RÁDIO COMUNITÁRIA<br />104.9 JAPOATÃ FM<br />
O que é rádio comunitária<br />Características principais<br />legislação<br />Objetivos<br />História da Japoatã FM<br />...
RÁDIO COMUNITÁRIA<br />criado pela Lei 9.612, de 1998, regulamentada pelo Decreto 2.615 do mesmo ano. <br />Trata-se de ra...
CARACTERÍSTICAS<br />A programação diária de uma rádio comunitária contém obrigatoriamente:<br />      - informação, lazer...
História da Japoatã FM<br />Associação comunitária Pe. Nestor<br />AMPLA<br />Centro comunitário ONG visão Mundial<br />PE...
Começou na sede da ASCOPAN – Associação Comunitária Pe. Nestor, numa pequena sala do salão comunitário, longe do centro da...
Aprovada em 01/12/2004, pelo prazo de 10 anos;<br />sede própria na praça da Matriz;<br />Inaugurada em 28/11/2005 com um ...
FOTOS DA FM<br />
EFEITOS NA COMUNIDADE<br />Algumas reivindicações populares atendidas;<br />Ajuda às pessoas carentes da cidade;<br />Ramp...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Rádio comunitária japoatãfm

1.199 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Rádio comunitária japoatãfm

  1. 1. RÁDIO COMUNITÁRIA<br />104.9 JAPOATÃ FM<br />
  2. 2. O que é rádio comunitária<br />Características principais<br />legislação<br />Objetivos<br />História da Japoatã FM<br />Desafios<br />Legalização e festa de inauguração<br />Programação<br />Efeitos na comunidade<br />Programas educativos<br />Programas religiosos<br />Programas culturais<br />Recursos financeiros – Apoio Cultural<br />
  3. 3. RÁDIO COMUNITÁRIA<br />criado pela Lei 9.612, de 1998, regulamentada pelo Decreto 2.615 do mesmo ano. <br />Trata-se de radiodifusão sonora, em freqüência modulada (FM), de baixa potência (25 Watts) e cobertura restrita a um raio de 1km a partir da antena transmissora. <br />Podem explorar esse serviço somente associações e fundações comunitárias sem fins lucrativos, com sede na localidade da prestação do serviço. <br />As estações de rádio comunitárias devem ter uma programação pluralista, sem qualquer tipo de censura, e devem ser abertas à expressão de todos os habitantes da região atendida.<br />
  4. 4. CARACTERÍSTICAS<br />A programação diária de uma rádio comunitária contém obrigatoriamente:<br /> - informação, lazer, manifestações culturais, artísticas, folclóricas e tudo aquilo que possa contribuir para o desenvolvimento da comunidade, sem discriminação de raça, religião, sexo, convicções político-partidárias e condições sociais. A programação deve respeitar sempre os valores éticos e sociais da pessoa e da família, prestar serviços de utilidade pública e contribuir para o aperfeiçoamento profissional nas áreas de atuação dos jornalistas e radialistas. Além disso, qualquer cidadão da comunidade beneficiada terá o direito de emitir opiniões sobre quaisquer assuntos abordados na programação da emissora, bem como manifestar idéias, propostas, sugestões, reclamações ou reivindicações.<br />
  5. 5. História da Japoatã FM<br />Associação comunitária Pe. Nestor<br />AMPLA<br />Centro comunitário ONG visão Mundial<br />PETROBRÁS FOME ZERO<br />CENTRO CULTURAL E DESPORTIVO DE INICIAÇÃO A QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL<br />
  6. 6. Começou na sede da ASCOPAN – Associação Comunitária Pe. Nestor, numa pequena sala do salão comunitário, longe do centro da cidade e com poucos equipamentos e recursos, ainda funcionava com disco de vinil e fita cassete. Doações da comunidade e dos associados.<br />Foi fechada pela Anatel e dois anos depois volta com sede própria, desta vez no centro da cidade, com prédio construído para a emissora, doado pela prefeitura municipal de Japoatã.<br />Fechada mais uma vez pela Anatel devido a denúncias anônimas, ficando mais uma vez lacrada por 1 ano até a legalização e abertura oficial.<br />
  7. 7. Aprovada em 01/12/2004, pelo prazo de 10 anos;<br />sede própria na praça da Matriz;<br />Inaugurada em 28/11/2005 com um grande encontro cultural e a presença de diversas autoridades; <br />Com apoio e participação total da comunidade.<br />
  8. 8. FOTOS DA FM<br />
  9. 9. EFEITOS NA COMUNIDADE<br />Algumas reivindicações populares atendidas;<br />Ajuda às pessoas carentes da cidade;<br />Rampa para deficientes na Igreja Matriz;<br />Informações diversas;<br />Aumento de informações culturais;<br />Valorização dos artistas locais.<br />Dedinha Ramos<br />

×