OS NOVOS CARDEAIS     1. Mons. Fernando Filoni,    Arcebispo titular de Volturno2.Mons. Manuel Monteiro de Castro,   Arceb...
9. Mons. Domenico Calcagno,  Arcebispo-bispo emérito de Savona-Noli (Itália)          10. Mons. Giuseppe Versaldi,     Arc...
17. Mons. Rainer Maria Woelki, Arcebispo de Berlin (República Federal da Alemanha)             18. Mons. John Tong Hon,  B...
TU ES PETRUS                                                    Mt 16, 18-19A schola:Tu es Petrus, et super hanc      Tu é...
ORAÇÃOO Santo Padre:Oremus.                          Oremos.Domine Deus, Pater gloriæ,       Senhor Deus, Pai da glória,fo...
EVANGELHO                         Mc 10, 32-45V. Dominus vobiscum.             V. O Senhor esteja convosco.R. Et cum spiri...
interficient eum, et post tres     entregarão aos pagãos. Vãodies resurget».                    zombar dEle, cuspir nEle,E...
dare, sed quibus paratum            batizado. Mas não dependeest».                               de Mim conceder o lugar à...
CRIAÇÃO DOS NOVOS CARDEAISFratres carissimi, munus        Caríssimos irmãos, temosgratum     idemque     grave    que proc...
et sollemniter enuntiamus         Portanto, com a autoridadeSancta Romana Ecclesia            de Deus Todo-poderoso, dosCa...
Credo in Deum Patrem               Creio em Deus Pai todo-omnipotentem, Creatorem            poderoso, Criador do céu e da...
fidelem Christo eiusque            fiel a Cristo e ao SeuEvangelio                 atque    Evangelho,         constante-o...
O NOVO ANEL PARA OS CARDEAISA haste é uma coluna estilizada, daquelas que adornam aBasílica de São Pedro, e suporta um sin...
IMPOSIÇÃO DO BARRETE VERMELHO, ENTREGA DO ANELCARDINALÍCIO E CONCESSÃO DO TÍTULO OU DA DIACONIAO Santo Padre:Ad laudem omn...
Accipe anulum de manu            Recebei o anel da mão dePetri et noveris dilectione      Pedro e sabei que com oPrincipis...
Os novos Cardeais trocam entre si o abraço da paz. E cada um vaipara a cadeira que lhe foi preparada.                  CON...
O Santo Padre:     A assembleia:Pater noster,qui es in caelis: sanctificetur nomen tuum;adveniat at regnum tuum; fiat volu...
POSTULAÇÃO PARA CAUSAS DE CANONIZAÇÃOO Cardeal Angelo Amato, S.D.B., Prefeito da Congregação para aCausa dos Santos, dirig...
Populus Dei non modo ob           O Povo de Deus não é sómartyrium vel prafulgentes        tomado de grande admiraçãoeorum...
AVALIAÇÃO DOS VOTOS RELATIVOS               ÀS CANONIZAÇÕES PROPOSTASO Santo Padre:Apud Congregationem de          Foi fel...
attentis prasertim nostrorum     declarastes que os mesmostemporum            adiunctis,   Beatos são exemplos de vidatamq...
Petri et Pauli ac Nostra,    Portanto, com a autoridadedecernimus ut Beati          de Deus todo-poderoso, dos            ...
