O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Como Implantar a Responsabilidade Social nas Empresas - Dialogus Consultoria

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Gestão ambiental e saneamento
Gestão ambiental e saneamento
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 93 Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Quem viu também gostou (20)

Anúncio

Semelhante a Como Implantar a Responsabilidade Social nas Empresas - Dialogus Consultoria (20)

Mais de Dialogus Consultoria (13)

Anúncio

Como Implantar a Responsabilidade Social nas Empresas - Dialogus Consultoria

  1. 1. Como implantar a Responsabilidade Social na sua empresa
  2. 2. Governo Acionistas Público Interno Consumidores Organização 2002 - Prof. Cid Alledi
  3. 3. Conceito Stakeholders O termo stakeholder (que poder ser traduzido como 'parte interessada') designa uma pessoa, grupo ou entidade com legítimos interesses nas ações e no desempenho de uma organização e cujas decisões e atuações possam afetar, direta ou indiretamente, essa mesma organização.
  4. 4. Fonte: MARIE CLAIRE. Reprodução. 100804.2 - Cid Alledi e Giuliana Ortega
  5. 5. Justiça trabalhista multa acusados de pagar por sexo com meninas Ação usa tese internacional de que exploração sexual "é a pior forma de trabalho infantil" A decisão do TRT é inédita e envolve 11 homens, entre eles políticos e empresários da cidade de Sapé, na Paraíba. Ela prevê que 11 dos 13 citados no caso paguem juntos ao Estado uma indenização de R$ 500 mil. A ação do Ministério Público do Trabalho tramitou em paralelo à criminal: "Como o processo penal é moroso e cheio de benefícios para os réus, apelamos para uma ação trabalhista por entender que a exploração sexual é a pior forma de trabalho infantil", explicou o procurador Eduardo Varandas.
  6. 6. “é a forma de gestão que se define pela relação ética e transparente da empresa com todos os públicos com os quais ela se relaciona e pelo estabelecimento de metas empresariais que impulsionem o desenvolvimento sustentável da sociedade, preservando recursos ambientais e culturais para as gerações futuras, respeitando a diversidade e promovendo a redução das desigualdades sociais. ” Conceito Responsabilidade Social
  7. 7. STAKEHOLDERS Comunidades Público Interno Clientes Fornecedores Parceiros Acionista
  8. 8. Mitos sobre Responsabilidade Social
  9. 9. Falsos pensamentos e práticas equivocadas Cuidar de crianças e plantar árvores
  10. 10. Falsos pensamentos e práticas equivocadas Somente para grandes empresas
  11. 11. Falsos pensamentos e práticas equivocadas Mexer com isso vai enfraquecer a imagem da minha empresa
  12. 12. Falsos pensamentos e práticas equivocadas Isso é apenas jogo de marketing
  13. 13. Falsos pensamentos e práticas equivocadas Envolve muitos gastos
  14. 14. Falsos pensamentos e práticas equivocadas Temos que parar de produzir para fazer isso
  15. 15. Falsos pensamentos e práticas equivocadas Não traz retorno financeiro para a empresa
  16. 16. Falsos pensamentos e práticas equivocadas Isso é inimigo da tecnologia
  17. 17. Responsabilidade Social X Sustentabilidade
  18. 18. Característica ou condição de um processo ou de um sistema que permite a sua permanência, em certo nível, por um determinado prazo. “Satisfazer as necessidades do presente sem comprometer a habilidade das futuras gerações de satisfazer as suas necessidades.” Relatório de Brundtland SUSTENTABILIDADE:
  19. 19. Social (ISO 26000) Econômico (ISO 9001) Ambiental (ISO 14001) Socio- econômico Socio- ambiental Eco- ambiental
  20. 20. Essa tríade serve como caminho para os gestores das organizações, propiciando a interação com o meio ambiente, visando garantir o acesso das futuras gerações aos recursos naturais e com o mercado, para preservar a competitividade e continuidade da organização; e também com seus colaboradores, levando em conta a responsabilidade social. RESPONSABILIDADE SOCIAL:
  21. 21. DEFINIÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL Responsabilidade social é a relação ética e transparente da organização com todas as suas partes interessadas, visando o desenvolvimento sustentável. NBR 16001 ISO 26000 Responsabilidade de uma organização pelos impactos de suas decisões e atividades na sociedade e no meio ambiente e que esteja em conformidade com a legislação aplicável e seja consistente com as normas internacionais de comportamento, integrada em toda a organização.
