Content Marketing - 4h

796 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
796
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
223
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Content Marketing - 4h

  1. 1. Lucas Amadeu é formado em Jornalismo, com pós-graduação em Marketing pelo Mackenzie e cursandoMBA em Gestão Empresarial pela FIA.Sete anos de experiência em Marketing eComunicação Online. Especializado no planejamentoe gerenciamento de projetos de campanhas online emídias sociais.Participação no programa Produtor de reportagem e redatorBBC Experience e estágio de telejornais, repórter e editor deno SixO’Clock News. conteúdo de Internet.Responsável pela equipe de Responsável por projetosMídia e criação de digitais da empresa nacampanhas especiais. Europa e Oceania.Campanha de reposicionamento Responsável pelas áreas deda marca em ambientes digitais Mídia Online e Mídias Sociaisno Brasil. da Multiplus Fidelidade.
  2. 2. Apresentar os principais conceitossobre Content Marketing e usar oestudo de casos para demonstrar aspossibilidades dessa importanteferramenta de Marketing.O curso tem como principal objetivoformar profissionais aptos a atuarna gestão e criação de plataformasde conteúdo, que agreguem valorpara o negócio.
  3. 3. Lucas Amadeu
  4. 4. Brasileiro gastaem média 48hpor mês nainternetFonte: Ibope/Nielsen Online Lucas Amadeu
  5. 5. 1 a cada 5internautas afirmaacessar a internetpara buscarconteúdo.Fonte: ComScore
  6. 6. 58% - Entretenimento40% - Estudo e Pesquisa25% - Trabalho18% - Pesquisas em GeralFonte: Ibope Inteligência Jun/2012 Lucas Amadeu
  7. 7. Parafernalha é ocanal brasileiro noYouTube com o maiornúmeros de inscritos.Fonte: YouTube/Fev-2012 Lucas Amadeu
  8. 8. O marketing de conteúdo consiste em entregar uma experiência única ao usuário que tem como objetivo informá-lo ou entretê-lo. Há dois tipos básicos de marketing de conteúdo: Conteúdo proprietário Conteúdo espontâneo ou colaborativoLucas Amadeu
  9. 9. Objetivos mais comuns: • Aumentar awareness; • Divulgar produtos/serviços; • Criar engajamento.Lucas Amadeu
  10. 10. Lucas Amadeu
  11. 11. É preciso,primeiro,entender quemestá falando.Lucas Amadeu
  12. 12. É preciso,primeiro,entender quemestá falando.Lucas Amadeu
  13. 13. E ter claramentedefinida aPersonificação daMarca.Lucas Amadeu
  14. 14. • Uma série de características humanas atribuídas às marcas, tais como: sexo, idade, perfil social, personalidade.• É preciso informar o conteúdo necessário, embalado da maneira correta, nos canais adequados, para que o mercado perceba a marca da maneira desejada.• Todos os pontos de contato com a marca devem estar alinhados a esse posicionamento: comerciais de TV, anúncios em revistas, rádio, site, redes sociais, ambientação de PDV, call center, embalagens, etc. Lucas Amadeu
  15. 15. Exemplos de Personificação de MarcasLucas Amadeu
  16. 16. Exemplos de Personificação de MarcasLucas Amadeu
  17. 17. Exemplos de Personificação de MarcasLucas Amadeu
  18. 18. Exemplos de Personificação de MarcasLucas Amadeu
  19. 19. CASE VIVO MARCAÉ preciso, primeiro, entender quem está falando. S: melhor cobertura e sinal; W: percebida como cara e arrogante; O: consolidar liderança de mercado; T: forte comunicação da Oi.Lucas Amadeu
  20. 20. CASE VIVO MARCAÉ preciso, primeiro, entender quem está falando. Comunicação gerava percepção de marca indesejada.
  21. 21. CASE VIVO MARCAÉ preciso, primeiro, entender quem está falando. Comunicação gerava percepção de marca indesejada.
