JAIR E PRISCILA
NA VISÃO SOCIO-POLITICA DO BRASIL
• As diferenças sociais não são aquelas
determinadas pela natureza, e sim as criadas
pela sociedade.
• Exemplo de diferenç...
DESIGUALDADE
RACIAL
“Na luta contra o racismo, o silêncio é
omissão”
RACISMO: Doutrina que prega uma suposta
superioridade de raças.
Racismo é crime previsto no Constituição Federal,
art. 5º,...
Segundo dados de 2003, de cada dez brasileiros que
chegam ao topo da sociedade, nove são brancos.
Lembrando que os negros ...
• Pesquisas do IPEA, mostram que um
jovem branco estuda pelo menos até o 1º
ano do ensino médio, enquanto o negro,
abandon...
MAS PORQUE O NEGRO
ESTUDA MENOS?
COMO A RENDA FAMILIAR DO ESTUDANTE
NEGRO É BAIXA, MUITOS ACABAM SENDO
OBRIGADOS A ABANDON...
COMO SURGIU
A
DESIGUALDADE
SOCIAL ?
COMO SURGIU A DESIGUALDADE SOCIAL?
• A desigualdade social surgiu com a
sedentarização do homem.
• Quando o homem deixou d...
• A fixação ao solo provocou desigualdades de
riqueza devidas às partilhas sucessórias,
diferenças de fertilidade, acident...
DESIGUALDADE
NO BRASIL
“Metade da humanidade não come ...
...e a outra metade não dorme com medo da que não come.”
Josué de Castro
Sempre fomos uma sociedade de poucos nobres
e muitos trabalhadores (escravos),
o que com o passar dos séculos
resultou num...
Temos mais de 12% da água doce do mundo,
mas apesar disso
sofremos com
a escassez qualitativa da água
devido às diferenças...
MILAGRE BRASILEIRO
• O único período na historia brasileira que presenciamos um
crescimento econômico grandioso, foi no pe...
• O povo brasileiro enfrenta diariamente
a miséria, a exploração laboral, a violência
urbana, injustiças sociais, sonegaçã...
• A relembrar a história brasileira, o povo
assistiu com passividade à todos os
acontecimentos históricos do Brasil,
desco...
• É a falta de participação e principalmente a
falta de cobrança que faz com que nossos
representantes tenham a convicção ...
Acreditamos que o Brasil, com um árduo
empenho, tem condições de se tornar um país
desenvolvido. Temos todas as condições
...
Só o que ainda nos falta,
mas não por muito tempo,
é a boa vontade dos órgãos competentes
e principalmente do próprio povo.
DO QUE PRECISAMOS?
Um desenvolvimento de longa duração,
respeitador do meio ambiente e diversidade
cultural porém com cunh...
DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS
DO HOMEM
Art. 1º Todos os homens nascem livres e iguais
em dignidade e direito. São dota...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desigualdade social na visão socio-politica do brasil

1.239 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.239
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
56
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desigualdade social na visão socio-politica do brasil

