos imobiliários
Investimentos imobiliáriosInvestimentos imobiliários
Investimentos imobiliários
 
Avaliação bimestral 7º ano
Avaliação bimestral 7º anoAvaliação bimestral 7º ano
Avaliação bimestral 7º ano
 
Rentabilidade mensal fundos imobiliários setembro 2015
Rentabilidade mensal fundos imobiliários setembro 2015Rentabilidade mensal fundos imobiliários setembro 2015
Rentabilidade mensal fundos imobiliários setembro 2015
 
Boletim hidrometeorológico região serrana 10.dez.2012
Boletim hidrometeorológico região serrana   10.dez.2012Boletim hidrometeorológico região serrana   10.dez.2012
Boletim hidrometeorológico região serrana 10.dez.2012
 
Necesidades de asesoria
Necesidades de asesoriaNecesidades de asesoria
Necesidades de asesoria
 
Primero a Focalizar
Primero a FocalizarPrimero a Focalizar
Primero a Focalizar
 
05/02 y 06/02/2015. Conferencias y Comunicaciones (IV Jornadas Iberoamericana...
05/02 y 06/02/2015. Conferencias y Comunicaciones (IV Jornadas Iberoamericana...05/02 y 06/02/2015. Conferencias y Comunicaciones (IV Jornadas Iberoamericana...
05/02 y 06/02/2015. Conferencias y Comunicaciones (IV Jornadas Iberoamericana...
 

Semelhante a Tp 191970

Tempo Presente de 02-06-2014
Tempo Presente de  02-06-2014Tempo Presente de  02-06-2014
Tempo Presente de 02-06-2014Donaldson Gomes
 
A CRESCENTE MARÉ VERMELHA QUE AMEAÇA COBRIR O BRASIL‏
A CRESCENTE MARÉ VERMELHA QUE AMEAÇA COBRIR O BRASIL‏A CRESCENTE MARÉ VERMELHA QUE AMEAÇA COBRIR O BRASIL‏
A CRESCENTE MARÉ VERMELHA QUE AMEAÇA COBRIR O BRASIL‏Lucio Borges
 
Inconfidência n 259
Inconfidência n 259 Inconfidência n 259
Inconfidência n 259 Lucio Borges
 
Jornal Inconfidência nº 226 de 30 de abril/2016‏
Jornal Inconfidência nº 226 de 30 de abril/2016‏Jornal Inconfidência nº 226 de 30 de abril/2016‏
Jornal Inconfidência nº 226 de 30 de abril/2016‏Lucio Borges
 
Marcelo Valle Silveira Mello - Psycl0n - Psytoré
Marcelo Valle Silveira Mello - Psycl0n - PsytoréMarcelo Valle Silveira Mello - Psycl0n - Psytoré
Marcelo Valle Silveira Mello - Psycl0n - Psytorélolaaronovicheumesma
 
Marcelo Valle Silveira Mello no jornal - Notícia - Prêmio - Ciência e Engenharia
Marcelo Valle Silveira Mello no jornal - Notícia - Prêmio - Ciência e EngenhariaMarcelo Valle Silveira Mello no jornal - Notícia - Prêmio - Ciência e Engenharia
Marcelo Valle Silveira Mello no jornal - Notícia - Prêmio - Ciência e Engenharialolaaronovicheumesma
 
CARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUAS
CARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUASCARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUAS
CARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUASMarcos Hermano Ribeiro
 
Inconfidência 227‏
Inconfidência 227‏Inconfidência 227‏
Inconfidência 227‏Lucio Borges
 
Jornal CTB 2016 01-20-n6-ano9
Jornal CTB 2016 01-20-n6-ano9Jornal CTB 2016 01-20-n6-ano9
Jornal CTB 2016 01-20-n6-ano9Carlos Eduardo
 
Emprodutividade, a Bahia é primeira do Nordeste
Emprodutividade, a Bahia é primeira do NordesteEmprodutividade, a Bahia é primeira do Nordeste
Emprodutividade, a Bahia é primeira do NordesteRanieri Muricy Barreto
 
Inverno de fogo,o despertar do Brasil (revisão)
Inverno de fogo,o despertar do Brasil (revisão)Inverno de fogo,o despertar do Brasil (revisão)
Inverno de fogo,o despertar do Brasil (revisão)Francisco José Bezerra Sá
 