Consistório ordinário público (livreto)
Consistório ordinário público (livreto)
Consistório ordinário público (livreto)
Consistório ordinário público (livreto)
Consistório ordinário público (livreto)
Consistório ordinário público (livreto)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Consistório ordinário público (livreto)

1.269 visualizações

Publicada em

Arquivo com a cerimônia do consistório para a criação de novos cardeais da Santa Igreja, 18 novembro 2012

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.269
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Consistório ordinário público (livreto)

  1. 1. OS NOVOS CARDEAIS 1. Mons. Fernando Filoni, Arcebispo titular de Volturno2.Mons. Manuel Monteiro de Castro, Arcebispo titular de Benevento 3. Mons. Santos Abril y Castelló, Arcebispo titular de Tamada 4. Mons. Antonio Maria Vegliò, Arcebispo titular de Eclano 5. Mons. Giuseppe Bertello, Arcebispo titular de Urbisaglia 6. Mons. Francesco Coccopalmerio, Arcebispo titular de Celiana 7. Mons. João Braz de Aviz,Arcebispo emérito de Brasília (Brasil) 8. Mons. Edwin Frederick O’Brien, Arcebispo emérito de Baltimore (Estados Unidos da América)
  2. 2. 9. Mons. Domenico Calcagno, Arcebispo-bispo emérito de Savona-Noli (Itália) 10. Mons. Giuseppe Versaldi, Arcebispo emérito de Alessandria (Itália) 11. Sua Beatitudine George Alencherry, Arcebispo-maior de Ernakulam-Angamaly dos Sírio-Malabares (Índia) 12. Mons. Thomas Christopher Collins, Arcebispo de Toronto (Canadá) 13. Mons. Dominik Duka, O.P., Arcebispo de Praha (República Checa) 14. Mons. Willem Jacobus Eijk, Arcebispo de Utrecht (Países Baixos) 15. Mons. Giuseppe Betori, Arcebispo de Firenze (Itália) 16. Mons. Timothy Michael Dolan,Arcebispo de New York (Estados Unidos da América)
  3. 3. 17. Mons. Rainer Maria Woelki, Arcebispo de Berlin (República Federal da Alemanha) 18. Mons. John Tong Hon, Bispo de Hong Kong (República Popular Chinesa) 19. Sua Beatitudine Lucian Mure an,Arcebispo-maior dr F g ra i Alba Iulia dos Romenos (România) 20. Mons. Julien Ries, Arcebispo titular de Belcastro 21. Mons. Prosper Grech, O.S.A., Arcebispo titular de San Leone 22. P. Karl Josef Becker, S.I.
  4. 4. TU ES PETRUS Mt 16, 18-19A schola:Tu es Petrus, et super hanc Tu és Pedro, e sobre estapetram ædificabo Ecclesiam pedra edificarei a minhameam, et portæ inferi non Igreja, e as portas do infernoprævalebunt adversus eam, não prevalecerão contra ela,et tibi dabo claves regni e eu te darei as chaves docælorum. Reino dos céus.O Sumo Pontífice faz uma breve oração diante da Confissão edirige-se para a cátedra. SAUDAÇÃOO Santo Padre:In nomine Patris, et Filii, et Em nome do Pai, e do Filho,Spiritus Sancti. e do Espírito Santo.R. Amen. R. Amém.V. Gratia vobis et pax a Deo V. Graça a vós e paz da partePatre nostro et Domino Iesu de Deus, nosso Pai, e doChristo. Senhor Jesus Cristo.R. Et cum spiritu tuo. R. E com teu espírito.
  5. 5. ORAÇÃOO Santo Padre:Oremus. Oremos.Domine Deus, Pater gloriæ, Senhor Deus, Pai da glória,fons honorum, qui licet fonte de todo bem, que comEcclesiam tuam toto orbe largueza dos dons não cessadiffusam largitate munerum de enriquecer a Tua Igrejaditare non desinis, sedem espalhada pelo mundo, etamen beati Apostoli tui ainda com maiorPetri tanto propensius benevolência olhais a sede dointueris, quanto sublimius beato apóstolo Pedro, e oesse voluisti: da mihi famulo quanto mais puderdes: com atuo providentiæ tuæ tua providência, concedei-dispositionibus exhibere me, teu servo, de apresentarcongruenter officium; certus conveniente-mente ote universis Ecclesiis mandato a mim confiado; nacollaturum quidquid illi certeza que dareis à Igrejapræstiteris, quam cuncta universal tudo aquilo querespiciunt. prometestes e à qual tudo éPer Dominum nostrum dirigido.Iesum Christum Filium Por nosso Senhor Jesustuum, qui tecum vivit et Cristo, Vosso Filho, queregnat in unitate Spiritus convosco vive e reina naSancti, Deus, per omnia unidade do Espírito Santo desæcula sæculorum. Deus, por todos os séculosR. Amen. dos séculos. R. Amém.
