Prof demetrio melo região nordeste alternativas

1.664 visualizações

Publicada em

As principais alternativas econômicas da Região Semiárida brasileira. A algarobeira, o sisal, a cochonilha e o algodão colorido,

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.664
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prof demetrio melo região nordeste alternativas

  1. 1. Ao longo do século XX, para tentar dirimir os principaisimpactos para a imensa área do clima tropical semiárido foramintroduzidas algumas alternativas:ALGAROBASISALPALMA FORRAGEIRAALGODÃO COLORIDOCOCHONILHAINTRODUÇÃO
  2. 2. (Prosopis juliflora): No Nordeste, a algaroba foi introduzida nadécada de 40, é uma planta de crescimento rápido capaz decriar um microclima que reduz a evaporação do solo, altamenterecomendável para o reflorestamento de regiões castigadas porlongas estiagens. Além de possuir um vigoroso sistemaradicular que impede as erosões, a algarobeira é um excelenteadubo verde para os solos mais pobres.ALGAROBAAlgarobeira adulta Vagem de algaroba
  3. 3. Aguardente de algarobaDesenvolvido pelo pesquisador ClovisGouveia - UFPBALGAROBA
  4. 4. (Agave sisalana): planta originária do México, que no início doséculo XX foi introduzida no Brasil, na região semiárida doNordeste, inicialmente no estado da Paraíba em seguida na Bahiae demais estados da região. O sisal produz uma das fibras naturaismais resistentes, utilizadas para produção artesanal de tapetes,embalagens, capachos, cordas, redes e estofos. É tambémutilizado na indústria de biofertilizantes, de papel e celulose emais atualmente na substituição da fibra de vidro no setorautomobilístico.SISALSisal Secagem da fibra - Bahia
  5. 5. Bolsa de sisalSISALCordas de sisal Produtos finos de sisalDesfibradora de sisalInflorescência
  6. 6. (Opuntia ficus): A palma forrageira foi introduzida no Brasil no finaldo século XIX e tem como origem o México. Sua área de cultivo noNordeste brasileiro é de mais de 400 mil hectares, sendo a maiorparte em Pernambuco e Alagoas. O objetivo inicial era a produção decorante carmim, mas a seca da década de 1930 reorientou aprodução da palma para alimentar o gado bovino, que desde então,juntamente com a algaroba, é uma das principais fontes de nutriçãoanimal e também humana na região semiárida do Nordeste, visto agrande resistência da planta às condições do clima semiárido.A palma forrageira produz insumos para diversos ramos econômicos,tais como a indústria cosmética, farmacêutica e a indústria dealimentos.PALMA FORRAGEIRA
  7. 7. Campo de palma - BAPALMA FORRAGEIRAPalma com inflorescência - PB
  8. 8. Na natureza são encontradas as fibras coloridas, nos tons bege emarrom-claro. Principalmente a partir da década de 1990 é que oalgodão colorido passa a ser visto como alternativa econômicapara na Região Nordeste, em razão das dificuldades técnicas efinanceiras dos pequenos agricultores. Em razão da melhorresistência ao bicudo (Anthonomus grandis) que ataca o algodãocomum, o algodão colorido tem apresentado melhor valorizaçãono mercado têxtil, principalmente por estar associado ao apeloecológico.ALGODÃO COLORIDOFibra colorida - PB Roupas naturalmente coloridas
  9. 9. Vídeo da Embrapa conta um pouco sobre o algodão colorido:http://hotsites.sct.embrapa.br/diacampo/programacao/2004/algodao-colorido-2013-opcao-para-a-agricultura-familiar-no-nordesteALGODÃO COLORIDO
  10. 10. Inseto que produz um ótimo corante para a indústriaalimentícia e farmacêutica. O corante carmim da cochonilha éutilizado desde os tempos pré-colombianos.O corante é extraído dos corpos das fêmeas antes da época dapostura de ovos, dessa forma, o pigmento pode constituir até22% do seu peso seco. O seu processo de obtenção envolve aextração dos corpos dos insetos secos (estes são coletadosmanualmente e secos ao sol até 1/3 do peso original), comágua quente ou solução alcoólica–aquosa.COCHONILHADactylopius coccusAntes e depois de processado
  11. 11. O cochonilha Dactylopius opuntiae uma das dez espéciesconhecidas, é utilizada como controle de espécies de palmas dogênero Opuntia na Austrália e África do Sul, e que temdestruído campos de palma em Pernambuco e Paraíba.COCHONILHACochonilha ataca palma A cochonilha infestaplantação de pinhas, abacaxi,cultura do café em diferenteregiões agrícolas do Brasil
  12. 12. Reportagem denuncia o problema da cochonilha do carmimhttp://www.youtube.com/watch?v=pnhyOq_VzIkCOCHONILHA
  13. 13. Bons estudosEntre em contato para maiores esclarecimentos:www.facebook.com/demetrio.melo.71www.melo-geografia.blogspot.comwww.slideshare.net/Demetrio33CONTATOS
  14. 14. Algarobahttp://www.ct.ufpb.br/http://www.cpatsa.embrapa.brhttp://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/578718/1/CT240.pdfSisalhttp://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Sisal/CultivodoSisal/http://pt.wikipedia.org/wiki/SisalPalma Forrageirahttp://www.cpatsa.embrapa.br/catalogo/livrorg/palmaforrageira.pdfhttp://www.ruralsoft.com.br/manejo/manejoExibe.asp?id=162#.UY71HbU3trMhttp://www.cdsa.ufcg.edu.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=988:pesquisas-com-palma-forrageira-pa..Cochonilhahttp://www.agricultura.gov.br/arq_editor/file/vegetal/Importacao/Requisitos%20Sanit%C3%A1rios/Rela%C3%A7%C3%A3o%20de%20Pragas/Cochonilha%20do%20Carmim%20na%20Palma%20Forrageira.pdfAlgodão coloridohttp://hotsites.sct.embrapa.br/diacampo/programacao/2004/algodao -colorido-2013-opcao-para-a-agricultura-familiar-no-nordestehttp://www.biotecnologia.com.br/revista/bio09/algodao.pdfREFERÊNCIAS

×