O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Produtos Perigosos

4.005 visualizações

Publicada em

Noções gerais sobre produtos perigosos, características e legislação. Apresentação para o curso de voluntários em Defesa Civil.

Publicada em: Governo e ONGs
  • Seja o primeiro a comentar

Produtos Perigosos

  1. 1. PRODUTOS PERIGOSOS Noções
  2. 2. O Estado de Mato Grosso
  3. 3. O Estado de Mato Grosso • Extensão: 906.807 Km2 de área • 03 biomas: Floresta Amazônica (41%) , cerrado (52%) e Pantanal (7%) • Capital: Cuiabá • População: 3.033.991 hab. (Censo 2010) • 141 municípios • Um dos principais produtores de grãos do país, sendo o maior produtor de soja, algodão e carne bovina. • Mato Grosso conta com aproximadamente 28.000 km de estradas estaduais – 4.000 pavimentados. • 4.000 km de rodovias federais – 3.206 km pavimentados.
  4. 4. Produtos Perigosos Substância, material ou produto, natural ou fabricado pelo homem, que devido as suas características, representa perigo a saúde humana, ao patrimônio, público e/ou privado, e ao meio ambiente.
  5. 5. Produtos Perigosos
  6. 6. Acidentes químicos Sequência de eventos fortuitos e não planejados, que resulta na liberação de uma ou mais substâncias químicas perigosas à Saúde Humana, ao Meio Ambiente e a Economia, a curto ou longo prazo (OMS).
  7. 7. Acidentes químicos
  8. 8. Acidentes químicos
  9. 9. Emergência Química Situação envolvendo produtos químicos que pode, de alguma forma, representar um perigo à saúde e segurança da população, meio ambiente e aos patrimônios público e privado, requerendo portanto intervenções imediatas.
  10. 10. Emergência Química
  11. 11. Indústria Química • Produção de substâncias e fabricação de produtos químicos • Fabricação de produtos derivados do processamento de petróleo, de rochas betuminosas e da madeira • Fabricação de combustíveis não derivados de petróleo • Produção de óleos/gorduras/ceras vegetais- animais/óleos essenciais vegetais e outros produtos da destilação da madeira • Fabricação de resinas e de fibras e fios artificiais e sintéticos e de borracha e látex sintéticos
  12. 12. Indústria Química
  13. 13. Indústria Química
  14. 14. Indústria Química
  15. 15. Indústria Química
  16. 16. Transportes, terminais e depósitos • Transporte de cargas perigosas • Transporte por dutos • Marinas, portos e aeroportos • Terminais de minério, petróleo e derivados e produtos químicos • Depósitos de produtos químicos e produtos perigosos
  17. 17. Transportes, terminais e depósitos
  18. 18. Transportes, terminais e depósitos • O manuseio de substâncias químicas somente ocorrerá e forma segura se houver o pleno conhecimento de suas propriedades, reações e comportamento em diversas situações
  19. 19. Transportes, terminais e depósitos • Nenhuma substância é totalmente livre de causar efeitos tóxicos no organismo • 20 milhões de formulações químicas • 500 mil perigosas, apenas 800 regulamentadas quanto a exposição ocupacional • Vários nomes para o mesmo produto. Ex. Metanol, álcool de madeira, carbinol, álcool colonial, espírito de madeira
  20. 20. Classes de risco
  21. 21. Classe 1: Exposivos Subclasse Definição 1.1 Substância e artigos com risco de explosão em massa. 1.2 Substância e artigos com risco de projeção, mas sem risco de explosão em massa. 1.3 Substâncias e artigos com risco de fogo e com pequeno risco de explosão ou de projeção, ou ambos, mas sem risco de explosão em massa. 1.4 Substância e artigos que não apresentam risco significativo. 1.5 Substâncias muito insensíveis, com risco de explosão em massa; 1.6 Artigos extremamente insensíveis, sem risco de explosão em massa.
  22. 22. Classe 2: Gases Subclasse Definição 2.1 Gases inflamáveis: são gases que a 20°C e à pressão normal são inflamáveis quando em mistura de 13% ou menos, em volume, com o ar ou que apresentem faixa de inflamabilidade com o ar de, no mínimo 12%, independente do limite inferior de inflamabilidade. 2.2 Gases não-inflamáveis, não tóxicos: são gases asfixiantes, oxidantes ou que não se enquadrem em outra subclasse. 2.3 Gases tóxicos: são gases, reconhecidamente ou supostamente, tóxicos e corrosivos que constituam risco à saúde das pessoas.