Jornal Inconfidência 270
Jornal Inconfidência 270Jornal Inconfidência 270
Jornal Inconfidência 270Lucio Borges
 
A serpente já furou a casca
A serpente já furou a cascaA serpente já furou a casca
A serpente já furou a cascaje1981
 
O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!
O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!
O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!Marcelo Auler
 
Oligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileirasOligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileirasJustino Amorim
 
Oligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileirasOligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileirasJustino Amorim
 

Semelhante a Tp 191970 (20)

Tempo Presente de 02-06-2014
Tempo Presente de  02-06-2014Tempo Presente de  02-06-2014
Tempo Presente de 02-06-2014
 
Reporter capixaba 82
Reporter capixaba 82Reporter capixaba 82
Reporter capixaba 82
 
Reporter capixaba 82
Reporter capixaba 82Reporter capixaba 82
Reporter capixaba 82
 
A CRESCENTE MARÉ VERMELHA QUE AMEAÇA COBRIR O BRASIL‏
A CRESCENTE MARÉ VERMELHA QUE AMEAÇA COBRIR O BRASIL‏A CRESCENTE MARÉ VERMELHA QUE AMEAÇA COBRIR O BRASIL‏
A CRESCENTE MARÉ VERMELHA QUE AMEAÇA COBRIR O BRASIL‏
 
Guaianas 115
Guaianas 115Guaianas 115
Guaianas 115
 
Inconfidência n 259
Inconfidência n 259 Inconfidência n 259
Inconfidência n 259
 
Jornal Inconfidência nº 226 de 30 de abril/2016‏
Jornal Inconfidência nº 226 de 30 de abril/2016‏Jornal Inconfidência nº 226 de 30 de abril/2016‏
Jornal Inconfidência nº 226 de 30 de abril/2016‏
 
Marcelo Valle Silveira Mello - Psycl0n - Psytoré
Marcelo Valle Silveira Mello - Psycl0n - PsytoréMarcelo Valle Silveira Mello - Psycl0n - Psytoré
Marcelo Valle Silveira Mello - Psycl0n - Psytoré
 
Marcelo Valle Silveira Mello no jornal - Notícia - Prêmio - Ciência e Engenharia
Marcelo Valle Silveira Mello no jornal - Notícia - Prêmio - Ciência e EngenhariaMarcelo Valle Silveira Mello no jornal - Notícia - Prêmio - Ciência e Engenharia
Marcelo Valle Silveira Mello no jornal - Notícia - Prêmio - Ciência e Engenharia
 
CARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUAS
CARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUASCARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUAS
CARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUAS
 
Inconfidência 227‏
Inconfidência 227‏Inconfidência 227‏
Inconfidência 227‏
 
Jornal CTB 2016 01-20-n6-ano9
Jornal CTB 2016 01-20-n6-ano9Jornal CTB 2016 01-20-n6-ano9
Jornal CTB 2016 01-20-n6-ano9
 
Emprodutividade, a Bahia é primeira do Nordeste
Emprodutividade, a Bahia é primeira do NordesteEmprodutividade, a Bahia é primeira do Nordeste
Emprodutividade, a Bahia é primeira do Nordeste
 
O lulismo
O lulismoO lulismo
O lulismo
 
Inverno de fogo,o despertar do Brasil (revisão)
Inverno de fogo,o despertar do Brasil (revisão)Inverno de fogo,o despertar do Brasil (revisão)
Inverno de fogo,o despertar do Brasil (revisão)
 
Jornal Inconfidência 270
Jornal Inconfidência 270Jornal Inconfidência 270
Jornal Inconfidência 270
 
A serpente já furou a casca
A serpente já furou a cascaA serpente já furou a casca
A serpente já furou a casca
 
O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!
O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!
O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!
 
Oligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileirasOligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileiras
 
Oligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileirasOligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileiras
 

Mais de Donaldson Gomes (20)

Te m 10-08-2014
Te m   10-08-2014Te m   10-08-2014
Te m 10-08-2014
 
Tp 11-08-2014
Tp   11-08-2014Tp   11-08-2014
Tp 11-08-2014
 
Te m 03-08-2014
Te m   03-08-2014Te m   03-08-2014
Te m 03-08-2014
 
Te m 27-07-2014
Te m   27-07-2014Te m   27-07-2014
Te m 27-07-2014
 
Te m 20-07-2014
Te m   20-07-2014Te m   20-07-2014
Te m 20-07-2014
 
Te m 13-07-2014
Te m   13-07-2014Te m   13-07-2014
Te m 13-07-2014
 
Te m 06-07-2014
Te m   06-07-2014Te m   06-07-2014
Te m 06-07-2014
 
Te m 29-06-2014
Te m   29-06-2014Te m   29-06-2014
Te m 29-06-2014
 
Te m 22-06-2014
Te m   22-06-2014Te m   22-06-2014
Te m 22-06-2014
 
Te m 15-06-2014
Te m   15-06-2014Te m   15-06-2014
Te m 15-06-2014
 
Te m 08-06-2014
Te m   08-06-2014Te m   08-06-2014
Te m 08-06-2014
 
Tendências e Mercado 01-06-2014
Tendências e Mercado  01-06-2014Tendências e Mercado  01-06-2014
Tendências e Mercado 01-06-2014
 
Te m 25-05-2014
Te m   25-05-2014Te m   25-05-2014
Te m 25-05-2014
 
Tempo Presente de 26-05-2014
Tempo Presente de  26-05-2014Tempo Presente de  26-05-2014
Tempo Presente de 26-05-2014
 
Tendências e Mercado de 25-05-2014
Tendências e Mercado de  25-05-2014Tendências e Mercado de  25-05-2014
Tendências e Mercado de 25-05-2014
 
Te m 18-05-2014
Te m   18-05-2014Te m   18-05-2014
Te m 18-05-2014
 
Tem 191847
Tem 191847Tem 191847
Tem 191847
 
eleição nas três maiores cidades da bahia
eleição nas três maiores cidades da bahiaeleição nas três maiores cidades da bahia
eleição nas três maiores cidades da bahia
 
tendências e mercado de 04-05-2014
tendências e mercado de 04-05-2014tendências e mercado de 04-05-2014
tendências e mercado de 04-05-2014
 
tempo presente 05-05-2014
tempo presente 05-05-2014tempo presente 05-05-2014
tempo presente 05-05-2014
 

