SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Baixar para ler offline
Hip hop é um gênero musical, com
uma subcultura iniciada durante a década de
1970, nas áreas centrais de comunidades
jamaicanas, latinas e afro-americanas
da cidade de Nova Iorque. Afrika Bambaataa,
reconhecido como o criador oficial do
movimento, estabeleceu quatro pilares
essenciais na cultura hip hop: o rap, o DJing,
a breakdance e o graffiti.Outros elementos
incluem a moda hip hop e as gírias.
O hip-hop emergiu em meados da década de 1970
nos subúrbios negros e latinos de Nova Iorque. Estes
subúrbios, verdadeiros guetos, enfrentavam diversos
problemas de ordem social como pobreza,
violência, racismo, tráfico de drogas, carência de infra-
estrutura e de educação, entre outros. Os jovens
encontravam na rua o único espaço de lazer, e
geralmente entravam num sistema de gangues, as
quais se confrontavam de maneira violenta na luta pelo
domínio territorial. As gangues funcionavam como um
sistema opressor dentro das próprias periferias - quem
fazia parte de algumas das gangues, ou quem estava de
fora, sempre conhecia os territórios e as regras
impostas por elas,devendo segui-las rigidamente.
 Origens estilísticas:
R&B, rap, funk, Disco, soul,dub, toasting, performance
de poesia, spoken word, scat, ska, blues falado
 Contexto cultural: década de 1970, Bronx ,cidade de
NovaYork
 Instrumentos típicos: Tocadiscos, sintetizador,
vocal, caixa de ritmos, sampler, beatbox.
 Popularidade: Desde o final dos anos 1980,
nos Estados Unidos e no resto do mundo, na década
de 1990. Em alta no início de década de 2000.
 O berço do hip hop brasileiro é São Paulo, onde surgiu
com força nos anos 1980, dos tradicionais encontros
na rua 24 de Maio e no Metrô São Bento, de onde
saíram muitos artistas reconhecidos como Thaíde, DJ
Hum, Styllo Selvagem, Região Abissal, Nill (Verbo
Pesado), Sérgio Riky, Defh Paul, Mc Jack, Racionais
MC's, Doctor MC's, Shary Laine,M.T. Bronks, Rappin
Hood, entre outros.
 Atualmente, existem diversos grupos que representam
a cultura hip hop no país, como Movimento
Enraizados, MHHOB, Zulu Nation Brasil, Casa do Hip
Hop, Posse Hausa (São Bernardo do Campo), Hip Hop
Mulher, FNMH2, Nação Hip Hop Brasil, Associação de
Hip Hop de Bauru, Cedeca, Cufa (Central Única das
Favelas).
50 CentEminem
Snoop Dogg Akon
Racionais MC’s Facção Central
 Dr. dre - Snoop Dogg
 In the Clube - 50 Cent
 Almost Fomous – Eminem
 Don't Matter – Akon
A dança hip hop inclui uma grande variedade de estilos,
nomeadamente krumping, Breaking, locking e poppin.
Foram desenvolvidos na década de 1970 por negros e
Latino-americanos. O krumping surgiu na década de
1990, em comunidades Afro-americanas, em Los
Angeles.O que separa a dança do hip hop de outras
formas de dança são os movimentos
de improvisação (freestyle) e que os dançarinos de hip-
hop frequentemente envolvem-se em disputas nas
competições de dança. Sessões de freestyle e disputas
geralmente são realizadas numa cypher, um espaço de
dança circular que se forma naturalmente uma vez que
a dança começa.
A moda do hip hop é um estilo de se vestir de
origem afro-americana.
Geralmente, as roupas utilizadas no hip
hop são largas, para que os movimentos
fiquem maiores, dando mais efeito visual
para a dança.Também são utilizados bonés,
muitas vezes virados para trás ou de lado,
costumam usar shorts ,e, na maioria das
vezes, as roupas são vistosas.
Hip hop

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Dança de rua
Dança de ruaDança de rua
Dança de rua
 
Danças brasileiras
Danças brasileirasDanças brasileiras
Danças brasileiras
 
RAP
RAPRAP
RAP
 
Hip Hop
Hip HopHip Hop
Hip Hop
 
Hip hop trabalho ritamaria
Hip hop trabalho ritamariaHip hop trabalho ritamaria
Hip hop trabalho ritamaria
 