  22. 22. CASE VIVO MARCAÉ preciso, primeiro, entender quem está falando. • Executivo; • 40 a 50 anos; • Bem-sucedido; • Arrogante.Lucas Amadeu
  23. 23. CASE VIVO MARCAÉ preciso, primeiro, entender quem está falando. Mudança na linguagem de marca.
  24. 24. CASE VIVO MARCAÉ preciso, primeiro, entender quem está falando. Mudança na linguagem de marca.
  25. 25. CASE VIVO MARCAÉ preciso, primeiro, entender quem está falando. Objetivo: • Mulher; • 25 a 30 anos; • Antenada e Descolada.Lucas Amadeu
  26. 26. CASE VIVO MARCAO novo posicionamento de marca foi replicado em todos os canaisde relacionamento e pontos de contato com a empresa. Lucas Amadeu
  27. 27. CASE VIVO MARCA E, se a empresa queria ser percebida como “antenada”, era preciso liderar o movimento de presença nas redes sociais.A Vivo foi uma das primeiras grandesempresas do Brasil a aderir aoTwitter, lançando o perfil@vivoemrede, com novidades sobrea marca, concursos e atendimentoem tempo real. Lucas Amadeu
  28. 28. CASE VIVO MARCA E, se a empresa queria ser percebida como “antenada”, era preciso liderar o movimento de presença nas redes sociais.A empresa lançou também oVivo Blog, que trazianovidades sobre a marca enotícias sobre tecnologia einternet em geral. Lucas Amadeu
  29. 29. CASE VIVO MARCA E, se a empresa queria ser percebida como “antenada”, era preciso liderar o movimento de presença nas redes sociais.E também um canal noYouTube, com tutoriais sobreos serviços, bastidores dasgravações de comerciais ediversos webshows. Lucas Amadeu
  30. 30. CASE VIVO MARCA E, se a empresa queria ser percebida como “antenada”, era preciso liderar o movimento de presença nas redes sociais.E usando esseobjetivoinstitucional paragerar conteúdo.Lucas Amadeu
  31. 31. CASE VIVO MARCA E, se a empresa queria ser percebida como “antenada”, era preciso liderar o movimento de presença nas redes sociais. Passou a promover encontros e fóruns de discussão sobre o tema.Lucas Amadeu
  32. 32. CASE VIVO MARCA E, se a empresa queria ser percebida como “antenada”, era preciso liderar o movimento de presença nas redes sociais.E patrocinar o maior eventode cultura digital do país,gerando conteúdo: vídeosde cobertura, transmissão aovivo e promovendo interaçãovia hotsite. Lucas Amadeu
  33. 33. CASE VIVO MARCA E, se a empresa queria ser percebida como “antenada”, era preciso liderar o movimento de presença nas redes sociais. Após 1 ano, a Vivo estava consolidada como uma das marcas mais atuantes em redes sociais, aumentou os índices de brand awareness, brand recall e recomendação de marca.Lucas Amadeu
  34. 34. Depois, é precisoentender paraquem se estáfalando.Lucas Amadeu
  35. 35. É preciso responder algumas perguntas: • Qual a faixa etária? • Quais o sexo? • Qual a classe social? • Quais são as aspirações? • Qual os interesses? • Qual a relação com a marca?Lucas Amadeu
  36. 36. Identifique os 5 principaisassuntos relacionados àmarca e faça testes paramedir o engajamento dopúblico com cada um deles.Exemplos:Produtos, novidades do mercado, dicas sobretemas relacionados, tutoriais, testemunhos. Lucas Amadeu
  37. 37. Em geral, recomenda-se seguir asseguintes proporções de conteúdossobre produtos/empresa/marca:• 40-50% - Para marcas em construção/reposicionamento;• 20-30% - Para marcas consolidadas.Lucas Amadeu
  38. 38. CASEPANASONIC MARCA Características da marca: • Líder em inovação tecnológica; • Produtos com apelo eco; • Fábricas sustentáveis; • Ampla gama de produtos.Lucas Amadeu
  39. 39. CASEPANASONIC MARCA Percepção de mercado: • Credibilidade; • Sábia; • Ultrapassada.Lucas Amadeu
  40. 40. CASE PANASONIC MARCAStrengths: Weaknesses:• Líder em inovação Tecnológica; • Percepção de ultrapassada;• Produtos com tecnologia Eco; • Baixos índices de brand recall e• Alta durabilidade de produtos; brand awareness.• Fábricas sustentáveis.Opportunities: Threats:• Ganhar mercado por meio de um • Crescimento das coreanas; call to action forte; • Aumento dos investimentos da• Patrocínio mundial das Olimpíadas Sony. há mais de 20 anos.