  6. 6. EVANGELHO Mc 10, 32-45V. Dominus vobiscum. V. O Senhor esteja convosco.R. Et cum spiritu tuo. R. E com teu espírito.+ Lectio Sancti Evangelii + Leitura do Santo Evangelhosecundum Marcum. segundo Marcos.R. Gloria tibi, Domine. R. Glória a vós, Senhor.In illo tempore: Naquele tempo,Erant discipuli in via Os discípulos estavam aascendentes in Hierosoly- caminho, subindo paramam, et præcedebat illos Jerusalém. Jesus ia na frente.Iesus, et stupebant; illi Os discípulos estavamautem sequentes timebant. espantados, e aqueles que iamEt assumens iterum atrás estavam com medo.Duodecim cœpit illis dicere, Jesus chamou de novo osquæ essent ei eventura: Doze à parte e começou a«Ecce ascendimus in dizer-lhes o que estava paraHierosolymam; et Filius acontecer com ele:hominis tradetur principibus “Eis que estamos subindosacerdotum et scribis, et para Jerusalém, e o Filho dodamnabunt eum morte et Homem vai ser entregue aostradent eum gentibus et sumos sacerdotes e aosilludent ei et conspuent eum doutores da lei, e eles Oet flagellabunt eum et condenarão à morte e O
  7. 7. interficient eum, et post tres entregarão aos pagãos. Vãodies resurget». zombar dEle, cuspir nEle,Et accedunt ad eum Iacobus vão torturá-Lo e matá-Lo. Eet Ioannes filii Zebedæi depois de três dias Eledicentes ei: ressuscitará”. Tiago e João,«Magister, volumus, ut filhos de Zebedeu, foram aquodcumque petierimus a te, Jesus e lhe disseram:facias nobis». “Mestre, queremos que façasAt ille dixit eis: «Quid por nós o que vamos pedir”.vultis, ut faciam vobis?». Ele perguntou: “Que quereisIlli autem dixerunt ei: «Da que Eu vos faça?”. Elesnobis, ut unus ad dexteram responderam: “Deixa-nostuam et alius ad sinistram sentar um à Tua direita esedeamus in gloria tua». outro à Tua esquerda, quando estiveres na TuaIesus autem ait eis: «Nescitis glória!”.quid petatis. Potestis biberecalicem, quem ego bibo, aut Jesus então lhes disse: “Vósbaptismum, quo ego não sabeis o que pedis. Porbaptizor, baptizari?». acaso podeis beber o cálice que Eu vou beber? Podeis serAt illi dixerunt ei: batizados com o batismo«Possumus». com que vou serIesus autem ait eis: batizado?”. Eles responde-«Calicem quidem, quem ego ram: “Podemos”. E ele lhesbibo, bibetis et baptismum, disse: “Vós bebereis o cálicequo ego baptizor, que Eu devo beber e sereisbaptizabimini; sedere autem batizados com o batismoad dexteram meam vel ad com que Eu devo sersinistram non est meum
  8. 8. dare, sed quibus paratum batizado. Mas não dependeest». de Mim conceder o lugar àEt audientes decem Minha direita ou à Minhacœperunt indignari de esquerda. É para aqueles aIacobo et Ioanne. Et vocans quem foi reservado”.eos Iesus ait illis: Quando os outros dez«Scitis quia hi, qui videntur discípulos ouviram isso,principari gentibus, indignaram-se com Tiago edominantur eis, et principes João. Jesus os chamou eeorum potestatem habent disse: “Vós sabeis que osipsorum. Non ita est autem chefes das nações asin vobis, sed quicumque oprimem e os grandes asvoluerit fieri maior inter vos, tiranizam. Mas, entre vós,erit vester minister; et, não deve ser assim: quemquicumque voluerit in vobis quiser ser grande seja vossoprimus esse, erit omnium servo; e quem quiser ser oservus; nam et Filius primeiro seja o escravo dehominis non venit, ut todos. Porque o Filho doministraretur ei, sed ut Homem não veio para serministraret et daret animam servido, mas para servir e darsuam redemptionem pro a Sua vida como resgate paramultis». muitos.”Verbum, Domini. Palavra do Senhor.R. Laus tibi, Christe. R. Glória a Vós, Senhor. ALOCUÇÃOSilêncio para a reflexão pessoal.