Samba
SambaSamba
Samba
 
Forró
ForróForró
Forró
 
História da Música
História da MúsicaHistória da Música
História da Música
 
Danças Urbanas.pptx
Danças Urbanas.pptxDanças Urbanas.pptx
Danças Urbanas.pptx
 
Cultura Afro Brasileira
Cultura Afro   BrasileiraCultura Afro   Brasileira
Cultura Afro Brasileira
 
Forró
ForróForró
Forró
 
Arte Africana
Arte Africana Arte Africana
Arte Africana
 
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURALFUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
 
Arte e música
Arte e músicaArte e música
Arte e música
 
Rap
RapRap
Rap
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Danças Urbanas 2023.pptx
Danças Urbanas 2023.pptxDanças Urbanas 2023.pptx
Danças Urbanas 2023.pptx
 
Origem do Hip-Hop.pptx
Origem do Hip-Hop.pptxOrigem do Hip-Hop.pptx
Origem do Hip-Hop.pptx
 
Dancas Folclóricas
Dancas FolclóricasDancas Folclóricas
Dancas Folclóricas
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 

Destaque

Destaque (15)

Hip-Hop
Hip-HopHip-Hop
Hip-Hop
 
History of hip hop
History of hip hopHistory of hip hop
History of hip hop
 
Street dance[1]
Street dance[1]Street dance[1]
Street dance[1]
 
Med332 the origins of hip hop
Med332 the origins of hip hopMed332 the origins of hip hop
Med332 the origins of hip hop
 
Modern dance history
Modern dance historyModern dance history
Modern dance history
 
History of Hip-Hop
History of Hip-HopHistory of Hip-Hop
History of Hip-Hop
 
Street dance
Street danceStreet dance
Street dance
 
streetdance
streetdancestreetdance
streetdance
 
Hip Hop Power point
Hip Hop Power pointHip Hop Power point
Hip Hop Power point
 
Hip hop history
Hip hop historyHip hop history
Hip hop history
 
Street Dance
Street DanceStreet Dance
Street Dance
 
HIP-HOP
HIP-HOPHIP-HOP
HIP-HOP
 
Research hip hop dance
Research hip hop danceResearch hip hop dance
Research hip hop dance
 
Hip hop generation slides
Hip hop generation slidesHip hop generation slides
Hip hop generation slides
 
Hip-Hop PowerPoint
Hip-Hop PowerPointHip-Hop PowerPoint
Hip-Hop PowerPoint
 

Semelhante a Hip hop (20)

Hip hop filipa e juliana
Hip hop  filipa e juliana Hip hop  filipa e juliana
Hip hop filipa e juliana
 
Apres. rap hip-hop
Apres. rap hip-hopApres. rap hip-hop
Apres. rap hip-hop
 
Manguebeat, funk e hip hop
Manguebeat, funk e hip hopManguebeat, funk e hip hop
Manguebeat, funk e hip hop
 
História
HistóriaHistória
História
 
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL HIP HOP
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL HIP HOPTRABALHO COLABORATIVO AUTORAL HIP HOP
TRABALHO COLABORATIVO AUTORAL HIP HOP
 
História
HistóriaHistória
História
 
Hip hop aula 8º ano
Hip hop   aula 8º anoHip hop   aula 8º ano
Hip hop aula 8º ano
 
SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRASEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
 
H³-HABILIDADES DO HIP HOP
H³-HABILIDADES DO HIP HOPH³-HABILIDADES DO HIP HOP
H³-HABILIDADES DO HIP HOP
 
H³-HABILIDADES DO HIP HOP
H³-HABILIDADES DO HIP HOPH³-HABILIDADES DO HIP HOP
H³-HABILIDADES DO HIP HOP
 
Hip Hop Slide4[1]
Hip Hop Slide4[1]Hip Hop Slide4[1]
Hip Hop Slide4[1]
 
Rap
RapRap
Rap
 
Hip Hop
Hip HopHip Hop
Hip Hop
 
HIP HOP
HIP HOPHIP HOP
HIP HOP
 
Hip Hop Slide4[1]
Hip Hop Slide4[1]Hip Hop Slide4[1]
Hip Hop Slide4[1]
 
