8 tendências da atração e seleção de pessoas

353 visualizações

Publicada em

Podemos compreender o surgimento de profundas mudanças e novas tendências nas organizações no âmbito socioeconômico ambiental, com desdobramentos em alguns processos organizacionais.

Vejamos algumas mudanças e tendências da atração e seleção de pessoas.

Publicada em: Recrutamento e RH
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
353
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

8 tendências da atração e seleção de pessoas

  1. 1. Acesse: www.pessoaseresultados.com.br e peça já seu E-BOOK GRÁTIS “Como obter sucesso nos relacionamentos” 8 tendências e mudanças da atração e seleção de pessoas Contexto atual Diante da grande necessidade de manter as vantagens competitivas existente hoje para as empresas, as mesmas precisam desenvolver grande capacidade de adaptação e adoção de estratégias eficazes. Neste novo contexto a principal vantagem competitiva depende das pessoas que é a capacidade de transformar de forma criativa, informações adequadas em conhecimento que agregue valor às organizações, ou seja, capital intelectual. A produção do capital intelectual depende da disponibilidade das pessoas em colocar suas competências a serviço das organizações, de forma estratégica e transformando suas competências em resultados positivos para as organizações. Considerando que as pessoas e suas competências é o principal fator para manter a competitividade das empresas, o processo de seleção é de suma importância para o suprimento das competências necessárias para a organização. Peter Drucker (segundo Bueno,1995) afirma que , se a contratação de um novo colaborador é uma das mais importantes atividades gerenciais, é também uma das mais negligenciadas. Toda prática de gestão de pessoas usada pelas empresas deve levar em consideração o contexto em que a empresa e seus potenciais candidatos estão inseridos, além, das macro tendências tanto de aspecto econômico, geopolítico e social. A globalização e as mudanças que têm acontecido com freqüência, fazem com que os paradigmas mudem de tempos em tempos. Muitas vezes, como candidatos potenciais, sentimos a necessidade de aprender novos idiomas, melhorar nossas relações interpessoais, reagirmos diante da nossa realidade em relação à realidade do mercado, dentre outras. Esta dura realidade de mudanças constantes gera muitas vezes, desespero e medo de não dar conta de acompanhar o processo no qual estamos inseridos, dificultando a percepção de que é possível fazer parte deste contexto sem necessariamente estar no topo ou em destaque de todas as situações. Os valores e convicções também sofrem mutações porque, à medida que aumentamos nosso conhecimento, nossas prioridades mudam. As empresas, por exemplo, de modo geral, estão se desenvolvendo e investindo em mais valores éticos e princípios relacionados ao bem comum e a recursos naturais devido às mudanças que geraram novas necessidades, conseqüência da escassez destes recursos. O avanço da tecnologia também tem influenciado de forma muito significativa o processo de seleção porque seu desenvolvimento tem contribuído para fatores decisivos da competitividade como aumento da produção e inovação, além de ampliar a possibilidade de acesso à educação, o que gera desenvolvimento incontestável e diversificação sob vários aspectos.
  2. 2. Acesse: www.pessoaseresultados.com.br e peça já seu E-BOOK GRÁTIS “Como obter sucesso nos relacionamentos” Diante destes relatos, podemos compreender o surgimento de profundas mudanças e novas tendências nas organizações no âmbito socioeconômico ambiental, com desdobramentos em alguns processos organizacionais. Vejamos algumas mudanças e tendências da atração e seleção de pessoas:  Demanda crescente por conhecimentos e criatividade suficiente para tornar estes conhecimentos em algo explicito e registrado (perceptível);  Reconhecimento à ética e à diversidade como valores esperados dos profissionais de recursos humanos em todos os processos, inclusive atração e seleção;  Aumento da pressão da sociedade em relação à consciência ambiental das empresas, o que influencia na mudança do perfil dos candidatos na busca de colocação;  Aumento da expectativa de vida e prolongamento da vida produtiva, o que gera diminuição do preconceito em relação à idade avançada e a valorização e reconhecimento da experiência como valor competitivo;  Maior distinção do nível de pobreza e desigualdade social o que gera distinção entre aqueles que foram “bem educados” ou não, tanto pelas famílias como pelas instituições educacionais;  Necessidade de complementação através da área de gestão de pessoas das competências requeridas aos colaboradores pelas empresas devido à discrepância entre inovações tecnológicas e sistema educacional que se encontra deficiente no Brasil;  Intensificação da terceirização e parcerias;  Redefinição e rearranjo do trabalho e desenvolvimento de tecnologias, onde a competência das pessoas é posta em destaque que é resultado da alteração da cadeia produtiva. Todas estas mudanças e tendências geram uma nova realidade que se difere da tradicional a que estávamos acostumados onde, o trabalhador tinha sua carteira assinada e prezava e orgulhava-se muito disso. Goshal (2000), diz que surge nas relações entre empregador e empregado a exigência de um novo contrato moral de trabalho, que privilegia a ética, é flexível e permeável, e convive com o modelo tradicional do contrato formal. Bom, diante de mudanças constantes em qualquer área organizacional, o importante para o gestor é o reconhecimento da necessidade crescente de manter-se atualizado e e de olho nas novas tendências porque quanto mais rápido a empresa for capaz de se adequar, melhores serão seus resultados.
  3. 3. Acesse: www.pessoaseresultados.com.br e peça já seu E-BOOK GRÁTIS “Como obter sucesso nos relacionamentos” Para os candidatos em potencial, é importante frisar que o conhecimento técnico é importante, mas estar preparado para as oportunidades exige posicionamento de acordo com o mercado em que está inserido e para que o candidato possa se posicionar ele precisa estar bem informado a respeito das expectativas das organizações que variam de acordo com as tendências observadas. Em outras palavras, manter-se atualizado é um diferencial para ambos os lados e que pode gerar excelentes resultados.

×