  41. 41. CASEPANASONIC MARCA Era preciso gerar uma mudança na percepção de marca.Lucas Amadeu
  42. 42. CASEPANASONIC MARCA Passou a gerar conteúdos sobre: • Inovação tecnológica (40%); • Sustentabilidade (10%); • Demonstração de produtos (40%); • Testemunho de clientes (10%).Lucas Amadeu
  43. 43. CASEPANASONIC MARCA A mensagem escolhida convidou o mercado a [re]pensar suas escolhas.Lucas Amadeu
  44. 44. CASEPANASONIC MARCA Todos os canais digitais incorporaram essa nova comunicação.
  45. 45. CASEPANASONIC MARCA Todos os canais digitais incorporaram essa nova comunicação.
  46. 46. CASEPANASONIC MARCA Todos os canais digitais incorporaram essa nova comunicação.
  47. 47. CASEPANASONIC MARCA Todos os canais digitais incorporaram essa nova comunicação.
  48. 48. CASEPANASONIC MARCA Todos os canais digitais incorporaram essa nova comunicação.
  49. 49. CASEPANASONIC MARCA Todos os canais digitais incorporaram essa nova comunicação.
  50. 50. CASEPANASONIC MARCA Todos os canais digitais incorporaram essa nova comunicação.
  51. 51. CASEPANASONIC MARCA Todos os canais digitais incorporaram essa nova comunicação.
  52. 52. CASEPANASONIC MARCA Todos os canais digitais incorporaram essa nova comunicação. Resultados: Mais de 200.000 likes e 45.000 compartilhamentos somados nas ações de campanha de lançamento e a Panasonic chegou a ser a maior fanpage do segmento de eletrônicos no Facebook.
  53. 53. • Canal que o público • Agrega várias já acessa. plataformas; • Canal de Fanpage noBlog Corporativo • Menor visibilidade; reclamações; • Ativação via site, Facebook • Ativação via ads, SEO e SEM. sponsored stories e outros. • Menor visibilidade • Textos curtos; espontânea; • Utilização em queda;Perfil no Twitter Canal no YouTube • Gera mais • Poucas opções de engajamento; ativação. • Ativação cara.
  54. 54. Canal customizado em Ações de seeding com blogueiros:portais: • Consistem na contratação na• Conteúdo elaborado divulgação de publieditoriais por pelo portal sobre um blogueiros/twiteiros influentes em tema determinado um determinado segmento de pelo anunciante. interesse da empresa. Deve se tomar• Necessário cuidado para não parecer artificial. investimento médio de R$ 300.000,00 por um período de três meses,
  55. 55. Social OS SETE PRINCÍPIOS Inédito Multiplataforma Interativo Relevante QualidadeAlinhado ao propósito de marca
  56. 56. Conversa informalOs conteúdos em ambientesdigitais são conversas entre pessoase não de empresas para um perfilde mercado. Pense num bate-papoentre amigos, uma conversainformal, olho no olho. Uselinguagem natural, humana.
  57. 57. Simples e diretoAs relações em meios digitais sãosimples e diretas. Não use termostécnicos, palavras complicadas, oufrases desnecessárias para enfeitaro texto. Ir direto ao ponto é umademonstração de educação econsideração com seu público. Evitaperda de tempo e cria uma relaçãode confiança e empatia.