Relação de mercado e trabalho social no hip-hop
Relação de mercado e trabalho social no hip-hopRelação de mercado e trabalho social no hip-hop
Relação de mercado e trabalho social no hip-hop
 
Rap
RapRap
Rap
 
Rap
RapRap
Rap
 
Glossário tribos urbanas
Glossário tribos urbanasGlossário tribos urbanas
Glossário tribos urbanas
 
Os artistas negros no brasil Racionais MCs
Os artistas negros no brasil Racionais MCsOs artistas negros no brasil Racionais MCs
Os artistas negros no brasil Racionais MCs
 

Mais de DeaaSouza

Guerra do contestado
Guerra do contestadoGuerra do contestado
Guerra do contestadoDeaaSouza
 
Tecido muscular
Tecido muscularTecido muscular
Tecido muscularDeaaSouza
 
Zika vírus e Síndrome de Guillain-Barré
Zika vírus e Síndrome de Guillain-BarréZika vírus e Síndrome de Guillain-Barré
Zika vírus e Síndrome de Guillain-BarréDeaaSouza
 
Ecossistemas e globalização
Ecossistemas e globalizaçãoEcossistemas e globalização
Ecossistemas e globalizaçãoDeaaSouza
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
RenascimentoDeaaSouza
 
Arquitetura Renascentista
Arquitetura RenascentistaArquitetura Renascentista
Arquitetura RenascentistaDeaaSouza
 
Guerra de canudos
Guerra de canudosGuerra de canudos
Guerra de canudosDeaaSouza
 
A evaporação
A evaporaçãoA evaporação
A evaporaçãoDeaaSouza
 
Ginástica aeróbica
Ginástica aeróbicaGinástica aeróbica
Ginástica aeróbicaDeaaSouza
 
Monteiro lobato
Monteiro lobatoMonteiro lobato
Monteiro lobatoDeaaSouza
 
Georg wilhelm friedrich hegel
Georg wilhelm friedrich hegelGeorg wilhelm friedrich hegel
Georg wilhelm friedrich hegelDeaaSouza
 
Dermeval saviani
Dermeval savianiDermeval saviani
Dermeval savianiDeaaSouza
 
Guerra de canudos
Guerra de canudosGuerra de canudos
Guerra de canudosDeaaSouza
 
São tomé e príncipe
São tomé e príncipeSão tomé e príncipe
São tomé e príncipeDeaaSouza
 
Ulysses guimarães
Ulysses guimarãesUlysses guimarães
Ulysses guimarãesDeaaSouza
 
éTica na política
éTica na políticaéTica na política
éTica na políticaDeaaSouza
 
A ética na medicina
A ética na medicinaA ética na medicina
A ética na medicinaDeaaSouza
 

Mais de DeaaSouza (20)

Guerra do contestado
Guerra do contestadoGuerra do contestado
Guerra do contestado
 
Bactérias
BactériasBactérias
Bactérias
 
Tecido muscular
Tecido muscularTecido muscular
Tecido muscular
 
Zika vírus e Síndrome de Guillain-Barré
Zika vírus e Síndrome de Guillain-BarréZika vírus e Síndrome de Guillain-Barré
Zika vírus e Síndrome de Guillain-Barré
 
Ecossistemas e globalização
Ecossistemas e globalizaçãoEcossistemas e globalização
Ecossistemas e globalização
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Arquitetura Renascentista
Arquitetura RenascentistaArquitetura Renascentista
Arquitetura Renascentista
 
Guerra de canudos
Guerra de canudosGuerra de canudos
Guerra de canudos
 
A evaporação
A evaporaçãoA evaporação
A evaporação
 
Ginástica aeróbica
Ginástica aeróbicaGinástica aeróbica
Ginástica aeróbica
 
Monteiro lobato
Monteiro lobatoMonteiro lobato
Monteiro lobato
 
Georg wilhelm friedrich hegel
Georg wilhelm friedrich hegelGeorg wilhelm friedrich hegel
Georg wilhelm friedrich hegel
 