  22. 22. Vídeo
  23. 23. As 7 áreas da Responsabilidade Social
  24. 24. Valores, Transparência e Governança • Valores e princípios • Orienta sua conduta e fundamenta sua missão social. • Preocupar-se em trazer benefícios para a sociedade, propiciar a realização profissional dos empregados, promover benefícios para os parceiros e para o meio ambiente e trazer retorno para os investidores. • Adoção de uma postura clara e transparente no que diz respeito aos objetivos e compromissos éticos da empresa.
  25. 25. Público Interno • Não se limita a respeitar os direitos dos trabalhadores, consolidados na legislação trabalhista e nos padrões da OIT. • Investir no desenvolvimento pessoal e profissional de seus empregados. • Melhoria das condições de trabalho e no estreitamento de suas relações com os empregados. • Respeito às culturas locais. • Investimento no intraempreendedorismo.
  26. 26. Meio Ambiente • Sustentabilidade da Economia Florestal. • Contribuição para a educação ambiental. • Sistema de gestão que assegure que ela não contribui com a exploração predatória e ilegal de nossas florestas. • Gestão dos resíduos sólidos. • Selos certificadores (ex.: FSC) • ISO 14001
  27. 27. Fornecedores • Programa de Relacionamento com Fornecedores e Parceiros, cumprindo os contratos estabelecidos e trabalhando pelo aprimoramento de suas relações de parceria. • Compartilhar os valores de seu código de conduta. • Atuar como orientador e mediador de conflitos. • Atuar no desenvolvimento dos elos mais fracos da cadeia e na valorização da livre concorrência.
  28. 28. Consumidores e Clientes • Investimento permanente no desenvolvimento de produtos e serviços confiáveis, que minimizem os riscos de danos à saúde dos usuários e das pessoas em geral. • A publicidade de produtos e serviços deve garantir o respeito à imagem de seus clientes. • Informações detalhadas devem estar incluídas nas embalagens e deve ser assegurado suporte para o cliente. • A empresa deve alinhar-se aos interesses do cliente e buscar satisfazer suas necessidades. • Criar programas de relacionamento direto com clientes.
  29. 29. Comunidades • Infra-estrutura e investimento social nas comunidades do entorno. • Preferencia por empregados e parceiros advindos das comunidades próximas. • Estimular a participação do público interno no contato direto com as comunidades. • Ouvir as demandas. • Respeito aos costumes e culturas locais e o empenho na educação e na disseminação de valores sociais, compreendendo o seu papel de agente de melhorias sociais.
  30. 30. Governo e Sociedade • Construção da Cidadania pelas Empresas: a empresa deve assumir o seu papel natural de formadora de cidadãos. • Programas de conscientização para a cidadania e dos valores éticos. • A empresa deve alcançar um papel de liderança na discussão de temas como participação popular e corrupção. • Programas de anticorrupção. • Complemento às políticas governamentais de desenvolvimento da sociedade.
  31. 31. Motivos para as empresas incorporarem a Responsabilidade Social EMPRESA Aumento das exigências dos órgãos governamentais Crescente conscientização e atuação da sociedade civil Aumento das iniciativas de RS na comunidade internacional (pacto Global, ISSO 26000, ODMs, etc) Crescente preferência dos consumidores por produtos ou serviços elaborados por empresas socialmente responsáveis Crescente Exigência, por parte das grandes companhias, para que seus fornecedores adotem práticas de RS Aumento da pressão da mídia, atendendo expectativas do público, com denúncias sobre empresas socialmente responsáveis.
  32. 32. Iniciativas Voluntárias das Organizações para Responsabilidade Social
  33. 33. ISO 26000 GRI Pacto Global SA 8000 Metas do Milênio
  34. 34. Pesquisa SEBRAE com microempresários sobre Sustentabilidade
  35. 35. A sua empresa pratica: Controle do consumo de água? 19,4% 80,6% Controle do consumo de energia? 18,3% 81,7% NÃO SIM
  36. 36. A sua empresa pratica: Coleta seletiva do lixo? 29,8% 70,2% Controle do consumo de papel? 27,6% 72,4% NÃO SIM
  37. 37. A sua empresa pratica: Destinação adequada de resíduos sólidos? 34,4% 65,6% NÃO SIM
  38. 38. Como senhor avalia seu conhecimento sobre Sustentabilidade e Meio Ambiente? Nenhum 2% Pouco 21% Médio 65% Muito 12%
  39. 39. A sua empresa realiza/utiliza: Reciclagem de pilhas, baterias ou pneus? NÃO SIM Matéria-prima ou material reciclável no processo produtivo? Captação da água da chuva e/ou reutiliza água? 50,9% 49,1% 51,7% 48,3% 83,4% 16,6%