  58. 58. EntusiasmoMuitos usuários veem os canais derelacionamento digitais comopontos de descontração. Por isso,sempre que possível, seusconteúdos devem ser carregadosde entusiasmo, capaz de abrirportas e estimular relações. Evite ouso de termos negativos comoproblema, dificuldade, erro.
  59. 59. TransparênciaNos ambientes digitais, os consumidoressabem mais do que as empresas sobre ospróprios produtos e têm o poder deinfluenciar as outras, recomendando oudenegrindo marcas. Em um ambiente tão ricoem opiniões, relações que não sejamtransparentes se tornam insustentáveis. Crieuma conexão de confiança. Se um assunto éimportante, por mais delicado que seja, deveser abordado. Esta é uma demonstração derespeito pelo seu público e pela própriaempresa.
  60. 60. Torne-se referênciaDentre as possibilidades deterritórios que sua empresaocupa, identifique um deles parase apropriar, gerando conteúdorelevante. Com um trabalho bem-feito, sua empresa poderá setornar referência nesta área.
  61. 61. CASENIKEMARCA Objetivo Consolidar a Nike como referência em material esportivo para prática de corrida.
  62. 62. CASENIKEMARCA Objetivo Consolidar a Nike como referência em material esportivo para prática de corrida.
  63. 63. CASENIKEMARCA Objetivo Consolidar a Nike como referência em material esportivo para prática de corrida.
  64. 64. CASENIKEMARCA Objetivo Consolidar a Nike como referência em material esportivo para prática de corrida.
  65. 65. CASENIKEMARCA Objetivo Consolidar a Nike como referência em material esportivo para prática de corrida.
  66. 66. CASENIKEMARCA Objetivo Consolidar a Nike como referência em material esportivo para prática de corrida.
  67. 67. CASENIKEMARCA Objetivo Consolidar a Nike como referência em material esportivo para prática de corrida.
  68. 68. CASENIKEMARCA Objetivo Consolidar a Nike como referência em material esportivo para prática de corrida.
  69. 69. CASEITAÚMARCA Objetivo Criar a percepção de que o Itaú é o banco que oferece crédito, mas de forma racional.
  70. 70. CASEITAÚMARCA Objetivo Criar a percepção de que o Itaú é o banco que oferece crédito, mas de forma racional.
  71. 71. CASEITAÚMARCA Objetivo Criar a percepção de que o Itaú é o banco que oferece crédito, mas de forma racional.
  72. 72. CASEITAÚMARCA Objetivo Criar a percepção de que o Itaú é o banco que oferece crédito, mas de forma racional.
  73. 73. CASEITAÚMARCA Objetivo Criar a percepção de que o Itaú é o banco que oferece crédito, mas de forma racional.
  74. 74. CASEITAÚMARCA Objetivo Criar a percepção de que o Itaú é o banco que oferece crédito, mas de forma racional.
  75. 75. CASECOLGATE CANAL Objetivo Consolidar a Colgate como referência em Saúde Bucal na Internet. Solução Criação de portal com informações detalhadas sobre os principais temas relacionados.
  76. 76. CASECOLGATE CANAL Objetivo Consolidar a Colgate como referência em Saúde Bucal na Internet. Solução Criação de portal com informações detalhadas sobre os principais temas relacionados.
  77. 77. CASECOLGATE CANAL SEO O projeto de arquitetura do portal foi concebido seguindo as melhores práticas de SEO. Assim, nas buscas feitas sobre no Google sobre os principais temas relacionados sobre Saúde Bucal, o portal da Colgate está sempre nas primeiras posições.
  78. 78. CASECOLGATE CANAL Além disso, para facilitar a compreensão dos usuários, o site conta com diversos recursos multimídia para apoio, como vídeos, infográficos e até jogos.
  79. 79. CASECOLGATE CANAL Além disso, para facilitar a compreensão dos usuários, o site conta com diversos recursos multimídia para apoio, como vídeos, infográficos e até jogos.
  80. 80. CASECOLGATE CANAL Além disso, para facilitar a compreensão dos usuários, o site conta com diversos recursos multimídia para apoio, como vídeos, infográficos e até jogos.