Dermeval saviani
Dermeval savianiDermeval saviani
Dermeval saviani
 
Amor
AmorAmor
Amor
 
Guerra de canudos
Guerra de canudosGuerra de canudos
Guerra de canudos
 
Cabo verde
Cabo verdeCabo verde
Cabo verde
 
São tomé e príncipe
São tomé e príncipeSão tomé e príncipe
São tomé e príncipe
 
Ulysses guimarães
Ulysses guimarãesUlysses guimarães
Ulysses guimarães
 
éTica na política
éTica na políticaéTica na política
éTica na política
 
A ética na medicina
A ética na medicinaA ética na medicina
A ética na medicina
 

Hip hop

  • 1.
  • 2. Hip hop é um gênero musical, com uma subcultura iniciada durante a década de 1970, nas áreas centrais de comunidades jamaicanas, latinas e afro-americanas da cidade de Nova Iorque. Afrika Bambaataa, reconhecido como o criador oficial do movimento, estabeleceu quatro pilares essenciais na cultura hip hop: o rap, o DJing, a breakdance e o graffiti.Outros elementos incluem a moda hip hop e as gírias.
  • 3.
  • 4. O hip-hop emergiu em meados da década de 1970 nos subúrbios negros e latinos de Nova Iorque. Estes subúrbios, verdadeiros guetos, enfrentavam diversos problemas de ordem social como pobreza, violência, racismo, tráfico de drogas, carência de infra- estrutura e de educação, entre outros. Os jovens encontravam na rua o único espaço de lazer, e geralmente entravam num sistema de gangues, as quais se confrontavam de maneira violenta na luta pelo domínio territorial. As gangues funcionavam como um sistema opressor dentro das próprias periferias - quem fazia parte de algumas das gangues, ou quem estava de fora, sempre conhecia os territórios e as regras impostas por elas,devendo segui-las rigidamente.
  • 5.  Origens estilísticas: R&B, rap, funk, Disco, soul,dub, toasting, performance de poesia, spoken word, scat, ska, blues falado  Contexto cultural: década de 1970, Bronx ,cidade de NovaYork  Instrumentos típicos: Tocadiscos, sintetizador, vocal, caixa de ritmos, sampler, beatbox.  Popularidade: Desde o final dos anos 1980, nos Estados Unidos e no resto do mundo, na década de 1990. Em alta no início de década de 2000.
  • 6.
  • 7.  O berço do hip hop brasileiro é São Paulo, onde surgiu com força nos anos 1980, dos tradicionais encontros na rua 24 de Maio e no Metrô São Bento, de onde saíram muitos artistas reconhecidos como Thaíde, DJ Hum, Styllo Selvagem, Região Abissal, Nill (Verbo Pesado), Sérgio Riky, Defh Paul, Mc Jack, Racionais MC's, Doctor MC's, Shary Laine,M.T. Bronks, Rappin Hood, entre outros.  Atualmente, existem diversos grupos que representam a cultura hip hop no país, como Movimento Enraizados, MHHOB, Zulu Nation Brasil, Casa do Hip Hop, Posse Hausa (São Bernardo do Campo), Hip Hop Mulher, FNMH2, Nação Hip Hop Brasil, Associação de Hip Hop de Bauru, Cedeca, Cufa (Central Única das Favelas).
  • 11.  Dr. dre - Snoop Dogg  In the Clube - 50 Cent  Almost Fomous – Eminem  Don't Matter – Akon
  • 12. A dança hip hop inclui uma grande variedade de estilos, nomeadamente krumping, Breaking, locking e poppin. Foram desenvolvidos na década de 1970 por negros e Latino-americanos. O krumping surgiu na década de 1990, em comunidades Afro-americanas, em Los Angeles.O que separa a dança do hip hop de outras formas de dança são os movimentos de improvisação (freestyle) e que os dançarinos de hip- hop frequentemente envolvem-se em disputas nas competições de dança. Sessões de freestyle e disputas geralmente são realizadas numa cypher, um espaço de dança circular que se forma naturalmente uma vez que a dança começa.
  • 13. A moda do hip hop é um estilo de se vestir de origem afro-americana. Geralmente, as roupas utilizadas no hip hop são largas, para que os movimentos fiquem maiores, dando mais efeito visual para a dança.Também são utilizados bonés, muitas vezes virados para trás ou de lado, costumam usar shorts ,e, na maioria das vezes, as roupas são vistosas.