A organização mundial do comércio
(OMC) é uma organização internacional
que trata das regras sobre o comércio
entre as naç...
• Gerenciar os acordos que compõem o
sistema multilateral de comércio.
• Servir de fórum para comércio internacional
(firm...
• Princípio da não-discriminação: este princípio envolve duas
considerações. O primeiro artigo refere-se a bens e estabele...
• Princípio da Previsibilidade: para impedir a restrição
ao comércio internacional este princípio garante a
previsibilidad...
• O GATT surgiu após a segunda guerra mundial, com o
intuito de estabelecer e regular relações económicas e
comerciais a n...
Em 1947, O GATT é fundado, permitindo
impulsionar a liberalização comercial e combater
as práticas proteccionistas, isto é...
Com a globalização os paises abrem se ao fluxo
internacional de bens, serviços e capitais,
acontecendo a revolução nas tec...
Podemos também observar que a Internet é um dos reflexos da
globalização. Contudo, a livre circulação de informação e de c...
Como este assunto da globalização é algo muito polémico e
controverso, sempre que os países industrializados e
economicame...
Balança Comercial é definida como a
diferença que há entre o total de
exportações menos o total das
importações que são re...
Superávit é quando a balança comercial apresenta saldo
positivo, pois os valores em dólares das importações
foram menores ...
 É muito importante para qualquer país ter uma
balança comercial positiva (Um superávit comercial);
 Mais recursos entra...
Fatores que podem afetar a balança comercial:
 Os custos logísticos para enviar os produtos de um
país para o outro;
 As...
OS PONTOS PRINCIPAIS SOBRE O COMÉRCIO MUNDIAL
OS PONTOS PRINCIPAIS SOBRE O COMÉRCIO MUNDIAL
OS PONTOS PRINCIPAIS SOBRE O COMÉRCIO MUNDIAL
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

OS PONTOS PRINCIPAIS SOBRE O COMÉRCIO MUNDIAL

73 visualizações

Publicada em

OMC
GATT
GLOBALIZAÇÃO
BALANÇA COMERCIAL

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
73
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