  23. 23. Classe 3: Líquidos inflamáveis São líquidos, misturas de líquidos ou líquidos que contenham sólidos em solução ou suspensão, que produzam vapor inflamável a temperaturas de até 60,5°C, em ensaio de vaso fechado, ou até 65,6ºC, em ensaio de vaso aberto, ou ainda os explosivos líquidos insensibilizados dissolvidos ou suspensos em água ou outras substâncias líquidas.
  24. 24. Classe 4: Sólidos inflamáveis Subclasse Definição 4.1 Sólidos inflamáveis, substâncias auto-reagentes e explosivos sólidos insensibilizados: sólidos que, em condições de transporte, sejam facilmente combustíveis, ou que por atrito possam causar fogo ou contribuir para tal; substâncias auto-reagentes que possam sofrer reação fortemente exotérmica; explosivos sólidos insensibilizados que possam explodir se não estiverem suficientemente diluídos. 4.2 Substâncias sujeitas à combustão espontânea: substâncias sujeitas a aquecimento espontâneo em condições normais de transporte, ou a aquecimento em contato com ar, podendo inflamar-se. 4.3 Substâncias que, em contato com água, emitem gases inflamáveis: substâncias que, por interação com água, podem tornar-se espontaneamente inflamáveis ou liberar gases inflamáveis em quantidades perigosas
  25. 25. Classe 5: Oxidantes e Peróxidos Subclasse Definição 5.1 Substâncias oxidantes: são substâncias que podem, em geral pela liberação de oxigênio, causar a combustão de outros materiais ou contribuir para isso. 5.2 Peróxidos orgânicos: são poderosos agentes oxidantes, considerados como derivados do peróxido de hidrogênio, termicamente instáveis que podem sofrer decomposição exotérmica auto-acelerável.
  26. 26. Classe 6: Sub. Tóxicas e Infectantes Subclasse Definição 6.1 Substâncias tóxicas: são substâncias capazes de provocar morte, lesões graves ou danos à saúde humana, se ingeridas ou inaladas, ou se entrarem em contato com a pele. 6.2 Substâncias infectantes: são substâncias que contém ou possam conter patógenos capazes de provocar doenças infecciosas em seres humanos ou em animais.
  27. 27. Classe 7: Material radioativo Qualquer material ou substância que contenha radionuclídeos, cuja concentração de atividade e atividade total na expedição (radiação), excedam os valores especificados.
  28. 28. Classe 8: Substâncias corrosivas São substâncias que, por ação química, causam severos danos quando em contato com tecidos vivos ou, em caso de vazamento, danificam ou mesmo destroem outras cargas ou o próprio veículo.
  29. 29. Classe 9: Diversos Produtos Perigosos Diversos São aqueles que apresentam, durante o transporte, um risco não abrangido por nenhuma das outras classes.
  30. 30. Simbologia do Risco
  31. 31. Painel de Segurança NÚMERO DA ONU NÚMERO DE RISCO
  32. 32. Painel de Segurança RISCO PRINCIPAL RISCO SECUNDÁRIO
  33. 33. Número de Risco 2. Emissão de gás devido à pressão ou à reação químicas 3 Inflamabilidade de líquidos (vapores) e gases, ou líquidos sujeitos ao autoaquecimento 4 Inflamabilidade de sólidos, ou sólidos sujeitos ao autoaquecimento 5 Efeito oxidante (favorece incêndio)
  34. 34. Número de Risco 6 Toxicidade 7 Radioatividade 8 Corrosividade 9 Risco de violenta reação espontânea A letra “X” antes dos algarismos significa que a substância reage perigosamente com água.
  35. 35. Número da ONU
  36. 36. Número da ONU Número de série de 4 dígitos estabelecido Organização das Nações Unidas (ONU) que identifica e fornece informações sobre produtos ou misturas químicas
  37. 37. Sinalização da unidade de carga Regras no transporte de carga fracionada/embalada de produtos perigosos FRENTE • Painel de Segurança • Parte Superior, ao lado do motorista • Nº de identificação de risco do produto • Parte Inferior • Número de identificação do produto
  38. 38. Sinalização da unidade de carga TRASEIRA • Painel de Segurança • Lado do motorista • Sinalização deve ser idêntica a da frente • Rótulo indicativo do risco principal dos produtos transportados Se todos eles pertencerem a uma mesma classe de risco