Tp 191970

  • 1. OPINIÃO SALVADOR SEGUNDA-FEIRA 12/5/2014A2 opiniao@grupoatarde.com.br Os artigos assinados publicados nas páginas A2 e A3 não expressam necessariamente a opinião de A TARDE. Participe desta página: e-mail: opiniao@grupoatarde.com.br Cartas: Redação de A TARDE/Opinião - R. Professor Milton Cayres de Brito, 204, Caminho das Árvores, Salvador-BA, CEP 41822-900 ESPAÇO DO LEITOR Democracia desrespeitada Tornaram-se corriqueiros e por demais abu- sivos os protestos em Salvador. Por qualquer motivo, pessoas resolvem bloquear estradas e ruas, não lhes importando se estão infrin- gindo as leis estabelecidas no pais. Acham que, por estarem vivendo em uma demo- cracia,tudopodeserpraticadoparasatisfazer interesses pessoais ou de grupos, não ligando para os direitos alheios. Para quem vai tra- balhar ou desempenhar qualquer atividade, não é permitido tolher seus movimentos de ir e vir, causando paralisações generalizadas, nas escolas, repartições, comércio e outras; disso resultando prejuízos enormes para a nação. Nos paises mais civilizados, isso acon- tece às vezes, porém logo é sanado, utilizando veículos apropriados que dispersam a mul- tidão com fortes jatos d'água. O que é bom deve ser imitado, eis aí a sugestão para o caso emfoco. FRANCISCOCELSO,FRANCISCOAUGUS- TOBA@OI.COM.BR Pichações Logo após uma propriedade ser restaurada, pública ou particular, ou mesmo monumen- tos do acervo urbano, a nociva ação do van- dalismo se faz presente, emporcalhando e causando danos financeiros ou matérias ao bem alheio, uma atitude abominável de gente sem nível, inescrupulosa e de condenável alto espírito de destruição. Custa-me crer ainda nãohaveralgumaautoridadequesedisponha a adotar providências coibitívas, quer sejam no âmbito municipal, estadual ou federal. É mister a urgência de se criar uma jurispru- dência específica, de modo a ser punido esse vandalismo desenfreado, deseducado acima de tudo, danoso e altamente lesivo aos in- defesos prejudicados. FERNANDO G. HABIB, FERGAB.LOGUS@YAHOO.COM.BR Areados No sertão, diz-se que a caipora areia as pes- soas, apalermando-as e fazendo perderem- se no mato. Parece que a ditadura cubana conta com poderosa caipora coadjuvada pelo vudu para arear os asseclas latino-america- nos. Fugindo às necessidades internas, o Bra- sil lá construiu porto, reformou hotéis e im- porta médicos pagando generoso ágio, ao ar- repiodasleistrabalhistasedireitoshumanos, que os comunistas tanto cobram dos outros. Cubanos já estão aqui capitaneando passea- tas, com faixas conclamando à revolução. Até quando a emasculação nacional tolerará ta- manha aberração? A Venezuela entrega-lhe petróleo a preço simbólico; as importações de carne e outros produtos do Brasil são feitas com intermediação de Cuba, que cobra ele- vado pedágio. Hugo Chávez cometeu suicídio ao resolver tratar agressivo câncer na ilha dos Castros. Só reza forte é capaz de estupidificar esses governantes chinfrins a ponto de sub- meterem seus povos aos caprichos da ideo- logiaimprodutivadepaístirânico,sustentado artificialmente e sem qualquer expressão no concerto das nações. WALTER BARRETO DE ALENCAR, WALTERALENCAR30@GMAIL.COM O bicho está pegando! Gilberto Carvalho, que anunciou em passado recente, em tom de ameaça, que "o bicho" iria pegar, está provando do próprio veneno. En- quanto os esculachos eram dirigidos contra militares que combateram a subversão, be- leza. Depois começaram os rolezinhos – até a presidente apoiou –, maravilha! Quando as vaias chegaram forte aos ouvidos presiden- ciais, trataram de confinar Dilma em am- bientes fechados e controlados. Agora, dom Gilberto provou do próprio veneno ao ser apupado por sindicalistas amigos, em con- claveaquecompareceu.Vê-se,felizmente,que não está tudo dominado! RICARDO MELLO SANTOS, PRAMAR681@HOTMAIL.COM Retorno do IPTU Não é a primeira vez que considero inopor- tuno o alto investimento nas obras de ur- banização nos considerados "bairros nobres". A cidade, como um todo, deveria ser alvo de melhorias onde se faz necessário em caráter de urgência. Pagamos caro por um imposto predial,territorialeurbano.Essevalordeveria ser revertido em obras básicas nos bairros mais precários. O que me surpreende é ver avenidas já pavimentadas onde é retirada to- da a pavimentação para ser executada uma nova, assim como os passeios. Estive no Nor- deste de Amaralina com o intuito de me va- cinar contra a gripe num posto médico mu- nicipal e me surpreendi com o descaso em relação àquele bairro. A rua principal é um amontoado de casas, passeios inexistentes, totalmente carente de um planejamento. Ao pagar um imposto alto, ficaria mais