  9. 9. CRIAÇÃO DOS NOVOS CARDEAISFratres carissimi, munus Caríssimos irmãos, temosgratum idemque grave que proceder a um grave atosumus expleturi, quod cum de Nosso sagradoad Romanam Ecclesiam ministério. Ele diz respeitoimprimis pertineat totiusquoque Ecclesia corpus em primeiro lugar à Igrejaafficit: in Patrum de Roma, mas tambémCardinalium Collegium interessa a toda anonnullos Fratres comunidade eclesial:cooptabimus, qui artiore convidaremos a fazer partevinculo cum Petri Sede do Colégio dos Cardeaisdevinciantur, Romani Cleri alguns dos Nossos irmãos,membra fiant et in porque eles são unidos à Séapostólico servitio de Pedro com o maisNobiscum strictiuscooperentur. profundo vínculo, colaborando maisIpsi sacra purpura exornati, intensamente com o nossoin Urbe Roma et in dissitis serviço apostólico.regionibus intrepidi eruntChristi testes eiusqueEvangelii. Eles, honrados com a sagrada púrpura, deverão serItaque auctoritate intrépidas testemunhas deomnipotentis Dei, Cristo e do Seu Evangelhosanctorum ApostolorumPetri et Pauli ac Nostra hos na Cidade de Roma e nasVenerabiles Fratres creamus regiões mais distantes.
  10. 10. et sollemniter enuntiamus Portanto, com a autoridadeSancta Romana Ecclesia de Deus Todo-poderoso, dosCardinales... santos Apóstolos Pedro e Paulo e Nossa, criamos e proclamamos solenemente Cardeais da Santa Igreja Romana a estes nossos irmãos...O Santo Padre elenca os nomes dos novos Cardeais e anuncia aOrdem Presbiteral ou Diaconal à qual são atribuídos. PROFISSÃO DE FÉ E JURAMENTOO Santo Padre se dirige aos novos Cardeais:Fratres carissimi, Caríssimos irmãos,fidem vestram in Deum professem agora, diante dounum et trinum, et povo santo de Deus, a vossafidelitatem in sanctam fé no Deus uno e trino, e aEcclesiam catholicam atque vossa fidelidade à santaapostolicam, teste populosancto Dei, profitemini. Igreja católica e apostólica.Os novos Cardeais fazem a profissão de fé:
  11. 11. Credo in Deum Patrem Creio em Deus Pai todo-omnipotentem, Creatorem poderoso, Criador do céu e dacaeli et terra, et in Iesum terra, e em Jesus Cristo, SeuChristum, Filium eius único Filho, nosso Senhor,unicum, Dominum nostrum, que foi concebido pelo poderqui conceptus est de Spiritu do Espírito Santo, nasceu daSancto, natus ex MariaVirgine, passus sub Pontio Virgem Maria, padeceu sobPilato, crucifixus, mortuus et Pôncio Pilatos, foisepultus, descendit ad crucificado, morto einferos, tertia die resurrexit sepultado, desceu à mansãoa mortuis, ascendit ad caelos, dos mortos, ressuscitou aosedet ad dexteram Dei Patris terceiro dia, subiu aos céus,omnipotentis, inde venturus onde está sentado à direito deest iudicare vivos et Deus Pai todo-poderoso,mortuos. donde há de vir julgar osCredo in Spiritum Sanctum,sanctam Ecclesiam vivos e os mortos.catholicam, sanctorum Creio no Espírito Santo, nacommunionem, remissio- santa Igreja Católica, nanem peccatorum, carnis comunhão dos santos, naresurrectionem, vitam remissão dos pecados, naaternam. Amen. ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.Em seguida, juram fidelidade ao Santo Padre e aos seus sucessores:Ego N., Eu, N., Cardeal dasancta Romana Ecclesia Santa Igreja Romana N.,Cardinalis N., promitto et prometo e juro deiuro, me ab hac hora permanecer, agora e paradeinceps, quamdiu vixero, sempre por toda a vida, ser