OS PONTOS PRINCIPAIS SOBRE O COMÉRCIO MUNDIAL

  1. 1. A organização mundial do comércio (OMC) é uma organização internacional que trata das regras sobre o comércio entre as nações. A OMC entrou em funcionamento em 1 de Janeiro de 1995 e atualmente conta com cerca de 150 membros. Os seus membros negociam e assinam acordos que depois são ratificados pelo parlamento de cada nação e, passam assim, a regular o comércio internacional com a ordem parlamentar.
  2. 2. • Gerenciar os acordos que compõem o sistema multilateral de comércio. • Servir de fórum para comércio internacional (firmar acordos internacionais). • Supervisionar a adoção dos acordos e implementação destes acordos pelos membros da organização (verificar as políticas comerciais nacionais).
  3. 3. • Princípio da não-discriminação: este princípio envolve duas considerações. O primeiro artigo refere-se a bens e estabelece o princípio da nação mais favorecida. Isto significa que se um país conceder a outro país um benefício terá obrigatoriamente que estender aos demais membros da OMC a mesma vantagem ou privilégio. No entanto o terceiro artigo, estabelece o princípio do tratamento nacional, impedindo o tratamento diferenciado aos produtos internacionais para evitar desfavorecê-los na competição com os produtos nacionais. • Princípio da Previsibilidade: para impedir a restrição ao comércio internacional este princípio garante a previsibilidade sobre as regras e sobre o acesso ao comércio internacional por meio da consolidação dos compromissos tarifários para bens e das listas de ofertas em serviços. • Princípio da Concorrência Leal: este princípio visa garantir um comércio internacional justo, sem práticas desleais, como os subsídios, por exemplo, alguns Estados dão dinheiro aos agricultores dos seus países, permitindo a produção de itens mais baratos e mais competitivos perante os produtos dos outros países.
  4. 4. • Princípio da Previsibilidade: para impedir a restrição ao comércio internacional este princípio garante a previsibilidade sobre as regras e sobre o acesso ao comércio internacional por meio da consolidação dos compromissos tarifários para bens e das listas de ofertas em serviços. • Princípio da Concorrência Leal: este princípio visa garantir um comércio internacional justo, sem práticas desleais, como os subsídios, por exemplo, alguns Estados dão dinheiro aos agricultores dos seus países, permitindo a produção de itens mais baratos e mais competitivos perante os produtos dos outros países.
  5. 5. • O GATT surgiu após a segunda guerra mundial, com o intuito de estabelecer e regular relações económicas e comerciais a nível internacional. Para regular essas relações, foi necessário criar o BIRD (Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento) e o FMI (Fundo Monetário Internacional).
  6. 6. Em 1947, O GATT é fundado, permitindo impulsionar a liberalização comercial e combater as práticas proteccionistas, isto é as políticas alfandegarias dos Estados. Por volta do mesmo ano, inicia-se as primeiras negociações tarifárias na Ronda de Genebra, essa resultou em 45.000 autorizações e um conjunto de regras e concessões tarifárias. Assim, o GATT, Criou um acordo para regular provisoriamente as relações comerciais internacionais, foi o instrumento que, de fato, regulamentou por mais de quatro décadas as relações comerciais entre os países.
  7. 7. Com a globalização os paises abrem se ao fluxo internacional de bens, serviços e capitais, acontecendo a revolução nas tecnologias da informação que contribui de forma decisiva para essa abertura. Além de concorrer para uma crescente homogeneização cultural, a evolução e a popularização das tecnologias de informação que são fundamentais para agilizar o comércio, o fluxo de investimentos e a atuação das transnacionais, por permitir no nosso dia-a-dia uma integração sem precedentes de pontos distantes de planeta. Porém percebe-se também a cada dia que uma das consequências desse processo é a concentração da riqueza.A maior parte do dinheiro circula nos países industrializados - apenas 25% dos investimentos internacionais vão para as nações em desenvolvimento, subindo o número de pessoas que vivem com menos de 1 dólar por dia. O crescimento
  8. 8. Podemos também observar que a Internet é um dos reflexos da globalização. Contudo, a livre circulação de informação e de cultura não é necessariamente uma coisa má., mas com alguns aspectos negativos porque veio permitir que essa mesma informação possa ser utilizada com fins “menos adequados”, como por exemplo no terrorismo, ou até mesmo na espionagem industrial. Talvez por causa dos muitos aspectos negativos, há um receio visível por parte de muitas pessoas no que respeita à adesão à globalização.
  9. 9. Como este assunto da globalização é algo muito polémico e controverso, sempre que os países industrializados e economicamente avançados, conhecidos como o (G8) se reúnem para discutir a globalização, há grandes protestos e manifestações contra a globalização talvez por tudo isto tem sido difícil travar os movimentos anti-globalizaçao, e até mesmo provar que a globalização tem mais aspectos positivos do que aspectos negativos. Contudo a Globalização já existia antes de ser criado o conceito de globalização que conhecemos. Nos dias de hoje, podemos pois ter como exemplo marcas como a Coca Cola e ate mesmo a microsoft . Assim como outras empresas que já exportavam os seus produtos para qualquer parte do Mundo, Muito antes de se falar em globalização noutros sectores tais como o sector automóvel, tambem Este se expandiu por todo o mundo não conhecendo qualque tipo de fronteiras.
  10. 10. Balança Comercial é definida como a diferença que há entre o total de exportações menos o total das importações que são realizadas em cada país.
  11. 11. Superávit é quando a balança comercial apresenta saldo positivo, pois os valores em dólares das importações foram menores do que os valores das exportações, ou seja, as exportações proporcionaram maior entrada de dinheiro no país, (exceto dinheiro de especulações), neste caso, diz-se que a Balança Comercial é favorável. DÉFICIT é quando um país tem um saldo negativo na balança comercial, ou seja, os valores em dólares das importações foram maiores do que os valores das exportações. As importações proporcionam menor entrada de dinheiro no país.
  12. 12.  É muito importante para qualquer país ter uma balança comercial positiva (Um superávit comercial);  Mais recursos entram no país através dos ganhos das exportações;  Os produtores nacionais e a economia em geral têm maiores recursos para realizar e desenvolver novas atividades;  A conseqüência é o desenvolvimento e o incentivo da economia nacional.
  13. 13. Fatores que podem afetar a balança comercial:  Os custos logísticos para enviar os produtos de um país para o outro;  As políticas adotadas por cada país em relação ao comercio internacional;  A renda dos habitantes dos países envolvidos, bem como o gosto e as preferências destes mesmos habitantes;  A taxa de câmbio utilizada para as pessoas comprarem moeda estrangeira;  O preço dos produtos e serviços no exterior e no país.

×