  39. 39. Sinalização da unidade de carga LATERAIS • Painel de Segurança • Mesma Sinalização da traseira • Rótulo indicativo do risco do produto • Colocado do centro para a traseira • Em local visível Se todos os produtos pertencerem a uma mesma classe de risco
  40. 40. Sinalização da unidade de carga .
  41. 41. Sinalização da unidade de carga .
  42. 42. .DOCUMENTAÇÃO PESSOAL • Carteira Nacional de Habilitação • Cédula de Identidade • Certificado de Conclusão do Curso de Movimentação de Produtos Perigosos – MOPP *(somente se o campo observações da CNH não apresentar a informação “Transportador de Carga Perigosa” Documentos de porte obrigatório
  43. 43. Documentos de porte obrigatório .. CNH IDENTIDADE MOPP
  44. 44. .DOCUMENTAÇÃO DA CARGA: • Licença de operação dos estados onde trafegar com produtos perigosos • Licença de funcionamento ou certificado de registro da Polícia Federal (quando se tratar de produtos controlados pela Polícia Federal) • RT - Requisição de Transporte: oferecem dados da carga, como descrição do produto, número da ONU, forma de armazenamento, manuseio, empilhamento, local para carregamento e descarregamento da carga • Documento Fiscal: deve apresentar o número da ONU, nome do produto, classe de risco e declaração de responsabilidade do expedidor de produtos perigosos Documentos de porte obrigatório
  45. 45. Documentos de porte obrigatório .. . . NOTA FISCAL LICENÇA DE OPERAÇÃO CERTIFICADO POLÍCIA FEDERAL
  46. 46. .• Ficha de Emergência: deve conter informações sobre a classificação do produto perigoso, risco que apresenta e procedimentos em caso de emergência, primeiros socorros e informações ao médico • Envelope para Transporte: apresenta os procedimentos genéricos para o atendimento emergencial, telefones úteis e identificação das empresas transportadoras e expedidoras dos produtos perigosos Documentos de porte obrigatório
  47. 47. . Documentos de porte obrigatório . FICHA DE EMERGÊNCIA ENVELOPE DE EMERGÊNCIA
  48. 48. . Manual Atendimento Emergências (Produtos Perigosos ou Pró-Química)
  49. 49. .SEÇÕES • Branca: A seção branca aborda informações gerais acerca do Manual, bem como dados referentes aos números de risco e suas características, além da tabela de códigos de riscos. • Amarela: A seção amarela classifica os produtos perigosos pelo número da ONU, atribuindo com isso a sua classe de risco e a respectiva guia de emergência. Nesta seção estão organizados os produtos perigosos em ordem numérica crescente, de acordo com a designação da ONU. Manual Atendimento Emergências
  50. 50. .SEÇÕES • Azul: A seção azul identifica o produto pelo seu nome comercial, servindo para associar o produto à sua respectiva guia de emergência e ao número da ONU. • Laranja: A seção laranja é composta basicamente de guias de emergência, pois compõem todos os procedimentos que devem ser adotados em um acidente com produtos perigosos. Manual Atendimento Emergências
  51. 51. .SEÇÕES Verde: • Tabelas de distância para isolamento e proteção inicial; • Produtos perigosos que reagem com água; • Fatores que podem alterar as distâncias de proteção; • Prescrições relativas à tomada de decisão para ações de proteção; • Fundamentos para isolamento e evacuação; e • Classificação do tamanho de vazamentos. Manual Atendimento Emergências
  52. 52. . Manual Atendimento Emergências .SEÇÃO BRANCA
  53. 53. . Manual Atendimento Emergências .SEÇÃO AMARELA
  54. 54. . Manual Atendimento Emergências . SEÇÃO AZUL
  55. 55. . Manual Atendimento Emergências . SEÇÃO LARANJA
  56. 56. . Manual Atendimento Emergências . SEÇÃO VERDE
  57. 57. . Isolamento de Área .
  58. 58. . Equipamentos de atendimento .
  59. 59. . Equipamentos de atendimento .
  60. 60. . Equipamentos de atendimento .
  61. 61. . DEFESA CIVIL ESTADUAL 65 3613 8400 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR 193 POLÍCIA MILITAR 190 Telefones de Emergência MT
  62. 62. SECRETARIA ADJUNTA DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL Telefone: 65 3613 8400 E-mail: sudec@defesacivil.mt.gov.br Blog: www.defesacivilmatogrosso.com.br Facebook: www.facebook.com/defesacivilmt Fotos das atividades: www.flickr.com/defesacivil-mt

×