  12. 12. fidelem Christo eiusque fiel a Cristo e ao SeuEvangelio atque Evangelho, constante-oboedientem beato Petro mente obediente à Santasanctaque Apostolica Igreja Apostólica Romana,Romana Ecclesia ac Summo ao Beato Pedro na pessoa doPontifici Benedicto XVI, Sumo Pontífice Bento XVIeiusque successoribus e dos seus sucessorescanonice legitimeque electis, canonicamente eleitos; deconstanter fore; commu- conservar sempre com anionem cum Ecclesia palavra e com as obras acatholica,sive verbis a me comunhão com a Igrejaprolatis, sive mea agendi Católica; de não manifestarratione, me semper a alguém tudo quanto meservaturum; nuntia vel será confiado para guardar esecreta omnia, qua mihi cuja revelação poderá causarconcredita sint, numquam in dano ou desonra à SantaEcclesia damnum vel Igreja; de desempenhar comdedecus esse evulgaturum; grande diligência emagna denique cum fidelidade as tarefas para asdiligentia et fidelitate onera quais serei chamado no meuexplere, quibus teneor erga serviço à Igreja, de acordoEcclesiam, in quam ad com as normas do Direito.meum servitium exercen- Então, me ajude Deus todo-dum, secundum iuris poderoso.prascripta, vocatus sum. Itame Deus omnipotensadiuvet.
  13. 13. O NOVO ANEL PARA OS CARDEAISA haste é uma coluna estilizada, daquelas que adornam aBasílica de São Pedro, e suporta um sinete em forma de umacruz contendo um azulejo em revelo.São representados na face os Santos Pedro e Paulo, tal comoas suas estátuas em frente à Basílica, para representar a fé e oanúncio missionário.Ao centro, entre dois santos, quase para iluminá-los, há umaestrela de oito pontos em clara referência mariana.No interior, sob a face, é colocado o brasão do Papa BentoXVI, também em relevo.
  14. 14. IMPOSIÇÃO DO BARRETE VERMELHO, ENTREGA DO ANELCARDINALÍCIO E CONCESSÃO DO TÍTULO OU DA DIACONIAO Santo Padre:Ad laudem omnipotentis Para o louvor de DeusDei et Apostolica Sedis todo-poderoso e a glória daornamentum, accipite Sé Apostólica, recebei obiretum rubrum, barrete vermelho comoCardinalatus dignitatis sinal da dignidade doinsigne, per quod Cardinalato, significandosignificatur usque ad que deveis estar pronto asanguinis effusionem pro agir com firmeza, até oincremento christiana fidei, derramamento do sangue,pace et quiete populi Dei, para o incremento da félibertate et diffusione Sancta cristã, para a paz e aRomana Ecclesia vos ipsos tranqüilidade do povo deintrepidos exhibere debere. Deus e para a liberdade e a difusão da Santa Igreja Romana.Todo Cardeal, na ordem de criação, se aproxima do Santo Padre eajoelha-se depois.O Santo Padre lhe impõe o solidéu e o barrete cardinalício.O Santo Padre, entregando o anel a cada Cardeal:
  15. 15. Accipe anulum de manu Recebei o anel da mão dePetri et noveris dilectione Pedro e sabei que com oPrincipis Apostolorum amor do Príncipe dosdilectionem tuam erga Apóstolos reforçai o vossoEcclesiam roborari. amor pela Igreja.O Santo Padre dá a cada Cardeal uma igreja de Roma como sinalde participação no cuidado pastoral do Papa na Cidade:Ad honorem Dei Para a honra de Deus todo-omnipotentis et sanctorum poderoso e dos SantosApostolorum Petri et Pauli, Apóstolos Pedro e Paulo, vostibi committimus Titulum confiamos o Título (ou a(vel Diaconiam) N.In nomine Patris, et Filii, et Diaconia) de N.Spiritus Sancti. Em nome do Pai, e do Filho eR. Amen. do Espírito Santo. R. Amém.O Santo Padre entrega a Bula de criação cardinalícia e do Títuloou da Diaconia e troca com o neo-Cardeal o abraço da paz:Pax Domini sit semper tecum.O Cardeal responde:Amen.
