Verdade e validade parte2

208 visualizações

Publicada em

Lógica

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
208
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Verdade e validade parte2

  1. 1. Relacionando os dois conceitos Parte 2
  2. 2. A noção de validade relevante para a Lógica que iremos estudar é a noção de validade formal.
  3. 3. O que é a noção de validade? Por validade (que apenas se aplica a argumentos ou raciocínios e não a proposições ou juízos) querer-se-á dar conta de uma certa relação que as premissas e a conclusão de um argumento têm.
  4. 4. Um argumento é válido quando a conclusão do argumento se segue das premissas do argumento. Por se segue querer-se-á dizer, quando de premissas verdadeiras a conclusão obtida não pode ser falsa.
  5. 5.  Por exemplo:  Premissa 1 ‘As províncias angolanas ficam em África’.  Premissa 2‘Benguela é uma província angolana’.  Conclusão ‘Benguela fica em África’.  O argumento é válido, não porque as premissas são verdadeiras e a conclusão, mas porque se a conclusão for falsa, pelo menos uma das premissas também o será.
  6. 6. Ou seja, se Benguela não fica em África, então ou as províncias angolanas não ficam em África ou Benguela não é uma pronvíncia africana. Caso as províncias angolanas fiquem em África e caso Benguela seja uma província africana; então NECESSARIAMENTE Benguela fica em África.
  7. 7.  Outro exemplo:  Premissa ‘Luanda é a capital de Angola ou é a maior cidade de Angola’  Conclusão ‘Luanda é a capital de Angola’.  Apesar de a premissa e a conclusão do argumento serem verdadeiras, o argumento é inválido.  Porque: Luanda pode ser a maior cidade de Angola e, portanto, a premissa ser verdadeira, e ainda assim, Luanda não ser a capital de Angola.
  8. 8.  Resumindo:  Para testarmos a validade de um argumento temos de fazer um exercício hipotético e responder à seguinte questão: se a conclusão do argumento for falsas as premissas podem ser todas (simultaneamente) verdadeiras?  Resposta afirmativa: argumento inválido.  Resposta negativa: argumento válido.

×