  40. 40. O senhor sabe o que é a RIO + 20? NÃO 81% SIM 19%
  41. 41. Passos para implantação da Responsabilidade Social
  42. 42. Conscientize os empresários da importância da Responsabilidade Social
  43. 43. Envolva os funcionários na colaboração da nova cultura
  44. 44. Integre o sistema de gestão da Responsabilidade Social à estratégia da empresa
  45. 45. Obtenha o compromisso de toda a empresa
  46. 46. Analise a situação atual da empresa quanto às práticas socioambientais
  47. 47. Empresa x Benchmark Empresa x Banco de Dados
  48. 48. Definir Objetivos • Social • Financeiro • Ambiental
  49. 49. Elabore um Plano de Ação
  50. 50. Elabore um Plano de Ação com seus indicadores
  51. 51. Avalie o Plano de Ação
  52. 52. Implante a melhoria contínua das Políticas de Responsabilidade Social
  53. 53. Comunique aos públicos de interesse
  54. 54. Principais práticas de Responsabilidade Social adotadas pelas MPEs.
  55. 55. 01 Discute com fornecedores os impactos ambientais da obtenção de matérias-primas e pelo processo de produção, incentivando-os a reduzi-los 03 Estimula o trabalho voluntário de seus empregados em projetos socioambientais em benefício das comunidades próximas ou da sociedade 02 Mantém ou apoia projetos socioambientais em sua comunidade ou país, financeiramente ou com competências técnicas
  56. 56. 04 Tem Conselho de Administração (ou semelhante) do qual participam pessoas independentes dos acionistas e dos dirigentes 05 Inclui sistematicamente entre seus fornecedores, indivíduos ou grupos da comunidade local como cooperativas ou associações de bairro 06 Desenvolve campanhas educativas estimulando seus funcionários a escolher produtos ou serviços em razão da responsabilidade social das empresas
  57. 57. 07 Propões ativamente a associações ou entidades empresariais das quais participa a mobilização em torno de propostas de interesse público 09 Mantém programas para desenvolver o comportamento social e ambientalmente responsável de seus fornecedores/clientes 08 Informa o consumidor sobre os impactos sociais e ambientais de seus próprios hábitos de consumo em casa, no trabalho, etc
  58. 58. 10 Mantém programa específico para a redução das emissões de gases de efeito estufa 12 Divulga anualmente seu balanço social ou relatório de sustentabilidade, elaborado com a participação de representantes das partes interessadas 11 Define verbas em seu orçamento para projetos socioambientais que apoia
  59. 59. 13 Divulga a cada eleição o valor de suas contribuições para campanhas políticas 14 Tem critérios formais para definir seu financiamento ou apoio a candidatos de cargos públicos 15 Faz inventário das emissões de gases de efeito estufa
  60. 60. As vantagens da implementação da Responsabilidade Social
  61. 61. Facilita para cumprir as exigências legais
  62. 62. Permite administrar melhor os riscos potenciais do negócio
  63. 63. Melhora qualidade de vida para os colaboradores
  64. 64. Promove uma comunicação mais transparente e eficaz com os stakeholders
  65. 65. Estabelece credibilidade perante os acionistas e investidores
  66. 66. Estimula o engajamento dos funcionários como reais colaboradores
  67. 67. Melhora relacionamento com governo, mídia e comunidades do entorno
  68. 68. Influencia na qualidade percebida dos produtos oferecidos aos clientes
  69. 69. Melhora a relação com os clientes, segundo pesquisas, crescem o número de consumidores conscientes comprando de empresas socialmente responsáveis.
  70. 70. Melhora o envolvimento do toda a cadeia de valor, gerando mais compromissos e parcerias
  71. 71. Destaca-se pela eficiência na produção e na destinação final de seus resíduos, através da utilização da Lei dos Resíduos Sólidos.
  72. 72. Fortalecimento da imagem e reputação da empresa perante a sociedade
  73. 73. Permite atrair e reter investimentos e parcerias comerciais de qualidade
  74. 74. Maior envolvimento do toda a cadeia produtiva, gerando mais compromissos e parcerias
  75. 75. Maior eficiência na produção e na destinação final de seus resíduos, através da utilização da Lei dos Resíduos Sólidos.
  76. 76. Atende aos quesitos tratados na Rio+20, concretizados como tendências para fins de gestão e auditoria nas organizações.
  77. 77. "As pessoas não resistem a mudanças, resistem a ser mudadas.“ Peter Senge
  78. 78. /dialogusrse @dialogus_rse www.dialogusconsultoria.com.br

×