satisfeita se visse o uso do recurso melhor aplicado e atendendo à população mais necessitada. CRISTINA VENTURA, SALVADOR - BA, TINA_VEN- TURA2005@YAHOO.COM.BR Qual o campeão? Eu, que me preparava psicologicamente para acompanhar, torcer e vibrar com uma de- sejada vitória do Brasil no campeonato mun- dialdefutebolde2014,fico,agora,nadolorosa interrogação de saber qual será o campeão, caso a seleção canarinho conquiste a taça, já que, dos 23 convocados por Felipão, apenas quatro jogam no Brasil: Chelsea? Paris Saint-Germain? Barcelona? JOSÉ FERNANDO MONTENEGRO FIGUEIREDO, SALVADOR - BA, JO- TANANDO@GMAIL.COM Carlos Alberto Di Franco Diretor do Master em Jornalismo, professor de Ética e doutor em Comunicação pela Universidade de Navarra difranco@iics.org.br D ocumento elaborado pelo presi- dente do PT, Rui Falcão, sobre a campanha eleitoral deste ano classifica a imprensa como “mídia mo- nopolizada, que funciona como verda- deiro partido de oposição”. Segundo o texto, “a disputa eleitoral” vem sendo marcada “por um pesado ataque ao nos- so projeto, ao governo e ao PT da parte dos conservadores, de setores da elite e da mídia monopolizada”. O ex-presiden- te Lula, único maestro da orquestra ideo- lógica petista, já tinha dado o tom ao afirmar que a imprensa é o maior “par- tido de oposição” do país. É a música de sempre: eles e nós. Choca, e muito, o autoritarismo e o cinismo que transparecem nas declara- ções que acabo de citar. A imprensa é uma instituição ge- nuinamente demo- crática e não sintoni- za, por óbvio, com projetos hegemôni- cos e autoritários de poder. O próprio Lula é o resultado direto de uma sociedade li- vre e democrática. Sua saga pessoal, ex- traordinária, passou por uma imprensa que abriu amplos es- paços para um jovem sindicalista que, en- tão, transmitia uma mensagem renova- dora. Luiz Inácio Lula da Silva, sobretudo no seu primeiro mandato, teve méritos in- discutíveis. Basta pensar nas políticas so- ciais adotadas por seu governo. O Bol- sa-Família, pilotado com competência e seriedade pelo ex-ministro Patrus Ana- nias, foi uma importante ferramenta de inclusão. A última fase do governo Lula, mar- cada por constantes e crescentes episó- dios de corrupção, cumplicidade com oli- garquias nefastas e manifestações de desprezo pelas liberdades públicas, fize- ram com que a imprensa apenas cum- prisse o seu dever: informar, apurar, de- nunciar. Mas, afinal, amigo leitor, o que a im- prensa tem feito para provocar tanto ódio ideológico, tanto rancor, tanta fúria? A resposta é muito simples: tem infor- mado. Reconheço que Dilma, não obs- tante seu viés ideológico radical e seu despreparo como governante, é diferen- te. Honrou seu compromisso de não agressão à liberdade de imprensa. Irrita-se Lula porque a imprensa não se cala diante do seu exibicionismo de con- tradições e desfaçatez. Em recente en- trevista à TV portuguesa, chegou ao pon- to de interromper a entrevistadora que queria saber o grau de suas relações com José Dirceu, José Genoíno e Delúbio Soa- res. “Não se trata de gente de minha confiança”. Fantástico! As denúncias da imprensa sobre os desmandos na Petrobras, consistentes e sólidas como uma rocha, não provocam no ex-presidente a autocrítica que se es- pera de um estadista. Ao contrário. Sua ordem é “ir para cima” de quem repre- sente um risco para o projeto de per- petuação do PT no poder. Incomoda-se Lula porque os jornais des- nudam suas aparentes contradições que, no fundo, são o resultado lógico da praxis marxista: o fim justifica os meios. O com- promisso com a verdade é absolutamente desimportante. O que importa é o poder. Em agosto de 2006, quando o escândalo do mensalão estourou, Lula falava: “Quero di- zer, com franqueza, que me sinto traído. Não tenho vergonha de dizer ao povo bra- sileiro que nós temos que pedir desculpas”. Agora, na alucinante entrevista à TV portu- guesa, Lula afirma ri- goramente o contrá- rio: “O mensalão teve praticamente 80% de decisão política e 20% de decisão jurídica”. É um ex-presidente da República, responsá- vel pela nomeação de 8 dos 11 integrantes do Supremo Tribunal Federal, acusando a Cor- te de cumplicidade na “maior armação já feita contra o governo”. Assiste-se, de fato, a um processo ar- ticulado de socialização do continente de matriz autoritária. E o ex-presidente da Re- pública é um dos líderes, talvez o mais expressivo, dessa progressiva estratégia de estrangulamento das liberdades públicas. Cabe à imprensa, num momento grave da história da democracia, denunciar a ti- rania que se tenta armar, mesmo quando camuflada pela legitimidade das urnas. É preciso denunciar as