  16. 16. Os novos Cardeais trocam entre si o abraço da paz. E cada um vaipara a cadeira que lhe foi preparada. CONSTITUES EOS PRINCIPES Cf. Sl 44, 17-18A schola:Constitues eos principes Vós os estabelecereissuper omnem terram. príncipes sobre toda a terra.Memores erunt nominis tui, Celebrarei Vosso nomeDomine, in omni através das gerações,generatione et progenie. Senhor, e os povos Vos louvarão eternamente. ORAÇÃO DOMINICALO Santo Padre:Oremus, fratres carissimi, ut Oremos, caríssimos irmãos,super hos famulos suos para que a misericórdia debenignitas Dei omnipotentis Deus todo-poderosogratia sua dona multiplicet. multiplique os dons da Sua graça sobre estes Seus servos.O cantor:Kyrie, eleison.A assembleia:Christe eleison. Kyrie, eleison.
  17. 17. O Santo Padre: A assembleia:Pater noster,qui es in caelis: sanctificetur nomen tuum;adveniat at regnum tuum; fiat voluntas tua,sicut in caelo, et in terra.Panem nostrum cotidianum da nobis hodie;et dimitte nobis debita nostra,sicut et nos dimittimus nostris;et ne nos inducas in tentationem;sed libera nos a malo.O Santo Padre:Deus, cujo caminho universal é sempre a misericórdia e averdade, sustentai os dons da vossa obra; e concedeimisericordiosamente o que não é possível à fragilidadehumana, ou seja, que estes Vossos servos, constantementeconstruindo Vossa Igreja, possam brilhar com a integridadeda fé e a pureza do espírito.
  18. 18. POSTULAÇÃO PARA CAUSAS DE CANONIZAÇÃOO Cardeal Angelo Amato, S.D.B., Prefeito da Congregação para aCausa dos Santos, dirige-se ao Santo Padre e diz:Beatissime Pater, Beatíssimo Pai,postulat Sancta Mater a Santa Mãe Igreja pede que,Ecclesia per Sanctitatem através de Vossa Santidade,Vestram catalogo possam ser gravados noSanctorum adscribi et catálogo dos Santos, e quetamquam Sanctos ab como tal possam seromnibus christifidelibus chamados por todos os fiéis,pronuntiari Beatos: os seguintes Beatos:Iacobum Berthieu, Jacques Berthieu,Petrum Calungsod, Pedro Calungsod,Ioannem Baptistam Giovanni Maria Piamarta, Piamarta, Maria de Monte CarmeloMariam a Monte Carmelo Sallés y Barangueras, Salles y Barangueras,Mariam Annam Cope, Mariane Cope,Catharinam Tekakwitha Kateri Tekakwithaet Annam Schaffer. e Anna Schäffer. Os sete Beatos viveram nasQui septem Beati in condições de seu tempo,temporum rerumqueadiunctis vixerunt miram testemunhando aEvangelii confitentes extraordinária fecundidade e afecunditatem ac novitatem novidade perene doperennem. Evangelho.
  19. 19. Populus Dei non modo ob O Povo de Deus não é sómartyrium vel prafulgentes tomado de grande admiraçãoeorum virtutes summa pela causa de seus martíriosadmiratione afficitur, sed ou as suas virtudes quetamquam superni auxilii brilham, mas os invocam emgratiarumque et prodigiorumcalestium intercessores Cristo a Deus comochristipotentes apud Deum poderosos intercessores dainvocat. Nuperrime ajuda divina e das graças eSanctitas Vestra mandavit, maravilhas celestes.ut Congregatio de Causis Recentemente VossaSanctorum decreta super Santidade dispôs que amiro, a normis vigentibus Congregação para a Causa dosquasita, ad Beatorum Santos promulgasse oscanonizationem expedien- decretos relativos aosdam promulgaret. milagres, necessários pelaTe ergo, Beatissime Pater, legislação vigente, paraenixe rogo, ut ad Dei proceder à canonização dosgloriam totiusque Beatos.Ecclesia bonum, apostolica Portanto, Beatíssimo Pai,auctoritate calestes honorespradictis peço-Vos insistentemente,Beatis decernas et, si Tibi para a glória de Deus e para oplacuerit, dies statuas, bem de toda a Igreja, conceda-quibus illi Sanctorum lhes por Vossa autoridadecatalogo sollemniter apostólica a honra daadscribantur. santidade, se Vos parecer oportuno, para que sejam determinadas as datas nas quais serão solenemente inscritos entre os Santos.