  1. 1. JAIR E PRISCILA NA VISÃO SOCIO-POLITICA DO BRASIL
  2. 2. • As diferenças sociais não são aquelas determinadas pela natureza, e sim as criadas pela sociedade. • Exemplo de diferenças naturais é o fato de uma pessoa nascer branca e outra, negra. Mas são exemplos de diferenças sociais, a exclusão social por racismo e a escravização de pessoas pelo fato de serem negras.
  3. 3. DESIGUALDADE RACIAL
  4. 4. “Na luta contra o racismo, o silêncio é omissão”
  5. 5. RACISMO: Doutrina que prega uma suposta superioridade de raças. Racismo é crime previsto no Constituição Federal, art. 5º, inciso XLII: “ a prática de racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão nos termos da lei .”
  6. 6. Segundo dados de 2003, de cada dez brasileiros que chegam ao topo da sociedade, nove são brancos. Lembrando que os negros são quase metade da população. E que a renda mensal dos brancos é duas vezes maior que a dos negros. E essa diferença salarial não é porque os patrões pagam mais aos brancos, mas é porque brancos e negros não ocupam os mesmos cargos de trabalho. Porque? A resposta é ESCOLARIDADE.
  7. 7. • Pesquisas do IPEA, mostram que um jovem branco estuda pelo menos até o 1º ano do ensino médio, enquanto o negro, abandona a escola na 6º série. • Cada ano de escolaridade de uma pessoa representa um acréscimo de 16% na sua renda. • A defasagem escolar é o primeiro abismo para enfrentar a desigualdade social.
  8. 8. MAS PORQUE O NEGRO ESTUDA MENOS? COMO A RENDA FAMILIAR DO ESTUDANTE NEGRO É BAIXA, MUITOS ACABAM SENDO OBRIGADOS A ABANDONAR OS ESTUDOS PARA AJUDAR NO ORÇAMENTO FAMILIAR. Trata-se de um círculo vicioso difícil de ser rompido: COMO SÃO MAIS POBRES, OS NEGROS ESTUDAM MENOS. COMO ESTUDAM MENOS, NÃO CONSEGUEM SAIR DA POBREZA...
  9. 9. COMO SURGIU A DESIGUALDADE SOCIAL ?
  10. 10. COMO SURGIU A DESIGUALDADE SOCIAL? • A desigualdade social surgiu com a sedentarização do homem. • Quando o homem deixou de ser nômade e passou a apropriar-se do solo e viver basicamente da agricultura, surgiram as diversidades na produção e, conseqüentemente, uns passaram a ter mais que outros.
  11. 11. • A fixação ao solo provocou desigualdades de riqueza devidas às partilhas sucessórias, diferenças de fertilidade, acidentes meteorológicos, eficácia no trabalho e quantidade de mão-de-obra. • E ainda, os sedentários tinham mais conforto e mais alimentos disponíveis que os nômades. • Essas diferenças vão acentuar-se fortemente no decorrer da história.
  12. 12. DESIGUALDADE NO BRASIL
  13. 13. “Metade da humanidade não come ...
  14. 14. ...e a outra metade não dorme com medo da que não come.” Josué de Castro
  15. 15. Sempre fomos uma sociedade de poucos nobres e muitos trabalhadores (escravos), o que com o passar dos séculos resultou numa profunda desigualdade social e econômica. Hoje há uma desumana concentração de renda que submete milhões de brasileiros a viver abaixo da linha da pobreza, deixando-os vulneráveis à marginalidade, à violência e à precariedade educacional e higiênica.
  16. 16. Temos mais de 12% da água doce do mundo, mas apesar disso sofremos com a escassez qualitativa da água devido às diferenças regionais, enquanto no sul encontramos o aqüífero Guarani, no nordeste, nos deparamos com sertões e secas.
  17. 17. MILAGRE BRASILEIRO • O único período na historia brasileira que presenciamos um crescimento econômico grandioso, foi no período do “milagre brasileiro”; • Conquistas econômicas à parte, foi um desastre social, gerou uma grande crise de concentração de renda e poder, fazendo o país regredir socialmente, onde literalmente o rico ficou mais rico e o pobre ficou mais pobre; • Exatamente nesse período que encontramos o crescimento astronômico do “pesadelo” que atormenta nosso país desde a sua independência, a dívida externa. “Fazer o bolo crescer para depois dividir as fatias”
  18. 18. • O povo brasileiro enfrenta diariamente a miséria, a exploração laboral, a violência urbana, injustiças sociais, sonegação de direitos fundamentais, precariedade nos serviços públicos, o descaso das autoridades competentes, a corrupção explicita e a revoltante impunidade. • Esse quadro em que o Brasil se encontra é no mínimo revoltante (mas não o bastante a ponto de tomarmos alguma atitude).
  19. 19. • A relembrar a história brasileira, o povo assistiu com passividade à todos os acontecimentos históricos do Brasil, desconhecendo muitas vezes as razões pelas quais aconteceram a independência, a republica e tantos outros fatos históricos marcados pela apatia política do povo brasileiro. • Acreditamos ser essa apatia política, a principal causa da desonestidade e corrupção política na qual nosso pais se encontra.
  20. 20. • É a falta de participação e principalmente a falta de cobrança que faz com que nossos representantes tenham a convicção que o povo aprova suas atitudes, e mais, já estaria conformado com as desigualdades sociais. • Porém mesmo não concordando com essa politicagem, muitas vezes não nos opomos a esse tipo de governantes, e aceitamos calados os seus desvios de conduta (e de dinheiro também). Isso se chama “normopatia” que acontece quando achamos tudo normal, e aceitamos a tudo com passividade.
  21. 21. Acreditamos que o Brasil, com um árduo empenho, tem condições de se tornar um país desenvolvido. Temos todas as condições favoráveis: os recursos naturais, o potencial e o povo trabalhador.
  22. 22. Só o que ainda nos falta, mas não por muito tempo, é a boa vontade dos órgãos competentes e principalmente do próprio povo.
  23. 23. DO QUE PRECISAMOS? Um desenvolvimento de longa duração, respeitador do meio ambiente e diversidade cultural porém com cunho de redução das desigualdades sociais e regionais e gerador de empregos, capaz de assegurar o crescimento econômico, o bem-estar-social, a democratização política, a ênfase na educação, a soberania nacional, e o respeito aos Direitos Humanos nos permitirão grandes avanços no caminho da erradicação das diferenças sociais.
  24. 24. DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DO HOMEM Art. 1º Todos os homens nascem livres e iguais em dignidade e direito. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade.

×