estratégias gramscia- nas de tomada do poder. O papel da im- prensa não é estar do lado do poder e, muito menos, aplaudir unanimidades mo- mentâneas. Nossa função é mostrar o que é verdadeiro e relevante. C.A. DI FRANCO ESCREVE 2ª-FEIRA, QUINZENALMENTE A saga pessoal [de Lula] passou por uma imprensa que abriu amplos espaços para um jovem sindicalista que, então, transmitia uma mensagem renovadora JAC desiste de empréstimo As obras civis de construção da fábrica da JAC Motorsserãoretomadasentreofinaldejunho e o início de julho. Os chineses, agora donos de 66% do ne- gócio,comoantecipadonestacolunahápouco mais de um mês, e o brasileiro Sérgio Habib, que tem 34% do negócio, desistiram de tomar financiamentos públicos. A decisão teria sido tomada após algumas dificuldades no enqua- dramento do projeto às regras brasileiras. Por exemplo: para comprar o maquinário que vai equipar a unidade de produção, a JAC teria que comprar os produtos no Brasil e gastar quase quatro vezes mais do que havia planejado. Agora, os chineses e Habib podem comprar o maquinário na China e na Coreia com me- lhores preços. A montadora confirmou a pre- visão de inaugurar a fábrica em 2015. MOTORES IMPORTADOS – A JAC já definiu ostrêsmodelosqueserãofabricadosnoBrasil – um sedan, um hatch convencional e uma derivação aventura. Os veículos terão opções de motores 1.0 de três cilindros, 1.4 flex ou 1.5 flex,inicialmentetodosimportadosdaChina. Neste momento, a montadora descarta fa- bricar motores no Brasil. A depender das con- dições de mercado, um dos três poderá ser fabricado no futuro. O projeto do caminhão VUC também vai ficar para depois. Alma de advogado Na passagem recente por Salvador, para uma palestra no XIV Congresso Brasileiro de Di- reito do Estado, o ministro do Supremo Tri- bunal Federal, Luís Roberto Barroso lembrou de um episódio nos primeiros dias dele a Brasília. Resolveu aproveitar o dia de sol às margens doLagoParanoá.Emdadomomento,pisousem querer no isopor que tinha comprado espe- cialmenteparaaocasião,recolheuoquesobrou e levou de volta para casa. "Pisaram nele", con- tou a ela que quis saber quem pisou. Barrosoaproveitouahistóriaparadizerque as mulheres tem "espírito de Ministério Pú- blico", ou seja: são inquisidoras, vão atrás e queremapurartudo.Ele,poroutrolado,disse, tem alma de advogado. Banda C O deputado João Leão (PP), pré-candidato a vice-governador na chapa encabeçada pelo deputado Rui Costa (PT), anda dizendo que vem recebendo apoios das chamadas bandas A e B de partidos que já tiveram ligação com o carlismo. Ao saber da história, o presidente do DEM, partido que substitui o antigo PFL, José Carlos Aleluia, afirmou que Leão pode ficar com as bandas que diz ter. – Onde ele afirma ter a banda A e a B, nós temos a C, que é maior do que as duas juntas. Essa coisa de banda A e B funcionou para nós, mas os tempos agora são outros - diz Ale- luia. Vistos mais fáceis A presidente Dilma Rousseff sancionou na úl- tima semana a lei que extingue a exigência de vistos temporários para estrangeiros vindos de países que exigem vistos de brasileiros. O projeto de lei atendeu uma sugestão de representantes do turismo para aumentar o fluxo de visitantes no Brasil. Bahia vai lançar São João no Chile A Bahiatursa e a Secretaria de Turismo tem grandes expectativas quanto à divulgação do São João da Bahia no Chile. No próximo dia 20, acontece a ação pro- mocional, com um investimento de R$ 300 mil, com recursos da Embratur. A diretora internacional da Bahiatursa, Rosana França, diz que a ação vai ajudar a consolidar o voo da Air Europa entre Salvador e Santiago. . RepresentantesdaFederaçãoBrasileirade Hospedagem e Alimentação (FBHA) se reú- nem com o ministro Guido Mantega na ter- ça-feira para discutir o impacto do aumento de tributos que incidem sobre bebidas. O receio é a perda de 30 mil vagas em bares, lanchonetes e restaurantes na Copa. Só na Bahia seriam 2,8 mil vagas perdidas, estima a FBHA. . ASefazaderiuaoWhatsapp.Onúmero(71) 9990-0071estáativoparareceberdenúncias contra estabelecimentos que não emitirem a nota ou cupom fiscal. Além de receber sugestões e reclamações. COLABOROU ROBERTO NUNES Donaldson Gomes Jornalista dogomes@grupoatarde.com.br TEMPO PRESENTE A democracia de Lula Editor Jary Cardoso A TARDE ERROU A foto publicada ontem, na página 8 do Ca- derno 2+, é da ex-panicat Babi Rossi e não da modelo Andressa Urach www.atarde.uol.com.br/galerias www.atarde.uol.com.br/galerias DESTAQUES DO PORTAL A TARDE Veja cenas da 4ª vitória de Hamilton na Fórmula 1 Famosos homenageiam as mães nas redes sociais Luca Bruno/ AP Photo Hamilton festeja vitória com champanhe