  20. 20. AVALIAÇÃO DOS VOTOS RELATIVOS ÀS CANONIZAÇÕES PROPOSTASO Santo Padre:Apud Congregationem de Foi felizmente realizado naCausis Sanctorum, ut ab Congregação para a CausaEminentissimo Domino dos Santos, como bemAngelo Sancta Romana ouvimos do EminentíssimoEcclesia, Cardinale Amato, Senhor Angelo, da Santaeiusdem CongregationisPrafecto, accepimus, omnia Romana Igreja Cardealqua opus sunt, ut Beati Amato, Prefeito da mesma Congregação, tudo o que éIacobus Berthieu, necessário para os Beatos:Petrus Calungsod,Ioannes Baptista Piamarta, Jacques Berthieu,Maria a Monte Carmelo Pedro Calungsod, Salles y Barangueras, Giovanni Battista Piamarta,Maria Anna Cope, María del Monte CarmeloCatharina Tekakwitha Sallés y Barangueras,et Anna Schaffer Marianne Cope,in Sanctorum numero Kateri Tekakwithacenseantur, feliciter sunt e Anna Schäfferexpleta. sejam considerados no número dos Santos.Sed et vos, VenerabilesFratres, antequam hoc Mas vós, Veneráveis Irmãos,Consistorium celebraretur antes de ser celebrado esteiam per litteras mentem Consistório, já haviamvestram singuli aperuistis et manifestado individualmentedeclarastis ipsos Beatos, o vosso pensamento e
  21. 21. attentis prasertim nostrorum declarastes que os mesmostemporum adiunctis, Beatos são exemplos de vidatamquam vita christiana et cristã e de santidade a seremsanctitatis exemplaria propostos a toda a Igreja,universa Ecclesia esseproponendos. considerando a situação de nosso tempo. DECISÃO DO SUMO PONTÍFICE ANUNCIANDO O DIA DA CANONIZAÇÃOO Santo Padre:Gaudeo et lator, Venerabiles Alegro-me e regozijo-me,Fratres, quod existimastis Veneráveis Irmãos, porquetotius Ecclesia venerationi Vós considerastes que osBeatos BeatosIacobum Berthieu, Jacques Berthieu,Petrum Calungsod, Pedro Calungsod,Ioannem Baptista Piamarta, Giovanni Battista Piamarta,Mariam a Monte Carmelo María del Monte Carmelo Salles y Barangueras, Sallés y Barangueras,Mariam Annam Cope, Marianne Cope,Catharinam Tekakwitha Kateri Tekakwithaet Annam Schaffer e Anna Schäfferesse proponendos. devem ser propostos à veneração de toda a Igreja.Itaque, auctoritate DeiOmnipotentis, Apostolorum
  22. 22. Petri et Pauli ac Nostra, Portanto, com a autoridadedecernimus ut Beati de Deus todo-poderoso, dos apóstolos Pedro e Paulo eIacobus Berthieu, Nossa, decretamos que osPetrus Calungsod,Ioannes Baptista Piamarta, BeatosMaria a Monte Carmelo Jacques Berthieu, Salles y Barangueras, Pedro Calungsod,Maria Anna Cope, Giovanni Battista Piamarta,Catharina Tekakwitha María del Monte Carmeloet Anna Schaffer Sallés y Barangueras,die ... mensis ... anno Marianne Cope,bismillesimo duodécimo in Kateri TekakwithaSanctorum album e Anna Schäfferreferantur. no dia ... do mês de ... do ano de dois mil e dois, sejam inscritos no álbum dos Santos.

×