  81. 81. CASECOLGATE CANAL Venda Durante a navegação, o usuário também recebe recomendações de produtos que podem ajudá-lo a combater o problema pesquisado.
  82. 82. Em um ambiente 2.0, o consumidor está protegido pela exposição a que a marca está submetida e encontra na sua plataforma de conteúdo o lugar perfeito para fazer reclamações. É preciso estar preparado para isso. Um atendimento ruim pode acabar com a imagem de um canal de comunicação. Este é o momento de surpreender e reverter a percepção negativa.Lucas Amadeu
  83. 83. Lucas Amadeu
  84. 84. Demonstre Interesse VerdadeiroSe coloque no lugar do cliente paraentender o que ele precisa. Dê asensação de um atendimentopersonalizado, sem o uso de frasesprontas, robóticas. Após o problemater sido resolvido, entre em contatonovamente para saber se o clienteficou satisfeito e se coloque àdisposição para ajudá-lo sempre quefor preciso.Lucas Amadeu
  85. 85. Oriente, EnsineDemonstre prazer em ensinar, ofereçainformações completas e atualizadas.Ajude a escolher o melhorproduto/serviço, que combine com asnecessidades e estilo de vida docliente. Sempre que possível, ofereçalinks de ferramentas na internet parafacilitar o entendimento.Lucas Amadeu
  86. 86. Estabeleça Relação de ConfiançaTenha consciência da importânciados produtos/serviços que suaempresa oferece na vida dosclientes e faça de tudo para nãodeixá-los na mão. Transmitacredibilidade e tranquilidade. Façacom que o cliente sinta que você oconhece de verdade e confia nele.Assim, a confiança do cliente naempresa aumentará a cada dia.Lucas Amadeu
  87. 87. Aproprie-se deesquemas de cores,fontes, termos eestilos de textodiferenciados paradestacar-se dosdemais.Lucas Amadeu
  88. 88. Aproprie-se deesquemas de cores,fontes, termos eestilos de textodiferenciados paradestacar-se dosdemais.Lucas Amadeu
  89. 89. Aproprie-se deesquemas de cores,fontes, termos eestilos de textodiferenciados paradestacar-se dosdemais.Lucas Amadeu
  90. 90. Aproprie-se deesquemas de cores,fontes, termos eestilos de textodiferenciados paradestacar-se dosdemais.Lucas Amadeu
  91. 91. Aproprie-se deesquemas de cores,fontes, termos eestilos de textodiferenciados paradestacar-se dosdemais.Lucas Amadeu
  92. 92. Aproprie-se deesquemas de cores,fontes, termos eestilos de textodiferenciados paradestacar-se dosdemais.Lucas Amadeu
  93. 93. Aproprie-se deesquemas de cores,fontes, termos eestilos de textodiferenciados paradestacar-se dosdemais.Lucas Amadeu
  94. 94. Aproprie-se deesquemas de cores,fontes, termos eestilos de textodiferenciados paradestacar-se dosdemais.
  95. 95. Escute seus fãsFique atento aos temas doscomentários feitos pelosusuários na página/post. Elespoderão gerar insights paraas próximas publicações. Lucas Amadeu
  96. 96. Avalie, AjusteFaça relatórios semanaispara medir o nível deengajamento daspublicações (likes, shares,recomendações). Caso algumtema esteja em queda, façatestes com novos assuntos. PLANEJE > FAÇA > VERIFIQUE > AJA
  97. 97. Case Diante do crescimento da venda dos produtos da marca no Brasil, principalmente o iPhone, a Apple resolveu abrir uma fanpage no Facebook especificamente para o mercado local. Um dos objetivos é mostrar a diversificação do mix, que conta também com notebooks, desktops e acessórios.Seu time será responsável por fazer a análise SWOT e identificar a personificação demarca. A partir dos resultados obtidos, o grupo deverá apresentar três propostas deconteúdos complementares, que serão publicados nos primeiros dias da página.Tempo: 20 minutos.Lucas Amadeu

×